Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Boncker

Cancelamento do Speedy - quase uma tortura

Recommended Posts

Pessoal,

Quero deixar aqui a história que aconteceu comigo no Speedy.

Em Novembro de 2006 liguei para o suporte técnico Speedy para solucionar um problema de conexão. Enquanto o técnico arrumava, ele me ofereceu um upgrade na minha velocidade (de 500Kbps para 1Mbps) por somente 9,90 a mais até Junho de 2007. Aceitei e depois de 2 dias já estava com 1 Mega na conexão.

Quando veio a conta, veio o valor de 1 Mega normal (109,90) e deveria vir (89,80). Liguei para o 10315 para reclamar, confirmaram que o valor estava errado e abriu um chamado para crédito do valor. Qual não foi minha surpresa, quando liguei lá para saber quando viria o crédito, me disseram que o meu pedido tinha sido considerado IMPROCEDENTE!!!

Mais tarde liguei para cancelar o Speedy e foi aquele chá de cadeira, linha que caia, linha que não atendia, mandavam aguardar, etc.

No dia seguinte tomei a decisão de ir pessoalmente numa loja da Telefônica e pedir o cancelamento. A fulana da loja me falou que eu deveria ligar no 10315 para cancelar. Eu disse o que eu tinha passado no telefone na noite anterior e que só sairia de lá com o serviço cancelado. Aí ela me atendeu, ligou num número “top secret” deles e me deu o protocolo de cancelamento. 50% já foi, agora falta o crédito na minha conta. Para isso tive que ligar para um amigo meu que trabalha na Telefônica e explicar a situação para ele, pois eu tinha ligado na Anatel 2 vezes e mesmo assim a Telefônica me ignorou. Esse meu amigo disse que uma pessoa da Telefônica iria me ligar e ligou. Expliquei a situação para ela e disse também que muito dificilmente eu voltaria para o Speedy pois perdi totalmente a confiança neles depois de me falar que será um valor e cobram outro. Depois de 1 mês veio o crédito na conta e encerrou aí uma história agonizante que tive.

Hoje tenho a Vivax que está mais ou menos mas dá para quebrar o galho por enquanto e também que dá para reclamar pessoalmente, além, do telefone.

Detalhes:

1- Sempre gostei da qualidade técnica do Speedy, nunca tive grandes problemas, inclusive no suporte técnico, mas cobrar o que eu não comprei, aí tem que apelar mesmo.

2- Reclamei na Anatel 2 vezes mas nunca tive resposta da Telefonica.

3- Também gravei todas as conversas com a Telefônica quando tentei cancelar o Speedy.

É isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é verdade agente tinha q ferrar eles com um advogado, eu ja sofri muito com isso!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×