Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
erdo

O que é melhor pra mim, um No-break ou Filtro de linha?

Recommended Posts

Pessoal, to montando um pc e entrei aqui a busca de uma marca boa e recomendada de estabilizadores. Levo o maior susto em saber que os estabilizadores atuais não protegem nada. Depois de ler alguns tópicos sobre o assunto, precebo que o bom seria um No-break ou um Filtro de linha de qualidade.

Bom, minha situação é a seguinte, minha tomada não é aterrada, quase nunca tem quedas de luz e minha fonte vai ser a Zalman ZM360B-APS com PFC ativo. Tb não posso gastar muito grana.

Queria saber se pra mim seria melhor um No-break ou filtro de linha de qualidade como o APC PH8VT3 8?

Editado por erdo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu lhe digo que se a energia é bastante constante por ai, não pegue um no-break e sim uma boa proteção contra surtos. Se sua rede for de 110 Volts qualçquer um desses filtros da APC estão de bom tamanho. Claro que os mais caros são os que apresentam as melhores proteções. Na impossibilidade de fazer um aterramento, paciência, faça como a enorme maioria das configs no Brasil, use sem aterramento mesmo (isso não é um incentivo a não fazer aterramento, que é importante sim) mas não deixe de colocar uma proteção contra surtos ai na entrada de seu PC pelo fato de não ter aterramento. Ela, a proteção, também opera na ausência do aterramento, nos surtos fase-neutro, que são a maioria das incidências..

Abraço...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Amigo, antes de aconselhar qualquer uma das opções q você citou, eu diria q a mais importante é: fazer um bom aterramento.

A maior função do aterramento é a segurança pessoal e não a funcionalidade da máquina. O aterramento foi criado pra fornecer um caminho alternativo pra fugas de energia em direção as partes metálicas de um aparelho. Em vez de você virar o ponto de menor resistência à terra, tomando assim um choque, o aterramento nesse caso vai oferecer o caminho de menor resitencia, evitando que o usuário tome um choque.

Mas o aterramento pode fazer a máquina operar mais estável, mas não necessariamente. O filtro de linha em modo comum (FASE-TERRA/NEUTRO-TERRA) presente dentro das fontes de alimentação e alguns filtros de linha, podem fazer com que melhore a estabilidade, mas isso só em casos comprovados de interferências externas. O aterramento também vai permitir que cargas eletro-estáticas em fuga pra carcaça metálica desçam pro local certo e acredito também que um gabinete metálico, fechado e aterrado, servirá de isolamento eletromagnético mais eficiênte.

Pra conteção de surtos o aterramento em si não vai fazer nada, como vejo uma grande crença nos forums afora. A pessoa acha que só por enfincar uma barra no solo e puxar um fio que magicamente os surtos vão seguir pra ali. Ledo engano!

Primeiro há que se caracterizar a origem desse surto elétrico, a sua intensidade e como foi gerado. Depois canaliza-lo pro local certo (dependendo de como o raio veio, se atingiu o telhado da casa ou do lado da sua casa, aí só um milagre pra salvar alguma coisa).

Dependendo da intensidade do raio e se esse foi induzido ou diretamente "colocado" em cima da linha elétrica fora da sua residência e relativamente longe dela, o mais eficiente é que esse surto gerado na linha elétrica seja contido antes mesmo de entrar na sua casa, pelo menos em grande parte. Isso é feito instalando um DPS de alta capacidade no(s) fio(s) fase(s) que entra(m) sua residência logo no medidor de energia ou o mais proximo dele. Esse DPS irá desviar os surtos externos direto pra terra. É comum ouvir dizer que um DPS é tão bom quanto for o sistema de aterramento... Este aterramento precisa ter a maior bitola de cabo possivel e que faça o caminho pra terra mais curto possível. O DPS é ligado geralmente entre Fase-Neutro, já que o neutro é aterrado pra quem não sabe, pela CIA Elétrica em vários pontos, incluindo perto do seu medidor, mas é sempre bom reforçar esse aterramento perto do poste. Desse ponto você pode (e deveria) derivar um novo condutor (que é amarrado tb ao Neutro nesse ponto de entrada) de cor verde ou verde/amarelo e puxar pra dentro de sua casa pra ligar no pino terra das tomadas, chuveiros, etc. Esse é o sistema conhecido como TN-S de aterramento (Terra Neutral-Separate - onde o neutro sobe pra dentro de casa separado do condutor terra de segurança (PE - de Protection Earth). A conexão Terra+Neutro fora de casa é norma nos EUA e vários países. Essa prática evita que surtos em Modo Comum entre a residência entre outras questões de segurança pro próprio usuário. Não se preocupe que esse método é totalmente diferente de ligar o pino terra no neutro dentro de casa, isso aí é errado e totalmente diferente do padrão TN-S, já que o terra que parte pra dentro da residência não conduz corrente alguma em uso normal, apenas o neutro. Estando ambos conectados no mesmo ponto fora da residência, sem problema, ja que a corrente só será divida em direção à terra daquele ponto pra fora e nunca pra dentro de casa.

Enfim...mas de acordo com a intensidade desse tipo de surto, ainda vai entrar um "resíduo" em direção as tomadas e pra isso você precisa de um protetor entre a tomada e seu PC também. Alguns recomendam que ainda entre o quadro do medidor de luz e a tomada, no quadro de distribuição (disjuntores), a instalação de novos DPSes, mas é um pouco de exagero no meu ver. Só se a aplicação for tremendamente crítica, um datacenter, uma central telefonica, um hospital...

Agora sobre a escolha do nobreak ou filtro, é como foi dito. Se ai não há cortes, nem micro-cortes frequentes, não há necessidade de um nobreak, só um bom filtro protetor anti-surtos que ajudará a conter os surtos mais frequentes e potencialmente danosos que são aquelas gerados por máquinas ligadas na rede elétrica, até mesmo dentro de sua casa surtos podem ser gerados, a grande maioria das pessoas nem imaginam que isso é possivel e que pra isso mesmo sem o pino terra, um bom protetor vai resolver. Já Pra proteger contra raios a coisa é muito mais complexa do que se imagina, então a melhor recomendação ainda é: DESLIGUE TUDO DA TOMADA SE POSSÍVEL!

Editado por _rau_

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Exatamente.

Em nenhum momento eu disse q o aterramento bastaria e q não precisava de nenhum tipo de proteção a mais. Apenas recomendei o aterramento antes de tudo. Até porque, numa residência comum(não sei se é o caso), é um procedimento fácil e barato de se fazer.

Creio q numa rede extremamente estável, seria dinheiro jogado fora gastar num nobreak. Aqui, como não é tão estável, e sou acostumado com uso de notebook, o nobreak foi/é essencial.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu pelas dicas amigos!:)

Bom, aqui acho difícil fazer aterramento, então vou apenas pegar um filtro de linha bom da APC.

Bom, pelo menos vou ta bem mais protegido com o filtro de linha de boa marca do que com um simples estabilizador.

Eu tava a fim de pegar o estabilizador da SMS, o Revolution VI, mas depois q eu entrei no fórum e me informei com vocês, quero ficar longe desse estabilizador.:D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Exatamente.

Em nenhum momento eu disse q o aterramento bastaria e q não precisava de nenhum tipo de proteção a mais. Apenas recomendei o aterramento antes de tudo. Até porque, numa residência comum(não sei se é o caso), é um procedimento fácil e barato de se fazer.

Creio q numa rede extremamente estável, seria dinheiro jogado fora gastar num nobreak. Aqui, como não é tão estável, e sou acostumado com uso de notebook, o nobreak foi/é essencial.

Sim, é que peguei sua mensagem como gancho apenas. Me desculpe se pareceu que eu estava insinuando que você não entende do assunto.

Mas seu notebook não tem bateria? Qual a utilidade do nobreak? Só se for no intuito de preservar a carga na na bateria dele por mais tempo. Fontes de notebook são muito robustas e feitas pra operar numa larga faixa de tensões.

Valeu pelas dicas amigos!:)

Bom, aqui acho difícil fazer aterramento, então vou apenas pegar um filtro de linha bom da APC.

Bom, pelo menos vou ta bem mais protegido com o filtro de linha de boa marca do que com um simples estabilizador.

Eu tava a fim de pegar o estabilizador da SMS, o Revolution VI, mas depois q eu entrei no fórum e me informei com vocês, quero ficar longe desse estabilizador.:D

Difícil de fazer não é, nem tão caro. Com 100 reais dá pra fazer tudo e vale a segurança de um familar e a sua própria, já q esse terra você pode e deve, ligar no chuveiro, sem esse terra foi bem executado, na geladeira, no fugão, nos PCs... Aqui essa semana que passou terminei de ligar todos aparelhos de risco potencial de choque no aterramento e refiz o parte principal da fiação de casa que tava velha e fora da norma em vários pontos, devo ter gasto uns 200 reais, mas o aterramento eu gastei 150 reais no inicio do ano, já que eu usava um padrão diferente de aterramento (TT) e esse tava um pouco velho já. Esse valor foi porque eu tive que quebrar o piso e parede...

http://www.equipedeobra.com.br/construcao-reforma/14/artigo67889-1.asp

o problema só está em analisar as características elétricas do solo, o que é praticamente impossível de se fazer por um usuário doméstico. De qualquer forma eu tomo o seguinte, não é o procedimento correto, mas se o solo não é arenoso, nem com muito pedregulho, nem aquele solo seco o tempo inteiro, eu assumo que suas características não estão longe do ideal. Então uso três barras de cobre de 2.40m, distanciadas 2.40 metros uma da outra e interligadas com cordoalha nua de pelo menos 10mm. Tudo isso você encontra em casa de material elétrico/construção. A posição dessas barras no chão, se possível, formando um triângulo, se não for, vai em linha reta mesmo, como faço em casa.

Antes de fazer a equipotencialização com o neutro, eu uso o macete da lampada, só pra ter uma parca ideia se o aterramento ficou bom. Ligo a lâmpada entre Fase-Neutro e anoto a tensão, depois entre Fase-Terra e meço a tensão de novo. Em 220V não deve ser maior que 20V e em 110V, 10V. Na verdade faça o possível pra que essa diferença seja muito menor que isso. Aqui em casa quando medi, assim que enterrei as barras, deu 3V de diferença, mas depois de um tempo, fiz de novo a medição, e ta dando apenas 1-2V, acho que a barra deu uma "consolidada" na terra.

Feito a interligação com o neutro na entrada, siga um fio à parte pra dentro.

Sobre o filtro APC, é o melhor q você vai achar atualmente pra 110-127V.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sim, é que peguei sua mensagem como gancho apenas. Me desculpe se pareceu que eu estava insinuando que você não entende do assunto.

Mas seu notebook não tem bateria? Qual a utilidade do nobreak? Só se for no intuito de preservar a carga na na bateria dele por mais tempo. Fontes de notebook são muito robustas e feitas pra operar numa larga faixa de tensões.

Não é isso. É que justamente por estar acostumado à comodidade da bateria nos notebooks, o uso de nobreak no meu desktop é essencial.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezados Colegas,

Confesso que não entendo muita coisa de proteção elétrica e o pouco que sei devo a participação dos colegas neste e em outros fóruns - especialmente à contribuição dos colegas faller e _rau_.

Já tive a experiência de perder uma máquina por utilizar uma proteção elétrica ineficiente e não foi nada agradável.

Por isso, gostaria de saber a opinião dos colegas acerca de qual dos dois equipamentos abaixo utilizar:

No Break BE600VA Grafite - Bivolt - APC http://www.americanas.com.br/AcomProd/35217/55384

ou

Filtro de Linha Surge Protect. APC PH8VT3 8 tomadas 120V TV fone antena

http://www.atera.com.br/dispprod.asp?COD=APC_PH8VT3

Minha configuração é a seguinte:

Core 2 Quad Q6600 2,40GHz 1066MHz

Placa-mãe P5K SE

Placa de Video GF8600GT 512MB 128bits

4Gb DDR2 800MHz Kingston

Fonte Zalman 460B-APS (PFC Ativo)

500Gb Sata2 Seagate

Monitor LG W1952TQ

Moro em São Paulo e a tensão aqui é de 115V.

Desde já agradeço pela colaboração de vocês.

Abraços.

Editado por dfr_sp

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Prezados Colegas,

Confesso que não entendo muita coisa de proteção elétrica e o pouco que sei devo a participação dos colegas neste e em outros fóruns - especialmente à contribuição dos colegas faller e _rau_.

Já tive a experiência de perder uma máquina por utilizar uma proteção elétrica ineficiente e não foi nada agradável.

Por isso, gostaria de saber a opinião dos colegas acerca de qual dos dois equipamentos abaixo utilizar:

No Break BE600VA Grafite - Bivolt - APC http://www.americanas.com.br/AcomProd/35217/55384

ou

Filtro de Linha Surge Protect. APC PH8VT3 8 tomadas 120V TV fone antena

http://www.atera.com.br/dispprod.asp?COD=APC_PH8VT3

Minha configuração é a seguinte:

Core 2 Quad Q6600 2,40GHz 1066MHz

Placa-mãe P5K SE

Placa de Video GF8600GT 512MB 128bits

4Gb DDR2 800MHz Kingston

Fonte Zalman 460B-APS (PFC Ativo)

500Gb Sata2 Seagate

Monitor LG W1952TQ

Moro em São Paulo e a tensão aqui é de 115V.

Desde já agradeço pela colaboração de vocês.

Abraços.

Ambos são bons produtos, mas com funções totalmente diferentes, impossível de recomendar um ou o outro.

Para proteção o filtro de linha é indicado, o nobreak tem como principal função evitar desligamentos do pc em caso de problemas na energia.

Quem vai decidir se você precisa de um nobreak ou de um filtro de linha é você mesmo, vai da necessidade de cada um.

Leonardo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×