Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
gabriel_dell

[Resolvido] Fontes sem pfc ativo ou passivo

Recommended Posts

fontes sem pfc ativ ou passivo tem probabilidade maior de queimar

fontes com pfc ativo economiza mais energia?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
fontes sem pfc ativ ou passivo tem probabilidade maior de queimar

fontes com PFC ativo economiza mais energia?

As fontes com PFC ativo tem na entrada, antes da retificação, uma fonte controlada de corrente, de modo a fazer a função de correção do PFC. Uma das características conferidas pela presença dessa fonte de entrada é a capacidade desse tipo de fonte poder trabalhar normalmente com qualquer tensão de entrada que esteja na faixa de 90 Volts até 270 Volts AC. Isso confere a esse tipo de fonte uma maior imunidade a variação da tensão de entrada, que as fontes normais não tem, pelo menos não tão elástica assim. Desse modo se poderia sim afirmar que uma fonte com PFC ativo tem uma probabilidade menor de queimar do que uma fonte normal, se considerarmos apenas a variação da tensão AC de entrada.

Entretanto, pelas características das fontes com PFC ativo, as mesmas apresentam maior imunidade a ruídos e surtos de tensão, ou seja, conferem ao seu equipamento uma maior proteção, se comparada às fontes comuns.

Do ponto de vista stress de toda a etapa de entrada, uma fonte com PFC ativo trabalha de modo muito mais tranqüilo, leve e sereno que uma fonte normal. A exigência dos diversos componentes dessas etapas é substancialmente diminuída em fontes com PFC ativo e com isso a vida da fonte tende a aumentar em muito. Não é por nada que os melhores fabricantes, com esse tipo de fonte, conseguem oferecer garantia das mesmas de até 5 anos.

Fontes com PFC passivo são praticamente iguais às fontes normais, com a adição de uma espécie de filtro de entrada. Embora a eficiência desse tipo de correção diminua, se poderia dizer que esse tipo de fonte fica pouco, muito pouco mais imune a surtos de tensão por conta da indutância série desse filtro. Na prática se poderia considerar ela, a fonte com PFC passivo, igual a uma fonte comum, do ponto de vista da imunidade a variação da tensão de entrada.

Quanto a economia de energia, isso é um mito que se difundiu na internet. A função do PFC ativo não é prover a economia de energia. Entretanto se você considerar toda a sua instalação elétrica que alimenta o PC terá boas surpresas com a adoção do PFC ativo, e para tal vou analisar a demanda representada por uma fonte com PFC ativo e uma fonte sem PFC ativo ao elemento que a antecede, seja ele um estabilizador, um transformador, um filtro, um no-break ou a própria rede elétrica.

Imaginemos que uma fonte qualquer em um instante qualquer esteja demandando 300 Watts do elemento que a precede..

Se a fonte for comum, sem correção do fator de potência, ou seja, apresentará o que chamamos de fator de potência natural FP=0,60. Uma fonte com PFC ativo poderá apresentar um FP = 0,98 tranquilamente

A exigência da fonte comum, do elemento que a antecede será de 300 Watts / 0,60 = 500 VA

A exigência da fonte com PFC ativo, do elemento que a antecede será de 300 Watts / 0,98 = 306 VA

Por ai você poderá ver o quão aliviado será o trabalho do elemento que antecede a fonte, seja ele transformador, estabilizador, filtro, no-break ou a própria rede elétrica.

Então minha conta de energia seria menor pois serão fornecidos 306 VA e não 500 VA???

Não. A energia elétrica medida e efetivamente cobrada do consumidor doméstico, no Brasil , na Europa e ao redor do mundo, não é a energia aparente nem a energia reativa. É cobrada a energia útil, que são 300 Watts no caso. Entretanto, no dimensionamento dos elementos que antecedem sua fonte, você será beneficiado com elementos mais leves e baratos, menor aquecimento, menor circulação de energia inútil, menor geração de distorção harmônica na rede, menor geração de ruído nessa mesma rede.

Ou seja. Economia direta na conta de energia você talvez não tenha, mas economia e leveza em sua planta energética do PC certamente terá.

Abraço...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×