Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Marcos_Correia

O menor dispositivo de armazenamento do mundo

Recommended Posts

Cientistas afirmaram ter conseguido atingir um marco na computação quântica depois de obterem sucesso com o armazenamento de informações dentro do núcleo de um átomo.

A equipe formada por membros da Universidade de Princeton, Universidade de Oxford e Departamento de Energia dos EUA utilizaram um elétron e o núcleo de um átomo de fósforo incorporado em um cristal de silício. Tanto o elétron como o núcleo se comportaram como minúsculos imãs capazes de armazenar informações quânticas.

"O elétron age como um 'mediador' entre o núcleo e o mundo externo", disse John Morton, do St. John's College. "Ele nos dá uma nova forma de termos nosso bolo e comê-lo - velocidades maiores de processamento do elétron e maiores tempos de memória do núcleo".

33222-medium.jpg

Cientistas usaram o núcleo de um átomo de fósforo incorporado

em um cristal de silício para realizarem a experiência

Embora a memória tenha sido armazenada em um núcleo durante um décimo de segundo, a equipe foi capaz de manter a informação acessível por quase dois segundos. Os pesquisadores estudando computação quântica calcularam recentemente que se um computador quântico puder armazenar informações por pelo menos um segundo, técnicas para correção de erros podem então proteger os dados por um período de tempo indefinido.

"Ninguém realmente sabia por quanto tempo um núcleo poderia ser capaz de reter a informação neste sistema", disse Lyon, líder da equipe de Princeton. "Com os cristais da equipe de Berkeley e cuidadosas medições, nós ficamos satisfeitos por ver os tempos de memória excederem os limites anteriores".

Fonte: Baboo

Editado por Evandro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×