Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
valhalla1166

Sobre dimmer em aquecedor-newbie

Recommended Posts

Saudações caros usuários.

Não entendo nada de eletrônica, porém estou consultando os que entendem para ter como conversar com um técnico que possa fazer tal serviço para mim:

Adquiri um aparelho de aromaterapia, que consiste de uma câmara de aquecimento, cuja temperatura é controlada por um pequeno circuito, que tem a função de você escolher a temperatura desejada e mantê-la após alcançá-la.

O circuito queimou e não controla mais a câmara de aquecimento. A câmara não aquece mais, não através do circuito.

Como é um aparelho importado, não tenho como conseguir novo circuito (valor muito alto, aliado ao imposto de importação de 60%).

Observando o circuito, acredito que seja possível fazer a câmara aquecer, se ela for alimentada diretamente pela fonte de energia, sem passar pelo circuito. Sei que assim perderei a capacidade de controlar a temperatura, então pensei em adaptar um potenciômetro ou dimmer, já que o circuito está morto e pretendo continuar utilizando o aparelho.

Minha dúvida é a seguinte:

Posso adaptar um dimmer ou potenciômetro, entre a câmara e a fonte de alimentação, para controlar a temperatura dela, sem utilizar qualquer circuito?

Na fonte de alimentação está escrito que fornece 12 volts a 1,5 amperes.

Agradeço antecipadamente qualquer ajuda.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok colega Valhalla1166, Bem vindo ao clube!, pela sua descrição da câmera, este circuito que controla a temperatura, é exatamente um dimmer, controlando a tensão sobre uma pastilha Peltier..., você terá que pedir, a esse técnico, que fará o serviço para você, ver se o elemento de aquecimento (pastilha Peltier) esta funcionando..., se ela tiver boa? o técnico conseguirá recuperar este circuito com componentes nacionais mesmo..., nem que tenha que construir um novo circuito de controle, o que não é difícil, o seu problema ai vai ser se a pastilha estiver queimada!...

PS: o defeito pode estar tbem nesta fonte que você mencionou!, 12V 1,5A, leve-a junto com a câmera para o técnico testa-la tbem OK?

Editado por Bcpetronzio
Completar informação

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pela atenção caro bcpetronzio.

No caso, a fonte está funcionando a contento, pois inclusive uma luzinha azul existente na própria placa de circuito e que ilumina o visor lcd continua a acender, porém o visor não mostra os caracteres. Achava que dimmer era uma apenas uma espécie de potenciômetro, ou seja, somente aquele knob que a gente utiliza. Não sabia que, na verdade, se tratava de um circuito. Acredito que o elemento de aquecimento está funcionando, já que, de vez em quando, o circuito volta a funcionar por uns instantes, quando então a câmara começa a aquecer, mas como o visor lcd não acende, não consigo vizualizar a temperatura. Algum tempo depois o circuito para novamente de funcionar.

Quanto a recuperar o circuito, o técnico observou que um regulador está trincado, porém não encontrei nas lojas de componentes daqui qualquer um que fosse equivalente. Os vendedores afirmaram que não existe tal componente no mercado nacional e não encontraram um equivalente. Um deles afirmou que eu não encontraria um regulador do tamanho desse que existe no meu circuito.

Quanto a elaborar novo circuito, acredito que seja a melhor maneira de resolver, porém estou com dificuldade de encontrar um técnico capacitado para fazer o serviço, já que dois deles, com quem conversei, disseram ser impossível.

Existe o tal dimmer pronto para o que pretendo fazer ou terei mesmo que contratar um profissional para fazê-lo?

Pergunta de novato: Um simples potenciômetro, ligado entre a fonte de alimentação e o elemento de aquecimento, não resolveria meu problema?

Editado por soschip
Citação desnecessária.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

OK Valhalla, talvez este regulador que queimou alimentaria o circuito do display e controle de temperatura, dimmer prontro, para esta tensão creio que não exista... porém você pode realmente mandar fazer um circuito que regule a tensão sobre este elemento aquecedor, controlado por um potenciometro com Knob..., você não teria a indicação da temp. no display! mas sua experiência determinará quando a camera estiver na temperatura correta... o circuito seria o da figura abaixo, e o controle seria no R2... Vin seria a entrada de sua fonte e Vout, é a saida para este elemento Peltier...

Oficinas especializadas em EQP. médicos ou EQP. de laboratórios, podem resolver facilmente seu problema... OK?

post-359338-13884948887185_thumb.jpg

Editado por Bcpetronzio
completar imformação

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro bcpetronzio,

Muito obrigado pelas informações prestadas. Entregarei o esquema disponibilizado para que um técnico faça para mim.

Usuários como você fazem um fórum valer a pena.

Paz.

Editado por soschip
citação desnecessária

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

OK Valhalla1166, pode sempre contar com a gente!... e se o técnico tiver dúvidas? coloque em contato conosco!!! estamos aqui para esclarecer!!, no que conhecemos!...

Aqui em Uberlândia?(triângulo Mineiro), conheço técnicos, altamentes qualificados em EQP. médicos!, a "oficina" se chama MEDITEC, e terei imenso prazer em apresenta-los...

Conte sempre conosco...(Clube do Hardware)...de um mero colaborador!, bcpétronzio...

Abraços...

Editado por Bcpetronzio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou de volta para tirar uma dúvida nova:

De posse daquele circuito que o amigo bcpetronzio disponibilizou, procurei um técnico, que disse que poderia fazer para mim tal circuito.

Comprei os componentes e entreguei a ele, que pediu um prazo.

Hoje, quando fui ver o andamento do trabalho, o técnico me informou que a minha fonte e o circuito original funcionavam em DC e a câmara de aquecimento funciona em AC e que o circuito que pretendia fazer não conseguiria controlar a temperatura da câmara. Segundo o técnico, o circuito original transformava de DC para AC para que a câmara funcionasse.

Eu não tinha informado aqui no fórum que a fonte era DC, até porque não sabia disso.

Levando em conta que eu liguei a fonte DC diretamente à câmara de aquecimento AC para testá-la e ela aqueceu, então agora fiquei com as seguintes dúvidas:

1- O circuito disponibilizado não conseguirá mesmo controlar a quantidade de energia que chega à câmara, fazendo o trabalho que eu gostaria que ele fizesse?

2- Caso não consiga, qual seria a solução para o caso? Comprar um transformador que converta a corrente DC que sai da minha fonte em AC, para alimentar o dimmer que estou tentando adaptar, fazer isso via novo circuito, ou então comprar uma outra fonte que forneça os 12V 1,5A em AC?

Agradeço qualquer ajuda.

Editado por valhalla1166
Tentar dar uma melhor clareza ao texto

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok Valhalla!, se a parte de aquecimento da câmara é AC!, aquele circuito que te passei realmente não funciona!!!..., veja com este técnico, qual é o elemento (componente), que faz o aquecimento?..., pois se é AC certamente eu me enganei! e o elemento não é um Peltier!...

PS: Talves seja uma resistência...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uepa!

Esse teu "técnico" é de confiança?

Eu não conheço nenhum elemento de aquecimento que funcione em AC...

PS: Talves seja uma resistência...

Justamente se fosse uma resistência, teria, OBRIGATORIAMENTE, que funcionar em AC ou DC sem problemas!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pelas respostas.

Cabteixeira, na verdade o elemento de aquecimento, que o técnico afirmou ser AC, funciona com minha fonte DC, uma vez que fiz o teste com estes equipamentos para ver se a câmara ainda aquecia. O que o técnico afirmou é que o circuito disponibilizado não conseguiria controlar o aquecimento e que se eu utilizasse aquela fonte (DC) naquela câmara (AC) a fonte poderia inclusive vir a queimar, devido ao "esforço" que ela faria.

Bcpetronzio, na verdade não sei lhe dizer se se trata de um Peltier ou de uma resistência. O técnico afirmou que tal câmara funcionava com corrente AC e que por isso, aquela fonte e aquele circuito (ambos DC) não conseguiriam controlá-la.

Sendo assim, como devo proceder? É possível fazer um circuito que controle a câmara (AC), com minha fonte (DC), da maneira que eu pretendia fazer (dimmer)?

Caso positivo, o que os amigos sugerem que eu faça?

Editado por valhalla1166
melhorar a redaçao

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá,

Olha, pra dizer com certeza mesmo a gente teria que saber como é exatamente o elemento aquecedor. Mas se você disse que funciona em DC (ligando direto na fonte), então o circuito regulador que o bcpetronzio indicou acima deve funcionar para o controle que você pediu. Eu só trocaria o potenciômetro de 5k por um de 1,5k, creio que assim você teria uma escala de controle melhor ajustada para os 12V da fonte (por favor, me corrijam se eu estiver errado).

No mais, caso o aquecedor seja resistivo, simplesmente ligar um potenciômetro em série com ele funcionaria sim, mas você provavelmente desperdiçaria mais energia do que usando esse regulador.

Em todo caso, pode ser uma boa ideia tentar descobrir mais detalhes sobre o elemento aquecedor, porque pode ser que ele funcione ok ligado direto nos 12V DC da fonte durante um certo tempo, mas se o uso for prolongado isso acabe criando problemas (por exemplo, queimando o aquecedor).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
O que o técnico afirmou é que o circuito disponibilizado não conseguiria controlar o aquecimento e que se eu utilizasse aquela fonte (DC) naquela câmara (AC) a fonte poderia inclusive vir a queimar, devido ao "esforço" que ela faria.

"(...) devido ao "esforço" que ela faria".....

Vamos usar a lógica:

O fato da tal câmara de aquecimento ser AC ou DC até onde eu sei não influencia em absolutamente nada! Se o elemento de aquecimento for uma resistência então nem se fala!

Se o tal técnico está querendo dizer que a fonte sugerida não fornece corrente suficiente, aí tudo bem... Mas bastaria uma adaptação bastante simples (a colocação de um transistor como driver para aumentar a capacidade de corrente).

Bcpetronzio, na verdade não sei lhe dizer se se trata de um Peltier ou de uma resistência. O técnico afirmou que tal câmara funcionava com corrente AC e que por isso, aquela fonte e aquele circuito (ambos DC) não conseguiriam controlá-la.

Novamente o tal técnico está falando de algo que eu desconheço.

Que raio de elemento poderia então ser este?

Sendo assim, como devo proceder? É possível fazer um circuito que controle a câmara (AC), com minha fonte (DC), da maneira que eu pretendia fazer (dimmer)?

Sim. É possível.

Mas antes disso, pergunte ao tal técnico quais são as ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS do elemento de aquecimento (qual tensão de funcionamento, corrente, e principalmente qual o tipo do elemento)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigos,

Primeiramente, desculpem o tamanho da resposta.

Não sei se devo confiar plenamente na capacidade e conhecimento do técnico que está tentando me atender, pois não o conheço. Saí à procura de alguém que pudesse fazer o serviço e após várias tentativas, esse foi o primeiro que aceitou fazer.

O técnico afirmou que o circuito original do aparelho recebia a tensão DC, a transformava para AC e enviava para a câmara, que então aquecia.

A fonte que estou usando é a fonte original que veio com o aparelho, então acredito que ela forneça a corrente necessária.

Na placa de circuito existem três conectores. Um dos conectores é o que recebe a energia da fonte de alimentação e os outros dois são ligados à câmara de aquecimento.

Da câmara saem dois conjuntos de fios. Um dos conjuntos liga diretamente os pólos da câmara à placa de circuito. O outro conjunto faz uma ligação entre a câmara, uma espécie de sensor e a placa de circuito. A primeira vez que tentei testar a câmara, liguei a fonte nos fios que ligam a câmara diretamente à placa de circuito e como a câmara não aqueceu, liguei então no conjunto de fios que ligam o sensor à placa e à câmara e aí sim a câmara aqueceu até, provavelmente, a temperatura que costumava utilizá-la.

Li o seguinte artigo sobre pastilhas peltier http://www.neptuno.com.br/forum/archive//t-129.html e não vi (na minha visão de leigo no assunto) analogia com o funcionamento desta câmara de aquecimento, já que não percebi transferência de lado frio para lado quente (corrijam-me se preciso).

O circuito quando funcionava, limitava o calor a 400º F (cerca de 204º C) e não sei se a câmara pode alcançar temperaturas maiores sem a ação dele (o circuito).

Como a faixa de operação que eu utilizava ficava entre 365º F e 385º F (185º C e 193º C) o que eu pretendia era construir um dimmer onde pudesse alcançar e manter essa faixa de temperatura.

Estou tentando explicar tudo isso para ver se serve para os amigos diagnosticarem a espécie do elemento de aquecimento, porém não sei se é suficiente!

Existe uma maneira visual de fazê-lo, caso a tosca explicação acima não servir?

E se, caso a câmara de aquecimento for do tipo DC, e eu inverter a polaridade dos conectores ela não deverá funcionar, certo?

Mais uma vez obrigado. :confused:

Editado por valhalla1166
mais clareza

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que eu penso:

1- A maneira mais barata de se conseguir produzir calor é com a utilização de uma resistência. Neste caso, a energia elétrica seria convertida em calor, independente do sentido em que a corrente circule (uma resistência não possui polaridade positiva ou negativa).

2- Esta explicação de que "o circuito convertia a DC em AC" está estranha e incompleta. Será que o circuito efetuava o controle da temperatura por PWM? Acredito que se houvesse real necessidade de entrega de corrente alternada ao elemento de aquecimento, seria mais fácil NÃO RETIFICAR e filtrar a tensão da rede do que retificar, filtrar e tornar a inverter... Isto fica caro e diminui a eficiência!

3- Peça para o tal técnico simplesmente IDENTIFICAR O ELEMENTO DE AQUECIMENTO. SÓ ISSO. Ele só tem que dizer se o que aquece a câmara é uma resistência ou não. Se ele não souber dizer uma informação tão simples, procure outro técnico com urgência!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok colega Valhalla! estou aqui imaginando!!!, sua fonte pode fornecer uns 18W de potência!, e comparando com uma prancha (para alisar cabelos), de consumo de 175W, em 220V, a prancha chega a 150°C, e é uma resistência!..., talvez, pelo tempo maior que sua camara leve para chegar a 185°C, ela seja realmente aquecida por uma resistência...(fica para colegas mais experientes para saber, se o elemanto Peltier chaga a essa temperatura!), o problema agora é saber em qual tensão este elemento, aquecedor, trabalha, como foi bem frizado pelo colega Cabteixeira, (as Especificações Técnicas deste Elemento), De posse desta informação, poderemos sugerir, circuitos que substituirão o circuito que queimou, e você poderá controlar e temperatura manulmente..., peça ao técnico que esta fazendo o serviço para você, qual a tensão de trabalho deste componente, e se você puder?, tire umas fotos, das várias partes desta camara, desmontada e post aqui..., pode nos ajudar muito a compreender o funcionamento dela (câmara)...OK?

Editado por Bcpetronzio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Enviei email para o fabricante do aparelho pedindo informações sobre a câmara. Cheguei a pedir também o esquema do circuito do aparelho, o que eu duvido que eles forneçam. Assim que tiver novas informações, posto novamente.

Vou buscar o aparelho com o técnico e tirarei algumas fotos para ver se ajuda.

Obrigado

Editado por valhalla1166

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Após uma pesquisa na net, descobri que o elemento de aquecimento é de cerâmica. Só não sei ainda as voltagens que utiliza. Levando em conta que é produzido por uma indústria, acredito que suas especificações devem ser equivalentes as da fonte de alimentação que equipa o aparelho.

Se o elemento for mesmo uma resistência, então não importaria a polaridade nos contatos e o circuito fornecido pelo bcpetronzio conseguiria SIM a controlar a tensão que fornece à câmara e esta então, responderia de acordo com a tensão que estivesse recebendo?

Se eu estiver falando alguma bobagem, peço um desconto aos caros usuários, uma vez que não entendo muito de eletrônica e o técnico que contratei parece não saber muito mais do que eu também, o que me força a procurar ajuda com quem realmente tem o conhecimento necessário.

Continuo esperando a resposta à pergunta que fiz ao fabricante do aparelho por email, assim que chegar eu posto.

Valeu gente.

edit: hoje pela manhã, recebi a resposta do fabricante que disse que não poderia informar nada sobre o circuito e a câmara, já que se trata de uma questão de patentes.

Isso quer dizer que estou na mão novamente. Não confio no técnico que encontrei, não sei onde encontrar um técnico que conheça o assunto aqui em Brasília. Vou procurar mais, é claro, mas por enquanto estou na mão.

Editado por valhalla1166
informação nova

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui estão as fotos (veja a legenda no final).

- A placa original é aquela mostrada na primeira imagem, sendo que o componente que está trincado é o indicado pelo número 1.

- A entrada da energia é no conector 2 e as saídas para a câmara/elemento de aquecimento são as de números 3 e 4.

- Os controles de números 5 e 6 são para diminuir e aumentar a temperatura desejada e o controle de número 7 inicia o aquecimento.

- Quando a fonte era conectada, acendia uma luz azul e o display lcd acendia, porém só começava o aquecimento depois de acionar o controle nº 7.

- Na câmara de aquecimento (2ª e 4ª imagens), os fios indicados pelo número 1 estavam ligados na saída de número 3 e os fios indicados pelo número 3 eram ligados na saída da placa de número 4.

- Quando retirei a câmara para testar, liguei a fonte (imagem nº 3)diretamente nos fios indicados pelo número 2, porém a câmara não aquecia. Liguei então a fonte nos fios indicados pelo número 1, que como vocês podem ver, são ligados ao protetor termal indicado pelo número 3. Na foto não dá pra ver, mas com uma lupa consegui ler o que estava escrito em cima: "TB02B-B8D", "BAOZHU " e "125º C". Pesquisando na net, encontrei a seguinte página (http://www.alibaba.com/product-gs/201253208/TB02B_B8D_Plastic_Type_Thermal_Protector.html), onde estão as especificações técnicas sobre ele.

- A câmara é coberta por um protetor emborrachado de cor cinza, que não consegui tirar para fotografar e a parte onde são colocadas as ervas medicinais é aquela oposta aos fios, mostrada na fotografia 4.

- Parece ser mesmo uma resistência. As especificações da fonte são mostradas na foto 3.

Bom pessoal, aqui estão as informações que consegui, será que é possível fazer o circuito que estou precisando?

Legendas das fotos:

1placa.jpg:

1- regulador trincado

2- entrada da fonte

3- saída para a câmara

4- outra saída para a câmara

5 e 6 - aumenta e diminui a temperatura desejada

7- liga o aquecimento

2traseira.jpg:

1- estes fios estavam ligados na entrada 2 da placa e também estão ligados ao protetor termal (3)

2- estes fios estavam ligados na entrada 4 da placa

3- este é o protetor termal plástico.

post-438146-13884949002472_thumb.jpg

post-438146-13884949003028_thumb.jpg

post-438146-13884949003466_thumb.jpg

post-438146-1388494900372_thumb.jpg

Editado por valhalla1166

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Colega Valhalla, sobre a 4ª foto,(parte superior do elemento); naquele orificio, é encaixado uma outra parte com superficie de aluminio, e um pino adentrando o orificio, ou as ervas são colocadas diretamente nequele orificio?

Colegas Agudem ai, mas esta parecendo um transdutor ultrasonico não?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre o elemento de aquecimento, fica (pelo menos para mim) muito difícil identificá-lo pelas fotos.

Mas surge uma questão: o defeito do aparelho é apenas o regulador trincado?

O tal técnico experimentou, por acaso, identificar os pinos dele (onde é a entrada, o GND e a saída)? Muito provavelmente ele deve ser um regulador de 5V (a fonte fornece 12V) para o CI maior da placa (um microcontrolador?).

Outra coisa: ele experimentou retirar o tal regulador da placa e alimentar com 5V de uma fonte externa para testar o restante do circuito?

Para saber as pinagens do regulador bastaria utillizar um multímetro comum, em escala de continuidade e medir dos pinos do regulador até o conector de entrada da fonte (para o positivo, para saber onde fica a entrada, e para o negativo, para saber onde fica o GND). O terceiro pino vai alimentar, com certeza, o CI maior.

Se ele for um regulador de tensão para 5V, será que não seria possível substituí-lo por um regulador nacional?

Se fosse possível a substituição, a vantagem e que o circuito voltaria a se tornar 100% operacional (inclusive a indicação da temperatura).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
...ou as ervas são colocadas diretamente nequele orificio?

O material é colocado naquele orifício, que é tapado com uma espécie de bocal por onde é aspirado o vapor.

...o defeito do aparelho é apenas o regulador trincado?

O tal técnico experimentou, por acaso, identificar os pinos dele (onde é a entrada, o GND e a saída)? Muito provavelmente ele deve ser um regulador de 5V (a fonte fornece 12V) para o CI maior da placa (um microcontrolador?).

...

Não sei dizer e nem também o técnico. Vocês precisavam ver como ele montou o circuito que o bcpetronzio disponibilizou. Não fez na placa virgem, que ele devolveu. Ele montou o circuito soldando os componentes um no outro, sem usar a placa. Uma coisa horrível. Na mesma hora peguei o material de volta e voltei para casa para fazer as fotos e postar aqui.

...Outra coisa: ele experimentou retirar o tal regulador da placa e alimentar com 5V de uma fonte externa para testar o restante do circuito?

Para saber as pinagens do regulador bastaria utillizar um multímetro comum, em escala de continuidade e medir dos pinos do regulador até o conector de entrada da fonte (para o positivo, para saber onde fica a entrada, e para o negativo, para saber onde fica o GND). O terceiro pino vai alimentar, com certeza, o CI maior.

Se ele for um regulador de tensão para 5V, será que não seria possível substituí-lo por um regulador nacional?

Se fosse possível a substituição, a vantagem e que o circuito voltaria a se tornar 100% operacional (inclusive a indicação da temperatura).

O problema é que, quando o aparelho deu o problema pela primeira vez, eu, inteligentemente, :muro:, abri o gabinete do aparelho e dei vários curto-circuitos nos CIs para ver se ele ressucitava, o que realmente chegou a acontecer, só que o aparelho morreu de novo e não voltou mais, então acho que o problema deve ser mais sério do que apenas aquele regulador trincado.

O circuito acende a luz azul que existe na placa, mas não mostra nada no lcd e nem aciona o aquecimento.

Por isso mesmo, comecei a pensar que a solução seria elaborar outro circuito mais simples, tipo um dimmer, ao invés de tentar recuperar o original, que daria muito trabalho, chegando então ao problema que estou apresentando aqui.

Testei a câmara ligando os fios na posição original e também na invertida e das duas maneiras a câmara aqueceu normalmente.

Se não conseguir ajuda aqui com os colegas, acho que vou ter que aposentar o aparelho ou jogar-lo na lata do lixo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Colega

Testei a câmara ligando os fios na posição original e também na invertida e das duas maneiras a câmara aqueceu normalmente.

você dis ligando os fios vermelho e preto com a indicação 2 na segunda foto?

se for? você poderá usar aquele circuito, ligando sua fonte original na entrada dele, e os fios vermelho(positivo) e preto (negativo) na saida dele, e eliminar todo o resto do circuito....

Editado por Bcpetronzio
completar indagação de dúvida

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Não sei dizer e nem também o técnico. Vocês precisavam ver como ele montou o circuito que o bcpetronzio disponibilizou. Não fez na placa virgem, que ele devolveu. Ele montou o circuito soldando os componentes um no outro, sem usar a placa. Uma coisa horrível. Na mesma hora peguei o material de volta e voltei para casa para fazer as fotos e postar aqui.
Realmente este tipo de montagem fica muito feio, mas é relativamente comum quando se deseja fazer a montagem apenas para testes, sem que se tenha o trabalho de corroer uma placa de circuito impresso.
O problema é que, quando o aparelho deu o problema pela primeira vez, eu, inteligentemente, :muro:, abri o gabinete do aparelho e dei vários curto-circuitos nos CIs para ver se ele ressucitava, o que realmente chegou a acontecer, só que o aparelho morreu de novo e não voltou mais, então acho que o problema deve ser mais sério do que apenas aquele regulador trincado.
Bom...

Quando você abriu o aparelho da primeira vez o regulador já estava trincado?

O circuito acende a luz azul que existe na placa, mas não mostra nada no lcd e nem aciona o aquecimento.

Por isso mesmo, comecei a pensar que a solução seria elaborar outro circuito mais simples, tipo um dimmer, ao invés de tentar recuperar o original, que daria muito trabalho, chegando então ao problema que estou apresentando aqui.

Parte do circuito é alimentada direto dos 12V que vem da fonte (provavelmente a iluminação do display, inclusive), mas parte dele é alimentado pela tensão fornecida pelo tal regulador, e esta parte está "morta", sem alimentação alguma. Se da primeira vez o regulador já estava com defeito, os tais curtos não fizeram diferença, pois não havia tensão alguma no circuito.
Se não conseguir ajuda aqui com os colegas, acho que vou ter que aposentar o aparelho ou jogar-lo na lata do lixo
Antes disso, tente postar os códigos dos circuitos integrados que tem no circuito. Eles vem impressos na parte superior do próprio circuito integrado, no corpo deles.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não, bcpetronzio. Quando fiz o teste sem passar pelo circuito original, liguei a fonte naqueles fios (número 2 na segunda foto) e a câmara não respondeu.

Ela aqueceu somente quando liguei a fonte nos fios indicados pelo número 1 da segunda foto, que estão ligados também ao protetor termal indicado pelo número 3.

Liguei a fonte nas duas posições possíveis (com relação à polaridade) e ela aqueceu nas duas posições. ?!?!?

Mas ainda tenho esperança de que conseguiremos encontrar uma solução.

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cabteixeira, quando comecei a digitar a resposta anterior, o seu post ainda não estava na página, então aqui vai a minha resposta a ele.

...Quando você abriu o aparelho da primeira vez o regulador já estava trincado?

Na verdade, dei os curto-circuitos no aparelho na primeira vez que abri, antes mesmo de mostrar para qualquer técnico. Só depois, quando levei ao primeiro técnico que consultei, ele identificou o regulador trincado.

Quando chegar em casa vou pegar novamente o circuito para tentar identificar o que está escrito nos CIs e no regulador.

Quando o técnico viu que o regulador estava trincado, ele chegou a anotar a numeração escrita nele para que eu tentasse achar e nenhum vendedor, das três lojas que visitei, encontrou um equivalente, inclusive informaram que, se eu achasse, não seria daquele tamanho diminuto do original trincado.

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×