Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Isac Luis

Por que a solda não pega?

Recommended Posts

Em 06/11/2016 às 18:00, Isadora Ferraz disse:

Detalhe: tipo um ácido, corrói rapidin a ponta do soldador, fumaça fedorenta tóxica, use máscara ou exaustor.

 

Tá me cheirando que esse perigo não valerá a pena, se o trabalho não for MUITO importante.

 

Em 06/11/2016 às 18:10, cesardelta1 disse:

Aprendi a soldar alumínio com um Rádio amador anos atrás, mas é um processo chato e tem ue ser muito rápido pois o alumínio oxida muito rápido.

 

Falando de forma simplória, como é isso, mais ou menos?

 

Em 07/11/2016 às 08:20, Isadora Ferraz disse:

Se bem que o uso da palha de bronze isto se torna 1/2 que 'obsoleto'

 

Não conheço esse negócio. Tem foto?

 

Eu limpo a ponteira do ferro quente esfregando-a em esponja de aço que não se desmancha. Tenho gostado do resultado.

 

Em 16/12/2016 às 07:34, Isadora Ferraz disse:

Bem, sobre a química eu conheço por gota mágica ou pasta de solda

 

Já me disseram que há pasta condutiva e pasta não condutiva. Eu confio na fonte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não tão simploriamente assim, eu explico:

Muitos acham que o alumínio não oxida simplesmente por que ele não enferruja, o caso é que a ferrugem em materiais ferrosos são justamente uma oxidação superficial que sacrifica uma fina camada do material para salvar o resto.

Enferrujando a superfície não há como o oxigeno ultrapassar essa barreira e oxidar (enferrujar) o resto do material. É um mecanismo de defesa!

 

O alumínio que não é ferroso também oxida, e oxida muito rápido, quase que instantaneamente e é isso o que dificulta a soldagem com estanho.

Sabendo que é o oxigênio o agente oxidante, usa-se a parafina para cobrir a superfície limpa e impedir que o oxigênio entre em contato a superfície do alumínio enquanto se estanha a superfície.

Outro Segredo é usar muito calor, já que é sabido que o alumínio dissipa o calor muito rapidamente.

 

Aqui um vídeo do Luciano que ensina como fazer:

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, alexandre.mbm disse:

Tem foto?

eu não mas o google tem

Mortimer_esponja_de_bronce_x2.jpg

 

Bacana @cesardelta1 ! E eu achava que o ácido tinha função de dar uma corroída básica na superfície do alumínio forçando uma conexão meia que molecular um pouco abaixo da superfície.

Legal este lance da parafina. Living & learning. Penso que pelo menos a fumaça faz menos mal e é menos fedida do que a da gota mágica.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Isadora Ferraz No intuito de adicionar mais conhecimentos aos iniciantes, tenho que ressaltar o cuidado a ser tomado na hora de se adquirir a tal pasta de soldar.

Quando eu comecei brincar com eletrônica, estraguei um ferro de soldar em 2 semanas por causa de uma pessoa que ensinou a "molhar" a ponta do ferro de soldar na pasta toda a vez antes de cada solda.

 

Ele estava errado e eu corroí a ponta do meu ferro de soldar em duas semanas.

Pesquisando sobre a tal pasta de soldar, descobri que existem dois tipos:

 

Um tipo é aquela pasta do meio da foto que você postou, (a única delas que conheço) ela é altamente corrosiva e é usada em encanamento de cobre para água quente e não deve ser usada em eletrônica, inclusive é condutiva conforme o @alexandre.mbm  comentou.

 

o segundo tipo é o apropriada para se usar em eletrônica e não corrói a ponta do ferro de soldar.

 

Resumo: perdi o ferro de solda, pois a ponta enferrujou de tal forma que não consegui retira-la para colocar uma nova.

 

Eu sinceramente não posso indicar nenhuma marca pois nunca precisei usar, na verdade nem sei diferenciar uma da outra, só sei o que pesquisei nessa época e desanimei de usa-la.

 

Uma fonte confiável é o esse doido aqui:

 

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bacana de novo e 100% de sentido amigo @cesardelta1 . P.ex. no trampo está há muitos e muitos anos terminante proibido o uso de pasta de solda de qualquer tipo não por causa da ponta do ferro mas por qualidade do serviço.

Sem voltar à página anterior pra conferir, no caso do amigo que ressuscitou o tópico, penso que era apenas pra soldar um velho fio e não necessariamente pra entrar na linha de produção. Aí sim há de de avaliar a melhor opção química da coisa. Meu voto vai pra pasta de solda corrosiva mesmo. SF a ponteira.. tenho acesso à milhares kk

 

Ah sim me lembrei agora. Me lembro que eu usava breu pra "molhar" e limpar a ponteira do ferro e até mesmo pra soldar. Até que ficava bem bom

 

breu.jpg

 

De fato não sei:

-se faz sentido

-quando usei

-quem me ensinou isso

Só sei que usei e só sei que nada sei.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uso Breu dissolvido em álcool, agora com o de combustível mesmo, já há vários anos.

Coloquei num ex-vidro de esmalte de unhas de minha patroa. Pincelo no local onde soldar. A solda fica bem "molhante" no cobre e nos terminais do componente. 

 

Desnecessário lembrar, que também raspo os terminais dos componentes, principalmente daqueles provenientes da China. Estes oxidam em bem menos tempo que o normal.

 

Claro que meus ferros de soldar são estanhados. Antes de soldar, retiro apenas a fina camada oxidada da ponta do ferro em um "Limpador" composto por várias camadas de pano de toalha velha em uma embalagem de "Pastilhas Valdas", além de funcionar, é bem refrescante... Hehehe :D.

 

MOR_AL

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, Isadora Ferraz disse:

eu não mas o google tem

 

Eu havia procurado. Ligeiramente, é verdade.

Agora estou animado! É muito parecida com a que uso. Sendo que a minha não é amarela, é prateada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×