Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Hiboria

Sony e PS no Brasil, fabricado em Manaus.

Recommended Posts

Segundo o Globo:

Sony vai fabricar PlayStation2 em Manaus

A empresa deve investir R$ 9 milhões na Zona Franca para produzir 450 consoles já no primeiro ano de atuação

Marcelo Zorzanelli

Maior sucesso da Sony, o PlayStation2 vai começar a ser fabricado no BrasilPassados dois anos desde que o PlayStation 3 foi lançado, a Sony continua amargando um terceiro lugar no mercado que ela liderou com folga por uma década. A próxima cartada da gigante japonesa será investir na América Latina, disse nesta quinta-feira (13) um vice-presidente da empresa.

Ian Jackson, responsável pelo setor de vendas, disse que os mercados latinos são mais interessantes do que o Canadá, onde a Sony Computer Entertainment America investiu recentemente. "Obviamente, do ponto de vista do número de habitantes, não é segredo que a América Latina é uma grande oportunidade", disse Jackson. "Vamos dispor de um número de recursos para conquistar esse mercado".

A Sony vai fabricar o PS2 na Zona Franca de Manaus. Em agosto, blogueiros descobriram vestígios da chegada da Sony no Diário Oficial. O texto dizia: "N.º 108/08 - SONY BRASIL LTDA.: (Diversificação). Produção de telejogo, tipo "PLAY STATION 2". A Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), através de seu site, revelou que a Sony investiu R$ 9 milhões para produzir 450 mil consoles no primeiro ano de atuação.

Lançado em 2000, o PlayStation 2 é o video game de maior sucesso em todos os tempos. Vendeu 140 milhões de unidades pelo mundo, inclusive no Brasil, onde pode ser encontrado há bastante tempo. A fase um do plano de ação da Sony inclui Chile, Argentina, Colômbia e Peru. Depois virão Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicaragua, Panamá e Venezuela.

O lançamento no Brasil ocorrerá na terceira parte do plano, junto com Paraguai e Uruguai. "Identificamos que o mercado brasileiro é provavelmente a maior oportunidade para nós", disse Jackson. "Lançaremos o PlayStation 2 no Brasil até junho de 2009". A estratégia pode

ser o prenúncio da chegada do PS3.

O lançamento do PS2 acontece ao mesmo tempo em que a marca Tec Toy, representante da japonesa Sega no Brasil, anuncia um console 100% nacional chamado Zeebo, a ser produzido na Zona Franca de Manaus com tecnologia de celular. O console da Tec Toy custará R$ 599 e seus jogos serão comprados via rede 3G com créditos vendidos em cartões pré-pagos.

Acho estranho vir com um console que ja está morrendo, será que eles acham que estamos isolados do mundo?? Querem competir com o 360 usando o PS2. A maior parte dos gamers do Brasil ja tem um PS2 ou teve, acho uma furada vir com esse console.

Deveriam vir com o PS3 de uma vez e falando sério, entre um PS2 (o qual tive por 5 anos) e o Zeebo, aposto minhas fixas no segundo devido a iniciativa.

O que vocês acham?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, é difícil prever se o PS2 feito no Brasil vai ser um sucesso. Digo isso porque não faço a menor ideia de qual será o valor de venda deste produto. Eles teriam que oferecê-lo por um valor bem competitivo (tem que ser mais barato que os trazidos do paraguai) mais direcionado para as classes econômicas menos favorecidas. Também não sabemos quantos PS2 já tem no Brasil. Afinal, muitos chegam por caminhos não ortodoxos e seria difícil estipular o quanto o mercado nacional ainda pode gerar em vendas de um produto como este.

Todavia, não podemos nos esquecer do Master System que durante a década passada e, até mesmo nesta, vendeu horrores apesar de estar competindo com gerações mais avançadas de videogames como o Mega Drive e os sucessivos...

E se o PS2 conseguir o mesmo feito que o Master System ("é um jogo mas poderia ser verdade" ahahhaha, saudades), certamente a Sony terá o lucro que não anda tendo com o PS3.

Mas, seguramente, não dá pra ter sucesso se o preço for alto. E outra coisa, acorda governo (!), é um absurdo o valor do IPI (imposto sobre produto industrializado) sobre os produtos relacionados aos videogames. O valor do produto praticamente dobra... é uma política totalmente estúpida... Esses valores só geram descaminho, produtos by paraguay...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema são os jogos, quem compra jogo por 90 reais aqui, isso sendo bonzinho!

Quero só ver onde essa história vai parar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O q mantem a Sony na jogada é o PS2, por incrivel q pareça!!!!! O PS3 deu quase 3 bilhoes de dolares no seu primeiro ano e agora deu 1,3 Bi de prejuizo no segundo ano. será q darah lucro no terceiro ano? Pouco provavel...

O PS2 slim é de um hardware simples e barato hj em dia, q vende horrores no Brasil!!!!! Uma empresa do Naipe da Sony nao dah "ponto sem nó". Ela sabe q terah um retorno rápido desses 9 milhoes investidos e com certeza veremos pacotes nacionais como foi feito com o xbox360 brasileiro.

Acho uma iniciativa muito louvavel da Sony. Vai q depois a Nintendo se interessa pelo mercado brasileiro e se associa com a Gradiente, Tectoy ou a Dynacon p/ lançamento do Wii e do DS no mercado nacional. Improvavel, mas nao impossivel...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sei não, console ganha grana com venda de jogos, acho que o PS2 não fará tanta diferença assim fabricado aqui, ainda mais q certeza q o pirata será mais barato, vide X360 que o pirata é coisa de metade do nacional!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem tarde heim pessoal. Só imagino quando deve custar o ps2 nacional...mais de 500 reais vai dar prejuizo a eles.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×