Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Dumbledore

Tecnologia WiMax promete se tornar padrão...

Recommended Posts

RIO - Depois do sucesso mundial do WiFi, que permite acesso sem fio a uma rede local e, conseqüentemente, à internet por meio de um roteador e um modem, chegou a vez da explosão da tecnologia WiMAX ( pt.wikipedia.org/wiki/WiMAX ).

Aconteceu na semana passada no Rio o congresso latino-americano do WiMAX Forum, reunindo fabricantes e fornecedores desse setor em franco crescimento mundial.

Trata-se de uma tecnologia de banda larga sem fio que permitirá levar internet rápida a locais remotos, sem o custo decorrente de cabear grandes distâncias. Para um país grande como o Brasil, é uma solução que certamente promete.

Durante anos, o WiMAX existiu apenas no mundo das promessas, até que recentemente foi lançado o primeiro serviço comercial nos EUA.

" O WiMAX saiu das apresentações em PowerPoint e entrou para a realidade "

- O WiMAX saiu das apresentações em PowerPoint e entrou para a realidade - diz Greg Welch, diretor do grupo de mobilidade da Intel e diretor da Organização Mundial WiMAX nas Américas do Norte e do Sul. - Essa tecnologia tem tudo para se tornar o padrão mundial de acesso à internet e os preços tendem a baixar muito a partir do momento em que tivermos chips mistos WiMAX/WiFi embarcados nos notebooks.

A Intel já tem quatro parcerias nos EUA com fabricantes de notebooks equipados com WiMAX embutido operando na faixa espectral de 2,5 GHz - ASUS, Acer, Lenovo e Toshiba. As próximas parcerias da Intel serão com Dell, Sony, Panasonic e Samsung.

- Demorou de dez a 12 anos para a tecnologia WiFi emplacar. Esperamos que o mesmo aconteça com WiMAX em menos de cinco anos, pelo menos nos EUA - prevê Welch.

Aqui no Brasil, o mercado aguarda a regulamentação da faixa de 3,5 GHz pela Anatel e que está em consulta pública até o dia 5 de janeiro de 2009. Depois disso, começará para valer a corrida pelas fatias de mercado.

Mas a Embratel já disparou na frente, já oferecendo serviço comercial WiMAX para pequenas e médias empresas. O pacote inclui quatro linhas fixas e banda larga a 1 Mbps.

- Para as linhas telefônicas o gasto mínimo mensal é de R$ 100 e a banda larga custa R$ 89,90 por mês. Para uma pequena empresa, sai bastante em conta, usando duas linhas para voz, outra para o cartão de crédito e outra para o fax, por exemplo - disse Caio Gomes Lopes, gerente de relacionamento com canais da Embratel.

No jargão do WiMAX, fala-se em CPE (Customer-premises equipment), que é o terminal que se conecta sem fio à rede WiMAX na localidade. Na verdade é o "modem" que recebe e envia os sinais e está ligado à rede local via cabo Ethernet. No caso da Embratel, o CPE é da Motorola.

A empresa já tem 35 antenas operando no Rio de Janeiro, cobrindo desde Jacarepaguá e Barra até o centro de Niterói. Elas têm um alcance de 500 m, que pode ser estendido se houver condições de reflexão favoráveis ou mesmo por meio de repetidoras.

- Até o final do ano teremos um total de setenta antenas instaladas no estado - informa Lopes.

Enquanto isso, nossa velha e boa tecnologia WiFi continua de vento em popa, com notáveis avanços na adoção da norma 802.11n, conhecida como "padrão N", que proporciona cinco vezes mais rendimento e duas vezes maior alcance do que os padrões anteriores de WiFi - A, B e G.

- Em 2011, mais de 90% do mercado WiFi será no padrão N - afirma Edgar Figueroa, diretor executivo da WiFi Alliance, também presente no congresso WiMAX. - É bom que se saiba que não existe a tão falada "briga" entre WiMAX e WiFi, pois se trata de duas tecnologias genuinamente complementares.

Após a finalização da norma 802.11n, prevista para o final de 2009, a WiFi Alliance começará a impulsionar mais fortemente o futuro padrão P, que vai sacramentar a tecnologia WAVE (Wireless Access for the Vehicular Environment = Acesso Sem Fio para o Ambiente Veicular).

- Serão aplicações voltadas para estradas inteligentes e gerenciamento inteligente de tráfego, possibilitando vários processos em tempo real, tais como automóveis enviando relatórios, controle de pedágio, avisos dinâmicos de acidentes, sinalização variável e segurança reforçada - esclarece Figueroa.

http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2008/12/07/tecnologia_wimax_promete_se_tornar_padrao_mundial_para_acesso_internet-586888589.asp

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×