Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Equipe Clube do Hardware

Teste da Fonte de Alimentação Topower TOP-1100P10

Recommended Posts

Tópico para a discussão do seguinte conteúdo publicado no Clube do Hardware:


Teste da Fonte de Alimentação Topower TOP-1100P10


"A TOP-1100P10 é uma fonte de 1.100 W da Topower com a tecnologia ESA que nunca foi lançada, apesar de poder ser encontrada no mercado sem a função ESA como Tagan ITZ 1100. Confira."


Comentários são bem-vindos.


Atenciosamente,
Equipe Clube do Hardware
https://www.clubedohardware.com.br

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse é um produto para poucos, tanto é que nenhum comentário apareceu....

Pra dizer a real queria saber que tipo de máquina usaria uma dessas, uma com tri sli de gtx 295 ? ou uma com crossfire de ATI 4870X2 ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, tb tava pensando em uma configuração pra precisar de todo esse poder de fogo.

Além das VGAs, tem que ter uns 6 HDs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ou de gente que quer ter um PC bom (não um monstro) e ter eficiência alta quando ele estiver em carga máxima..

Eu acho engraçado o nome da fonte aqui no Brasil.. fica quase "tapuér" :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Pra dizer a real queria saber que tipo de máquina usaria uma dessas, uma com tri sli de gtx 295 ? ou uma com crossfire de ATI 4870X2 ?

3-way SLI de GTX 295 não existe (pelo menos, por enquanto :P).

GTX 295 é uma placa dual GPU. O certo seria um Quad SLI (2x GTX 295).

Ou de gente que quer ter um PC bom (não um monstro) e ter eficiência alta quando ele estiver em carga máxima..

A minha conclusão é, praticamente, uma soma da de vocês.

Eu acho que quem compra essa fonte deve usar, no mínimo, uma CPU top com um bom overclock mais um SLI de GTX 295 ou CrossFireX de Radeon HD4870 X2 (como citou o sambaquy) e ainda ter uma boa eficiência em plena carga.

Mas eu ainda to para ver uma configuração puxar mais de 800W.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Se o problema com a saída de +5VSB não lhe incomoda (e honestamente você não deveria se preocupar com isso) e você não se importa em ter um produto barulhento, os modelos de fontes de alimentação baseados neste projeto tais como a Tagan ITZ1100 são boas opções na faixa de 1.100 W, especialmente porque este modelo da Tagan pode ser encontrado com um excelente preço nos EUA, US$ 180.

Como não? Hoje em dia todas as placas mãe usam o +5VSB para fornecer a tensão de +5V às portas USB e não é incomum ter vários dispositivos de alto consumo conectados a elas.

Tenho visto ultimamente umas 8 portas no espelho traseiro de algumas placas para entusiastas e somente o consumo de 6 portas usadas intensamente com a máxima corrente suportada pelo USB (500mA) já seria o suficiente para ter uma instabilidade e possivelmente o computador nem sequer ligar pois o +5VSB é o responsável pelo circuito de partida.

Tirando o USB, as portas PS/2 (mouse e teclado), sistemas Wake (como Wake LAN) utilizam o +5VSB.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×