Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
MOSNA

Contrato (quanto cobrar e modelo)

Recommended Posts

no caso da lan house você tem que negociar com o dono.

Por exemplo se você cobra 45 reais por cada maquina ( 10 no caso) seria 450, provavelmente o dono pedira um desconto de +/- 30 reais ou até 50.

mas depende do serviço , se for uma manutenção, limpeza dos dispositivos , ai é você que tem que estimular o seu preço.

espero ter ajudado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

aproveitando o tópico aqui, eu esses dias me ligaram da escola da minha filha pedindo se eu podia dar uma olhada em um computador deles que estava parado e eles estavam querendo colocar pra funcionar.

pra minha surpresa quando cheguei na escola me deu vontade de xingar o cara, ele me tira de debaixo da cama um semptoshiba que de branco estava preto com o milenium instalado.

sacangem né, virei as costas e vim embora. Mas sinceramente me arrependi de não ter cobrado visita. você perde seu tempo, gasta passagem pra ir a um lugar e vê a pessoa quer consertar uma coisa e nem preza pelo que tem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, o négócio é o seguinte: O cara que ta numa ruim , desempregado, besbaratado e sem o que fazer, sai por aí mesmo com a malinha de ferramentas a fim de ganhar 5,00 ou 10,00 . Mas, se esse cara pe profissional estando ele cheio de serviço, eu duvido que deixe de atender os bons clientes dele pra ir afim d eum por 5,00 ou 10,00. A seleçõa é natural, vai fazer os mais rendozos, e outros ficam.

Agora, veja se o cidadão tem uma equipe e desloca um funionário seu para atender um cliente por esse valor!! Mas, nãoa vai fazer isso de jeito nenhum.

Abraços

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom pessoal é o seguinte ... trabalhei como técnico em lojas de informática por 3 anos, e hoje vejo que é hora de partir para o próprio negocio. como vivi muito tempo na área sei de muitos "pepinos"e "buchas" que acontecem dentro desta área desde clientes "complicados" até contratos mal elaborados.

Como meu foco para os primeiros 2 anos de empresa é para "pequenas" empresas, uma duvida muito grande me surgiu e gostaria da opinião de vocês para tentar formar uma melhor estratégia e conseguir viver nesse mercado cada vez mais competitivo.

supondo que minha empresa feche contrato da seguinte forma:

empresa atendida "tal":

quantidade de micros = 5.

direito de chamados por mes = 4.

se não houver necessidade de chamados no mes, fazer uma visita preventiva por mes.

valor do contrato R$250,00 mensais - R$50,00 por maquina

contrato de 6 meses.

baseado nesses valores e que se trata de pequenas empresas com no máximo 5 computadores, e considerando minha região. e que minha empresa é nova nova no mercado com pretensões de nos 2 primeiros anos de existência é de apenas "sobreviver" e a partir do 4° e 5° ano começar a "ganhar" dinheiro talvez esse seria o preço a se "pagar" para entrar no mercado...

em fim minha duvida principal é a seguinte:

se um cliente tem um contrato que da direito a 4 suportes por mes. utilizar os 4 no mes. e nesses 4 pedir para que todas as "5" maquinas fossem formatadas.

mesmo que não necessitasse! o que fazer?

acho improvável que isso aconteça mas se tratando de cliente tudo é possível!

espero que vocês possam me ajudar a pensar em um boa estratégia pessoal.

um abraço e sucesso a todos!!

Eric Echeverria

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Eric

Eu acredito que a necessidade de uma formatação ou de qualquer outro procedimento técnico, tem que ser avaliada e diagnostica pelo técnico (você) e não por seu cliente. Seria o mesmo que um cliente dar "pitaco" ou querer sugerir uma solução nas áreas mecânica, médica etc.

A obrigação do técnico é manter o funcionamento perfeito das máquinas, seja hardware e/ou software; desde que tudo isso esteja tipificado no contrato de prestação de serviço.

Mas lembre-se, quem define o método de resolução de um defeito é você.

Boa sorte

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigos, to entrando no ramo de manutenção:

Alguém pode me passar uma base de valores dos preços cobrados em São Paulo...

Nota: Os links da 1ª pagina estão quebrados.

Agradeço a atenção...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

o que eu postei foi o seguinte:

Olá pessoal, estou iniciando minha vida como profissinal autônomo na área de TI, prestando serviços de hardware e redes, além de outros serviços da área.

a minha questão é;

°é possível me tornar uma pessoa jurídica, fechando contratos de serviços com empresas de pequeno porte...ou seja, me tornar a minha própria empresa...

caso alguém tenha alguma informação sobre o assunto, eu ficaria muito grato...abraços...

e ainda não obtive uma resposta satisfatória,

ainda estou na dúvida porque estou começando, estou meio inseguro em relação a isso, questões sobre futuro, arriscar ou tentar uma carreira em uma empresa já estabelecida no mercado???... quem ja tem experiência, talvez poderia me dar uma ajudinha...abração!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro amigo tudo bem?

Primeiro analise o quanto cobram os outros tecnicos(lojas, autonomos) e estabeleça um padrão nem muito acima e nem muito abaixo do que eles

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá povo.

A minha cidade é muito pequena,os tecnicos de lojas aqui cobrar em média 30 reais a visita tecnica, eu acho um absurdo isso, pois aqui de carro dá pra você atravessar a cidade em 15 minutos, por isso eu não cobro visita

Mais em cidades um pouco maiores seria pagar pra trabalhar não cobrar visita, devido ao custo do transporte e o tempo de locomoção.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É muito difícil mas a primeiro coisa a fazer, é estudar bem e prepara uma proposta, um modelo de proposta você acha no google, normalmente ak os técnicos q não são de instituto federal, e sim feito nas escolas de computação, cobra cinco reais por máquinas, mas você tem q ter no minimo umas 10 máquinas, então é muito complicado, normalmente se cobra por máquinas e o preço justo seria de 30 por máquina.porque tb vem a parte de rede, q não é fácil. Tudo isso tem q veres com muito cuidado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
o que eu postei foi o seguinte:

Olá pessoal, estou iniciando minha vida como profissinal autônomo na área de TI, prestando serviços de hardware e redes, além de outros serviços da área.

a minha questão é;

°é possível me tornar uma pessoa jurídica, fechando contratos de serviços com empresas de pequeno porte...ou seja, me tornar a minha própria empresa...

caso alguém tenha alguma informação sobre o assunto, eu ficaria muito grato...abraços...

e ainda não obtive uma resposta satisfatória,

ainda estou na dúvida porque estou começando, estou meio inseguro em relação a isso, questões sobre futuro, arriscar ou tentar uma carreira em uma empresa já estabelecida no mercado???... quem ja tem experiência, talvez poderia me dar uma ajudinha...abração!!!

Já é lei desde junho/2009 o Empreendedor Individual. Você se cadastra no SEBRAE, onde serão impressos documentos, após consulta prévia de Razão Social, já contendo a Razão Social e o CNPJ da sua empresa. Terá um imposto fixo de 56,45 por mês, e terá direito a emitir nota fiscal e ter um funcionário com carteira assinada se assim necessitar. Após o SEBRAE, será encaminhado a junta comercial de sua cidade para pegar o documento definitivo, e pagando o imposto também está pagando sua previdência social, que lhe dará o direito a aposentadoria, que nesse caso é sobre salário mínimo. Eu fiz aqui em Belo Horizonte e já estou trabalhando. Rápido e fácil. Como tem dúvidas vá ao SEBRAE. mas se já estiver seguro, pode se cadastrar e imprimir os documentos em casa mesmo, e apenas ir ao SEBRAE para protocolar, e ir a Junta comercial depois.

Link para se formalizar:

http://www.portaldoempreendedor.gov.br/modulos/inicio/index.htm

Espero ter ajudado!

Vite meu blog com inauguração oficial em 01/03/2010 :

http://informaticaparatodos2010.blogspot.com/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fiquei assustado, estava lendo os tópicos antigos: Tem cara aqui cobrando R$40,00 a hora e achando bom?? Se o cara conseguir pegar um cliente por dia e se ele trabalhar de segunda a sexta o que da 22 dias então temos 22*40 = R$880,00. Isso não é nem prostituição, porque até prostituta cobra mais do que isso e atende mais de um cliente por dia. Sinceramente, o que da pra fazer com R$880,00??? Isso menos do que 2 salarios mínimos, é sálario de officeboy. Se for pra ganhar isso saiam da área... Simplesmente absurdo...

Ahh, só pra cosntar, vi uma reportagem outrro dia na tv dizendo que o salario minimo ideal para uma familia seria R$1.600,00 (o que é muito menos do que ganho hj trabalhando na iniciativa privada).

Na boa, eu não saio de casa pra ganhar 40 conto nem ferrando, só de gasolina vai R$2,44 a cada 8Km.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O post do erikpinheiro foi ótimo, kkkkkkkk. :lol: Concordo com você, erik.

Estou iniciando minha empresa agora em 2011, e sinceramente, se não aceitam o preço dos meus serviços, que modéstia à parte são de qualidade, deixo como está. Vão pedir o "Juquinha do apto 301" pra resolver o problema e muito provavelmente vão se arrepender.

Já perdi muitos cliente por causa desses "Juquinhas", mas também ganhei vários clientes que ficaram satisfeitíssimos, cobrando um valor justo por um serviço de qualidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema não acontece só com o pessoal que presta serviço de hardware, mas acontece com o pessoal de software também.

Eu trabalho com freelancer / prestador de serviços, com relação a programação web (php,html,javascript,mysql e afins).

Cobro em média de R$20,00 a R$30,00 a hora, trabalhando em média 4 horas por dia, dá um salário bom no fim do mês, principalmente pelo fato de eu ainda estar engatinhando no mercado de trabalho.

ano passado fui visitar um cliente em potencial.

Fui conversar com ele, e falei como eu trabalho, e quanto eu ia cobrar para fazer o sistema que ele me pediu. Na hora que eu falei o preço, ele achou um absurdo, que o que eu cobrei estava muito caro, e que (tem sempre que ter) sobrinho dele, que acabou de sair do curso técnico disse que fazia o sistema pela metade do preço.

Disse pra ele que o meu preço logicamente não é o mais barato, mas também não é o mais caro, e que prezo pela segurança do sistema, coisa que hoje em dia é muito difícil se ver em programas por ai.

Enfim, ele falou que por aquele preço não iria pagar, e eu teria que abaixar no mínimo 40% do preço.

Quase fui sem educação com ele, mas mantive a linha. Disse que aquele era o preço, e que se o sobrinho dele disse para procurá-lo, pois tenho certeza que ninguém faria mais barato que ele.

Tempo depois, o cliente veio me procurar para saber se eu ainda estava interessado, pois ele havia falado com o dito sobrinho e o mesmo construiu o sistema totalmente errado.

Não querendo desmerecer o dito sobrinho, mas ele não tinha uma experiência muito grande, e consequentemente acabou errando ao fazer o sistema.

Disse para ele que sim, estava interessado ainda, no entanto o preço da hora que cobrei que era de R$20,00 passou a ser R$25,00 por causa de reajustes que ocorreram no passar do tempo.

Hoje ele está feliz e saltitante com o seu sistema, e eu com o preço que cobrei dele.

Acho que se um cliente tenta fazer de nós, técnicos / desenvolvedores, devem pagar mais, afinal, vingança é um prato que se come frio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Roberto, muito bom.

Mas ainda acho que 20 reais/hora é pouco.

Deveria pra mim estabelecer os 30 como mínimo.

Suas horas de cursos e certificações e também de experiência valem mais do que isso.

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Reh.Suporte,

Cobrei R$20,00 pois o cliente tinha apenas uma loja de prestação de serviços, via-se que não era um cliente muito grande, por isso não cobrei o normal, que seria R$30,00.

Algumas vezes fiz alguns programas para locais com mais infra-estrutura e com um ganho maior, ai tem como cobrar mais caro. Mas o que ele queria era uma coisa rotineira de se fazer, o que fez com que eu não tivesse tanto trabalho também, o que facilitou a diminuição de preços.

Enfim, faço um preço justo para os clientes, mesmo que não seja, as vezes, justo para mim.

O que não faço logicamente é me "prostituir" cobrando barato para trabalhar com coisa fodastica.

Mas muito obrigado pelo conselho.

Aqui na minha cidade a falta de desenvolvedores com habilidades é muito escassa. O que facilita o trabalho. Quem sabe quando eu tiver mais algum tempo de mercado de trabalho eu aumente mais o valor das horas trabalhadas :D

Gostaria de saber do pessoal daqui, de como cobram os sistemas de seus clientes?

Cobram por hora, ou por sistema feito ?

Fazem o cliente pagar por meses mostrando o que foi feito, ou só recebem depois do sistema feito?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caras, concordo com a maioria dos comentário. um cara faz um curso de meio dia e sai fazendo m no computador dos outros e ainda tem gente que acha que fez um grande negócio pagando R$ 10 pra alguém destruir informações dele... Já passei por situações de dar o preço da visita e o cara virar pra mim e falar: "por quê é tão caro? você não tem custo nenhum!" E eu falei pra ele: "meu carro não é movido a energia solar, e nem tenho bolsa de estudo pra fazer meus cursos." Ele não gostou muito, mas pagou e ainda é meu cliente, pois embora eu cobre um preço justo pra área em que atendo, procuro prestar um serviço de qualidade e sempre paparico bastante os meus clientes (acreditem, eles adoram!), procuro ser atencioso e ganhar a confiança do cliente, prestando serviços de qualidade. Quando o cliente pega a confiança, ele entende que, mesmo pagando algo que ele considera um pouco elevado, ele têm a garantia de que será atendido no momento em que precisar.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Caro Arthur, salve!

É isso mesmo. R$ 50 cobre apenas custos de tranporte/deslocamento. Eu cobro R$ 150 a 1ª hora e a partir da 2ª, R$ 100.

Entendeu? R$ 50 é apenas para o custo-deslocamento.

Bração e boa $orte,

Quemel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá amigos, estou iniciando um empreendimento atualmente e gostaria de saber quanto estão cobrando por formatação e reinstalação do sistema. Vocês diferenciam computadores de notebooks, ou formatação com ou sem backup?

Imagino um preço mínimo de R$ 50,00 pelo serviço sem backup.

Qual o valor que cobram por formatação em uma máquina de cliente físico (doméstico) e quanto cobram por máquina de cliente jurídico (empresa)

Se puderem ajudar fico grato, vamos atualizar o tópico e compartilhar informações sobre os valores praticados atualmente. Grato!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@samuelsaboia Guest Joenville, concordo com você. Devemos valorizar a nossa área. No meu ponto de vista, o preço é gerado conforme a sua necessidade, porém nunca menos do que o mínimo. Sou um ótimo programador, mas as pessoas que me conhecem não me largam pelo que cobro, pois as atendo muito bem...Não as atendo porque elas tem mais dinheiro, mas pelo o que realmente aprendi. Eu não saio de casa para formatar um computador, que é coisa mínima, por menos de R$ 350,00. Mesmo que não tenha dinheiro para comer. As pessoas, quase geral, se não tem o que comer se prostituem e acabam queimando os nossos serviços. Quando comecei nesse ramo, não me prostitui, pois sei o quão foi difícil para aprender. Quando comecei, se não me chamavam por causa do preço, me virava honestamente em outra área qualquer, mas meu trabalho de informática eu não dava de graça. Somente vou dar meu trabalho de graça para aqueles que realmente provarem que não tem condições como uma instituição, aleijados ou doentes,  mas para o resto, que vão a luta... Doações é uma coisa, trabalho e amizade são outras completamente diferentes...

@LJNegão Certo dia um cliente indicado me chamou para conversarmos sobre valores de formatação, pois estava querendo formatar o seu. Ele me disse para caprichar no orçamento, pois iria fazer com mais dois. Eu estava precisando nessa época. Sabe o que disse ao cliente? Não participo de leilão! Disse a ele que trabalho para rico, pois o rico não pergunta preço e manda fazer, mas claro, esse tipo de rico vai fazer por uma boa indicação. Eu não me prostituo pela minha necessidade. Se não dá, faço outra coisa para ganhar pelo menos para comer, mas acabar com os meus colegas profissionais do ramo, que realmente são capaz como eu, jamais! Eu não saio de casa por menos de R$ 350,00 para formatar um computador!!! Mesmo que tenha que carpir um terreno para ganhar pelo menos uma comida...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Almeid Profissionais e profissionais tem aos montes! Mas qualificado e que sabem o que faz, são poucos. Eu não saio de casa para formatar um computador por menos de Cr$ 350,00. Esse preço é o que todo o profissional deveria cobrar por uma formatação simples que seja. Não me prostituo pela minha necessidade. Se não tenho cliente na minha área de informática, vou e me ofereço para carpir um terreno e ganhar pelo menos o meu pão, mas me prostituir, jamais...Vamos deixar que os mortos de fome façam...Por isso que o nosso Brasil está cheio de aproveitadores, pois o povo aceitou e continua aceitando esses absurdos...Fiz um software maravilhoso, tenho mostrado para as empresas e elas tem achado caro, mas tem achado muito bom. Elas queria que baixasse o preço, disse que não. Esse é o preço hoje, amanhã pode ser maior ainda...Não vou dar de barbada o que aprendi com muta dificuldade...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×