Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Razões pelas quais os estabilizadores atrapalham a fonte do PC.


Posts recomendados

faller muito bom seu topico viu

olha so estou com um probleminha aqui em casa ou melhor apartamento, montei um pc pra mim a pouco mais de um mes com uma fonte da corsair vx550w (minha configuração é amd x3 720 hd4870 2 hds 4g memoria ddr3 gravador de dvd e 7 cooler led) e ela apresenta um barulho estrannho bem baixinho, nao quero chamar ele de zumbido porque sempre que li sobre eles imaginava algo mais alto e o meu agora acho que nao chega a cer um zumbido mais tipo um barulho de energia seila (nao manjo nada de eletrica)

comprei um filtro de linha da apc o mais top que tinha na atera tem ate filtro de cabo coaxial e nao adiantou nada

chamei um tecnico de eletronica em casa e ele me disse que a rede eletrica do apartamento é porca apesar de ser nova, predio entrque pela rossi ano passado a rede eletrica é muito ruin, e nao da nem para melhor todos os conduit entupidos nao passa fio para lugar nenhum

bom ele acha que é por eese o motivo do barulho na fonte , disse que um nobreck resolveria o meu caso. mas sera mesmo

queria a opiniao de mais alguem

e se essa for realmente a solução e o fato dos nobreacks teren estabilizador interno nao poderia prejudicar minha fonte tambem

se nao qual nobreck me indicariao ate uns 400 reais. sms???

ou nao nobreak até 400 nao prestao

faller vim aqui tambem por ja ter lido varios outros topicos seu e adimiro seu coinhecimento em eletronica

quando crescer quero ser igual a você rsrsrsrs

bricadeiras a parte

obrigado pela atençao de todos

e até breve

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

chamei um tecnico de eletronica em casa e ele me disse que a rede eletrica do apartamento é porca apesar de ser nova, predio entrque pela rossi ano passado a rede eletrica é muito ruin, e nao da nem para melhor todos os conduit entupidos nao passa fio para lugar nenhum

bom ele acha que é por eese o motivo do barulho na fonte , disse que um nobreck resolveria o meu caso.

Técnicos esses Técnicos, assim como existem bons técnicos existem os falcatruas..

- 1) A rede é ruim e não dá para melhorar!

- 2) É por causa da rede ruim que sua fonte geme!

- 3) Um no-break resolveria seu problema!

Se puderes pergunte a ele..

1) Perguntas derivadas da acusação 1:

- Porque ele acha e classifica a rede ruim?

- Seria tensão anormal, mas qual a tensão, que valores deu, ou ele somente olhando para a tomada consegue ter essa percepção??

- Todos os demais equipamentos de sua casa e da casa dos vizinhos provavelmente operam numa boa, mas mesmo assim a rede é ruim. Qual seria o problema dela?? Se fio fino, para um PC que consome 300 Watts, imagina para um forno de microondas de 1.000 Watts ou um aspirador de pó, com 1.300 Watts e por ai vai..

2) Perguntas derivadas da acusação 2:

- Por que uma fonte gemeria, ou apitaria em uma rede ruim?? Qual a sustentação para essa afirmativa?? TV's também tem fontes, tudo que é equipamento eletrônico tem fontes, mas, como você não reclamou, me parece que não gemem. Significa que sua rede é ruim somente para computadores???

3) Essa terceira é a melhor de ser estudada.

- Por que razão um no-break iria resolver a situação ai?? Provavelmente ele vai pegar uma definição de carteirinha e dizer... O no-break gera a partir da bateria a tensão para seu PC e desse modo gerará uma energia pura, límpida, estável , uma verdadeira maravilha....

Pois saiba que não é assim com a enorme maioria dos no-breaks por ai.. Os no-breaks comuns somente geram se faltar energia e quando geram passam a fazer mediante geração de uma forma de onda retangular, totalmente esdrúxula e altamente estressante para a fonte de seu PC.

Amigo, sua fonte não deve ter problema algum, e isso dai deve ser a vibração normal de algum componente interno da mesma. Fabricantes colocam uma espécie de golesma internamente às fontes para fixar mecanicamente os componentes, ou simplesmente quebrar sua ressonância natural. Veja ai:

ColaouGrude.jpg

Pode ser que sua fonte foi brindada com um componente mais exaltado. Se isso lhe atrapalhar e a fonte estiver na garantia, troque-a com seu fornecedor. Caso contrário, se for aturável a vibração, relache e troque de técnico...

Abraço...

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vale muito a pena pegar esse filtro aí ao invés de um estabilizador! Ele vai te dar proteção necessária contra picos de tensão e sobretensões. O faller te confirmará.

As fontes dos Apple são encomendas de empresas especializadas no ramo, muitas vezes vem de uma marca conhecida de fontes conceituas, mas são customizadas para as necessidades de potencia e design da Apple. Posso de confirmar que são excelentes fontes, sendo que a desse MAC e a de muitos outros modelos, possuem PFC Ativo.

Obrigado pela atenção rau e me desculpe pela demora em responder, não recebi no meu email sua citação.

Bom, mesmo sendo ótima as fontes dos Apple vou precisar de um filtro pra ligar o restante, monitores, roteador, tv, video game etc...

Dei uma pesquisada nos sites gringos e achei um filtro APC que me parece bom, então, como meu irmão está vindo do canadá vou pedir que me traga um desses http://www.compusa.com/applications/SearchTools/item-details.asp?EdpNo=5004587&CatId=232

Tem outras marcas, Tripp Lite, Monster, Belkin, CyberPower, alguém conhece? São boas também?

Valeu.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Já tinha visto sobre isso aqui no forum, mas li o artigo mesmo agora ;

To montando um PC novo e por tudo que li, vou abandonar o estabilizador e usar um filtro de linha.

Sou muito leigo nessa parte de energia, como sei se a tensão aqui é 110 ou 220v ?

Se você morar no RJ como diz seu perfil, acredito eu que seja 110, já que moro aqui e nunca vi uma casa com rede 220. Que eu sabia só em SP eles usam 220 devido a grande população. Seria muito bom usar 220 aqui em casa, já que a conta de luz reduziria bastante ^_^

@Faller - Gostei muito do teu tópico! Não tinha ideia dessa bomba que o estabilizador é. Acredito até que é por isso que minha atual fonte já está dando problema... Uso ela a uns 5 anos e esta semana tive problema de energia aqui no bairro, onde esta caiu 3 vezes consecutivas em menos de 20 minutos. Daí, como o burro aqui ficou tentando ligar o PC durante ambas as vezes reforço o achismo do problema...

A partir desse dia das quedas de energia em diante meu PC passou a dar uns surtos e desligar sozinho... Ele desliga de uma tal forma em que só posso religá-lo cortando totalmente a energia dele e esperando uns 10 segundos para religá-la junto com o PC.

Vou procurar saber se realmente é a fonte ou por algum acaso já não é meu P4 pedindo arrego por conta da temperatura.

Abraços aí!

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
Sou muito leigo nessa parte de energia, como sei se a tensão aqui é 110 ou 220v ?

Leigo acho não seria a palavra exata, que tal alienado.. Se você olhar em uma lâmpada, desligue-a antes, e ler, lá vai estar escrita a tensão (é dada em Volts, VAC ou V simplesmente) e a potência (em Watts ou W)da mesma, no mínimo.

Pode também olhar no seu liquidificador, na batedeira, na enceradeira, no aspirador de pó, mas, convenhamos, em uma lâmpada acho até que fica mais fácil...

Abraço...

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Caro Faller

Sou formado em eletrotécnica em 19 e antigamente, devo estar bem defasado pois além de não exercer a muitos anos, tãopouco fiz alguma especialização, mas eu uso estabilizador julgando que este irá segurar a onda em caso de sobrecarga ou pelo menos parte dela, com isso amenizando a pancada na fonte.

Lendo sua brilhante explanação vi que isso não se aplica em caso de regime de sobrecarga anormal nao haverá proteção alguma.

Pois bem, então deduz-se que além de não proteger prejudica, no entanto esses equipamentos não são certificados pelo INMETRO?

Já usei fonte plugada direto na tomada e nunca tive problemas, hoje uso estabilizadores nos 4 pcs o mais novo foi comprado a cerca de um ano e meio atrás é um Exodus da Microsol ( http://www.microsol.com.br/?acao=produtos&categoria=folder# ); outro é da SMS Revolution 2,5 e mais dois daqueles clones antigo (aquele retangular cor gelo) como são 4 coisas que além de não ajudar ainda prejudicam, fora o consumo extra de energia, seria isso?

No caso do meu pc, coloquei esse da SMS 2,5 porque achei que iria oferecer proteção a minha fonte (TR2-430 Thermaltake) no tempo custou muito.

Meu estabilizador ( http://www.infohard.com.br/produtos/detalhes.asp?id=1527 ) segundo o fabricante é Atende a norma brasileira para Estabilizadores de tensão NBR 14373 então o que diz tal norma para atende-la e não proteger nossos equipamentos?

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Caro Faller

Sou formado em eletrotécnica em 19 e antigamente, devo estar bem defasado pois além de não exercer a muitos anos, tãopouco fiz alguma especialização, mas eu uso estabilizador julgando que este irá segurar a onda em caso de sobrecarga ou pelo menos parte dela, com isso amenizando a pancada na fonte.

Lendo sua brilhante explanação vi que isso não se aplica em caso de regime de sobrecarga anormal nao haverá proteção alguma.

Pois bem, então deduz-se que além de não proteger prejudica, no entanto esses equipamentos não são certificados pelo INMETRO?

Já usei fonte plugada direto na tomada e nunca tive problemas, hoje uso estabilizadores nos 4 pcs o mais novo foi comprado a cerca de um ano e meio atrás é um Exodus da Microsol ( http://www.microsol.com.br/?acao=produtos&categoria=folder# ); outro é da SMS Revolution 2,5 e mais dois daqueles clones antigo (aquele retangular cor gelo) como são 4 coisas que além de não ajudar ainda prejudicam, fora o consumo extra de energia, seria isso?

No caso do meu pc, coloquei esse da SMS 2,5 porque achei que iria oferecer proteção a minha fonte (TR2-430 Thermaltake) no tempo custou muito.

Meu estabilizador ( http://www.infohard.com.br/produtos/detalhes.asp?id=1527 ) segundo o fabricante é Atende a norma brasileira para Estabilizadores de tensão NBR 14373 então o que diz tal norma para atende-la e não proteger nossos equipamentos?

A tal norma especifica mais ou menos o seguinte:

- O estabilizador deve aceitar uma variação da rede elétrica de 90 a 145V (não confirmei esses valores, mas é aproximadamente isso) e nessas condições impedir que a saída varie mais que 6% em relação à tensão nominal de 115V.

Minha opinião: Uma fonte de PC atual funciona de 90V até 264V nominalmente, na pratica pode funcionar com variação maior, variação tolerada muito maior que a do estabilizador. Com vantagens, as tensões de saída sem praticamente nenhum variação.

- Afirma que em caso de sobre ou sub tensão sustentada a saída do estabilizador seja desligada.

Minha opinião: A energia vai para 150V. Com estabilizado: o PC desliga. Sem estabilizado: o PC segue funcionando.

- Que os estabilizadores tenham proteção contra sobrecarga.

Minha opinião: Incrível como um estabilizador podia ser vendido sem isso, não é a toa que alguns incendeiam.

- Que os estabilizadores integrem filtro de linha. Porém não especifica a capacidade dele.

Minha opinião: Se o fabricante colocar um capacitor de R$0,05 ele cumprirá a norma.

Para mim essa norma não serve para nada além de marketing...

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pois bem, então deduz-se que além de não proteger prejudica, no entanto esses equipamentos não são certificados pelo INMETRO?...

...Meu estabilizador ( http://www.infohard.com.br/produtos/detalhes.asp?id=1527 ) segundo o fabricante é Atende a norma brasileira para Estabilizadores de tensão NBR 14373 então o que diz tal norma para atende-la e não proteger nossos equipamentos?

Caro misterjohn.

Leia o post abaixo:

.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vendo essas materias me chamou atenção sobre a existência do estabilizador ha 70 anos aquelas caixas metálicas com um seletor e um voltímetro que tínhamos em nossas tvs e geladeiras a qual chamavá-mos de transformador é considerado um estabilizador?

Vira e mexe ia um lá e dava uma virada no botão para mais ou para menos, se não for isso o que usava estabilizador a partir de 1939?

Essas fontes de grife e de maior potência são tiristorizadas ou esse componente não é adequado a essa aplicação?

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
Vendo essas materias me chamou atenção sobre a existência do estabilizador ha 70 anos aquelas caixas metálicas com um seletor e um voltímetro que tínhamos em nossas tvs e geladeiras a qual chamavá-mos de transformador é considerado um estabilizador?

Vira e mexe ia um lá e dava uma virada no botão para mais ou para menos, se não for isso o que usava estabilizador a partir de 1939?

Essas fontes de grife e de maior potência são tiristorizadas ou esse componente não é adequado a essa aplicação?

Tu falas é do cara esse daqui:

Reguladordetenso_bempequeno.jpg

Ou assemelhado...

Pois esses dai eram até certo ponto muito melhores que um estabilizador e digo porque:

1) Não ficavam mudando a todo instante (tlec) e desse modo gerando espúrios para cima da fonte (geração da FCEM com o desligamento de qualquer carga com comportamento indutivo). Só tinha tlec quando o cidadão levantava a ***** da cadeira e ia lá dar um tapa no botão de controle...

2) O botão de controle modificava a tensão da rede em TAP's da ordem de 2 a 3 Volts, e desse modo se conseguia um melhor ajuste. Os estabilizadores de hoje, alguns deles tem mísseros 2 ou 3 Taps de ajuste...

3) Existia um feedback visual, o velho e bom medidor, na cara do equipamento. Não tinha dessa da eletrônica bagunçar e mandar 135 Volts fixos para sua fonte como outro dia socorri um colega de forum que medindo seu estabilizador disse jamais variar dessa tensão (relé preso, ou eletrônica zuada)...

4) os transformadores que se usavam àquela época se feitos para 300 Watts, aguentavam mais de 300 Watts. Os atuais, de alguns estabilizadores não aguentam 150 Watts...

Chega de saudade...

A introdução das fontes chaveadas se deu ainda no século passado, nos equipamentos em geral, televisores, PC´s etc..

Essas fontes chaveadas se baseiam no seguinte princípio:

- Retifica a tensão da rede elétrica e consegue-se 310 Volts CC

- Essa tensão é chaveada por transistores de alta potência e alta frequência, em cerca de 50.000 Hz e alimentam um primário de um transformador que reduz para as tensões necessárias ao PC (multisecundário) que em seguida são retificadas e filtradas.

O ajuste das tensões de saída se dá por realimentação daqueles transistores do primário, modulando-os em largura de pulso (PWM).

Esse tipo de modulação confere a fonte uma larga faixa de funcionamento, desse modo naturalmente elas não necessitam de estabilizador.

Como o estabilizador saiu da frente dos TV's e da frente do PC não saiu???

As fontes antes de ser chaveadas eram fontes lineares, com baixa faixa de regulação, muito ruins diria. Suas tensões de saída eram muito dependentes da tensão de entrada. Uma variação na entrada, por menor que fosse, acarretava uma variação na tensão de saída.

Num televisor, no amplificador vertical esse efeito era muito fácil de se sentir, ao ligar um chuveiro por exemplo...

O tamanho da imagem, a altura principalmente, ao cair a tensão sofria sensível redução e esse efeito era sentido na tela ao ligar o chuveiro elétrico por exemplo...

QuedadatensoACemtelevisoresantigos.jpg

Com a chegada da fonte chaveada aos televisores, essa queda não mais era sentida. Naturalmente os estabilizadores foram sumariamente "rifados" de perto dos televisores. Qualquer um conseguia ver que não mais eram necessários. O efeito "tela" foi mortal no sentido de banir os estabilizadores daquele posto dali...

Ai a indústria de estabilizadores tinha que arrumar um bode expiatório, tinha que escolher outro "pato" para desovar sua produção.

Era caso de extrema necessidade, vinculado a possibilidade do desemprego grande nessa indústria..

Dai a montar o circo foi uma facilidade enorme.

Se forem buscar em livros e revistas principalmente os depoimentos dos entendidos de araque verão muitos deles jurando de pés juntos que sem estabilizador seu PC corria sérios riscos. Não se devia, seria uma heresia ligar um PC sem estabilizador.

O nome estabilizador ajudava em muito.. Pura neurolinguística..

Ora quem não gostaria de ter estabilizador seja do que fosse.. Esse aculturamento ficou arraigado, e passou de geração a geração, sem ninguém se perguntar o porquê..

- Porque em outros lugares do mundo não se usa do modo como é usado aqui no Brasil?

- Porque não existe um fabricantes de peso a fazer isso dai, mundo afora?

- Porque não existe sequer propaganda desse dispositivo, fora do Brasil, vinculando desse modo forte a informática?

- Porque seu televisor não necessita, seu DVD também não, mas sim o PC necessita de estabilizador?

- Porque um note pode funcionar ligado a tomada, da sala, da cozinha, do pátio, de perto da piscina, da praia, sem estabilizador mas seu desktop não. Esse sim necessita de estabilizador?

- Porque os reviews de grande sites, tem sobre memória, de fontes, de no-breaks, de placas de vídeo, de CPU, de fans, de mouse, mas não tem review algum de estabilizador???

E sem se fazer essas perguntas a moçada ai vai comprando automaticamente e os estabilizadores vão crescendo de tamanho, de funções, de complexidade, mas a velha a mortal chave seletora de TAP ainda lá está, e agora descontroladamente a fazer Tlec em seus ouvidos, agora controlada por micro processador, a gastar energia, e , o que é pior, atrapalhando pacas sua fonte.

Tenho como teoria de que a queima de fontes seria incrivelmente menor se banido fosse o estabilizador de perto do PC. Haja visto os televisores. Tenho 3 aqui em casa, um deles com mais de 12 anos, ainda sem defeito algum, muito menos fonte...

sequer fabricante

E assim se criou o mito, o monstro, que em nenhum país do mundo é tamanhamente utilizado como o é no Brasil...

Abraço...

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

"o cidadão levantava a ***** da cadeira e ia lá dar um tapa no botão de controle..."

Essa foi boa faller, aliás tinha que levantar mais do que assistir a tv, uma vez erá para mudar de canal, outra vez para corrigir vertical ou horizontal, outra para virar a antena de uma para outra para ver se melhorava, ou então para girar o treco que tinha atras da tv, creio aque devia ser um potenciômetro ou algo no gênero.

Graças a tecnologia moderna, levantar da frente da tv agora só se for para pega mais uma cerva, e ninguém reclamou de não precisar mais fazer essas coisas, agora sendo o estabilizador comprovadamente inútil ou até prejudicial.

Quando voce vai comprar componentes para um novo pc o cara é capaz de esquecer o processador, mas vai te lembrar com certeza do estabilizador.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
sobre os supressores de transientes....

no meu primeiro pc (1998 xD) eu usava um, mas dava mal contato sempre..

hj ja é melhor usar um? e tipo, o q sao esses filtros q vocês falam tanto? o unico q eu conheço é daqueles da linha telefonica

Bem vindo a modernidade.. Sempre foi melhor usar uma boa proteção para a rede elétrica...

Dentro do mercado brasileiro, ai se pode ver alguns desses protetores, a maioria podre, não passando de uma extensão: http://www.atera.com.br/lista.asp?f1=27&f2=1&f3=&f4=

Confie nas proteções da APC, da Clamper e olhe lá...

Só para teres uma vaga ideia, lá fora em um magazine assemelhado a esse por mim citado, se encontra simplesmente 247 dessas proteções de diferentes marcas, modelos e preços.. http://www.antonline.com/c_x-Surge-Protectors-x_0_8719_3_0_A_1_0.htm

Abraço...

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

sobre as marcas de surge protectors (supressores)

posso confiar em quais com certeza?

o faller falou da clamper e da apc, mas e as outras, tipo Belkin, Tripplite, Kensington....

e outra coisa, em todos eles eu vi q a tensão d entrada é 120v....

isso pra mim é problema, visto q aqui em goias as tomadas sao todas de 220-240v

eu teria q usar um baita transformador, e o supressor?

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

sobre as marcas de surge protectors (supressores)

posso confiar em quais com certeza?

o faller falou da clamper e da apc, mas e as outras, tipo Belkin, Tripplite, Kensington....

e outra coisa, em todos eles eu vi q a tensão d entrada é 120v....

isso pra mim é problema, visto q aqui em goias as tomadas sao todas de 220-240v

eu teria q usar um baita transformador, e o supressor?

Olá amigo, acho que você se equivocou, pois os os filtros da clamper tem entrada e saida de 220v, como você pode ver esse aqui que uso aqui em casa:

Computer Protector Pro G

E ainda temos os da Upsai, que tambem são fabricados para tensão 220v(embora exista tambem para 110v) que tambem são bons filtros, bem melhores que esse nacionais(clone, leadership) que vemos por ai:

Filtro de Linha Profissional Upsai FHT-1200

Abraço.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
sobre as marcas de surge protectors (supressores)

posso confiar em quais com certeza?

o faller falou da clamper e da apc, mas e as outras, tipo Belkin, Tripplite, Kensington....

e outra coisa, em todos eles eu vi q a tensão d entrada é 120v....

isso pra mim é problema, visto q aqui em goias as tomadas sao todas de 220-240v

eu teria q usar um baita transformador, e o supressor?

Esses outros fabricantes também são muito bons, só difíceis de se encontrar por aqui, no Brasil.

Não use transformador. Coloque a proteção na tensão adequada, e ai ficamos limitados em Clamper e Upsai. Não se tem muitas oções no Brasil em função do errôneo aculturamento do usuário na busca do estabilizador para dar proteção elétrica ao seu equipamento..

Os demais fabricantes fazem proteções para 220 Volts porém com tonadas próprias dos países em que operam. A maior parte em área do mundo trabalha em 220 Volts..

Abraço..

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
faller, voce me convenceu. Vou desligar a bomba agora mesmo.Eu achava que os estalos que ouvia era justamente o contrario.Pensava que o estabilizador estava me ajudando.

Muito obrigado.

Certa feita, alguns 5 a 10 anos faz, eu desenvolvi uma teoria que posta em prática, com a construção do produto, daria uma ótima grana...

Montar um estabilizador, comercialmente, para vender, cuja entrada passasse internamente por um filtro e proteções decentes e cuja saída, sem mais nada alimentasse direto as tomadas. Paralelamente desenvolveria um Tlecador.. Uma plaqueta com um relé e meia dúzia de componentes, cuja função fosse, ao variar a tensão da rede elétrica, fazer bater o relé, só bater, só mecanicamente, sem estar comutando nada, a vazio o relé, só para dar ideia ao usuário de que ele, o estabilizador estaria operando...

Ademais a fonte do PC do cidadão resolveria tudo fornecendo tensões estáveis ao PC, como sempre o fez já tem mais de 20 anos, até mesmo quando era atrapalhada pelo estabilizador tendo que trabalhar dobrado...

Vantagens dessa visão, à época...

1) O usuário adorava ouvir seu "estabilizador trabalhando", pelos Tlec's percebidos;

2) Teria proteção elétrica visto que seriam colocadas, isso quando nenhum estabilizador de mercado as tinha, e a normatização só as viria a exigir muito, mas muito mais tarde, em 2008.

3) Não comutaria coisa nenhuma, não trocaria tap de transformador, não estabilizaria nada, pois como disse, há 20 anos, desde a adoção nos PC's das fontes chaveadas isso não mais era necessário. Em compensação deixaria a fonte respirar da mais pura eletricidade, a da tomada elétrica;

4) Sairia mais barato, pois não iria transformador, não iria eletrônica alguma sofisticada;

5) Jamais traria dissabores ao seu dono, pois não gastaria energia, não bagunçaria a vida das fontes e daria ao seu dono a nítida sensação de que ele estava estabilizando, pois a fonte fazendo esse papel, seu PC trabalharia numa boa, e de outro lado ele, o seu dono escutaria o tempo todo, a cada variação da tensão da rede, um sonoro Tlec.. Ligaria a máquina de lavar=> Tlec. Ligaria o chuveiro elétrico => Tlec...

Chamo isso de amarrar o burro conforme a vontade do dono, ou o dono conforme a vontade do burro, ou o burro do dono, conforme nossa vontade sei lá, mas daria samba..

Evidente que não pensava de modo sério, mas que seria uma boa seria...

O aculturamento em cima do estabilizador, e já citei diversas vezes, lembra a narrativa da experiência dos 5 macacos, que para quem não a conhece, repito abaixo:

Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula.

No meio, uma escada e sobre ela um cacho de bananas.

Quando um macaco subia na escada para pegar as bananas, os cientistas jogavam um jato de água fria nos que estavam no chão.

Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros o pegavam e enchiam de pancada.

Com mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas.

Então, os cientistas substituíram um dos macacos por um novo.

A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo retirado pelos outros, que o surraram.

Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não subia mais a escada.

Um segundo foi substituído e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado com entusiasmo na surra ao novato.

Um terceiro foi trocado e o mesmo ocorreu.

Um quarto, e afinal, o último dos veteranos foi substituído.

Os cientistas então ficaram com um grupo de cinco macacos que mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse pegar as bananas.

Se possível fosse perguntar a algum deles porque eles batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: "Não sei, mas as coisas sempre foram assim por aqui".

Você não deve perder a oportunidade de analisar a semelhança dessa história com o uso do estabilizador e perguntar algumas vezes ao usuário o porque dele usar estabilizador no PC e não no restante de seus equipamentos nem sequer no note, que também é um PC ou naquele televisor novinho em folha de 50 polegadas, LCD que custou o equivalente a 4 PC's dos seus...

"É mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito."

Albert Einstein

Abraço

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante
Este tópico está impedido de receber novas respostas.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

 

GRÁTIS: ebook Redes Wi-Fi – 2ª Edição

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!