Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
marcos_vargens

Estamos Sendo Enganados

Recommended Posts

Bom resolvi fazer um novo topico pois o outro fico pra traz e o teste ficou no final dele. Coloquei aqui tambem o email que recebi da AMD. Espero que de uma ajuda a todos: Ahhhh antes que me esqueça, os teste foram feitos em um dia que estava meio frio. + ou - 19ºC temperatura ambiente.

"...

aí galera, finalmente consegui fazer o teste do meu processador em outra placa-mãe.

Peguei a do meu irmão que está com um XP2400. Fizemos uma troca. Coloquei meu processador na placa-mãe dele e o dele na minha placa mãe.

Vamos la dar uma de gabriel torres:

Placa mãe utilizadas no teste :

ASUS A7N8X-X chipset nforce2 e MSI-6590 v.1.X chipset KT400

Processadores utilizados no teste:

Athlon XP Barton 2800+ e Athlon XP 2400 Thoroughbred B

Pasta térmica utilizada:

Cooler Master R$ 22,00, carinha mas parece que a seringa dura bastante. Descupe galera não tinha a Artic Silver na loja só tinha esta.

O processador Athlon XP 2400 Thoroughbred B rodando na placa mãe da MSI

fica entre 34ºC(soquete) na bios em Idle. Em full ele chega a 40ºC.

O processdor Athlon XP 2800+ Barton rodando na placa mãe da ASUS

fica entre 39ºC(soquete) e 54ºC(diode) em Idle na bios. Em full ele já chegou a 70ºC(diode).

A pasta foi passada exatamente como mostra o video postado aqui . A pasta vem com um cartãozinho que se usa para espalhar a pasta como mostrado no video . (OBS: pra ver o video você precisa ter o codec divx instalado).

A placa mãe da MSI não possui sensor para o diode. Tanto Aida quanto MBM5 não conseguem ler este valor.

já a ASUS tem esse suporte (verdade? ). Então vamos considerar no caso da ASUS o diodo será mostrado mas vou levar em consideração a do soquete para comparações.

Trocamos os processadores e deixamos os computadores ligados e rodando o counter-striker por mais ou menos 20 minutos. Ambos usam windows XP service pack 1 o que é relevante mas... tambem tinham 256 de memoria DDR (dividi meus pentes para os dois micros), justamente para judiar dos bixinhos.

Bom acreditem se quiser. O XP2400 na ASUS ficou com a temperatura de 43ºC(full) no soquete e 63ºC (full) no diodo. (lembrem-se o soquete atinge no máximo 40ºC(full) na MSI com esse processador, isso em dias quentes).

Agora como ficou o Atlhon XP2800+ na MSI? Pasmem. 20 minutos de jogo e ele chegou no maximo em 39ºC, em idle ele fica em 35 36ºC.

To ficando doido ou não to?

Vamos ver.

resumindo é isso aí:

ASUS + AthlonXP 2800+ = 40ºC soquete e 54ºC diodo (idle). 45ºC e 63ºC(full)

ASUS + AtlhonXP 2400+ = 40ºC soquete e 53ºC diodo (dle). (43ºC e 62ºC(full)

MSI + AthlonXP 2400 = 36ºC soquete (idle). 38ºC(full)

MSI + AthlonXP 2800+ = 36ºC soquete (idle). 39ºC(full)

Conclusão... To sem comclusão nenhuma. Estamos todos na roça mesmo, os sensores usados pelas placas mães prestam menos que elas e seu fabricantes. Meu barton nem deve estar esquentando tudo isso e esse sitema de refrigeração que eu fiz deve estar dando conta do recado . Só que o MBM5 fica apitando 70ºC de bobo . E eu mais bobo ainda tentando refrigerar o gabinete . Por essa nem de longe eu esperava.

Nosso amigo edurm tinha razao quando postou " Análise Das Temperaturas Dos Processadores " . E foi até por isso que resolvi fazer esse teste tambem. Ta aí o resutado. Espero que ajudem os que estão tendo problema porque agora eu parei de esquentar a cabeça com temperatura. Se começar a resetar sozinho e etc. Vou ver se não é a fonte ou memoria porque de tanto que falei mau da temperatura do processador preciso me redimir com ele.

Mas seria bom a AMD fazer uma pressão para os fabricantes de placas maes pararem com essa sacanagem. Isso difama seu processador ao invés do verdadeiro vilão da temperatura que é a placa mãe. Tem gente aqui no forum comprando aquele Aero 7+ que custa um rin pra ver se diminui a temperatura, isso de bobeira.

Eu bem que achei estranho os posts de temperatura incluirem barton e a A7N8X-X na configuração.

Muito obrigado a todos pela ajuda, as dicas e conselhos técnicos fora o empenho da galera para solucionar meu problema . Ainda bem que o volcano fica gritando dentro do gabinete. Se ele parar eu tenho como saber pelo "silencio" porque pelos sensores de temperatura abraço... hehehe. Mas to com uma ultima duvida. Aquele sistema que desliga a placa mãe quando o processador atinge o limite da temperatura, eu não encontrei na bios da minha ASUS para configurar isso. É altomatico? Se for como ela vai saber quando deve desligar? porque pelo jeito ela ta toda perdida...

valeu galera. Abraço a todos. ..."

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Abaixo a resposta do suporte da AMD quanto ao meu email (no final) questionando a temperatura.

<<...OLE_Obj...>>

Prezado Sr.

Obrigado por nos contatar

O super-aquecimento pode causar danos, tanto ao processador quanto ao sistema que ele integra. Por isso, é muito importante que seja dada atenção aos componentes que garantem a estabilidade do sistema, como por exemplo, o gabinete, dissipador (cooler) e o ventilador (fan). Por isso, sugerimos atentar para a temperatura de trabalho do Athlon XP especificada: Máximo de 85ºC/ 90ºC. Quando o equipamento excede esta faixa, sugerimos analisar alguns pontos importantes:

1) Placa mãe utilizada: A placa mãe é um componente fundamental da estabilidade do sistema, por isso sugerimos consultar o site AMD e verificar se este modelo de placa está homologada e testada pela AMD, fator que garante a compatibilidade entre estes itens. Para mais informações acesse o link a seguir:

http://www.amd.com/us-en/Processors/Techni...48^7923,00.html

Informamos que as placas homologadas listadas no site AMD tem a compatibilidade testada que previne falhas que resultam em travamentos.

2) Dissipador (cooler) utilizado: Os atuais processadores demandam um cuidado especial com os dissipadores, por isso certifique-se sempre de estar utilizando os ventiladores especificados. Sugerimos a utilização dos Processadores AMD Athlon In a Box que já oferecem o cooler homologado pela própria AMD com garantia de 3 anos.

Para verificar se o seu cooler é homologado, basta acessar o link abaixo:

http://www2.amd.com/us-en/Processors/Techn...html?1075398566

3) Gabinete utilizado: O desenvolvimento tecnológico dos processadores acontece periódica e rapidamente, entretanto, os gabinetes mantiveram sua estrutura básica inalterada. Por isso sugerimos ter atenção também neste item. O Gabinete é um item fundamental no que se refere à temperatura.

Na figura abaixo sugerimos um formato e uma configuração para o gabinete. Não indicamos modelo ou fabricante, mas a estrutura deve ser atender estes requisitos:

<<...OLE_Obj...>>

Além desses pontos, ainda existe a alternativa de adicionar um exaustor para que haja renovação constante do ar. É uma boa alternativa quando a temperatura desejada não é atingida por alguns graus.

Em relação a garantia é obrigatório no processo de garantia apresentar o ventilador original (fan) juntamente com o processador (caso contrário há perda da mesma).

Qualquer dúvida estamos a inteira disposição

Atenciosamente

AMD SOUTH AMERICA

Suporte Técnico

http://www.amd.com

http://brazil.amd.com

-----Mensagem original-----

De: marcos_vargens [mailto:marcos_vargens@terra.com.br]

Enviada em: Wednesday, March 03, 2004 5:28 PM

Para: amdxsbrpo

Assunto: Super aquecimento no meu Athlon XP 2800+

Olá,

Gostaria de tirar uma duvida com o suporte técnico de vocês. Estou tendo problemas com meu Athlon XP 2800+. Comprei em uma loja e veio na caixa (in box).

Após instalar o mesmo notei que a temperatura estava muito alta na bios (64ºC). Quando execulto um jogo o processador chega a 72ºC e os programas de monitoramento de temperatura começam a apitar. Vi em um documento que o processador trabalha bem até os 85ºC. Mas gostaria de saber se trabalhando nessa temperatura a vida util desse processador não vai diminuir. Lembro que o gabinete está aberto, o que não me agrada. Quanto a colocação do cooler eu vi os tecnicos da loja colocando e foi de forma correta como explicado tanto no site como no documento fornecido com o processador.

Gostaria de saber tambem se trocando o cooler original eu perco a garantia de 3 anos.

Grato pela atenção,

Marcos Tadeu P. Vargens

marcos_vargens@terra.com.br

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, tá aí uma dúvida muito bem esclarecida. Só quero comentar o seguinte, neste caso, quem t faz d bobo é a placa da MSI pois ela não lê a temp pelo diodo. Os sensores da ASUS estão mais próximos a realidade. Mas isto não é preocupante, como a própria AMD afirmou, até os 85ºC está tudo ok. Claro, temos q respeitar uma margem d segurança... Até uns 70~75ºC pelo diodo está dentro da normalidade.

Já havia falado isto anteriormente mas vamos lá, quem deve obter uma temp menor são aqueles q possuem placas-mãe sem suporte a leitura do diodo, pois pelo soquete a mesma pode chegar a variar uns 15ºC a menos q o real. Quer dizer, c estiver marcando 60ºC na verdade estará a uns 75ºC em seu núcleo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A medida do soquete não é tão importante. Entre um fabricante e outro, a temperatura exibida pelo termistor do soquete chega a variar até 15ºC, sendo que as placas Asus quase sempre exibem as temperaturas mais altas. Algumas mostram valores baixos com a intenção de não assustar o dono da máquina. A reação normal das pessoas sempre foi culpar a Asus de fazer placas que esquentam demais, sem entender os reais motivos. Tirando uma época (dos TBirds), que realmente esquentavam mais porque nas Asus por padrão vinha com overvolt de quase 0.1V, dai um aumento de quase 12% no calor gerado (outros fabricantes também faziam isso, pois dá maior estabilidade, desde que o cara tem bom cooler e fonte), a diferença sempre é na qualidade da medição da temperatura. Tem um componente que é o projeto da placa, que esquenta um pouco mais, mas isso é muito pequeno perto do calor do processador.

Sugestão: Se não está travando, não precisa temer pelo pior. Se ainda quer reduzir esse valor, ou deixe o gabinete aberto, ou então instale uma ventoinha na lateral do gabinete.

Existe a possibilidade de erro na calibração da temperatura do diodo. Esse Barton é destravado o multiplicador ou não?

Quando eu tinha uma Epox 8K3A+, ao trocar um Palomino por um TBred, notei o aumento de 15ºC do nada, mesmo quando ativava a funcão halt, que fazia o processador consumir pouquissíma energia e não esquentava nada. Dessa forma consegui provar que aqueles 15ºC era um erro de calibração. Como nas nforce você não consegue ativar o halt, o jeito seria rodar ele com clock muito baixo e tensão o mais baixo possível. Mas desconfio que não tem erro algum nessa medida, pois testei a A7V8X-X de um amigo e o Barton 2500+ caiu a temperatura do diodo de 55ºC para 35ºC ao ativar o halt, que era a temperatura do ar dentro do gabinete naquele instante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se a AMD falou tá falado, no e mail esta escrito que você deve levar o cooler (que vem no box), e o processador, para fazer valer a garantia!

Na minha opinião essa variação esta muito alta, não é discordando da temperatura do DIODO, mas ela é muito diferente da medida no soquete

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Um outro detalhe é o seguinte veja que quando você usa o MBM nas placas asus ele lhe da varias opções de sensores tipo a minha tem o asus 1, 2, 3 e 4, tem ainda o asus 2 CUSL2, tem o W83L785TS-S e o W83L785TS-S Diode. No meu caso o MBM não foi capaz de dectar todos os sensores automaticamente então eu tive de setalos um por um.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim galera. A margem de distancia é de 20ºC do soquete para o diodo. Eu acho muito. Mas tudo bem. Se o soquete esquentar mais que isso com certeza ele vai sofrer deformações com o tempo. Agora curiosamente quando se abre o gabinete há uma queda consideravel na temperatura do soquete, mas do diodo não. Eu acho que o resfriamento do diodo tem limite. Ele não trabalha mesmo de um certo grau para baixo.

sledgehammer, se destravado é a possibilidade de alterar o multiplicador. Sim eu posso aumentar ou diminuir. Alias quando configurei a primeira vez joguei o FSB para 200 hehehe coisa de iniciante. Tive q dar um clear CMOS porque não conhecia o recurso do ctrl+insert que faz isso.

Quando se da clear no CMOS o FSB vai para 100 e ai a temperatura do diodo fica em 35ºC. Mas quando se coloca 166, abraço. Sobe para os 50.

Parace que é uma caracteristica do processador mesmo. So que uma coisa muito estranha que percebi é que na placa na MSI o dissipador do meu processador ficou gelado como o dissipador do meu irmão fica geralmente. já o dele na minha placa ficou quente. Não muito mas esquentou. Isso é uma coisa curiosa. De qualquer forma, se a ASUS está medindo certo a temperatura é um absurdo todo esse sistema de refrigeração não abaixar a temperatura do processador. Eu prefiro acreditar que ela está medindo a mais.

CCS1201, na ASUS o MBM5 aqui como AIDA le tudo e exatamente igual. Mas a temperatura da bios ta sempre 3ºC a mais, considerando o diodo. já na MSI ela mostra igualzinho depois do update da bios, apesar de ser a temperatura do soquete.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Entendam a "temperatura do soquete" como a temperatura do ar que fica embaixo do processador, já que a maioria dos sensores (em geral aqueles pontinhos que ficam no centro do soquete), mal encostam no processador e dessa forma não podem medir temperatura corretamente.

Agora o diodo do processador fica localizado dentro do processador, em um lugar estratégico, próximo a um ponto quente do core. Ele irá mostrar a maior temperatura mesmo e ela que é que vale.

Com FSB em 100MHz o processador roda com clock baixo (1250MHz?, não lembro qual Barton é o seu), ai realmente aquece bem menos.

Quando você está na tela da BIOS, o processador está sendo bem exigido (acredite) e por isso é normal que mostre uma temperatura mais alta. Veja que se você ficar algum tempo no setup você irá ver a temperatura aumentar lentamente.

Não tem nada de errado com essa Asus pelo visto. Achar que ela está errada sem fazer uma medição precisa é o mesmo que quebrar o termometro quando ele diz que estamos com febre.

Não tem mal algum se o processador está rodando com temperatura alta, desde que funcione a contento.

No seu caso é exagero se preocupar com possíveis estragos, pois a temperatura é muito baixa pra isso. Por baixo o seu processador dura no minimo uns 6 anos. Diria próximo de 10 até.

Se for pensar em overclock talvez precise melhorar, nesse caso sempre é bom, mas fora isso está ok.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sledgehammer,

eu sei que a temperatura está normal. Antes estava bem mais alta pode acreditar já chegou a 70ºC com ele aberto.

Mas a questão que me incomoda é que ele se encontra refrigerado. Entendeu? Olha quanta coisa foi colocada para ele atingir essa temperatura. Se a ASUS estiver realmente certa e o processador resfriado fica em 60 65ºC com tudo isso imagine se eu coloco somente o cooler da AMD sem o sistema de resfrigeração.

Poxa com tudo isso ele não pode estar tão quente.

No email eles dizem para ficar atento ao sistema de refrigeração somente se ultrapassar os 85ºC. Eu acho que com a temperatura ambiente a 35ºC ele chega muiiitisssimo fácil a 85ºC se baseando pela medição da ASUS.

Edit: Alias pretendo fazer overclock... Comprei ele por causa disso ^_^ . Mas ainda estou estudando porque não manjo quase nada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O modo de passar a pasta influencia pouco. Aquele videozinho eu acho ele muito incorreto. Parece propaganda de pasta de dente, que o cara enche a escova de pasta, só pra influenciar as pessoas e vender mais. Essa da Artic Silver também é exageirada. você inspecionou o processador e a base do cooler e encontrou alguma cratera que precisasse ser preenchida por tanta pasta?

Eu faço o seguinte. Na base do cooler você coloca pasta e espalha ela até sumir (eu uso um papel sulfite ou outra folha que não solte pó que contamine a pasta). Vai esfregando até praticamente sumir. Isso só na região aonde o processador encosta(um pouco mais, pois não dá pra acertar, mas quero dizer que não precisa gastar em lugares aonde o processador nem encosta).

Já no processador você coloca pouco e vai retirando (pode ir espalhando com o cartão ou com sulfite mesmo) até ficar quase transparente, bem pouco mesmo.

A ideia da pasta é apenas regularizar a superfície do processador e do cooler. A condutividade dela é uma porcaria. Mesmo Artic Silver é em torno de 40x pior que a do cobre, e essas mais simples são entre 100 e 400x pior. É praticamente um isolante, por isso que não se deve encher de pasta.

Mas imagino que não seja isso, pois no máximo você teria uma diferença de 3ºC.

Acho que a questão é o cooler usado e a temperatura dentro do gabinete. Considerando que ela estaria em torno de 39ºC (vi na imagem do MBM com gabinete fechado) ou por volta disso, esse cooler teria uma resistência térmica em torno de 0,50ºC/W, que é alto pelo o que testes indicam (deveria ser 0,40ºC/W no máximo, sendo 0,36ºC/W quando se deixa o tempo todo na rotação máxima). Um excelente cooler (algo em torno de 0,30ºC/W) te reduziria uns 10ºC ou mais.

você também pode atarcar o problema diminuindo a temperatura dentro do gabinete. Se a temperatura ambiente é de 19ºC, mas os sensores da placa mostram que chegou a 39ºC (não sei se você testou no mesmo dia que estava 19ºC) após algum tempo de SuperPi, quer dizer que você poderia reduzir um pouco isso.

Está um pouco estranha a eficiência do seu cooler (pode ser a pasta, talvez não seja) e você pode melhorar a temperatura do gabinete.

Veja se as entradas e saidas do gabinete não são muito restritivas para as ventoinhas. Eu costumo cortar aquelas partes furadinhas e trocar por grades bem abertas. Facilita bastante o trabalho da ventoinha retirar o ar quente do gabinete.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom cara a questão da pasta é complicado. Não coloquei muito acho eu. Não passei pasta na base do cooler pois achei que a que está no die resolve. Ela cobre todo o die. Mas não está grossa e mesmo q estivesse é pouquissima coisa pois quando tirei o cooler nos testes o residuo que sobra é quase nada por causa do aperto do cooler. Mas acho que não é isso não porque o do meu irmão trabalhava bem com o resto de pasta que escorreu para as laterais do die. Da primeira vez que ele tirou o cooler dele simplesmente juntou esse resto no centro do die e ficou assim por 1 ano sem dar problemas. O gabinete dele vive gelado mó estranho.

Quanto a parte de traz do gabinete eu meti o alicate. Não cortei tudo mas deixei como a saida de ar da fonte. com aqueles espaçamentos. O ar sai bem melhor com certeza.

Esse teste eu fiz sábado passado se não me engane. Foi no final de semana chuvoso. Os outros que você viu nas fotos foram outros dias e estava temperatura normal. Hoje por exemplo ele está em 60ºC. Mas aqui ta quente e tem um ventilador na minha cabeça.

Olha eu não sei se esse cooler é bom mesmo não. Ele deveria fazer muito mais pelo preço, mas agora já foi. A AMD recomenda ele e o Vcom 21B não achei no dia e não queria esperar. Mas acho q ia ser a mesma coisa.

O que estou pensando em fazer é furar a lateral do gabinete onde a placa de video joga o ar quente dela. E ali colocar uma ventoinha puxando ar para fora. Se não der certo mudo de lado jogando ar para dentro. Mas isso não vai ajudar muito não. O problema mesmo é la no die. Se você tiver uma dica segura para fazer um testizinho de overclock so pra saber se fica complicado de fazer OC eu agradeço. Pode ser link de post tambem. porque acho q vou ter que colocar uma ventoinha no topo do gabinete tambem para jogar ar para fora. Mas se fizer isso minha fonte com cereteza não aguenta. (isso quando wu for fazer overclock em galera).

Assim que eu puder vou fazer o que você falou da pasta no cooler. Tiro até umas fotos de como deixei pra você avaliar. talvez seja exagero mas sei la... valeu a dica.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Marcos, faça novamente aquele teste com o processador rodando com FSB 100MHz (ele é com multiplicador travado, né?). E faça a medição de temperatura com o gabinete aberto (espere uns 15 minutos para estabilizar). Ao invés de rodar o SuperPi, tente rodar esse programa aqui por 30 minutos: http://www.sledgehammer.kit.net/stresscpu.zip

Depois me diga o clock e a tensão com que o teste estava sendo feito (quero que faça com FSB em 100MHz e depois em 166MHz), e que diga a temperatura do processador informada pelo diodo, pelo soquete e a temperatura da placa-mãe. Se você tiver um termometro (com escala adequada) e deixar ele dentro do gabinete, próximo a ventoinha do cooler também seria interessante.

Com esses dois testes fica mais fácil dizer se o cooler que não está rendendo ou se a medida do diodo tem algum problema.

Se possível faça a medição com o MBM e com o Probe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por sledgehammer@10 mar 2004, 08:04

(ele é com multiplicador travado, né?)

Se você tiver um termometro (com escala adequada)

Eu posso mudar o FSB e o multiplicador mas tem limite. Acho que vai até 14 e alguma coisa. Não me lembro.

Isso não seria aquele que se usa para saber se está com febre certo?

se for esse eu tenho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

você consegue mudar o multiplicador?

Então quero que você rode com o multiplicador em 5x ou o menor que a sua placa permitir e o FSB em 100MHz. Dai faça os testes.

Ah, se puder rodar algo intermediário também seria bom, algo como 10x133MHz também seria bom.

Mas lembre-se de deixar esfriar entre os testes, ou então começar do mais lento para o mais rápido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sledgehammer,

o mínimo que consigo baixar é 6.5x menos não da. Eu vou te pedir um pouco de paciência pois talvez consiga fazer os testes na sexta. Mas se não der no sábado é certeza. Eu acho que você tem razão quanto a pasta. Parece que o processador do meu irmão ta esquentando 3ºC a mais do que antes de eu passar a pasta. Parece que o video está incorreto realmente. Mas vou tirar o cooler e refazer a coisa da pasta como você falou. Dai começo a bateria de testes. Quando terminar posto aqui, mesmo que o tópico fique para traz. Por favor aguarde e obrigado pela atenção. :P

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sledgehammer,

Fiz os testes e descobri uma coisa muuuuiiiiiitissssimo chata :mellow: . Meu processador é travado. Apesar da placa mãe permitir que eu mude os valores do multiplicador, o processador só funciona com ele em 12.5X. Tentei todos os outros para traz e para frente e o micro fica parado com a luizinha do monitor piscando. Quando desligo a maquina e ligo de novo ela vem na configuração de 100FSBX12.5. Só posso aumentar mesmo o FSB. Que pena. :(

Bom vamos ao que interessa:

Fiz os testes com o programa stresscpu rodando durante 30 minutos com o gabinete aberto. O intervalo de tempo entre um teste e outro foi de 15 minutos. E após ligar o micro deixei o mesmo por 15 minutos em idle para só depois começar o teste. Segundo o portal do terra a temperatura de São Paulo estava em 25°C. O termometro de escala eu não consegui, sinto muito :unsure:

OBS: Se o link das fotos não funcionar copie o endereço e cole no browser. Parece que todos os servidores estão com essa frescura quando você tenta acessar uma imagem através de uma pagina que não venha desse servidor, como é o caso aqui. Se eu colocar a foto direto aqui ela aparece mas o post vai ficar gigante, por isso peço para que copiem o endereço e colem no browser caso não funcione (acho se fizer com uma imagem as outras funcionam normal) .

Resumindo os testes é isso aí:

FSB 100 X 12.5 antes do teste:

MBM5.......... = MB 28ºC soquete 34ºC Diodo 44ºC

ASUS Probe = MB 29ºC soquete 34ºC

fotoMBM

foto ASUS Probe

FSB 100 X 12.5 depois do teste:

MBM5.......... = MB 30ºC soquete 36ºC Diodo 51ºC

ASUS Probe = Deu pau nesse programa e não deu para medir.

foto MBM

FSB 166 X 12.5 antes do teste:

MBM5.......... = MB 30ºC soquete 37ºC Diodo 51ºC

ASUS Probe = MB 30ºC soquete 37ºC

foto MBM

foto ASUS Probe

FSB 166 X 12.5 depois do teste:

MBM5.......... = MB 32ºC soquete 42ºC Diodo 61ºC

ASUS Probe = MB 32ºC soquete 42ºC

foto MBM

foto ASUS Probe

FSB 175 X 12.5 antes do teste:

MBM5.......... = MB 30ºC soquete 38ºC Diodo 52ºC

ASUS Probe = MB 30ºC soquete 38ºC

foto MBM

foto ASUS Probe

FSB 175 X 12.5 depois do teste:

MBM5.......... = MB 32ºC soquete 42ºC Diodo 62ºC

ASUS Probe = MB 32ºC soquete 42ºC

foto MBM

foto ASUS Probe

:muro:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

marcos dê graças a deus de voce ter um barton, pois se tivesse um Pentium-4 Prescott iria ver o que é CALOR DE VERDADE, falou :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Marcos, eu preciso que você consiga mais alguns testes pra mim. Não precisa fazer o teste sem rodar nada e me mostrar. Confio nos seus resultados. O que preciso é que você rode com outros clocks também (e o mais importante, não mexa na tensão).

Seria bom que você rodasse com outros 2 FSB pelo menos. Sugiro 120MHz e 140MHz. De verdade, de verdade mesmo eu percisaria que você rodasse com clock o mais baixo que conseguir.

Será que você não quer tentar um FSB menor que 100MHz? Nem sei se funciona, pois não faço ideia que usaria um. Tente 90MHz, 80MHz e vai diminuindo enquanto funcionar. Se é que no ajuste do FSB na BIOS tem esse valores.

Eu preciso de mais testes. Por enquanto está ok (mas só 3 pontos não dá pra nada). Por enquanto está indicando que o diodo PODE estar apontando uma temperatura 9ºC acima do que seria o real. Veja bem, pode. É que pra descobrir isso precisaria testar desde clock bem baixo.

você achou que o Stress CPU esquenta o processador mais do que o normal?

você poderia fazer uma comparação apenas com esse programa aqui: http://users.ev1.net/~redelm/cpub4gx.zip

e com a mesma configuração me dizer até quanto chegou com o stresscpu e até quanto chegou com o burnk7 (está no pacote, ele roda em uma janela do prompt)?

Tem o programa gráfico para controlar eles também (só precisa ter as bibliotecas do VB instalado, coisa que você deve ter já, mas qualquer coisa rode só o burnk7).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sledgehammer,

Menos que 100 de FSB não da é o menor que tem.

Quanto a tensão não mexi para estes testes. Agora hoje aproveitando que estava frio, resolvi fazer um teste de overclock mesmo para ver quando chegava. Joguei o FSP para 180 e o micro resetou quando entrava no windows. Dai abaixei para 177 e entrava no windows mas dava erro. Aí sim mexi no vcore. coloquei 1.67. Entrou normal no windows. Dai joguei o FSB para 180 e ficou beleza. Coloquei o stresscpu para rodar e nos 20 minutos a maquina resetou. Dai coloquei em 1.70v. Pinba. Ficou 3 horas rodando o stresscpu sem dar erros nem resetar. Agora ele está a 2256 mhz e em idle fica a 56ºC e em full a 66ºC. Só que o gabinete está aberto e a temperatura informada nos portais é de 22°C mas eu acho que está menos que isso. De qualquer forma está em observação.

Quanto a o que você falou sobre executar alguma coisa junto com os testes eu não entendi. Quando roda o stresscpu não da para executar nada não a maquina fica lenta para abrir aplicativos e etc. Fiquei vendo TV, e as fotinhos eu coloquei para o caso de você precisar ver tensão ou alguma coisa assim sei la.

Bom sobre eu achar que o stresscpu aumenta a temperatura mais que o normal. Eu acho que não. Quando jogo não chega a esquentar tanto quanto ele, mas chega perto. Dependendo do jogo.

Só um comentario... Nos testes de OC eu coloquei os valores em 180 FSB e 1.80 de vcore porque era a opção que apareceu depois do 1.65(não sabia q tinha menos). Rodei o stresscpu durante 10 minutos e chegou a 76ºC. Eu acho que o processador chega nos 200 de FSB, mas tem que aumentar o vcore não tem jeito só que aí ele vai dar problema se não esfriar ele :P

valeu a ajuda vou fazer os testes e posto de novo com os valores e o outro programa tambem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sledgehammer,

fiz os testes com o CPUburn.exe.

No "test type" escolhi K7, no "process priority" escolhi High. Aquela barrinha fico em 64kb(padrão).

Deixei rodando por 30 minutos em cada teste. Dessa vez não deixei 15 minutos descançando mas fiz do menor para o maior. Acho que não faz muita diferença fazer assim ou deixar os 15 minutos. Os resultados estão abaixo:

120 FSB 1504mhz /XP 2200

antes

soquete 38ºC Diodo 51ºC

depois

soquete 41ºC Diodo 58ºC

140 FSB 1755mhz /XP 2200

antes

soquete 38ºC Diodo 51ºC

depois

soquete 43ºC Diodo 61ºC

166 FSB 2085mhz /XP 2800+

antes

soquete 39ºC Diodo 52ºC

depois

soquete 45ºC Diodo 66ºC

Quanto a comparação com o cpustress segue abaixo:

stresscpu FSB 166 X 12.5

antes

soquete 38ºC Diodo 51ºC

depois

soquete 42ºC Diodo 62ºC

CPUburn.exe FSB 166 X 12.5

antes

soquete 39ºC

Diodo 52ºC

depois

soquete 45ºC

Diodo 66ºC

Assim serve? :muro:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Marcos, meu velho. Cadê a temperatura ambiente, que seria a temperatura do nforce2 que aparece no seu MBM? Ela é mais importante. A temperatura do soquete não serve. você salvou as telas do MBM?

Dica. Pra não te dar tanto trabalho, mude o clock da máquina direto do Windows. Use o ClockGen que você encontra aqui: http://www.cpuid.com/download/CG-NVNF2.zip

Se você for fazer novamente, faça umas 6 medidas, com FSB em 100MHz, em 115MHz, em 130MHz, em 145MHz, em 160MHz e em 175MHz. Sempre com tensão igual.

Ah, sempre deixe pelo menos 5 minutos de descanso entre os testes (se você reiniciou a máquina, basta).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sledgehammer,

meu caro, achei que não precisaria dela :lol:. Sempre considerei aquilo como a temperatura do chipset e não ambiente. O gabinete está aberto portanto não há mudanças bruscas. Basta você avaliar os testes anteriores. A média é de 31ºC. Nem salvei as telas porque achei que não precisaria. já que não mexi nas tensões. E sim reiniciei sim para cada teste e vi que bastava isso.

Mas tenho um problema. Eu comprei uma ventoinha daquelas grandonas que serve na frente do meu gabinete. Como ela gira em 3000 rpm e é bem grande creio que vai ser de grande ajuda para a placa de video que fica jogando ar quente na tampa do gabinete. Terei que desligar ela para fazer os tais testes porque creio que faz diferença. Se puder me diga se há necessidade de desligar porque caso contrario nem vou me dar o trabalho. Lembrando que antes tinha uma ventoinha na frente do gabinete só que era dessas comum (pequena).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Melhor fazer com a ventoinha desligada.

você pegou o programa que indiquei? Como ele você altera o FSB de dentro do Windows.

Ai você começa com 100MHz, teste com o cpuburn, SALVE a tela que é melhor, aumenta o FSB para 115MHz, faça o teste, salve, etc... Tente usar os valores que eu citei para o FSB, pois dá o melhor espaçamento.

Ah, a temperatura ambiente ninguém pode garantir que estava igual. Ontem e hoje o tempo variou muito durante o dia. Em alguns momentos fez até frio e em outros momentos um calor de rachar. Pelo menos em SP.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×