Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Marcel Valim

Relê ou outro componente?

Recommended Posts

Olá. Sou leigo em eletrônica e estou precisando de uma dica.

Preciso de um relê NA ou um outro componente similar que tenha a possibilidade de receber quatro sinais distintos e que cada sinal seja enviado a um terminal distinto quando fechado, como se fossem quatro relês paralelos e que trabalhe com alimentação 12V. É para funcionar como acionador de um controle remoto com quatro funções.

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você não informou uma coisa importante: o que você pretende controlar a partir desse sistema? Pretende acionar algo em 12V mesmo? Neste caso, qual a corrente? Ou pretende controlar equipamentos maiores, em corrente alternada?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desculpe-me CabTeixeira. Vou tentar ser mais específico.

Eu preciso fazer com que uma alavanca de controle de som que existe na coluna da direção de um carro funcione para um rádio. As funções dessa alavanca são: aumentar o volume, abaixar o volume, avançar a sintonia e retroceder a sintonia.

Essa alavanca possui quatro posições em forma de "X", com cinco fios, sendo um comum e os outros quatro destinados a cada uma das funções. O chicote dessa alavanca era conectado diretamente ao rádio original que foi substituido por um outro que não tem a conexão.

O que eu pretendo é fazer a ligação da alavanca diretamente ao controle remoto do rádio (que será alimentado pela sua própria bateria), para que o controle acione o volume ou a procura por sintonia, como se alguém estivesse apertando o controle remoto. Como são quatro funções e cinco fios, um deles é comum a todas as funções e quando combinado com cada um dos outros fios fará uma função diferente.

Até aí, tudo bem, mas eu não queria ter que usar quatro relês, entende?

Preciso de uma outra forma mais simples e menor para isso, talvez um outro componente que possa trabalhar com a tensão da bateria do carro. O controle remoto trabalha com 3V, mas poderá ficar ligado à sua própria bateria.

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acredito que você possa usar transistores para chavear os botões. Usar relés serias um tanto chato... Imagine toda vez que for aumentar ou abaixar o volume, começa um "tec tec tec tec tec" :confused:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Correto.

Vamos por partes:

Acredito que você possa usar transistores para chavear os botões. Usar relés serias um tanto chato... Imagine toda vez que for aumentar ou abaixar o volume, começa um "tec tec tec tec tec"

O problema de usar os transistores é se o controle remoto tiver os contatos em configuração de matriz (acredito que seja bastante provável). Teria como desmontar o controle remoto e postar alguma imagem?

A questão do "tec tec tec tec tec" poderia ser resolvida usando um micro relé ou mesmo um reed relé. Agora...

Dependendo de como seja o tal controle remoto, talvez não seja preciso usar nada. Se os comandos que você quer tenham um ponto em comum, podes usar direto o tal comando do carro.

Se tiver como postar a imagem, fica melhor.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Correto.

Vamos por partes:

O problema de usar os transistores é se o controle remoto tiver os contatos em configuração de matriz (acredito que seja bastante provável). Teria como desmontar o controle remoto e postar alguma imagem?

A questão do "tec tec tec tec tec" poderia ser resolvida usando um micro relé ou mesmo um reed relé. Agora...

Dependendo de como seja o tal controle remoto, talvez não seja preciso usar nada. Se os comandos que você quer tenham um ponto em comum, podes usar direto o tal comando do carro.

Se tiver como postar a imagem, fica melhor.

É exatamente isso que vocês falaram.

Realmente os relês incomodariam pelo barulho e também pelo tamanho, por isso eu gostaria de uma opção alternativa e, como sou meio que analfabeto em eletrônica (até já construí algumas coisas com tutoriais) eu peço a ajuda de vocês para fornecerem um esquema que atenda este projeto.

Eu ainda não abri o controle remoto porque estou esperando para analisar a viabilidade de fazer a adaptação, caso contrário eu perco o controle original e não consigo a adaptação. O controle remoto é daqueles super finos, onde a parte das teclas é feita no próprio plástico que reveste a parte frontal, parecido com o da imagem abaixo. Ele não tem parafusos, por isso ainda não abri.

Considerei a possibilidade de ele ter um contato comum aos outros quatro, onde nem será necessário o uso de relês/componentes, e fiz os dois esquemas abaixo.

Espero que estejam bem explicados.

Com base neles, peço que me ajudem a montar um projeto substituindo os reles e de pequeno porte para cumprir as mesmas funções.

Obrigado.

projetocontroledosom.png

projetocontroledosomsem.png

controlel.png

Amigos. Criei coragem e abri o controle remoto.

Na imagem, os circulos são os contatos de volume e de sintonia e as setas apontam para um pequeno furo onde serão passados os fios a serem soldados.

Descobri que o volume (+) e volume (-) têm um contato em comum e a sintonia << e >> também têm um contato em comum, mas volume e sintonia não têm contatos em comum.

placacontroleremoto.jpg

Editado por Bcpetronzio
Unir Post seguidos em menos de 24 horas, use a opção editar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estranho isso...

Pela foto, parece que todos os contatos estão ligados ao mesmo ponto... Entretanto, não dá pra ver direito onde fica o outro contato da chave do controle - um contato é esse "zig-zag", mas o outro lado do contato é onde?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É ao contrário. Os contatos são na parte grafite e o zigue-zague é que separa um do outro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
É ao contrário. Os contatos são na parte grafite e o zigue-zague é que separa um do outro.

Então peraí...

Entre aquele zig-zag tem grafite?

Bom... Aquela trilha dourada (o tal zig-zag) não está ali para separar nada... Inclusive aquela parte dourada (ouro industrial) serve justamente para que haja contato elétrico de boa qualidade.

Se for isso, então o que acontece é justamente que o contato de cada botão fecha entre o grafite e o tal zig-zag. Você tem como confirmar isso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade o zigue-zague não é ouro e sim a cor da placa.

Ele não passa contato.

Há um contato de grafite de cada lado do zigue-zague e quando se aperta o botão correspondente ele fecha contato entre os dois lados de grafite.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seria interessante postar os dois lados do circuito, pois talvez quando pressionado o botão, ele apenas fecha o negativo nos botões, assim, podes usar o próprio comando da alavanca, sem nenhum esquema adicional, como o cabteixeira disse.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

acho q entendi,o zig zag nao é trilha ,foi corroida fazendo a separaçao entre os contatos,assim quando se aperta a tecla,é fechado o circuito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Na verdade o zigue-zague não é ouro e sim a cor da placa.

A placa original não é desta cor não.

A placa original é um laranja (na verdade ela é cor de cobre mesmo), e não dourada.

Ele não passa contato.

Me desculpe, mas não é o que parece.

Repare que o tal zig-zag é a continuação de uma trilha, que percorre praticamente toda a placa. A placa esta toda coberta por verniz (aquele verde).

Há um contato de grafite de cada lado do zigue-zague e quando se aperta o botão correspondente ele fecha contato entre os dois lados de grafite.

Quanto a isso eu não discuto.

Acredito que é o grafite é uma parte da chave...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só sei dizer que o contato ocorre quando um lado grafite se conecta ao outro.

Com certeza esta parte não conduz energia. É a placa, porém sem o verniz.

A parte com grafite está ligada ao pequeno furo onde há um rebite que passa a energia para a parte de trás da placa, onde estão as trilhas.

foto0022v.jpg

Levando-se em conta que existe um ponto em comum entre o Volume+ e o volume- e um ponto em comum entre avançar sintonia e retroceder sintonia, seria possível construir um circuito para substituir os relês?

Agora sei que dois relês seriam suficientes. Um para o volume e outro para a sintonia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
acho q entendi,o zig zag nao é trilha ,foi corroida fazendo a separaçao entre os contatos,assim quando se aperta a tecla,é fechado o circuito.
Com certeza esta parte não conduz energia. É a placa, porém sem o verniz.

Ahhh... Sim...

Desculpe a falha... Agora é que entendi.:D

Levando-se em conta que existe um ponto em comum entre o Volume+ e o volume- e um ponto em comum entre avançar sintonia e retroceder sintonia, seria possível construir um circuito para substituir os relês?

Sim, com certeza.

Agora sei que dois relês seriam suficientes. Um para o volume e outro para a sintonia.

Com dois relés apenas... Não consegui pensar em nada. Com quatro eu sei que funciona. Qual foi a tua ideia?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho que o melhor caminho é montar o circuito com quatro relés mesmo.

Se você acha que o barulho da comutação dos relés possa te incomodar, tente comprar relés miniatura, ou mesmo reed relay. Acredito que até seja possível montar o comando com transistores, mas aí você teria que saber mais detalhes do circuito do controle remoto, pois aquele CI deve ler os botões do controle remoto por meio de uma matriz (fazendo varredura). Então, o integrado deve mandar um nível alto por um lado da chave (grafite) e ficar fazendo a leitura no outro lado... Pra usar transistores, você teria que saber qual lado do grafite vai o positivo e qual lado seria o "negativo"...

Editado por cabteixeira

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os reed relay funcionam com os 12V da bateria do automóvel, que podem chegar a 14?

Existe um reed relay quádruplo (quatro relês em um) ou preciso de um circuito?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Um reed relay é basicamente um reed switch com uma bobina enrolada nele. Um reed switch é isso aqui:

drawing_reedswitch_parts.gif

É uma ampola de vidro com dois terminais dentro. Quando você aproxima ele de um campo magnético, as duas palhetas (terminais) que ficam dentro dele deformam e encostam uma na outra, fechando o contato.

Conforme eu já disse, um reed relay é um reed switch com uma bobina, que quando alimentada produz o campo magnético que vai fechar o contato do reed switch.

Eles são minúsculos, e alguns vem encapsulados como se fossem um circuitinho integrado...

24v-spno-dil-reed-relay-rc.jpg

A questão da tensão de trabalho deles vai depender da disponibilidade desse tipo de componente aí onde você mora. Se você encontrar um reed relay com bobina de 12V não haverá problema algum de ligar eles no sistema elétrico do carro.

A ligação dos relés (ou reed relays) é aquela mesma que você já desenhou alguns posts atrás... Não precisa de nenhum outro circuito - apenas os relés ligados no controle.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Moro em Campinas. Acredito que não terei dificuldade em encontrar os reed relay por aqui. Poderia apenas me mostrar a ligação dos fios no reed relay?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom. Montei o esquema, mas com micro relês, pois não encontrei reed relay de quatro terminais pra vender. Tá funcionando perfeitamente, mas os clecs dos relês estão incomodando. Não instalei definitivamente no carro porque queria tentar uma outra alternativa. Tá incomodando o barulho.

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já que a corrente que circula é mínima, talvez uma alternativa seja a utilização de um integradinho: o 4066.

Para usar transistores comuns você teria que saber qual lado do contado é positivo e qual lado é negativo (para poder saber onde ligar o coletor e onde ligar o emissor).

Este integrado possui quatro portas bidirecionais, controladas por tensão:

CD4066.gif

Assim, em teoria, você pode ligar os terminais das chaves do integrado em qualquer posição que a corrente irá circular do mesmo jeito. Bastaria aplicar a tensão para controlar as chaves.

Assim, adeus barulhinho de relés!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok. Até os relês eu entendo, mas é nessa parte de CIs que eu enrosco.

Considerando que eu fosse alimentá-lo com 12V e também que o sinal emitido pela alavanca de controle fosse negativo (massa) e que eu tenho um ponto (massa) comum para função volume e outro ponto comum (massa) para função sintonia, como eu teria que ligar este CI?

Fiz este desenho abaixo apenas para ilustrar e nele dá pra ver que o problema está justamente nos dois pontos em comum, uma para cada função. Não sei se ajuda (ou atrapalha).

Se for o caso de fazer uma ligação totalmente diferente, não tem problema.

Obrigado.

controle2.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ok. Até os relês eu entendo, mas é nessa parte de CIs que eu enrosco

Foi por isso que eu não te sugeri o uso do integrado logo de cara.

Considerando que eu fosse alimentá-lo com 12V e também que o sinal emitido pela alavanca de controle fosse negativo (massa) e que eu tenho um ponto (massa) comum para função volume e outro ponto comum (massa) para função sintonia, como eu teria que ligar este CI?

Esse integrado usa tecnologia CMOS, logo você pode alimentar ele com 12V direto sem problema algum. O único cuidado que eu recomendo é a colocação de filtro (capacitores) na alimentação. Acredito que um capacitor de 100nF (de poliéster) ligado entre a entrada de alimentação do integrado e o negarivo (pinos 7 e 14) resolve.

A ligação das chaves do integrado é exatamente a mesma que os contatos do relé. Entenda esse integrado como sendo quatro relés dentro da pastilha, onde cada relé tem um contato NA e um pino de controle (como se fosse a bobina).

A única questão é quanto ao comando do volante...

Como ele manda um sinal de GND, você vai ter que inverter isso. O inversor mais básico que existe é o transistor. Outra opção seria usar um circuito integrado CMOS com inversores (como o 4069).

Se você for usar os transistores, ficaria assim:

transistor102.jpg

Aonde está a "entrada" você vai ligar o contato do comando do volante. Aonde está a "saída" você liga no pino de controle de cada porta do integrado (terão que ser quatro transistores iguais, um para cada porta do integrado). O transistor pode ser um BC547 comum...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cabteixeira.

Agradeço sua paciência, mas essa parte de usar transistores para inverter o sinal da chave de comando, acredito eu, pode ser contornada se eu passar a usar um sinal positivo vindo da chave de comando, correto?

Dessa forma estaria eliminado o uso de transistores.

Se eu usasse o CI 4066 com o sinal positivo da chave de comando, como ficaria a ligação em cada perna do CI?

alimentação, massa, cada comando vindo da chave (positivo ou negativo, o que for mais fácil) e cada uma das oito saídas para as quatro funções.

Desculpe-me a quantidade de dúvidas e obrigado, desde já.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×