Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
caioattili

Para Que Serve O Botão Turbo Switch?

Recommended Posts

Olá, antes de perguntar, eu quero avisar que eu já sei que tem um tópico criado por mim mesmo que fala quase da mesma coisa, no entanto é diferente.

Bem, eu gostaria de saber para que serve o botão Turbo encontrado em gabinetes e placas mãe antigas (como a minha(o)). Na verdade eu quero saber exatamente o que acontece quando ativamos ou desativamos esta chave.

Eu tenho uma placa-mãe (e um gabinete) dessas que tem esse botão Turbo, que está sempre ligado (eu sei porque o Turbo Led fica acesso), ou seja Turbo ativado, mas quando eu desligo o Turbo pelo botão (é lógico) nada acontece, apenas o Turbo Led se apaga. Antes que me perguntem, tanto o botão Turbo quanto o Led estão conectados corretamente somente na placa mãe. Quando eu tinha uma placa-mãe com um 486, o gabinete era o mesmo que eu uso atualmente, mas quando eu acionava esta chave, o computador ficava quase 2x mais lerdo, mas agora com esta outra placa-mãe nada acontece.

Desculpem se a pergunta ficou confusa, mas é isso aí.

Por favor me tirem esta dúvida.

Obrigado. :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá amigo ....é o seguinte muitos pensavem atigamente q esta chave acionava algum dispositivo q acelerava o micro ...mas na verdade o que acontece é q é q estando em turbo o pc estava no normal quero dizer a sua velocidade máxima

o que acontecia era q alguns programas e jogos feitos para rodarem em conputadores mais lentos apresentavam problemas , por isso colocaram a quela chave turbo só q ao contrario ela não fazia o computador acelerar e sim desacelerar.espero q tenha tirado suas duvidas ok! :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, que ela foi feita para desacelerar isto eu já sabia, mas o que eu realmente gostaria de saber é o que acontece para a velocidade diminuir.

Entenderam? Desculpem se estou sendo grosso!

Muito Obrigado. :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

desde pivetinho ... eu lembro desses botões ... e nunca sabia pra q funcionava ...

cara isso é uma descoberta ... hahahaha ... eu achava q era enfeite pra engana troxa ... valeu ...

vou até acompanha o topico pra saber o q ele faz pra desacelera

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nas placas antigas esse botão, ao ser acionado, fazia diminuir o clock do processador, ou seja, o botão atuava diretamente no gerador de clock.

O pior é que hoje em dia isso seria muito útil, porque o cara tem (por exemplo) um XP2800+ ou um Pentium 4 de 3.0Ghz, um troço que esquenta pra caramba, gasta energia elétrica feito um doido, e às vezes, por exemplo, você quer deixar a máquina ligada a noite inteira (ou o dia) baixando um arquivo, e vai sair ou dormir, e não precisa de poder de processamento para isso...

Tinha que ter um botão que baixasse direto o fsb de 133 ou 200Mhz para meros 66MHz, ia ficar muito bom...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ahhhh!!! Então é isso que este botão faz! Diminui o FSB! Muito Interessante. :wub:

A única coisa que eu não entendo, é porque quando eu desligo o Turbo no meu computador (o da assinatura) a velocidade não muda absolutamente nada e eu tenho certeza que o botão está conectado corretamente na placa-mãe...

Quando eu tinha o meu bom e velho 486 eu usava este botão para diminuir a velocidade quando eu ia deixar o computador parado sem fazer nada por muito tempo, mas eu tento fazer a mesma coisa com o meu Pentium 120@133 e não acontece nada!

Se alguém souber de mais alguma coisa, por favor poste!

Muito Obrigado. :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não, não é isso.

Clock do FSB e multiplicador é um conceito relativamente novo...

Na época das placas com botão turbo, o barramento externo tinha o mesmo clock do processador, então esse botão baixava o clock do processador mesmo.

O que eu falei é que HOJE EM DIA seria interessante um botão para baixar o fsb.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Não, não é isso.

Clock do FSB e multiplicador é um conceito relativamente novo...

Na época das placas com botão turbo, o barramento externo tinha o mesmo clock do processador, então esse botão baixava o clock do processador mesmo.

O que eu falei é que HOJE EM DIA seria interessante um botão para baixar o fsb.

Sinto em discordar com você coelho72...

Quando eu tinha o 486DX2, ele era de 66Mhz e a placa-mãe trabalhava a 33Mhz e o multiplicador ficava em 2x e o botão turbo fazia efeito sim.

E agora eu estou com um Pentium de 120Mhz com overclock para 133Mhz, onde o FSB da placa-mãe está em 66Mhz e o multiplicador em 2x e nesta placa-mãe, existe o conector Turbo Switch, mas não funciona direito como eu já disse. :ahh:

Eu acho é que ninguém sabe ao certo os detalhes do Turbo Switch... :chicote:

Mas eu ainda tenho esperanças, se alguém souber, por favor poste! :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sinto em discordar com você coelho72...

Quando eu tinha o 486DX2, ele era de 66Mhz e a placa-mãe trabalhava a 33Mhz e o multiplicador ficava em 2x e o botão turbo fazia efeito sim.

E agora eu estou com um Pentium de 120Mhz com overclock para 133Mhz, onde o FSB da placa-mãe está em 66Mhz e o multiplicador em 2x e nesta placa-mãe, existe o conector Turbo Switch, mas não funciona direito como eu já disse. 

Eu acho é que ninguém sabe ao certo os detalhes do Turbo Switch... 

Mas eu ainda tenho esperanças, se alguém souber, por favor poste!

você pegou só exceções... O grosso das placas com turbo era antes disso. Essas que você falou não são placas modernas.

Só não entendo o que falta entender ainda...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Só não entendo o que falta entender ainda...

Ou eu sou uma anta, ou eu não sei o que acontece AINDA. :######:

Eu ainda não entendi para que isso serve. Tudo bem, para que servia nas placas antigonas eu já entendi, mas nas placas-mães mais "modernas" o que esta gracinha deste botão faz afinal de contas? Nada? É só enfeite de gabinete? Serve para acender e apagar o Turbo LED do gabinete? :devil:

Desculpe a minha pequena ira, não é nada pessoal, aliás longe de mim arrumar brigas virtuais, muito menos com o pessoal aqui do fórum do Clube do Hardware, mas é que eu não me contento enquanto eu não entendo tudo. :aranha:

Muito Obrigado. :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nas placas antigas (desde as placas de pc-xt), isso servia para baixar o clock, deixando o micro mais lento, para manter compatibilidade com programas que precisavam rodas mais devagar. Por exemplo, em games feitos para micros de 4MHz, e você fosse rodar em um de 12MHz ia ficar impossível de jogar. Aí você acionava a chave turbo.

Algumas placas de uma época intermediária ainda vinham com ele para manter compatibilidade com os gabinetes...

Placas-mãe modernas não tem esse conector.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ele só tinha utilidade nos antigos 486 e abaixo que trabalahvam em duas frequências, a partir do Pentium esse botão caiu em desuso porque os novos processadores só trabalhavam a uma frequência.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agora entendi. Só não sei ainda o porquê, da minha placa-mãe, possuir este conector, se quando eu o aciono não acontece nada! :muro:

Bem, muito obrigado. :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa sua placa foi uma transição cara. Talvez nem tenha efeito real. Como já foi dito inúmeras vezes, não é mais usado. Foi aposentado com os 486 e a sua placa por ser transitória ainda veio com isso, mas como tu mesmo disseste não funciona.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É. Talvez!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por caioattili@07 maio 2004, 07:54

É. Talvez!

Entre no setup de sua máquina e procure TURBO. (só não me pergunte onde porque eu não lembro mais!)

Se você não encontrar, significa que os pinos da sua placa mãe pra conectar o turbo estão alí de bobeira.

Agora se encontrar, ele provavelmente, estará setado em High(ou Normal). Que significa operando no clock normal. Veja se pode mudar para LOW. Caso negativo, não tem como fazer funcionar a tecla no gabinete.

Se puder setar, alguma coisa está errada ou na fiação, ou na trilha.

Aí é só fuçar para ver.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá drbuttz, eu já fucei em todo o setup e lá não fala nada sobre Turbo, nem High ou Low.

Neste momento, eu estou usando o pc sem o Turbo ligado (a luzinha amarela está apagada) e a velocidade está idêntica ao de sempre.

E quanto ao cabo estar com problemas, é impossível, pois se estivesse, o Turbo Led não se acenderia quando eu aciono o botão.

Eu acho mesmo é que este conector está disponível nesta placa-mãe de bobeira mesmo! :tantan:

Bem, muito obrigado. :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CHEGA!

Vamos explicar direito:

O Processador em 66MHZ por ex: com ele habilitado está com o multipl. em 2x.

quando desabilita, fica em 1x e cai a freq. pra 33mhz.

o mesmo nos 386 de 40 mhz, caia pra 20.

Nos XT de 10/12 caia pra 5/6.

Ou seja, simplesmente muda-se o multiplicador de 2x pra 1x.

Servia justamente pra usar programas q eram feiots pra pc's menos potentes, e pra economizar energia/não aquecer muito.

Isso só funciona nos 486,até o DX2 66, por isso não funciona no seu PENTIUM.

Explicado?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

po cara eu achava q n servia pra coisa nenhuma

mas como nas respostas de nossos amigos experts em cpus, fico com a opnião deles

falou :bye:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

OK, agora eu entendi plenamente!!! :palmas: :-BEER

Mas... O que eu ainda não consigo entender, é o por quê a queridíssima PC Chips colocou na linda placa-mãe M537 esta joça deste conector se ele não serve para nada!!! :wacko: :######:

Vai entender... :tantan:

Obrigado! :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Economia na linha de produção... <_<

Senão teria que redesenhar a placa, para tirar as trilhas...

Só isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Credo, que podridão! Tinha que ser a PC Chips mesmo! :bandeira:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×