Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
N0625

Ferramentas E Acessórios Interessantes

Recommended Posts

Fala, galera.

O Windows tem diversas ferramentas de manutenção e otimização, só que a maioria é ignorada pelos usuários ou estão ocultas. Algumas muitos conhecem, outras, muitos ignoram sua presença e utilidade. Muitas delas estão acessíveis através do comando "Executar" do menu Iniciar.

- Utilitário de Configuração do Sistema: talvez pelo nome muitos não estão se lembrando de sua utilidade, mas o comando MSCONFIG.EXE lhes diz alguma coisa? O MSCONFIG.EXE é uma mão na roda para diagnóstico e otimização do sistema, por exemplo por ele definimos o que pode e o que não pode iniciar com o sistema. Como ela não existia no Windows 95, a tarefa de definir as opções de inicialização de programas eram feitas através do registro, manualmente ou por programas especialistas. Introduzido com o Windows 98, esta ferramenta é extremamente útil na manutenção e otimização do sistema. Presente também no Windows Me e XP. No Windows 2000 a ferramenta inexiste, mas podemos copiar o arquivo MSCONFIG.EXE da pasta C:\WINDOWS\SYSTEM32 do Windows XP e colocá-la na pasta C:\WINNT\SYSTEM32 do Windows 2000, funciona corretamente. Não sei em relação ao Windows NT. Dá para fazer a incisão também no Windows 95, mas é preciso copiar mais 3 arquivos, além do MSCONFIG.EXE, da pasta C:\WINDOWS\SYSTEM do Windows 98.

- Editor de configuração do sistema: tem configurações que são feitas através de alterações em determinados arquivos de configuração, tal como o SYSTEM.INI, WIN.INI, CONFIG.SYS, AUTOEXEC.BAT, entre outros, inteligíveis pelo ser humano. Era muito comum, para editar o SYSTEM.INI, por exemplo, ir até o Bloco de notas e abrir o arquivo C:\WINDOWS\SYSTEM.INI, ou então através do comando no prompt do MS DOS “edit c:\Windows\system.ini” ou mesmo pelo “Executar”, do menu Iniciar “edit c:\Windows\system.ini”. Acredito que 70% dos usuários do Windows versões 95 e 98 desconhecem o “Editor de Configuração do Sistema”, ou simplesmente SYSEDIT.EXE. Este aplicativo traz os 5 principais arquivos de configuração do Windows (CONFIG.SYS, AUTOEXEC.BAT, WIN.INI, SYSTEM.INI e CONTROL.INI) numa única janela. Para os usuários dos Win9x (esta ferramenta não está presente no Windows Me), digite “sysedit.exe” no comando “Executar”, e vocês verão a janela com os arquivos abertos. Pode-se copiar o SYSEDIT.EXE da pasta C:\WINDOWS para a mesma pasta no Windows Me para ter a mesma função, se bem que a edição destes arquivos é cada vez mais rara.

- Ferramenta de Diagnóstico do DirectX: esta não precisa de muitas apresentações. Através do comando DXDIAG.EXE, podemos checar a versão dos drivers DirectX, problemas com os drivers de vídeo, som, aceleração 3D, entre outras funções.

- Editor de Registro: o nosso velho amigo REGEDIT.EXE, sempre quebrando um bom galho na hora de personalizar e otimizar o sistema. O Registro é um banco de dados onde o Windows guarda as suas configurações, configurações dos aplicativos e também de hardware. O Registro é como se fosse um cartório, onde são registrados diversos aspectos referentes ao sistema operacional, aos aplicativos e configurações gerais. No Windows 95/98/Me o Registro é representado por dois arquivos, o SYSTEM.DAT e o USER.DAT, presentes na pasta C:\WINDOWS. No Windows NT./2000/XP os dados do Registro são armazenados em diversos arquivos na pasta C:\ <SystemRoot>\SYSTEM32\CONFIG. No Windows XP a pasta do sistema (SystemRoot) chama-se por padrão, C:\WINDOWS, diferente do Windows NT e Windows 2000 (C:\WINNT). O Editor de Registro é uma poderosa ferramenta, e potencialmente muito perigosa. Uma alteração inadequada nos dados podem comprometer a integridade do sistema operacional,e em casos extremos exigirá a reinstalação do Windows e aplicativos.

- Verificador de Arquivos do Sistema: também introduzido a partir do Windows 98, o SFC.EXE é muito útil para manter a saúde do sistema no que se refere aos arquivos de sistema. Quando um arquivo de sistema é apagado ou corrompido, o sistema pode apresentar comportamentos anormais, e é aí que entra o SFC.EXE. Ele procura por arquivos deletados ou corrompidos e, se for o caso, restaura esses arquivos. No Windows 98 o SFC é uma versão “light” da ferramenta “Restauração do Sistema”, presente no Windows Me. No Windows Me a ferramenta foi substituída pela Restauração do Sistema. No Windows 2000/XP o SFC apresenta mais opções de operação. No Windows 95 o SFC não existe, mas a exemplo do MSCONFIG.EXE, uma incisão com os arquivos adequados dá ao Windows 95 esta funcionalidade.

- Verificador do Registro do Windows: o SCANREGW.EXE é o responsável pela manutenção dos arquivos que compõem o Registro. Presente no Windows 98 e no Windows Me, esta ferramenta é uma mão na roda para manter e recuperar os arquivos do Registro. Em combinação com o SFC, o usuário pode fazer uma “Restauração do Sistema” light no Windows 98. Um exemplo: você instala um determinado programa, porém este programa fez configurações e/ou alterou arquivos chaves do Windows. Se estas alterações não forem bem aceitas pelo sistema operacional, das duas uma, ou o Windows ficará instável ou nem irá reiniciar. Neste ponto os usuários do Windows Me e do Windows XP estão resguardados pela Restauração do Sistema, mas é possível fazer uma operação parecida no Windows 98: antes de instalar qualquer programa que faça profundas e arriscadas alterações no sistema, basta ir no Executar e digitar:

SCANREGW.EXE /BACKUP

Com esta operação será feito um backup do Registro. Se por qualquer motivo o Windows se comportar de maneira estranha ou não iniciar após a instalação do programa, basta iniciar em modo DOS puro (tecla F8 na inicialização, opção “Somente prompt de comando”) e digitar:

SCANREG /RESTORE

Esta operação irá restaurar o registro, e deixará o sistema na última configuração válida antes da pane. Somente os arquivos do programa problemático permanecerão no HD, aos moldes da Restauração do Sistema no Windows Me. Claro que o método não é 100% eficiente. Se o programa trocou algum arquivo do sistema por uma versão diferente, pode ser que o Windows nem inicie. Mais um ponto para o Windows Me, pois um aplicativo residente monitora as alterações nos arquivos vitais, e restaura os arquivos que forem substituídos pelos originais do Windows. No Windows 98, isso tem que ser feito manualmente, através do comando já comentado SFC.EXE.

- Exclusão automática de driver: o ASD (Automatic Driver Skip) tem como função excluir drivers problemáticos ou inexistentes do sistema. Presente no Windows 98 e Me.

- Windows 3.11: quem está na informática há mais de 10 anos, com certeza começou a explorar o mundo do Windows com esta versão, sem dúvida a versão que apresentou o Windows ao mundo, assim como a disseminação dos sistemas operacionais com interfaces gráficas (não quer dizer que o Windows lançou o conceito de interface gráfica, ícones e janelas, mas isso fica para um próximo assunto). E para quem tem saudades do Windows 3.11 mas não tem mais aquele bom e velho 386, ou ainda que tenha um encostado, mas não pretende ressuscitá-lo, há dois comandos que farão a alegria dos saudosistas de plantão. Digite no Executar (de qualquer versão do Windows) os comandos PROGMAN.EXE e/ou WINFILE.EXE, para reviver o Gerenciador de Programas e o Gerenciador de arquivos. Agora se quiser ver o Windows 3.11 em funcionamento literalmente, abra o SYSTEM.INI; na linha “Shell=Explorer.exe”, troque o “Explorer.exe” por “Progman.exe”, salve o SYSTEM.INI e reinicie o micro. Veja o que acontece. Notaram alguma diferença? “E para voltar ao normal”? É rapaz, e agora? Como voltar ao normal? Editando novamente o SYSTEM.INI, mas sem a barra de tarefas, o menu Iniciar e as pastas de programas, fica mais difícil, né? Então clique no menu Arquivo > Executar. Digite “edit c:\windows\system.ini”, clique em OK e restaure a linha Shell para “Explorer.exe”. Lembrando que esta dica do SYSTEM.INI só funciona no Windows 9X e Me.

- SCANDSKW.EXE, DEFRAG.EXE e CHKDSK.EXE: acho que estes não precisa de muitas apresentações. Se tratam respectivamente do Scandisk, do Desfragmentador de discos e do Check Disk, este último somente no Windows NT/2000/XP, uma versão NT do Scandisk.

- Área de transferência: invocada pelo comando CLIPBRD.EXE, esta ferramenta exibe o conteúdo da última operação de cópia/recorte e colagem de dados no sistema (CTRL+X/CTRL+C e CTRL+V). Quando há pequenos textos na área de tranferência, não compensa exeutar o comando, mas quando há imagens, é sempre bom limpar o conteúdo da área de transferência para não ocupar memória à toa.

Há mais comandos que, conforme eu for lembrando eu coloco no tópico. Tem também os comandos IPCONFIG.EXE, WINIPCFG.EXE, PING.EXE e o FTP.EXE, estes usados para diagnósticos e configurações em redes e protocolos. Como eu não saco muita coisa de rede, talvez a galera do fórum possa dar sua valiosa colaboração na explanação destes comandos. O tópico está aberto para esta sugestão, assim como para comentários sobre alguma informação que esteja incorreta no texto.

Por enquanto é só. Valeu, galera!!!! :joia:

Versão 1.0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eae cara, Parabens pelo topico postado.

Apesar de ter muitos comandos já conhecidos, tem um ou outro, que alguem não sabia ou não estava lembrado.

:palmas:

:)

falou!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por Perfect@29 abr 2004, 19:32

Eae cara, Parabens pelo topico postado.

Apesar de ter muitos comandos já conhecidos, tem um ou outro, que alguem não sabia ou não estava lembrado.

:palmas:

:)

falou!

Thanks! :joia: :palmas:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse realmente merece :palmas: :palmas: :palmas: :palmas:

Parabens....

Esse é o objetivo do Forum Compartilhar informações...

Realmente um Belo Topico

:bye:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×