Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
CrSb

Ogg Vorbis! O Formato Melhor Que Mp3

Recommended Posts

Ogg Vorbis é...

Ogg Vorbis é um novo formato de compressão de audio. Ele costuma ser grosseiramente comparado com outros formatos usados para armazenar e executar música digital, como o MP3, VQF, AAC, e outros formatos digitais de audio. Todavia, ele difere desses outros formatos, isto pois o Ogg Vorbis é totalmente livre, aberto e não-patenteado.

O Vorbis é o nome para o esquema específico de compressão de audio, usado para criar arquivos OggVorbis. Ele faz parte do projeto Ogg, projeto maior focado em criar um sistema multimídia completo e aberto. Nesse momento, o OggVorbis apresenta-se como a única parte funcional do projeto Ogg e se encontra próximo de sua conclusão.

O Vorbis não consiste apenas em um codec complementar. Ele vem sendo desenvolvido para repor absolutamente todos os formatos de audio proprietários e patenteados. Isto quer dizer que você pode encodificar toda a sua música ou conteúdo de audio para Vorbis sem nunca ter que olhar para trás.

Perspectivas

Em breve o Ogg Vorbis renderá sua versão final 1.0. No entanto, o formato de arquivo continuará, por algum tempo, sendo terminado. Um arquivo Vorbis criado hoje ainda será compatível com os futuros decodificadores, nos próximos anos. O formato foi arquitetado para ser flexível, portanto os desenvolvedores podem continuar a aperfeiçoar o tamanho de arquivo e a qualidade de som sem, porém, "quebrar" ou inutilizar encodificadores ou players mais antigos.

O que eu, tu, nós, vós... ou eles ganham com o Ogg Vorbis?

O Vorbis fornece um formato de alta qualidade para você ouvir sua música. Seu tamanho de arquivo é menor do que o equivalente em MP3, e vem diminuindo ao passo que o desenvolvimento prossegue. O Vorbis já desfruta de suporte nos mais difundidos e populares players e logo deverá ser compatível com vários dos importantes hardware players. Com o Vorbis pode-se ouvir música com alta qualidade em pouco espaço. Ao utilizar o Vorbis a SUA escolha de player e/ou encodificador não fica cerceada pelos termos de uma licença. Atualmente, você só pode escolher dentre poucos encodificadores para criar arquivos MP3 (daqueles que realmente constam na "esfera formal"), porque muitas das companhias não querem ou não podem pagar pelos termos de licenciamento de encodificadores. O uso do Vorbis permite optar entre uma vasta gama de encodificadores.

Caso desenvolva hardware ou software players de audio, você não pode distribuir o seu trabalho sem ser afetado por termos de licenciamento de patentes proprietárias de audio. Com o Vorbis, pode-se criar produtos de hardware ou de software para encodificar ou decodificar arquivos de música sem restrições, pagamentos de royalty ou limites na distribuição. Ele oferece um formato que deixa mitigados a maioria dos "geeks" do audio - espalhados pela Internet a dentro :)

A especificação do OggVorbis é de domínio público, completamente livre tanto para uso comercial quanto não-comercial. Os utilitários do OggVorbis são liberados sob os termos da GNU GPL, ou "GNU General Public License".

Arquivos Ogg Vorbis X Arquivos MP3

Se dois arquivos forem encodificados com a CBR ("Constant Bitrate") e na mesma bitrate, ambos sempre terão o mesmo tamanho. O atual Vorbis Beta apenas encodifica arquivos em VBR ("Variable Bitrate"), que pode resultar arquivos pequenos e com melhor qualidade: ele não necessita desperdiçar dado com audio que seja de fácil encodifucação. Os arquivos atuais produzidos pelo Vorbis Beta serão similares, em tamanho, aos arquivos MP3 128kbps, mas soarão melhor que os últimos.

Teoricamente o Vorbis não possui uma bitrate máxima de encodificação. Ele está ajustado para bitrates de 16kbps a 128kbps POR CANAL. No entanto, não há nada na spec que diga que você não possa encodificar um arquivo a 512kbps ou a 8kbps. O atual encodificador beta suporta as seguintes bitrates: 128, 160, 192, 256, 350 kbps em mono ou stereo. Bitrates inferiores estarão disponíveis em versões futuras.

No momento, o encodificador demostra ser tão rápido quanto a grande parte dos encodificadores comercias de audio, não obstante não seja tão rápido quanto outros - obs: o beta atual não faz uso de otimização, logo poderia se esperar uma pequena "defazagem". A medida que as ferramentas vorbis amadurecem, elas vão se tornando mais velozes. A decodificação esboça a mesma complexidade da decodificação do MP3, e uma vez que as ferramentas de decodificação do vorbis sejam otimizadas, estas deverão decodificar em velocidades similares.

Streaming no formato Ogg Vorbis

Streaming é um importante componente do Vorbis. O formato do Vorbis tem como uma projeção a facilidade do fluxo de dados. Os projetistas do Vorbis estão trabalhando ao lado dos criadores do aplicativo "Icecast streaming media", com o objetivo de tornar o Icecast Vorbis-compatível. Existe também um esforço para o suporte do player a streaming de arquivos Ogg. Streaming de arquivos Ogg, a partir da Web, será suportado pelos plugins do player na versão 1.0 do Vorbis.

Instalação & Configuração

Para a instalação (seja através da compilação, seja através de pacotes binários), os seguintes requerimentos devem ser satisfeitos:

libao (ex: libao-0.7.0.tar.gz)

libogg (ex: libogg-1.0rc1.tar.gz)

libvorbis (ex: libvorbis-1.0rc1.tar.gz) - requer a biblioteca libogg

http://www.xiph.org/ogg/vorbis/download/

http://www.vorbis.com

Instalação através de pacotes .rpm, .deb, .tgz, etc: basta - seguindo a ordem posta acima) o corriqueiro:

~# rpm -ivh libao-0.7.0.rpm

~# rpm -ivh libogg-1.0rc1.rpm

~# rpm -ivh libvorbis-1.0rc1.rpm

Há também um pacote de utilitários para o Vorbis, denominado "vorbis-tools", obtido como pacote binário (ou compilado a partir dos fontes do Vorbis).

~# rpm -ivh vorbis-tools-1.0rc1-1.i386.rpm

Para a compilação dos fontes, nada que ninguém já não conheça - espero... :)

~# gzip -d libao-0.7.0.tar.gz | tar xvf -

~# cd libao-0.7.0

~# ./configure --prefix=/usr/local (usei a hierarquia /usr/local; nada obrigatório)

~# make

~# make install

Pronto. Agora proceda similarmente para cada pacote restante.

Plugins

O plugin é distribuído com os fontes do Ogg Vorbis ou como binário. Pode-se baixar o binário da página do XMMS, em www.xmms.org (xmms-vorbis.i386.gz).

Você também pode baixar do seguinte endereço:

http://www.xiph.org/ogg/vorbis/download/

Tanto compilando os fontes, como baixando o binário, você apenas precisará colocar o arquivo obtido (por exemplo, libvorbis.so) no diretório /usr/share/xmms/Plugins (para que todos os usuários possam utiliza-lo), ou no diretório $HOME do usuário em ~/.xmms/Plugins (neste caso apenas o determinado usuário poderá utilizar o plugin).

OBS: os caminhos acima podem ser diferentes, dependendo da distribuição Linux ou da instalação dos aplicativos.

Links

http://www.vorbis.com/music.psp

http://www.classicalarts.net/espace.html

http://www.cauterized.com/

http://www.emusic.com/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Outras informações sobre o formato de áudio Ogg Vorbis (.ogg)

Ogg vorbis foi criado pois o mp3 não é verdadeiramente livre: os

membros do MPEG consortium alegam que você não pode criar um encoder

mp3 sem infringir nas patentes deles. Ogg vorbis é um formato de

áudio comprimido totalmente aberto, não proprietário, livre de

patentes e de royalties, de propósito geral para média e alta

qualidade (8kHz-48.0kHz, 16+ bit, polifônico) com áudio e música em

taxas de bit fixos e variáveis de 16 a 128kbps por canal. Isto coloca

o vorbis na mesma classe de competição do MPEG-4 (AAC), e similar, mas

melhor, que o MPEG-1/2 audio layer 3 (MP3), MPEG-4 audio (TwinVQ), WMA

e PAC.

Vorbis pode tanto encodar e desencodar numa simples passada como

também produzir transmissão em tempo real requerendo aproximadamente o

mesmo poder de processamento do mp3. Ele será cada vez mais rápido com

o passar do tempo. Ogg vorbis usa o formato bitstream Ogg; a extensão

correta é .ogg.

Algumas instituições estão substituindo os áudios MP3 por Ogg pois o

MP3 tem restrições de exportação para alguns países devido às patentes

de software.

Mas por que Vorbis? Nós já temos MP3 e não queremos mudar.

Se você não pagar por uma cópia do encoder mp3, você é um tecnicamente

um ladrão de acordo com as leis atualmente vigentes. Rigorosamente

falando, usuários do encoder supostamente também deveriam pagar

royalties para o Fraunhofer IIS (FhG)( http://www.iis.fhg.de/

). Obviamente, os membros do MPEG tendem a não ir atrás dos indivídous

pois isso seria uma tarefa quase impossível.

Mas quando se fala de negócios a coisa é totalmente diferente. Se você

tem um negócio, ou você paga royalties arbitrários (o FhG decide

caso-a-caso e geralmente protege "exclusividades" que eles arrajaram

com outras companias) ou você não transmite/encoda. Não existe uma

solução de transmissão de baixo custo e irrestrita para pequenos

negócios. As alternativas para MP3 também não são baratas. Exceto Ogg.

Transmissão de Ogg (como rádio por internet) também é possível. Até a

BBC de Londres já testou transmissões de Ogg Vorbis:

http://slashdot.org/article.pl?sid=01/12/2...206&mode=thread .

Alguns programas que reproduzem o formato Ogg

- xmms - http://www.xmms.org/

- ogg123 - http://www.xiph.org/ogg/vorbis/

- jOggPlayer - http://www.gnu.org/directory/jOggPlayer.html

- winamp - http://www.winamp.com/

Para instalar o codec vorbis no winamp entre em:

http://www.winamp.com/plugins/

E digite "vorbis" no campo de procura.

Ou vá direto para:

http://www.winamp.com/plugins/detail.jhtml?componentId=60647

e carregue o arquivo "Nullsoft_Vorbis_Decoder.exe"

Referências:

Página Oficial:

http://www.xiph.org/ogg/vorbis/index.html

Testemunhos:

http://www.digit-life.com/articles/oggvslame/

http://www.brlug.net/archives/brluglist/1820.shtml

Os problemas com as patentes de software:

http://www.gnu.org/philosophy/patent-refor...not-enough.html

http://www.researchoninnovation.org/patent.pdf

http://www.linuxworld.com/linuxworld/lw-20...03-rms.html?4-4

Outros textos para ler:

http://www.gnu.org/philosophy/philosophy.pt.html

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ai, que novidade...

Conheço OGG desde Julho de 2002 (!)

E sinceramente, MP3 nunca mais... agora é só AAC ou OGG...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por tabgal@02 maio 2004, 18:20

Ai, que novidade...

Conheço OGG desde Julho de 2002 (!)

E sinceramente, MP3 nunca mais... agora é só AAC ou OGG...

AAC qual é?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

AAC é o "sucessor" do MP3: foi criado pela mesma equipe do MP3.

As músicas vendidas pelo iTunes são em AAC 128kbps. Tem qualidade parecida a do OGG.

Só que não é grátis. Mas o Winamp toca, o iTunes toca e encodifica também.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por tabgal@02 maio 2004, 18:20

Ai, que novidade...

Conheço OGG desde Julho de 2002 (!)

E sinceramente, MP3 nunca mais... agora é só AAC ou OGG...

O CrSb dá uma ótima contribuição dessas e vocês ficam tirando onda ?

Se vocês conheciam a tanto tempo , porque não postaram a dica antes de ficar com esse papinho ?

Ahh faça-me um favor .....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×