Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
chacalgbi

[Resolvido] Como medir a tensão alternada no PIC?

Recommended Posts

bom, o PIC tem ADs que medem tensão de 0 à 5Volts e DC, então...precisaríamos primeiro adequar o sinal pra isto, ou seja, baixar e retificar não necessariamente nesta ordem;

qualquer coisa posta aí

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ja vi o pessoal pegando um trafo com secundario de baixa tensão retificando e se maior de 5v fazer um divisor de tensão. assim como variar no primario tb varia na saida e portando a entrada adc vai ler. mas no caso 380 é trifasica ja nao sei , talves dois trafos q monitore cada fase.. aguarde mais dicas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade eu já fiz isso: mandei enrrolar um trafo de primário 420V e secundário 20V

Depois criei um divisor resistivo.

O código ficou assim:

set_adc_channel(0);

delay_ms(1);

q1 = read_adc();

p = q1 * 0.01955034; // 20 / 1023

a = p * 21; // para o trafo de 420V no primário e 20V no secundário, multiplicar o P por 21

Porém eu acho que existe certa perda ou ganho de tensão quando se converte AC para DC. Quem conhece melhor esses fenômenos elétricos? De quanto deve ser o capacitor de filtro?

Esperava que houvesse outra forma mais prática de se fazer isso. Será que há?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Porém eu acho que existe certa perda ou ganho de tensão quando se converte AC para DC. Quem conhece melhor esses fenômenos elétricos?

não entendi direito o que voce quis dizer, mas acho que tem a ver de a tensão AC quando convertida para DC ela aumenta a tensão, pois o capacitor se carrega com a tensão de pico, e nao com a tensão RMS da tensão alternada.

no caso ai imagina um trafo com saida de 12V, quando passar pelo capacitor vai subir para 12 * 1,41 (raiz de 2) = 17V.

De quanto deve ser o capacitor de filtro?

no caso ai como nao vai consumir corrente nenhuma, nao precisa de capacitor de valor auto nao. vou ver se acho a formula aqui pra ti.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na configuração que eu fiz ficou com a corrente de entrada 15,152mA no PIC, tá muito? Tá pouco? Ou tá bom?

Olha ai a simulação e o calculo do divisor resistivo.

picserial.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu talves faria o secundariode tensão menor, mas assim como nosso amigo ressaltou, se o secundario tem 20V depois de retificar e filtrar vai ter q multiplicar por raiz de 2 ou seja , 20*1.41= +-28v. então o divisor tem q ser feito em cima desse valor. Um sistema R/C para lhe dar resposta rapida, talves 3.2k/4.7uf tem q calcular.

eu acrescentaria um resistor em serie alem do divisor.

lembre-se de dar uma margem para nao ultrapassar dos 5volts, pois a rede pode subir um pouco alem do normal.

pesquise se nao existe aclopador para esse fim, seria interressante, mas nao obrigatorio

espero q ajude

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
eu talves faria o secundariode tensão menor, mas assim como nosso amigo ressaltou, se o secundario tem 20V depois de retificar e filtrar vai ter q multiplicar por raiz de 2 ou seja , 20*1.41= +-28v. então o divisor tem q ser feito em cima desse valor. Um sistema R/C para lhe dar resposta rapida, talves 3.2k/4.7uf tem q calcular.

eu acrescentaria um resistor em serie alem do divisor.

lembre-se de dar uma margem para nao ultrapassar dos 5volts, pois a rede pode subir um pouco alem do normal.

pesquise se nao existe aclopador para esse fim, seria interressante, mas nao obrigatorio

espero q ajude

É exatamente isso que eu queria saber "20*1.41= +-28v".

Essa diferença da AC pra DC. E o capacitor? 4.7uf? mesmo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O capacitor de 4.7uF foi uma sugestao, mas pode tomar o valor q achares melhor. qd se usa o dc para alimentaçao o capacitor pode ser o maior possivel (tipo 2000uF / Amp), neste caso nao vai querer estabilizar, vai querer q o pic consiga ler as variaçoes existentes na rede, então valor baixo. porém ao meu ver se deixar sem capacitor o valor no display do pic pode ficar oscilando dando uma impressao estranha. ponha um capacitor bem pequeno para dar uma amortecida. o conjunto RC seria p descaregar o capacitor p tb nao te dar resposta lenta demais. eu sou ruim em calculos, geralmente vou testando a combinacao RC.tenta o valor q indiquei e ve se fica bomou então qq coisa espere algum outro amigo opinar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O divisor resistivo vai fornecer uma corrente de 15mA.

então, a "alimentação" da porta analógica do pic vai precisar, via regra de 3, de um capacitor de:

2000uF => 1000mA // Se usualmente colocarmos 2000Uf para cada ampére, então:

30uF => 15mA

Vou colocar um de 22uF e testar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

amigo, a entrada analogica do mcu, nao demanda corrente, por isso nao precisas fazer essa regra.. qd falei de uf por ampere consumido é qd você tem uma carga em cima dele, neste caso é diferente. como disse a principio nem precisaria de capacitor, usa-se somente para amortecer a variacao lida. acredito q tenha q ser bem mais baixo q 22uf.

tb anexaria no circuito um diodo zener de 5v1 para garantir a integridade do pic, ou deixe uma faixa de segurança

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Entendi.

O zener de 5,1V já estava em meus planos.

Quanto a entrada do PIC não demandar nenhum tipo de corrente isso me parece estranho. Mesmo que for pouca, eu acho que há um certo "consumo" para fazer a medição, se não hovesse consumo nessa porta AD, um capacitor de 1000uf por exemplo, não iria descarregando a medida que o PIC fosse fazendo as leituras nele. E eu já fiz esse teste aqui na bancada: Coloquei um capacitor de alto valor, coloquei 5V na entrada analógica do PIC, depois tirei a alimentação e deixei somente o Capacitor na entrada analógica, e no display a variável foi decrementando de acordo a carga do capacitor ia diminuindo... Por isso eu acho que deve haver um mínimo consumo, caso contrário a medição seria sempre a mesma.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

deixei somente o Capacitor na entrada analógica, e no display a variável foi decrementando de acordo a carga do capacitor ia diminuindo... Por isso eu acho que deve haver um mínimo consumo, caso contrário a medição seria sempre a mesma.

podes ter razao, mas lembre-se q nada tem 100% eficiencia .. caregue o mesmo capacitor sem ligar ao pic, espere algum tempo e meça, veras q sua carga vai "sumindo".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
podes ter razao, mas lembre-se q nada tem 100% eficiencia .. caregue o mesmo capacitor sem ligar ao pic, espere algum tempo e meça, veras q sua carga vai "sumindo".

eu sei que acaba, mas no pic leva segundos... e sem nada pode levar minutos ou até horas...

Usei um de 47uF o tempo de resposta tá legal!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, se você pretende monitorar variações rápidas nas fases da rede trifásica, acredito que o fato da filtragem já abordada poderá representar um problema. Isso porque, o capacitor de filtragem manterá a sua carga durante as pequenas variações (principalmente as para menos) de tensão e o PIC nem as "verá". Se você estiver projetando, por exemplo, um sistema de monitoramente para desarme em caso de diferença de tensão entre fases para sistemas de alta potência (aqueles que desarmam quando a variação ocorre para evitar danos aos equipamentos), vamos ter que pensar em uma eletrônica que não introduza o "fenômeno" que citei. Neste caso, aproveitando a ideia dos amigos acima, um resistor de descarga em paralelo com o capacitor pode ser uma solução simples.

Bons trabalhos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu sei... Mas não é pra isso não, é apenas para monitorar quando uma rede de energia fica com a tensão abaixo do tolerável, e quando isso acontecer, manda para a porta serial e para um PC com a data e a hora:minuto:segundo do ocorrido.

Não precisa ter precisão de milissegundos ou microssegundos não. Medindo de 1 em 1 segundo já é mais que suficiente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caso o autor do tópico necessite, o mesmo será reaberto, para isso deverá entrar em contato com a moderação solicitando o desbloqueio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×