Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Rafael Alquati

Bateria de zinco flexível e recarregável pode substituir a de lítio.

Recommended Posts

A empresa norte-americana Imprint Energy promete revolucionar a tecnologia digital com uma técnica que permite a impressão de baterias baseadas em zinco, mais maleáveis, potentes, flexíveis e não-tóxicas. Basicamente, ela desenvolveu uma forma de produção que cria baterias com um processo de impressão bem semelhante ao jato de tinta do escritório.

bateria-de-zinco-flexivel-e-recarregavel-pode-substituir-a-de-litio.jpg

Com zinco e processo de impressão simples, tecnologia pode aposentar as baterias de lítio (Foto: Reprodução/ExtremeTech)

Mais do que criar um método de impressão para baterias, a Imprint Energy conseguiu resolver um problema intrínseco do uso de zinco como elemento para baterias. Até então, era impossível criar um eletrólito com o metal que fosse recarregável. O processo forma um tipo de tinta eletroquímica, que é usada para a criação de todos os elementos que fazem elétrons fluir dentro de uma bateria.

A técnica não é muito diferente daquela usada para a impressão de circuitos eletrônicos. Há circuitos que são criados em substratos plásticos extremamente finos, com a impressão de camadas condutoras e semicondutoras a partir de um método semelhante ao silk-screen.

Leia o restante da notícia em.: Techtudo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

"potentes, flexíveis e não-tóxicas." Mas o quesito preço?

Por exemplo o SSD ele é bem superior aos HDs que conhecemos, porém bem mais caros, tornando esse avanço nao viavel para muitos...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×