Ir ao conteúdo

Novos fones de ouvido sem fio Vinci 2.0 funcionam sem a necessidade de smartphones

       
 2.158 Visualizações    2 comentários

Os fones de ouvido possuem comando de voz com a assistente virtual Alexa.

Novos fones de ouvido sem fio Vinci 2.0 funcionam sem a necessidade de smartphones
Flavia Dutra Editora de Notícias do Clube do Hardware

A empresa norte-americana Inspero desenvolveu os fones de ouvido sem fio Vinci 2.0, voltados para praticantes de atividades físicas, que funcionam de forma inteligente, sem a dependência do smartphone.

Para o funcionamento autônomo, os fones trazem um processador ARM Cortex A-7 de quatro núcleos com cartão SIM incorporado e conexão Wi-Fi, 3G e Bluetooth. Com essa combinação, o usuário pode fazer ligações, enviar mensagens e realizar outras funções, independente da distância do smartphone. 

O Vinci 2.0 por enquanto só funciona em inglês, pesa 86 g, possui bateria de lítio de 600 mAh com autonomia de até oito horas, 8 GiB a 32 GiB de armazenamento, sensor de controle de gestos, comando de voz com a assistente virtual Alexa e integração com serviços de streaming de música, como Spotify, SoundCloud e Amazon Music.

Além disso, os fones têm duas telas LCD nas laterais do encaixe de pescoço, que exibem as estatísticas dos exercícios, e podem ser sincronizados com um smartphone, permitindo atender e realizar chamadas mesmo o usuário estando longe do aparelho.

A Inspero está em campanha no site de financiamento coletivo Kickstarter até o dia 14 de janeiro de 2018 para arrecadar US$ 20 mil. No momento, a empresa já conseguiu mais de US$ 317 mil.

Os novos fones de ouvido Vinci 2.0 estão disponíveis nas versões Lite (sem as telas LCD), Pro (com microfone de condução óssea) e Super (com cancelamento de ruídos) por US$ 89, US$ 149 e US$ 249, respectivamente (mais impostos), com frete grátis para o Brasil e entrega prevista para março de 2018.

 

Mais informações

Editado por Flavia Dutra

Compartilhar

  • Curtir 4


  Denunciar Notícia

Notícias similares


Comentários de usuários


Que trem diferente!
Bem interessante!

Vendo a primeira imagem achei que ele funcionaria por indução craniana, ainda bem que veio o vídeo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×