Ir ao conteúdo

AMD anuncia novos modelos de processadores Ryzen Pro corporativos

       
 3.232 Visualizações    5 comentários

Os novos processadores possuem gráficos Vega integrados.

AMD anuncia novos modelos de processadores Ryzen Pro corporativos
Flavia Dutra Editora de Notícias do Clube do Hardware

A AMD anunciou sete novos modelos de processadores Ryzen Pro, voltados para o mercado corporativo: Ryzen 7 Pro 2700U, Ryzen 5 Pro 2500U e Ryzen 3 Pro 2300U, para notebooks, e Ryzen 5 Pro 2400G, Ryzen 5 Pro 2400GE, Ryzen 3 Pro 2200G e Ryzen 3 Pro 2200GE, para computadores de mesa.

Os novos processadores possuem gráficos Vega integrados, soquete AM4, criptografia AES 128 bits, 6 MiB de memória cache L2 / L3 e suporte aos recursos fTPM e TPM 2.0.  

O processador Ryzen 7 Pro 2700U tem quatro núcleos, oito threads, clock base de 2,2 GHz, clock turbo de 3,8 GHz, gráficos Vega 10 e dissipação térmica de 15 W.

O Ryzen 5 Pro 2500U traz quatro núcleos, oito threads, clock base de 2,0 GHz, clock turbo de 3,6 GHz, gráficos Vega 8 e dissipação térmica de 15 W.

O modelo Ryzen 3 Pro 2300U possui quatro núcleos, quatro threads, clock base de 2,5 GHz, clock turbo de 3,4 GHz, gráficos Vega 6 e dissipação térmica de 15 W.

A versão Ryzen 5 Pro 2400G vem com quatro núcleos, oito threads, clock base de 3,6 GHz, clock turbo de 3,9 GHz, gráficos Vega 11 e dissipação térmica de 65 W.

O Ryzen 5 Pro 2400GE possui quatro núcleos, oito threads, clock base de 3,2 GHz, clock turbo de 3,9 GHz, gráficos Vega 11 e dissipação térmica de 35 W.

O processador Ryzen 3 Pro 2200G traz quatro núcleos, quatro threads, clock base de 3,5 GHz, clock turbo de 3,7 GHz, gráficos Vega 8 e dissipação térmica de 65 W.

E o modelo Ryzen 3 Pro 2200GE tem quatro núcleos, quatro threads, clock base de 3,2 GHz, clock turbo de 3,6 GHz, gráficos Vega 8 e dissipação térmica de 35 W.

Os novos processadores Ryzen Pro em breve farão parte de dispositivos de várias marcas, porém não estarão à venda em varejistas.

AMD.jpg

Mais informações

Editado por Flavia Dutra

Compartilhar

  • Curtir 6


  Denunciar Notícia

Notícias similares


Comentários de usuários


Até agora não sei qual a diferença dos processadores para empresas para os comuns.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, RBMA disse:

Até agora não sei qual a diferença dos processadores para empresas para os comuns.

Provavelmente é pelo custo beneficio já que as empresas comprar em largar escala e é nesse tipo de venda que eles(AMD) lucram mais. Porém é só achismo meu.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

São focados em economia de energia e menor dissipação térmica com o sacrifício no desempenho bruto além de terem placa de video integrada para baratear o custo no investimento no atacado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 16/05/2018 às 21:04, SamucaFO disse:

São focados em economia de energia e menor dissipação térmica com o sacrifício no desempenho bruto além de terem placa de vídeo integrada para baratear o custo no investimento no atacado.

A diminuição na dissipação térmica resulta em fabricação de processadores com materiais de pior qualidade e esta diminuição na dissipação provavelmente vai vir causar o travamento das mesma (provavelmente). Então seria viável essa compra?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não é que seja de pior qualidade, normalmente é o contrário pois o que citei visa justamente a confiabilidade do processamento.As empresas prezam pela confiabilidade,durabilidade e segurança mesmo que haja um pouco de sacrifício no desempenho em relação aos processadores padrões/entusiastas/etc da mesma geração já que não irão atualizar ou trocar o computador por muitos anos.Além de  buscarem um custo menor já que são para compra e venda de lotes de 10, 100 ou mais computadores.

 

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×