Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

AMD anuncia oficialmente os novos processadores Ryzen 3 2200G e Ryzen 5 2400G

       
 10.376 Visualizações    16 comentários

Os processadores vêm com cooler AMD Wraith Stealth.

AMD anuncia oficialmente os novos processadores Ryzen 3 2200G e Ryzen 5 2400G
Flavia Dutra Editora de Notícias do Clube do Hardware

A AMD revelou oficialmente as especificações dos novos processadores para computadores de mesa “Raven Ridge” com chip gráfico integrado Vega, baseados na microarquitetura Zen, com os modelos Ryzen 3 2200G e Ryzen 5 2400G.

Os processadores têm processo de fabricação de 14nm, soquete AM4, dois canais de memória DDR4 de até 64 GiB, 2 MiB de memória cache L2 (512 KB por núcleo), 4 MiB de memória cache L3 compartilhada, dissipação térmica de 65 W, suporte aos recursos SensiMI e Master Utility e vêm com cooler AMD Wraith Stealth.

O modelo Ryzen 3 2200G possui quatro núcleos, quatro threads, clock base de 3,5 GHz, clock Boost de 3,7 GHz, gráficos integrados Vega 8 com 512 núcleos de processamento e clock de 1100 MHz.

O Ryzen 5 2400G tem quatro núcleos, oito threads, clock base de 3,6 GHz, clock Boost de 3,9 GHz e gráficos integrados Vega 11 com 704 núcleos de processamento e clock de 1250 MHz. 

Os novos processadores Ryzen 3 2200G e Ryzen 5 2400G estarão disponíveis no mercado norte-americano no dia 12 de fevereiro de 2018, por US$ 99,99 e US$ 169,99, respectivamente.

amd-raven-ridge-apu-vazamento_chamada.jpg

Mais informações

Editado por Flavia Dutra

Compartilhar

  • Curtir 10
  • Obrigado 1


  Denunciar Notícia

Notícias similares


Comentários de usuários


Parece que os caras concertaram as deficiências dos Ryzen da primeira geração e ainda colocaram o preço lá embaixo com o mesmo soquete. Muito bom !!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Aí sim
Só queria como vai ser o desempenho dos gráficos vega comparado às placas de vídeo pcie

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, RBMA disse:

Parece que os caras concertaram as deficiências dos Ryzen da primeira geração e ainda colocaram o preço lá embaixo com o mesmo soquete. Muito bom !!

Continua sendo o Ryzen primeira geração, só acoplaram uma Vega no chip.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

E como sempre, esses processadores virão caro pro Brasil mesmo sendo 99,99 e 169,99 doláres.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Glauber Girotto disse:

Será que vai permitir Crossfire ou coisa do tipo?

 

A AMD está matando o CrossFire, além disso, não tem Vega intermediária ou de entrada ainda, só as topo de linha.

 

Provavelmente não vai ter mais este recurso. ;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, Daniel Lee disse:

Aí sim
Só queria como vai ser o desempenho dos gráficos vega comparado às placas de vídeo pcie

 

estão dizendo que vai ser igual ou um pouco superior as 1030 e rx550 ... 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Meltdown and Spectre? Principalmente os processadores da AMD, esses novos processadores, veio com o processador consertado contra Spectre? 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, WinChip disse:

Meltdown and Spectre? Principalmente os processadores da AMD, esses novos processadores, veio com o processador consertado contra Spectre? 

Só daqui uns 3 anos vai sair os primeiros CPU sem essas 2 falhas (isso se sair...).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 24/01/2018 às 20:01, WinChip disse:

@Correr Brincadeira né? A gente consumidor que sofre!

 

É até normal esse prazo.

Descobriram isso no 2º semestre de 2017. Aí precisam refazer o CPU do 0 de modo a eliminar essa falha.

Entre testes, erros, acertos vai 1 ou 2 anos. Depois tem que produzir um volume alto (vamos falar em umas 10 mil unidades) como teste e enviar para os parceiros (montadoras EM de PC, desenvolvedoras de Sistemas Operacionais) testarem e ver se a falha foi removida.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×