Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

Empresa suíça lança o smartphone Solarin, com sistema de criptografia avançada

       
 3.751 Visualizações    1 comentário

A empresa suíça Sirin Labs desenvolveu o smartphone Solarin, que traz botão na parte traseira para acionar criptografia avançada em todo o dispositivo, protegendo todos os dados, inclusive desabilitando sensores e câmeras.

Empresa suíça lança o smartphone Solarin, com sistema de criptografia avançada
Flavia Dutra Editora de Notícias do Clube do Hardware

A empresa suíça Sirin Labs desenvolveu o smartphone Solarin, que traz botão na parte traseira para acionar criptografia avançada em todo o dispositivo, protegendo todos os dados, inclusive desabilitando sensores e câmeras. Ele tem ainda sistema especial de criptografia P2P nas comunicações entre dois aparelhos da mesma empresa. 

O smartphone possui carcaça metálica, tela LCD de 5,5 polegadas com tecnologia IPS e resolução de 2560 x 1440, processador Qualcomm Snapdragon 810 de 2 GHz, 4 GiB de memória, 128 GiB de armazenamento, câmera traseira de 23,8 MP, câmera frontal de 8 MP, sistema operacional baseado no Android (versão não especificada), porém com otimizações de segurança, bateria de 4.040 mAh, medida de 159,8 x 78 x 11,1 mm e peso de 250 g.

Segundo a empresa, o público-alvo para este smartphone é composto de empresários e outros executivos que precisam de privacidade.

O Solarin está disponível em quatro modelos, que variam entre US$ 13.800 e US$ 17.500, dependendo dos acabamentos escolhidos. 

Mais informações

Compartilhar



  Denunciar Notícia
Entre para seguir isso  

Notícias similares


Comentários de usuários


É difícil opinar sobre qualquer produto destinado ao nicho de milionários. Já tivemos muitos modelos destinados a esse público com acabamento em ouro ou pedras preciosas, etc... O acabamento é lindo, mas um Android por cerca de 47 mil reais (USD13.800) deveria ter algo como vidro de cristal de safira no lugar de um vidro gorilla glass, o ultimo modelo de Snapdragon e chip gráfico, uma câmera com uma lente descente com abertura de f 1.4 ou f 1.2 ao invés de f 2.0, algo como um 1 TB de armazenamento e garantia vitalícia, mas só pelo fato de ter um preço inacessível para a maioria das pessoas, deve fazer sucesso (dentro das proporções) para galera ''ostentação".

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×