×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Loja Play Sérgio

Membro Júnior
  • Posts

    18
  • Cadastrado em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%
  1. @AntonelaG Aplausos! Acertou em cheio. Sem falar que com essa simples e curiosa mudança, ao reiniciar o programa a impressão é de que o mesmo foi reinstalado. Como um passe de mágica, o problema do MP3 é corrigido. Voilá!
  2. Por que, popularmente, se diz que o SATA compete com o M.2? Desinformação. Devido à diferença de velocidade dos SSDs que é percebida entre ambos, já que um SSD SATA tem velocidade de até 6 GB/s (até 550 MB/s), um SSD M.2 pode ser três vezes mais rápido que isso. Lógico que vai depender do tipo de SSD M.2, mas, de forma bem rudimentar, diz-se que o padrão M2 ganha do padrão SATA e isso acaba se tornando uma questão de escolha do consumidor (que é mais leigo) e que não leva em conta tantas especificidades na hora da compra. Os SSDs são tratados de forma distinta pelos próprios desenvolvedores: SSD SATA 2.5 - SSD M.2 SATA - SSD NVMe Os desenvolvedores (PCI-SIG e SATA-IO) dizem que cada um tem um tipo diferente de barramento (encaixe na placa-mãe). Tenho cinco perguntinhas a eles, os próprios desenvolvedores dessas tecnologias: 1) Onde eu encaixo o SSD SATA 2.5 (SATA 3) em meu computador? RESPOSTA: 2) Onde eu encaixo o SSD Mini SATA (mSATA)? RESPOSTA: 2) Onde eu encaixo o SSD M.2 SATA, antigo NGFF (independente do cumprimento)? RESPOSTA: 3) Onde eu encaixo o SSD M.2 AHCI (PCIe)? RESPOSTA: 4) Onde eu encaixo o SSD M.2 NVMe (PCIe)? RESPOSTA: Organizando melhor a relação de perguntas: 1) Onde eu encaixo o SSD SATA 2.5 (SATA 3) em meu computador? RESPOSTA: 2) Onde eu encaixo o SSD Mini SATA (mSATA)? RESPOSTA: 3) Onde eu encaixo o SSD M.2 SATA, antigo NGFF (independente do cumprimento)? RESPOSTA: 4) Onde eu encaixo o SSD M.2 AHCI (PCIe)? RESPOSTA: 5) Onde eu encaixo o SSD M.2 NVMe (PCIe)? RESPOSTA: Com certeza, as respostas à essas questão serão surpreendentes.
  3. Pelo visto vocês aqui são do bloco dos "NINGUÉM QUER ACEITAR" que SATA compete sim com M.2. e não se dobram para essa questão. Pois bem. Saibam que compete sim. Ainda duvidam? Então convido vcs à assistirem este vídeo: (reparem bem o que ele diz entre 01:45 e 01:48 minuto ("TEM GENTE QUE PREFERE USAR M2 DO QUE CONTINUAR USANDO SATA..."))
  4. Apesar de "ninguém" querer reconhecer que o SATA compete com o M.2, a grande verdade é que acaba competindo sim. Basta ver a diferença entre ambos. O formado do SSD SATA comum é do tamanho de um HD interno, só que mais fino e bem mais leve como um HD externo (de USB). O encaixe na placa-mãe e a alimentação de energia é a mesma do HD interno (via cabos). Também, a velocidade do SSD SATA de cabo é 3.0 (bem mais rápida que os HDs que são 2.0). Por sua vez, o SSD M.2 compete com o SATA, tanto no tamanho (espessura e cumprimento) quanto na velocidade. Um M.2 SATA (de chave dupla M e B é a mesma velocidade (3.0 ou seja, de 550 MB/s) enquanto um M.2 NVMe (de apenas uma chave M) já começa sendo três vezes mais rápido que um SATA e podendo aumentar ainda mais. Então, pela espessura, formato e velocidade, o M.2 acaba competindo com o padrão SATA sim.
  5. A placa-mãe dele está mais para uma dessas ASRock B450m HDV que possui um slot de SSD M.2 ger3 x4. Isso é slot de chave M (M-kay) com especificação ULTRA M.2 que é mais para SSD MVMe (formato 2280). Porém, isso não o impede de usar um SSD NGFF de dupla chave (M-kay e B-kay também chamado de SSD M.2 SATA). Ao encaixar no slot, o SSD NGFF só vai usar a chave M e deixar a chave B inutilizada e sua velocidade 2.0 será igual a de um SSD SATA comum.
  6. @Rodrigo dos Santos2334 Quem quiser comprar um SSD NGFF M.2 pode comprar tranquilo. Vai encaixar direitinho na placa-mãe que tenha o slot M.2. O desempenho dele é o mesmo de um SSD SATA padrão. Repare que seu conector é uma ponta com 3 saliências (duas menores nas pontas e uma maior ao centro). NGFF é mais barato porque é mais antigo. Surgiu para substituir o SSD mSATA (mini-SATA). você vai gostar dele caso você for usar seu computador para jogos. Por outro lado, se você for usar seu computador para trabalhos pesados, como edição de vídeos em 4K (RENDER), o melhor é ficar com SSD NVMe M.2, porque ele é mais moderno e mais rápido para finalidades que não seja jogar. Detalhe: a tecnologia M.2 é uma versão que compete com a SATA. Ambos são formas de encaixe dos SSDs nas placas-mãe.
  7. Passado tanto tempo, também tenho, até hoje, um notebook com essa mesma placa. Na estampa veio como sendo 4 GB, mas, na prática, mal reconhece 3 GB.
  8. ATENÇÃO! Estou retirando o que eu disse sobre SEAGATE NÃO! Entrei no site do fabricante, preenchi uma reclamação com todos os meus dados e informei os códigos de meu HD e ainda respondi a um questionário de satisfação demonstrando meu descontentamento total com a empresa. RESULTADO: A SEAGATE me ligou e se dispôs e tentar recuperar meu dados em seu laboratório nos EUA sem me cobrar os US$ 700 dólares. Só tenho que enviar para eles (pagar uma taxa de alfândega) e aguardar. Tudo dentro da garantia. Aí sim.
  9. Vou explicar novamente. "Amigo, vamos ser bem sinceros, você errou ao deixar o técnico abrir sem equipamentos para isso, e isso danificou o HD." Meu caro, eu já expliquei isso aqui mesmo nesse tópico. Meus motivos deixei bem claros. E não teve erro não. O HD já estava "MORTO". "E se ocorreu de as "agulhas" travarem no meio do disco e ficarem lá depois de desligar o disco, então esse disco está condenado,..." Também já expliquei isso aqui nesse tópico. você é que não leu ele todo. Como já expliquei, o HD é novo, comprado na loja e deu problema com apenas 3 meses de uso. A garantia até que poderia cobrir e me dar um novo, mas daí eu teria que enviar o danificado para a fábrica com meus arquivos dentro e adeus pra eles. Não tenho backup de backup e por isso preferi ficar com o HD danificado para tentar recuperar meus arquivos. Já expliquei tudo isso aqui. Tá tudo aí pra trás.
  10. "Olha, o problema não é de quebrar agulha ou algo do tipo. É justamente pelo fato de que muitas escritas são feitas em buffer, e depois transferidas para o armazenamento físico." "... agora sobre a agulha quebrada ou não, quem disse foi o autor do post." RESPOSTA: Sim, o problema é AGULHA QUEBRADA, como na foto já postada anteriormente. O HD travou, ficou offline e depois de várias tentativas, foi aberto e constatou-se agulha danificada. Não é palpite, é fato. Quebrou, ou porque tinha travado com o desplugue inesperado ou por tentativas de recuperar os arquivos usando programas em uma agulha emperrada ou por imperícia do técnico ao abrir o HD e tentar voltar a agulha para a posição inicial de leitura.
  11. "Não sei qual o motivo de tanta reclamação. HDs, como qualquer dispositivo, está sujeito a falhas." Não é a falha em si, mas sim COMO FOI A ESSA FALHA, a profundidade e dimensão dessa falha ocorrida. Esse é o motivo de minha indignação e meu alerta. Um simples desplugue causou um problema sério equivalente a uma queda feia do dispositivo. Dizem que isso pode acontecer mesmo, ou seja, um simples desplugue errado e já era para o laboratório pagar uma pequena fortuna.
  12. Ao pessoal que está me respondendo: -mick 07, -misterjohn; -shaman93 sugiro dar uma olhadinha nestas reclamações feitas no Reclame Aqui: "Problema grave HD Seagate 1TB externo parou de funcionar" https://www.reclameaqui.com.br/seagate/problema-grave-hd-seagate-1tb-externo-parou-de-funcionar_9WD6puV_eHMG16Y0/ "HD externo 2TB com defeito" https://www.reclameaqui.com.br/seagate/hd-externo-2tb-com-defeito_J5eca70wSiizrytu/ Ok! _________________ Referente ao que o Shaman93 escreveu: ¨...se observar do lado direito chega a ter uma gororobinha no disco) detonou de vez o HD. " Meu caro Shaman93, pela sua resposta vi que você também é leigo em termos de serviços recuperação de dados. você está equivocado. Essa "gororobinha" que diz, na verdade é cabeça de leitura (ponta da agulha do disco) que quebrou e ficou grudada pelo magnetismo. De fato, ferrou mesmo e agora tem que trocar. Vai custar caro. Só não sei se quebrou por rodar programas de recuperação de dados (tentativas) ou foi imperícia do técnico quando ele abriu para verificar se a agulha tinha travado. Eu também não sabia desse detalhe até 40 dias atrás. Eu era leigo de tudo. Inclusive um outro técnico me disse ter ficado surpreso em como esse pedaço de agulha quebrada não travou na haste do mecanismo e arranhou todo o disco durante os processos de tentativas de leitura. Segundo me falaram, se a agulha quebra e arranha o disco, no local onde arranhou se conter dados os mesmos ficam irrecuperáveis. Disco de HD funciona parecido com disco de música. Você coloca o disco de música para tocar na vitrola e a agulha vai criando o som que se ouve enquanto o disco roda. No disco de HD funciona assim também. Quando ligamos o aparelho, a agulha fica sobre a superfície do disco fazendo as leituras e gravações de dados por meio de eletromagnetismo (criando o processo lógico). Foi o que passei a entender (não só pelo vídeo que o MISTERJOHN postou, mas porque me explicaram antes).
  13. Meu caro, eu dizendo justamente isso, que a garantia se perdeu por minha culpa. Sim, porque eu optei por perder a possibilidade (digo possibilidade) de ter outro HD NOVINHO para substituir o meu que danificou... Optei assim, porque se eu fosse requisitar o serviço de RMA eu teria de enviar meu HD danificado para a Seagate e, com isso, eu perderia meus arquivos. Entendeu agora? Funciona assim: o cliente solicita a garantia enviado o produto danificado. Mas o cliente só pode fazer isso se não precisar mais do HD porque se tiver algum arquivo importante a ser recuperado dentro dele, pode dizer adeus! O HD vai e não volta. Só vem outro novinho sem arquivo nenhum e zerado. Entendeu agora o porquê eu optei por não solicitar RMA? Foi para tentar recuperar meus arquivos ficando com o HD danificado. No caso que estou tentando explicar é que, se eu quiser (ou qualquer cliente quiser) recuperar todos os arquivos de um HD SEAGATE danificado, basta solicitar o serviço especializado de recuperação de dados do laboratório da empresa lá nos EUA. você envia seu HD quebrado pelos correios e eles tentam recuperar tudo e ainda te devolvem seus dados (só os recuperados) em um outro HD novinho em folha. Beleza né? Para isso, você só tem que pagar 700 dólares ao laboratório (uns 3 mil reais). Só isso. Pagando essa quantia você tem seus arquivos de volta pela própria SEAGATE. Entendeu agora? A minha indignação é que eu tenho que pagar isso para a SEAGATE sendo que o problema foi ocasionado em um HD que já comprei e paguei para a própria SEAGATE. A recuperação vai me custar 10 vezes o valor que paguei pelo HD. Este problema nem deveria acontecer da forma que aconteceu. Para travar uma agulha de leitura como aconteceu deveria ser só em casos mais sérios, como deixar cair o HD no chão ou outro motivo grave. Não pode ser como no meu caso em que eu apenas despluguei sem ejetar com segurança. Se tivesse dado erro e convertido meus arquivos em RAW eu até entenderia. Mas o HD quebrou por coisa banal. Vamos desconfiar né? Não estou exigindo que a empresa me faça algo que seja fora da garantia, até mesmo porque ainda estou na garantia. Eu que abri mão da garantia (ou da troca) para não ter que pagar os 700 dólares de recuperação e nem perder de vez meus arquivos ao enviar meu HD danificado para vir outro no lugar. Juridicamente falando, estou usando meus Direitos de Consumidor e reclamando do produto que me venderam. E meus Direitos de Consumidor me garantem que eu posso dar uma nota negativa para a marca e NÃO RECOMENDAR para outros consumidores. Todo equipamento eletrônico está sujeito a defeito por diversos motivos. Mas tem uns que são melhores que outros, concorda? Tem uns que estragam mais fácil do que outros, não acha? É o caso que vi com esse HD Expansion da SEAGATE. Estragou mais fácil que o outro SAMSUNG. Estragou e está me custando um trabalho enorme para reparar. Nem sei se vou conseguir. Por isso alerto para outros que isso é uma bomba! adicionado 16 minutos depois "Eu dei essa sugestão como primeiro procedimento em casa, bastava abrir o case e instalar o hd no pc, já que hd interno e externo é o mesmo e isso era para "fazer em casa" como eu fiz;" Nesse caso, o cliente precisa saber como abrir a case de um HD e não é tão simples assim. Se for abrir sozinho e pela primeira vez, o leigo não vai saber e vai acabar é estragando outras partes do HD, além de perder a garantia se ele ainda sonhar em ter outro HD novo trocado pela empresa. Abrir uma case de HD externo é só para quem já sabe e tem que ser algo fora da garantia. Mesmo assim, nenhum TÉCNICO SÉRIO recomenda que se abra o HD. Foi o que me disseram. Obs: Eu tenho back up das coisas que não desejo perder, esse é o segredo e não confiar em ter apenas uma cópia já que todos pode dar defeitos. O engraçado é que a gente compra um HD externo para, JUSTAMENTE, servir de backup e salvar nos arquivos e não deixar tudo só no HD interno do computador. Então de que adianta a gente fazer salvamento em um HD que é mais arriscado ainda? Será que temos de fazer o backup do backup, ou seja, será que temos de salvar nossos arquivos em outro HD e depois também salvar em outro HD para o caso o HD de salvamento dar problema? É backup demais, não acha? O que falta é mais segurança e qualidade dos produtos vendidos, isso sim. Mas te agradeço pelas informações.
  14. @misterjohn Eu não sabia dessa aquisição do departamento de fabricação de HDs da Samsung pela Seagate. Fui olhar agora e vi que isso aconteceu em 2011. Mas, parece que a líder do setor ainda é a Western Digital (WD) que adquiriu a fabricação de HDs da Hitachi na mesma época. Pelo que descreve, os HDs que você costuma usar são de grande capacidade (acima de 2 TB) diferentes do meu que é um HD externo de 1 TB. Sobre sua experiência com a marca Seagate ser a melhor possível só tenho a dizer que você é sortudo por não precisar passar por situações de perder seus arquivos como eu. Sobre o print do meu HD externo constando como "não alocado", isso foi no início do problema no final de 2019. Depois desse print e da postagem já levei o HD para um técnico que fez esses testes que você sugere. Ir no Gerenciado de Discos e mandar criar uma nova partição com o HD ligado na sata e na fonte, isso já foi testado pelo técnico e não adiantou. No foto abaixo está o motivo: o HD tinha travado e quebrou a cabeça de leitura (agulha). Quando é assim nenhum desses procedimentos resolve. Só em laboratórios especializados para um transplante de agulha. Foi o que me disseram. No print também aparece meu outro HD SAMSUNG de 1 TB que deu problema de 2015, mas que conseguiu ser recuperado. No caso, como você diz, de se fazer o procedimento de abertura do HD e recuperar os dados logo de cara, logo na primeira tentativa, isso teria que ter sido feito no laboratório especializado, mas o problema é o custo do serviço (acima de R$ 2 mil). Esse valor inviabiliza a maioria dos pedidos de conserto. Referente ao uso do GET DATA, o técnico que olhou meu HD usou, justamente, esse programa, mas não deu certo pelo motivo citado anteriormente (agulha). Mas obrigado.
  15. @mick 07 No caso, o HD externo SEAGATE EXPANSION 1 TB foi comprado no comércio em 2019. Ainda está dentro do prazo de garantia. Mas como eu tinha de escolher entre: preencher os requisitos para solicitar a garantia da empresa e, quem sabe, ter outro HD novo de volta ou abrir o HD e perder a garantia, mas tentar recuperar meus arquivos, então eu optei por ficar com o HD danificado para tentar recuperar meus arquivos que é mais importante. Assim, a garantia se foi. O produto não está sujeito a defeito pelo tempo porque deu defeito apenas com 3 meses de uso. Não tenho que provar que o problema foi por vício do produto. Eu tive a mesma experiência com duas marcas diferentes e uma delas (a Seagate) deu perda enquanto a outra (a Samsung) me possibilitou recuperar. Por isso não recomendo essa marca Seagate. Além disso, em minhas pesquisas para tentar resolver meu problema, notei que a maioria dos HD que dão pau com outros consumidores é da marca Seagate.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Ebook grátis: Aprenda a ler resistores e capacitores!

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!