Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

ROR

Membro Júnior
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%
  1. @arfneto Complicado!! hahaha. Vocês têm alguma recomendação de livro mais técnico que trata essas abordagens e "boas práticas"? Eu to usando o livro do Deitel de 2006 para ter uma base, uma "noção" sobre classes, objetos, relacionamento, encapsulamento, polimorfismo, etc, mas to vendo que terei de usar livros mais novos pra usar os recursos mais atualizados. E eu queria ver um livro com uns exemplos maiores, mais complexos. Os livros do Deitel tem exemplos mais "simples", entre 80 a 150 linhas... Queria uns exemplos de programas completos, mais robustos, que usasse várias dessas técnicas e con
  2. Tradicionalmente o C++ não trabalha com recursos como malloc, realloc, calloc, etc, correto? São recursos de C, no mínimo, evitados em C++, não é isso?
  3. @arfneto @V!OLADOR Eu fiz como vocês citaram e funcionou normalmente. Depois vou tentar fazer com o <vector>. Vocês podem falar quais os prós e contras dessas duas abordagens?
  4. eu fiz um exemplo mais simples usando o operador new. seria algo nesse estilo? eu testei inserindo 5 usuários e funcionou em um compilador online mas quando eu tento inserir 10 elementos ele roda mas apresenta uma msg de erro no final. @V!OLADOR @arfneto //main #include <iostream> using std::cout; using std::cin; #include "memoria.h" int main () { int numero; int i; cout << "informe a quantidade de usuarios: "; cin >> numero; for (i = 0; i < numero; i++) { memoria* m = new memoria[i]; m[i].setValor(); m[i].imprime(); delete[] m; }
  5. @V!OLADOR eu faço isso na main mesmo (no momento de criar o objeto)? Eu posso fazer um for que seja do tamanho da quantidade de trabalhadores que o usuário vai criar, algo como: int numero; cout << "informe a quantidade de trabalhadores: "; cin >> numero; for (i = 0; i < numero; i++) mas qual a sintaxe eu uso pra passar numero para o vetor (vamos supor que o usuário queira criar 10 objetos trabalhador. como o compilador diferencia cada um 10 objetos, como é feita a indexação)? e qual a sintaxe eu uso para que um objeto específico do vetor c
  6. O atributo infoDado. Como assim? Eu uso o construtor para chamar setInfoDado e através dele iniciar o atributo (mesmo que depois eu vá reatribuir outro valor). Eu ainda não cheguei a estudar herança e polimorfismo, por isso eu quero usar apenas composição que é a parte que eu já cheguei pra fazer o que eu preciso fazer (mesmo que seja mais complicado, demorado e ineficiente...) À medida que eu for estudando os próximos conteúdos eu vou aprimorando o código. No livro do Deitel que eu estou usando como referência ele apresenta um exempl
  7. Isso. Eu tenho "vários" objetos diferentes da mesma classe que representam atributos diferentes apesar de usar a mesma variável pra isso. Eu poderia fazer isso também mas preferi optar por usar objetos diferentes da mesma classe. No caso da classe info por exemplo, eu poderia ter um atributo nome e um atributo cpf mas acabei optando por objetos diferentes para representar atributos com cada objeto com um único atributo (isso é só um escopo, um esqueleto... depois eu posso alterar e aumentar as classes) Um construtor padrão apenas para instanciar o atributo.
  8. As classes e cabeçalhos são os mesmos mas estou mandando o código todo aqui. //main #include <iostream> using std::cerr; using std::cin; using std::cout; using std::endl; using std::ios; #include <fstream> using std::ofstream; #include <cstdlib> using std::exit; #include "trabalhador.h" int main() { ofstream saidaArquivoCadastro( "cadastro.dat", ios::out ); if ( !saidaArquivoCadastro ) // operador ! sobrecarregado { cerr << "Arquivo nao pode ser aberto" << endl; exit( 1 ); } cout << "Informe a quantidade de funcionarios a serem cadastrado
  9. @arfneto posso postar esse código todo do qual estamos conversando? A única parte que está faltando nele é a main completa.
  10. Percebi que esse problema acontece apenas quando eu coloco a instrução cin >> quantidade;. Quando eu não coloco essa instrução o cursor para em cout << "Nome do funcionario: "; para que eu possa digitar o nome do usuário (uma vez que ao instanciar o objeto i1 o método da classe info faz com que o programa espere o usuário digitar o nome). Quando eu coloco a instrução cin >> quantidade; algo faz com que esse método ou a instrução de atribuição no escopo desse método não seja executada. O interessante é que quando o objeto i2 é instanciado o código funciona nor
  11. com um endl no final das instruções?
  12. Eu tenho um código na main que funciona normalmente. Esse código diz que o usuário deverá informar os dados e pede que o usuário digite o nome do funcionário e a instrução seguinte inicia o objeto i1. O objeto i1 chama seu construtor e o restante do código segue até o programa (na main) solicitar que o usuário digite o CPF do funcionário e a instrução seguinte inicia o objeto i1. O que eu não entendo é o que acontece quando eu altero o código da main. Quando eu insiro 4 linhas antes da linha que diz que o usuário deverá informar os dados, solicitando que o usuário informe quantos funcionários
  13. Eu tenho um código com encapsulamento e composição com 3 classes em C++. No meu código eu tenho de ciar os objetos de forma estática mas quero criá-los de forma dinâmica. Eu tenho uma classe chamada trabalhador que tem 2 objetos de outras 2 classes (info e familia) como seus membros, de forma que trabalhador tem info e familia. Toda vez que eu quero criar um objeto trabalhador (que tem info e familia) eu tenho de fazê-lo de forma manual (estática) mas quero fazê-lo dinamicamente. Eu quero que o usuário escolha quantos trabalhadores ele quer criar dinamicamente. Eu acho que eu deveria usar estr
  14. Obrigado @Marcos FRM e @Midori .
  15. obrigado, @v!olador

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!