Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

caioattili

Membros Plenos
  • Total de itens

    799
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    100%

Reputação

14

Sobre caioattili

  • Data de Nascimento 23-06-1986 (32 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Santo André-SP
  • Sexo
    Masculino

Meu PC

  • Processador
    AMD FX-6300 Black Edition 3,5 Ghz
  • Cooler
    Box
  • Placa de vídeo
    Radeon HD5750 1GB GDDR5
  • Placa-mãe
    Gigabyte GA-970A-D3P V1.0
  • Memória
    8GB DDR3-1333 CL9 Kingston
  • HDs
    1,5TB Samsung SATA II + 1TB Samsung SATA II
  • SSDs
    Corsair Force GT 60GB SATA III
  • Gabinete
    Thermaltake v3
  • Fonte
    OCZ SxS 2 500W
  • Mouse
    Microsoft Basic Wired USB
  • Teclado
    Dell ABNT2 PS2
  • Monitor
    LG E2250V
  • Sistema Operacional
    Windows 8.1 Pro
  • Browser
    Firefox
  • Antivírus
    Windows Defender

Meu Smartphone

  • Marca e modelo
    Xiaomi Redmi 5 32GB
  1. Caso o resultado do teste solicitado pelo colega acima seja positivo, ou seja, há a circulação de corrente entre as Fases A + Neutro e B + Neutro, existe uma hipótese bizarra de esta casa não estar sendo alimentada por uma rede trifásica "real", mas sim por uma bifásica com alguma derivação de uma destas fases para um terceiro condutor fase em algum ponto antes do local onde você está fazendo suas medições, dando a ilusão de que você tem aí um sistema trifásico! Seria algo mais ou menos assim: 1. Da rua, entra no seu relógio/padrão/medidor 4 fios, sendo o que chamaremos aqui de Fase A, Fase B, Fase C e Neutro. Isso você consegue inspecionar visualmente. 2. Depois que os fios entram na casa, em algum ponto, o fio da Fase A (ou da B ) deixa de existir, seja lá por que motivo. Ele pode estar rompido ou simplesmente solto dentro de um conduíte, por exemplo. 3. Depois deste ponto, em algum outro lugar, alguém foi lá no fio da Fase B e puxou uma derivação dele para seu quadro de distribuição em um fio separado, como se ele fosse a Fase A verdadeira. Ou seja, você não tem a Fase A chegando no seu quadro, embora haja ali uma fase de 127V (Fase B)! Neste cenário acima, realmente ocorreria exatamente o que você descreveu no tópico: Medições entre Fase A + Fase B dariam 0V (ou 1V no máximo, já que você está medindo na verdade a Fase B com ela mesma!), entre A + C exatamente o mesmo valor de entre B + C (ou valores extremamente próximos, comprovando que A e B são a mesma fase), entre A + Neutro também idêntico a B + Neutro (mais uma vez, A e B são a mesma fase "real"!), e finalmente entre C + Neutro uma tensão bem diferente das outras pois a Fase C é de fato uma outra fase. Não deixe de responder ao tópico caso seu problema tenha sido resolvido, compartilhando com os demais membros do fórum qual foi a solução!
  2. Não tem nenhum problema se a internet está funcionando desta forma e se você não precisa de acessar um equipamento através de outro, como por exemplo querer acessar o notebook pelo celular, o celular pela TV, etc.!
  3. Que bom que não ficou lento. Se conseguir usar assim, não vai ter problema algum. Quanto ao fato do HD estar solto em cima da mesa, não há muito o que fazer, somente evitar que ele sofra impactos ou desligamentos acidentais. O calor gerado por ele é normal e não tem necessidade de circulação de ar por todos os lados. Como a alimentação deste HD é externa ao notebook, é normal também que este HD seja ligado imediatamente ao ser energizado e que fique ligado constantemente até que sua fonte seja retirada da tomada (ou a régua desligada). O sistema operacional não vai mesmo conseguir desligá-lo corretamente pois você teria que "ejetá-lo com segurança" da mesma forma que faria com um HD externo normal, só que é impossível ejetar um HD que contém o próprio sistema operacional rodando, por isso ele sempre vai ficar ligado mesmo. Mas também não tem problema de você desligá-lo depois que o notebook já estiver desligado. Isso não vai prejudicar o funcionamento dele.
  4. Para confirmar se é realmente bad block, teria que rodar algum programa de diagnóstico neste HD e ver o resultado. Mas como você não consegue iniiciar o sistema nele, teria que dar boot neste notebook com um DVD de instalação do Windows e através dele rodar um Checkdisk completo ou ainda através de outra instalação do Windows... Bem mais complicado... O link que você passou é de um adaptador para ligar seu HD grande via USB no seu notebook. Se vai ser possível usar esse HD USB como boot, vai depender da BIOS dele aceitar, isso varia muito, mas há grandes possibilidades. De qualquer forma, mesmo que aceite e funcione corretamente, o desempenho do sistema será bem fraco devida à baixa velocidade de transferência do USB 2.0. Pra não perder desempenho, teria que usar um adaptador igual a esse que você colocou o link, porém ao invés de ser de SATA para USB, tem que ser de SATA para eSATA.
  5. Vamos lá... Para o seu caso, o que eu recomendaria seria usar o seu AP DI-524B apenas como um "AP passivo", ou seja, apenas pegar tudo mastigado do seu roteador DIR-809 e repassar para suas portas. Baseado no que você explicou, ficaria mais ou menos assim: 1. Modem NET em modo bridge (como já deve estar) conectado na porta WAN do DIR-809. 2. Roteador DIR-809 com DHCP ligado, recebendo o cabo do modem da NET na porta WAN, como já está. 3. Roteador/AP DI-524B com DHCP DESLIGADO e com o IP dele mesmo definido para a mesma faixa do DIR-809. Por exemplo: Se o IP do 809 é 192.168.0.1, defina o IP do 524B para 192.168.0.254 ou qualquer outro fora da faixa de distribuição do DHCP do 809. 4. Esqueça que existe a porta WAN do DI-524B, ela não terá mais função nesta configuração. Conecte o cabo em uma porta LAN qualquer do DIR-809 e a outra ponta em uma porta LAN qualquer do DI-524B, deixando-os interligados unicamente através das portas LAN. Fazendo isso, seus dois roteadores/APs irão trabalhar sempre na mesma faixa de IPs tanto na rede cabeada quanto nos WiFi, pois todo o trabalho ficará a cargo do DIR-809, ficando o 524B apenas como uma "extensão" da sua rede. Quase certeza que desta forma vai funcionar pra você!
  6. O HD comum de desktop (grande) não vai ligar mesmo no notebook pois eles trabalham com alimentação de 5V para a parte lógica e 12V para a mecânica. Já os HDs de notebook, trabalham apenas com 5V para tudo e por isso, o conector SATA do seu notebook não possui os pinos referentes à alimentação 12V, necessárias para fazer o seu HD grande funcionar. É normal que ele não dê nenhum sinal de vida mesmo nestas condições. O seu HD que está lento, pode ser que esteja com defeito físico, especialmente setores defeituosos (bad blocks) que fazem com que quando uma leitura ou gravação seja solicitada nesta região defeituosa do disco, o sistema apresente uma lentidão enorme e até trave. Infelizmente, se for esse o caso, não há conserto para o HD, é correr para fazer backup enquanto há tempo e substituir por outro. Quanto à usar o HD grande em substituição do atual dele, isto não é possível a menos que seu notebook tenha uma porta eSATA inicializável, ou seja, que você consiga na BIOS do notebook definir o boot para ela e que você tenha uma fonte de alimentação SATA externa que forneça os 12V e 5V necessários para seu HD. Não é muito prático, mas funcionaria desta forma.
  7. Bom dia a todos! Também passei pelo mesmo problema, mas acabei fazendo a mesma coisa que o LNW, resetei minha senha e consegui entrar normalmente depois. Não consegui dar print da tela, mas a mensagem de erro aparecia no topo da página de digitação do usuário e senha... Não sei se tem algo a ver, mas minha senha perdida tinha caracteres especiais e na última migração do fórum (antes desta), minha senha também tinha caracteres especiais e na época eu também a perdi...
  8. Era o que eu pensava... Vou fazer o teste colocando uma Corsair CX430v2 emprestada e ver o que acontece...
  9. Então, isso eu já tinha feito e fazia o disjuntor do F8 desarmar também, porém eu testei fazer quase isso, só que desta vez com os 2 monitores desligados da tomada e, não dá problema! Na verdade, o teste que eu fiz foi simplesmente tirar os 2 monitores da tomada e para minha surpresa o disjuntor da minha régua de 3 tomadas não desarmou e nem o do Clone F8... Não entendo, alguma coisa acontece somente quando meus dois monitores e a fonte do PC são energizados ao mesmo tempo! Se eu ligar a fonte primeiro e os monitores depois ou vice-versa, tudo fica bem... Será possível que a corrente de pico que os monitores + fonte consomem no momento da "primeira energização do dia" seja tão intensa a ponto de queimar fusíveis e desligar disjuntores???
  10. A história é longa, vou tentar resumir! Tudo começou depois que eu comprei um filtro Clone F8 Plus. Antes do Clone F8 Plus, eu ligava tudo em uma "régua" de tomadas sem proteção alguma (nem fusível tinha, só um botão liga-desliga) e quando não ia utilizar mais o PC, eu tinha o hábito de desligar o botãozinho da régua, tudo ok. Hoje, como tenho mais coisas ligadas no F8 (modem, roteador e TV) e eu não gosto de deixar o PC ligado na energia enquanto não estou utilizando, eu o ligo uma outra régua simples e esta régua em uma das tomadas do F8 só para eu poder desligar o PC + Monitores sem desligar o resto das coisas ligadas ao F8, ficando mais ou menos assim: Tomada da Parede <= Clone F8 Plus <= Régua 3 Tomadas <= PC + Monitores O problema: Toda vez que eu aciono o interruptor desta régua de 3 tomadas, o fusível queima instantâneamente. Como a "caixa" da régua é grande, resolvi retirar a caixa e o fusível da mesma e coloquei um disjuntor DIN no lugar achando que como a ação é mais lenta o problema não aconteceria mais, resultado: Assim que eu aciono o interruptor da régua, o disjuntor desarma no mesmo instante... Detalhe importante: O disjuntor/fusível só se abre se a fonte do PC estiver conectada. Se a fonte estiver fora da tomada, os monitores ligam normalmente e o disjuntor/fusível só se abre exatamente no momento em que eu conecto o cabo de força (da fonte) na tomada ou conecto o mesmo na fonte. Já fiz testes com fusíveis de 5, 6 e 10A e, com dois disjuntores de 6A e mais um de 16A. O único que não desarma/queima é o disjuntor de 16A. Ah, e se eu ligar a fonte diretamente na tomada do Clone F8 Plus, o micro-disjuntor dele também se desarma. O engraçado é que depois que o disjuntor desarma pela primeira vez e eu o religo, daí em diante, eu posso ligar e desligar minha fonte da tomada quantas vezes eu quiser que não acontece mais, só depois de muitas horas desligada (da tomada) é que o problema volta. Segue abaixo a configuração do PC: Fonte OCZ StealthXStream II 500W ECS A780GM-A AM2+ Atlhon II x4 640 3.0GHz AM3 4x 2GB DDR2 667MHz (8GB RAM) Radeon HD5750 1GB GDDR5 Sapphire SSD Corsair Force GT 60GB HD Samsung 154UI 1,5TB 2x DVD-RW SATA Lite-On Fazendo um cálculo rápido, sei que essa configuração não exige nem metade da potência dessa fonte, mesmo assim considerando que a fonte estivesse consumindo exagerados 500W, a corrente não passaria de 4A em 127V e 2,5A em 220V! Para desarmar um disjuntor de 6A, a fonte precisaria estar "puxando" mais de 760W em 127V ou 1400W em 220V! Nem considero o consumo dos monitores, pois um deles (Samsung 932b plus) tem consumo máximo de 0,7A@100V e o outro (LG E2250) 0,25A@100V... Desculpem-me o post enorme, pois como nunca vi nada igual, quis postar tudo com o máximo de detalhes possível. Enfim, só queria saber se isso é normal acontecer com fontes de potência exagerada ou se realmente há alguma coisa errada... Obrigado!
  11. Com certeza o misto SSD novo 60GB + seu HD atual vai ser a melhor combinação para o melhor desempenho possível. Falo por experiência própria. Tenho hoje um SSD também de 60GB SATA-III (funcionando como SATA-II) com o Windows 7 x64 e aplicativos que mais uso instalados nele e, um HD também SATA-II de 5400RPM somente para arquivos pessoais, jogos que não cabem no SSD, aplicativos que não uso muito, ou que são grandes (em GB) demais para deixar no SSD. O trabalho que eu tive para reorganizar os arquivos e partições foi gigantesco, mas o resultado excelente: boot do sistema completo em 12 segundos e aplicativos abrindo instantaneamente ao serem "clicados". Sem dúvidas, vá de SSD + HD que você já tem!
  12. Comprei no dia 03/01 3 memórias Markvision ddr2 800Mhz 2GB e no dia seguinte já confirmaram o pagamento. Neste mesmo dia, entrei no site por curiosidade e vi que a memória já não estava mais disponível pra venda, e cliquei na opção "Avise-me quando chegar" por email. Desde este dia, já recebi 3 vezes o email automático avisando que o produto está novamente disponível, e o status do meu pedido continua "Aguardando armazenagem em estoque"... Ora, se o produto já ficou 3 vezes disponível para compra é porque tem em estoque e se tem em estoque por que é que não me enviaram até agora?! Tomem cuidado com a Kabum, pois eles estãoo evidentemente vendendo produtos sem estoque na maior cara de pau! É uma pena, pois já é a minha décima terceira compra na Kabum e a primeira vez que vejo eles fazerem esse tipo de coisa.
  13. Deve ser... Esse tópico já tem 3 anos e 2 meses e até agora nenhuma solução foi apresentada... Nesse enorme meio-tempo, já montei outro computador completamente novo para mim, do zero, também baseado em AMD e advinha? Apresenta o mesmo problema com todo e qualquer pen-drive de 8GB que eu tente usar nele... E claro, neste computador lá do início do tópico, nada mudou também... Continua sem funcionar. Eu sinceramente já desisti. O problema de incompatibilidade é real e evidente, mas eu acredito que o dia em que encontrarmos a solução, pen-drives serão tão obsoletos quanto disquetes de 5¼ hoje em dia...
  14. Primeiramente, muito obrigado pela resposta! Entendi. O que eu usei com certeza não faz nada disso... Usei um alicate amperímetro básico... Uma das fontes que eu testei (uma "boa" e velha OCZ500SXS2, que é a do meu computador) tem PFC ativo e mesmo repetindo o teste e reaplicando o cálculo, o consumo do meu computador outra vez deu menos de 50W, isso rodando um jogo que exige 100% da minha VGA (AMD HD5750)... Será possível que está consumindo só isso de energia mesmo??? Se for, meus conceitos de consumo de energia de um computador precisam ser revistos urgentemente! Estou de olho nesses dois medidores... Só esperando uma boa oportunidade pra comprar um deles, de preferência o JNX-2000A...
  15. Boa noite! O título é meio auto-explicativo, mas a minha dúvida é a seguinte: Tem como eu calcular o consumo de energia em Watts de um aparelho eletrônico, usando apenas um alicate amperímetro e um multímetro? Sei que para cargas puramente resistivas isso é possível usando a mais básica das fórmulas (P=U.I), mas para o caso de uma fonte de computador por exemplo? Onde entra o fator de potência neste cálculo? Á propósito, eu já fiz o teste hoje com um multímetro e um alicate amperímetro para verificar o consumo de um aquecedor simples e o resultado (P=U.I) bateu certinho com a potência do aquecedor. Já fazendo o mesmo teste em 2 computadores (um com fonte de PFC ativo e o outro com uma fonte genérica bem velha), os resultados com certeza deram errado, pois o consumo ficou muito baixo (48,2W para o primeiro e 0W para o segundo)... Desde já, muito obrigado!

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×