Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Dick Trace

Membros Plenos
  • Total de itens

    1.303
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

504

Sobre Dick Trace

  • Data de Nascimento 01-01-1910 (108 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    ---
  1. O mainstream tem 8 threads desde 2011. Boa parte dos programas ainda é single-thread, e se bobear eu estava sendo otimista sobre o número de núcleos usados hoje em dia na maioria dos casos. Quanto mais núcleos tem o CPU, mais ele sofre com a lei de Amdahl e com problemas de comunicação entre os núcleos / threads, e então os programas atuais que adoram muitos núcleos costumam ser dos mesmos tipos de programas que adoravam muitos núcleos desde sempre, por causa da natureza desses programas que os tornam fáceis de paralelizar (como renderização, por exemplo). Os jogos AAA de hoje usam mais threads que antigamente (mas não muito mais), mas isso ocorre apenas porque os engines dos jogos são reescritos do zero a cada geração, sem ter que se preocupar com retro-compatibilidade como ocorre em outros tipos de software.
  2. Já falavam isso em 2007 com o lançamento do Q6600, no entanto ainda hoje a maioria do software para PC nem usa direito 4 núcleos ao mesmo tempo. Então põe tempo nisso.
  3. "Media reports published today that Intel is ending work on the 10nm process are untrue. We are making good progress on 10nm. Yields are improving consistent with the timeline we shared during our last earnings report." https://twitter.com/intelnews/status/1054397715071651841
  4. Review do HardwareLuxx, que compara as Turing e a Titan V em jogos, programas e no demo Star Wars: https://www.hardwareluxx.de/index.php/artikel/hardware/grafikkarten/47377-die-geforce-rtx-2080-ti-und-rtx-2080-founders-edition-im-test.html Como previsto pelo @OCCT , as RTX Turing tem desempenho semelhante a Titan V (Volta) em muitos casos, exceto no raytracing onde as RTX levam vantagem.
  5. Review do Techreport: https://techreport.com/review/34105/nvidia-geforce-rtx-2080-ti-graphics-card-reviewed Review com 36 jogos: https://babeltechreviews.com/benchmarking_turing_rtx/5/ Review que inclui o demo Star Wars (ray tracing) nos testes: https://pclab.pl/art78828.html A 2080 parece ser um pouco mais rápida que a 1080Ti, enquanto a 2080Ti vence com folga. Como esperado, por enquanto há poucos jogos e testes com raytracing em tempo real, mas é o DLSS que parace ser o grande atrativo das Turing nos jogos, já que o desempenho aumenta muito com DLSS ativado. Se o DLSS for bem adotado pelos jogos aí uma 2070 teria desempenho superior ao da 1080Ti.
  6. @Nathi Duart Se você não entende de computador então compre o PC já montado com Windows 10 pré-instalado. A maioria dos programas e jogos roda em Windows, que é o padrão nos PCs. O Linux ainda exige mais dedicação e conhecimento para usar, e muitos programas (como Word, Excel, Photoshop, etc) não estão disponíveis para Linux.
  7. RTX 2060: https://www.techpowerup.com/gpudb/3310/geforce-rtx-2060
  8. @OCCT Tem mais algumas diferenças entre as Volta e Turing além do raytracing, mas não sei o quanto afetaria o desempenho em jogos, talvez não muito. Mas em cálculos numéricos (compute) que usem FP64 a Titan V será muito mais rápida que a 2080Ti, já que a Titan usa chip GV100 (o top das Volta com suporte total a FP64), enquanto a 2080Ti usa chip TU102 com suporte castrado a FP64. Vamos ver nos reviews da semana que vem.
  9. Anandtech faz uma análise da arquitetura Turing: https://www.anandtech.com/print/13282/nvidia-turing-architecture-deep-dive
  10. Dick Trace

    AMD Vega

    @OCCT As Turing também migrarão para 7nm, então não sei o que tem de tão especial numa Vega de 7nm, exceto o fato de ser o primeiro GPU nessa safra a fazer redução de processo, algo que já ocorreu no passado com outros GPUs da AMD. Se a Vega10 perde para a Pascal em 16nm, então a Vega20 perderá para as Turing de 7nm em 2019, e parece que a AMD desistiu de grandes melhoras nos drivers das Vega e resolveu focar nas Navi. Mas se vai ter gente comprando essa placa para testar já em 2018 então vamos esperar os reviews (porque o consenso lá fora é que 7nm em massa é só para o 2º semestre de 2019).
  11. Dick Trace

    AMD Vega

    O texto afirma que a Vega 20 (7nm) não será lançada em VGAs para jogos, papel que cabe ao Navi em 2019, que será um GPU mid-end com desempenho similar ao da Vega64 e GTX1080, e que a AMD não terá nada para competir com as RTX. O texto termina dizendo que se a Vega 20 for tão boa como afirmam os rumores, aí um GPU Navi high-end mais pro final de 2019 seria o real competidor das Turing. A GPU da Vega 20 é idêntico ao de uma Vega 10 , só que feito em 7nm. Agora resta saber como serão as Navi e Turing de 7nm.
  12. E até lá a Intel também já deve estar chegando (de novo) com suas VGAs. Nos jogos, o raytracing vai levar mais tempo para deslanchar (se deslanchar), e o raytracing em tempo real sempre será "nível jogos", já que fazer raytracing "fotorrealista" em tempo real ainda será impossível para uma única VGA mesmo nas próximas gerações.
  13. Essa é uma versão alpha do jogo, e todos os jogos e engines atuais são feitos para rasterização, com inclusão recente e superficial do raytracing. E em todos esses jogos, incluindo aqueles que ainda serão lançados, a iluminação já foi cuidadosamente feita via rasterização já que nenhuma placa atualmente no mercado suporta raytracing, e as atuais RTX ainda não terão potência para fazer milagres com raytracing logo de início. Então os jogos tem que priorizar e serem bonitos nas placas atuais sem raytracing já que elas são 100% do mercado hoje, e ainda serão maioria absoluta nos próximos anos. O raytracing pode ser feito via DX12 ou Vulkan (como nos jogos citados até agora), e não exige nenhum software proprietário da Nvidia. E eu já repeti isso várias vezes, que na primeira geração de jogos e VGAs com raytracing não haverá muita diferença visual e ainda haverá queda de desempenho.
  14. É estranho você afirmar que jogos anteriores tinham luzes, vegetação, sombras, modelagem e texturas melhores que esse jogo, mas em vez de responsabilizar o jogo em si e seus criadores, você tenta jogar tudo em cima do raytracing e da Nvidia. Não sei quanto a esse Tomb Raider, mas todos os outros jogos que você citou tem iluminação "realista" (mas falsa) apenas porque uma dúzia de artistas gráficos perdeu muito tempo para pré-calcular e otimizar toda a iluminação nos mínimos detalhes possíveis usando várias gambiarras (link), enquanto no raytracing todo o processo de iluminação poderia ser automático (com luzes, sombras, reflexão, refração, difração, etc). É dureza criticar raytracing por ser "tecnologia dos anos 70" enquanto se defende a rasterização, que é dos anos 60 e pior em tudo exceto no menor custo de processamento. A Nvidia introduziu raytracing agora porque a AMD ficou para trás e por isso é possível arriscar introduzir recursos realmente novos (e relevantes, ainda que não já na primeira geração), em vez de ficar na busca de XXX FPS em resolução 4K enquanto a grande maioria das pessoas ainda tem monitores 1080p. Mas todos nós sabemos que a AMD, ao contrário da Nvidia, não liga para dinheiro. A AMD faz tudo por amor.
  15. @Evandro Como só foram anunciar agora, eu acho que a raiz do problema é técnica. Mas cedo ou tarde isso iria ocorrer, já que é cada vez mais difícil e caro continuar a redução de processos, e daqui a um tempo será financeiramente inviável. Agora restam a Samsung, Intel e TSMC tentando fazer processos de ponta. A AMD migrou para a TSMC.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×