Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

mauricio_martins

Membros Plenos
  • Total de itens

    61
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

0

Sobre mauricio_martins

  • Data de Nascimento 23/11/1974 (44 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Porto Alegre
  1. Pessoal, ganhei de um amigo meu um IBM PC300GL. O único problema é a fonte... acho que 150W é meio fraco para aguentar pelo menos o mínimo das parafernálias modernas: Gravador CD+HD 80GB. Bom, estou tendo dificuldades em encontrar uma fonte compatível no mercado. Ela é menor que as existentes. Acredito que alguém tenha passado por situação similar... portanto: Alguém me indicaria uma fonte compatível com o gabinete do PC300GL com um pouco mais de potência? Grato.
  2. Noossa... nunca vi isso em toda a minha experiência. Se o computador liga e tu consegues trabalhar sem problema (com exceção dos choques) guarde o computador numa igreja, que isso é milagre... bom vamos lá... A carcaça do computador normalmente é ligado à massa ou terra do sistema. Por isso pede-se que seja aterrado. Para que os potenciais desenvolvidos não superem os limites de segurança do aparelho. Já tentou inverter a tomada? Isso é rodar o cabo de alimentação em 180 graus e conectar? O que tem entre o computador e a tomada? Tem um estabilizador ou no-break? Tente fazer o passo anterior... Não é normal a carcaça estar energizada, pois pelo que conheço de circuitos elétricos, se o neutro estiver OK, possivelmente tu terias um curto circuito que acabaria fumando tudo.
  3. UNIX, UNIX como definido pela SVID (System V Interface Definitions), POSIX, seguindo a linha original propsta pela AT&T ainda existe. Não é fácil de se obter uma cópia deste bichinho e costumam ser muito ligado aos seus hardwares (exemplo, HP-UX, OSF, AIX). E ainda possuem partes totalmente proprietárias (ainda com a AT&T e SCO). A Novell/SCO tem um pé-de-guerra com o linux, pois ela afirma que o linux usa trechos de códigos do UNIX... isso já deu pano pra manga. Uma outra vertente do UNIX original, é usar qualquer coisa da família BSD. Um bom sistema é o FreeBSD ou o Solaris. O BSD e o Solaris, são dos poucos programas autorizados a utilizar o nome UNIX e manter-se livre. Não GPL, mas possuem uma licença específica que eles carregam. No mais o que temos no mercado são os UNIX like... ( que se parecem, mas foram reescritos do zero) como o Minix e o proprio Linux.
  4. 1) Logue no XP e faça um backup dos seus dados importantes. Coloque num formato que o Linux possa reconhecer. 2) Instale o Linux, mas num dos discos somente. Normalmente os linuxes reconhecem NTFS mas botam no modo read only. No kernel 2.6 existe a possibilidade de colocar no modo writable, mas é limitado. Por isso o backup... se encher disso, queime o NTFS e baixe o backup, só que no Linux!
  5. 1) entre na bios e altere a ordem de boot para que o seu CD seja lido antes do HD. 2) Ao carregar o XP, remova as partições que o linux criou (swap e root) ou qualquer outra partição que tiver. 3) recrie as particções como quiser 4) divirta-se instalando o SO. Se o XP que tu tens usa um tapa-olho, te prepara para voltar pro linux!
  6. Não sei quanto ao debian... sobre modems, é isso mesmo... é phodda installar softmodems (ou winmodens como quiserem). Tu vais ter que ir de tutorial em tutorial até fazer alguma coisa que funcione. Sobre o vídeo, posta aí a tua placa de vídeo. Talvez tu vais ter que compilar um kernel ou mexer no Xorg.conf para que faça a carga do driver de tua placa de video. --- Problemas assim só reforçam a ideia de que linux para Desktop é utopia!
  7. Ok, Alguem tem alguma ideia de como habilitar o acesso à USB Storage no Slackware 10.2? Estou usando este método para baixar as minhas fotos de uma HP M425. Estou usando o Kernel 2.6.13 com suporte a SCSI e varias porcariadas do USB ativo (habilitei o que eu pude) e toda vez que eu ligo a câmera, tenho o reporte abaixo. Lendo e relendo os diveros manuais/tutoriais da internet o device /dev/sda não monta, e os tais de /dev/uba... nem existem. ohci_hcd: 2005 April 22 USB 1.1 'Open' Host Controller (OHCI) Driver (PCI) ohci_hcd: block sizes: ed 64 td 64 hub 1-0:1.0: state 5 ports 6 chg 0000 evt 0010 ehci_hcd 0000:00:10.3: GetStatus port 4 status 001803 POWER sig=j CSC CONNECT hub 1-0:1.0: port 4, status 0501, change 0001, 480 Mb/s hub 1-0:1.0: debounce: port 4: total 100ms stable 100ms status 0x501 ehci_hcd 0000:00:10.3: port 4 full speed --> companion ehci_hcd 0000:00:10.3: GetStatus port 4 status 003801 POWER OWNER sig=j CONNECT uhci_hcd 0000:00:10.1: wakeup_rh (auto-start) ----- ISSO aqui me chamou a atencao... hub 1-0:1.0: port_wait_reset: err = -107 hub 3-0:1.0: state 5 ports 2 chg 0000 evt 0004 uhci_hcd 0000:00:10.1: port 2 portsc 0093,00 hub 3-0:1.0: port 2, status 0101, change 0001, 12 Mb/s hub 3-0:1.0: debounce: port 2: total 100ms stable 100ms status 0x101 usb 3-2: new full speed USB device using uhci_hcd and address 2 usb 3-2: ep0 maxpacket = 16 usb 3-2: default language 0x0409 usb 3-2: new device strings: Mfr=1, Product=2, SerialNumber=3 usb 3-2: Product: HP Photosmart M425 usb 3-2: Manufacturer: Hewlett-Packard usb 3-2: SerialNumber: ************* usb 3-2: hotplug usb 3-2: adding 3-2:1.0 (config #1, interface 0) usb 3-2:1.0: hotplug SCSI subsystem initialized Initializing USB Mass Storage driver... usbcore: registered new driver usb-storage USB Mass Storage support registered. hub 1-0:1.0: state 5 ports 6 chg 0000 evt 0010 ehci_hcd 0000:00:10.3: GetStatus port 4 status 001002 POWER sig=se0 CSC hub 1-0:1.0: port 4, status 0100, change 0001, 12 Mb/s hub 1-0:1.0: debounce: port 4: total 100ms stable 100ms status 0x100 hub 3-0:1.0: state 5 ports 2 chg 0000 evt 0004 uhci_hcd 0000:00:10.1: port 2 portsc 008a,00 hub 3-0:1.0: port 2, status 0100, change 0003, 12 Mb/s usb 3-2: USB disconnect, address 2 usb 3-2: usb_disable_device nuking all URBs usb 3-2: unregistering interface 3-2:1.0 usb 3-2:1.0: hotplug ----- AQUI eu desliguei a camera ----- usb 3-2: unregistering device usb 3-2: hotplug hub 3-0:1.0: debounce: port 2: total 100ms stable 100ms status 0x100 uhci_hcd 0000:00:10.1: suspend_rh (auto-stop)
  8. Há! Há Há! Dizem que Intel537EP é o mais recomendado para quem tem qualquer Linux com kernel 2.6. Já ouvi dizer que o Motorola SP56 também funciona... Até o SoftLink também.... Fuja dos xing-ling... principalmente aqueles PIRATÃO (normalmente são as porcarias da Encore) em que a caixinha copia Intel, LG... To indo numa loja agora para buscar o meu modem... pois o que eu tenho (Conexant) não funciona se eu não pagar $15,00 para a Linuxant para liberar a licença do driver... entre pagar $15, prefiro comprar um modem novo! Driver de dispositivo deveria ser obrigação do fabricante fazer ou pelo menos deixar informações para quem quiser fazer.
  9. Vá com calma... bastante calma!!! Primeiro veja se todos os hardwares que tu tens são compatíveis com o Linux. Pois se alguma coisa não funcionar mais, tu vais ficar doido da vida... Eu tinha windows e migrei pro Slackare e tenho uma lista de coisa que não funciona mais e que está pesando bastante de pagar R$500,00 para voltar pro Windows.
  10. Declínio... deve ser puro declínio... aliás, as revistas de informática no Brasil sempre tem uma vida interessante: - Explosão tecnológica no 1o ano... CD disso, tecnologia daquilo... uma euforia - No 2o ano, Assuntos corriqueiros do dia a dia, o Novo Windows, a nova JVM, mais uma distro Linux que promete milagres que as outras não alcançaram... - no 3o ano, tudo que tiver no TuCows, Downloads.COM, propagandas de 1 página ou mais... - no 4o ano, a #####! CD bom, de brinde, só se não for repetição do que foi lançado em anos anteriores. Só falta fazer propaganda de perfume e sorveteiro... - no 5o ano, lançam uma edição mixuruca e somem sorrateiramente do mercado... Ou mudam descaradamente o título (volta ao primeiro ano! ) (Tem editoras que conseguem bater recordes, por exemplo, tem revista que se lançou e sumiu no 6o mês! )
  11. Pessoal estou com um problema sério! Toda vez que faço o mount do meu drive de CD/DVD com um CD-RW dentro, ele está apagando o conteúdo ou inutilizando o conteúdo de forma que nem consigo mais ler até mesmo no Windows. Uso slackware 10.2 e isso acontece tanto no kernel 2.4 quanto no 2.6; No kernel 2.4 tenho que usar o "enjambre" de montar o DVD/CD como se fosse um SCSI (/dev/scd0) no kernel 2.6 ele reconhece legal (/dev/hdd). O meu drive é um DVD LG-4167B;
  12. O que voce quer dizer com isso? O tamanho da entrada de diretório em caracteres? a quantidade de arquivos por diretório? No kernel deve ter uma entrada que especifica o maior tamanho de nome de arquivos/diretórios no S.O. Dá uma passeada no SMIT. Particularmente não recomendo alterar isso... pois não sabemos se há entradas que estejam obedecendo as novas regras. Se quiser limitar a quantidade de arquivos ou espaço numa pasta, procure montá-la como um file-system e delegue cotas.
  13. Li o artigo do "meiobit" ( http://www.meiobit.com/arq/008406.html ) Tô com Raymond e não abro... apesar de ser maquiavélico, nesse caso os meios justificam o fim. E tem que justificar... Não são todos os usuários Linux que queiram ser administradores de suas máquinas... O fato do mercado proteger-se e haver uma recusa de outra parte em aceitar os seus binários é quase que morte certa... nada cresce, a não ser o descontentamento dos newbies. Pergunto: Os puristas usam WINE, BOCHS, VMWARE?? Se usam devem estar cometendo heresia, pois o eles são uma porta aberta ao software proprietário-fechado-binário! --- parenteses --- é é é! Fiquei sabendo da história da CEF com as agências lotéricas... sou engenheiro de testes de performance e sei como é isso. No Brasil ainda é muito imaturo o processo de desenvolvimento de software. Há muito de se implementar e implantar "as is"... sem testes de regressão, vulnerabilidades, capacidade/performance. Aí quando chega no cliente... é aquela bandalheira! Isso é uma brecha na maturidade do processo de desenvolvimento do software! --- parenteses 2 --- Consegui fazer o meu modem funcionar a 56kbps no slackware, mas não foi usando o driver da Linuxant! E é sobre isso que vou falar... a Linuxant cobra US$15,00 para habilitar o driver para 56kbps (quando tu baixa, ele é limitado a 14kbps)... Hey! Os caras são loucos... com $15,00 compra-se um modem compatível/suportado pelo linux e com o troco tu chuta a b.... da Linuxant! --- parenteses 3 --- Não estão mais! O pessoal é rápido!
  14. Criar uma nova distro não é o caminho...O "Naked Foot Linux" (Linux pé-rapado!) não decolaria e não resolveria o problema que temos em mãos, hoje! Porém esse é o tipo de discussão que gostaria de ver... De 3 respostas, 2 reclamaram do mercado fechado de informações dos fabricantes de hardware... pergunto protecionismo ou burrice? Acho uma mescla dos 2... um protecionismo muito burro... pois como eles querem que seu hardware venda se ele não facilita para os diversos segmentos? A menos que estejam sendo $uportado$ por alguém... Aqui no Rio Grande do Sul existe um movimento fortíssimo para OpenSource/FreeSoftware... dentre elas cito o programa do governo estadual de substituir tudo por linux... Programa similar existe na esfera federal. O governo poderia dar um empurrãozinho... baixar uma dessas medidas malucas forçando que os fabricantes nacionais de hardware possa disponibilizar as especificações detalhadas de interfaceamento dos mesmos. "Mas 70% do hardware que entra no Brasil é XingLing"... Pois é, sendo o governo o maior interessado no Linux, se o fabricante não tiver o driver ou as especificações para desenvolvimento/interfaceamento, o governo compra do que tiver... pergunto: que fabricante não gostaria de ter o Brasil como cliente? Isso beneficiaria a nós na comunidade. Coisa similar acontece no segmento eletro-eletrônico... na Zona Franca de Manaus, as empresas de eletro-eletrônicos, para obterem um certo "incentivo" do governo, tem que utilizar produtos fabricados no Brasil no máximo que puder... por exemplo, circuito impresso, plásticos, insumos... --------------- Tem alguém que participa d'um desses programas governamentais de fomento do software livre nas suas autarquias? Poderiam dar uma força...
  15. Não achei um fórum que eu pudesse postar isso, mas vai os meus comentários... espero que isso possa gerar alguma discussão interessante. Recentemente, devido ao Windows Genuine Advantage, decidi mudar para Linux. Testei 4 distro's: Mandriva, Slackware, Suse e meu distinto FreeBSD. O que eu quis é uma distro que suportasse o hardware que tenho: - video PV-CX881PL+ (Play TV HD) - Camera Sony TRV260 (USB) - Modem HCF 56K Conexant. Pagando R$500,00 tenho tudo isso funcionando, Ma$ com Microsoft ®Window$ XP Profe$$ional. A distro que chegou mais perto foi o Slackware 10.2 e o Suse. FreeBSD foi bomba catastrófica, não reconheceu nem a plaqueca de rede da minha A7V266-MX. Uma coisa que me assustou nesses últimos anos (Olha que já fui da esquerda Linux ou como preferirem um shiita linux - ortodoxo!) é a grande gama de distribuições de Linux... cada uma com sua particularidade. Desde os que detestam o System V, aos que adorariam adotar o modelo OSF/1 dentro do Linux (e todos carregam o BSD). Não está faltando um pouco de profissionalismo no desenvolvimento do Linux? Procurando desesperadamente pelo driver de modem no site do OpenSUSE, tive a tristeza de ver que os links da página http://en.opensuse.org/HCL/Modems mandam para o site da Microsoft! Quer dizer, se quiser suporte ao HCF, esqueça o linux e bote windows. O pessoal da Novell ou OpenSUSE ficaram loucos! (A Novell sempre foi... o site da OpenSUSE é uma bagunça) Seria mais produtivo se as comunidades se juntassem para manter uma única versão de Linux independente dos caprichos de seus mantenedores, mas sim focado no andamento do mercado, com poder de competir de igual para igual com a Microsoft. O caos das distros favorece a concorrência, que tem um suporte mais fabuloso e "universal". Ainda no Linux, tenho que aguentar aquelas diferençazinhas medíocres que nerds ficam plantando: "RPM é melhor que APT" e a recíproca também é verdadeira! Parece que que a distro mais famosa, a RedHat, pulou pro mercado pago... largou um Fedora (nome feio, quem usa fedora é fedorento?) e o bom mesmo tem que pagar! --- Não interpretem isso como desabafo... é só uma análise que eu fiz no mundo Linux, depois que visitei o site da Suse, dos fabricantes do meu hardware e da DistroWatch ( http://distrowatch.com/ ). Fiquei assustado com o volume alto de distros. E me parece que cada uma não conversa com a outra, simplesmente por que os seus "criadores" não gostam das características de outros. Pelo menos uma coisa todos tem em comum: ./configure make make all make install

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!