Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Priestparrot

Membros Plenos
  • Total de itens

    161
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

0

Sobre Priestparrot

  • Data de Nascimento 29/03/1986 (33 anos)

Outros

  • Interesses
    Tudo que possa ser posto em prática!
  1. é.. pelo que vi esse fórum (de programas de proteção) tá abandonado, os moderadores daqui não atualizam nada
  2. Já existe em Inglês http://www.avira.com/en/products/avira_pre...rity_suite.html
  3. Uma sugestão para a moderação: Feche esta enquete e abra outra atualizada, pois o cenário e o contexto já mudou muito desde 2002, várias firewalls da enquete já foram descontinuadas e outras já perderam a sua eficiencia, e além disso surgiram várias outras no mercado, esta enquete está muito desatualizada. Bom, está é a minha sugestão, que esta enquete seja arquivada e que seja criada outra atualizada com as maiores firewalls do mercado dos nossos dias(e não de cinco anos atrás), e também seria interessante colocar links de vários sites de baterias de testes com as mesmas para serem feitas comparações. Se precisarem de ajuda, podem contar comigo :palmas:
  4. Alguém já comprou, já ouviu falar, etc? http://www.tray2.com.br/loja/loja.php?lo Editado pela moderação para colocar o link no lugar correto.
  5. valeu!! baixei diretamente do site mozilla.com e fiz a instalação sobre a versão 2.0, esta funcionando normalmente obrigado
  6. Ele abre, baixa a atualização, instala e depois fecha.. ai aparece esta mensagem de erro. Alguém esta tendo o mesmo problema??
  7. A revista Popular Science em conjunto com a empresa de design Core77 propuseram o desafio de criar conceitos de formas inteligentes de utilizar a energia gerada pelo homem. Como vencedor do projeto estava o ReGEN, um iô-iô tocador de MP3 com fones sem fio que dispensa o uso de bateria. Pelo fato de utilizar MP3, o aparelho não provocaria engasgos com o movimento rotativo e, através de baterias de íon de Lítio, poderia armazenar energia para que o dono do portátil não precisasse ficar brincando com o aparelho a cada vez que quisesse ouvir músicas, sendo necessário apenas entre 10 e 12 arremessos para que o aparelho seja capaz de reproduzir por uma hora completa de canções. Fonte: core77 (inglês)
  8. Esse pais é uma #####... a justiça daqui só trabalha para os interesses de uma minoria.. para eles a maioria que se exploda.. enquanto tem gente morrendo na rua em atentados aqui na mundo real.. essa cambada de vagabundos ficam se preocupando com crimes virtuais.. coisa de quem não tem o que fazer mesmo.. pois é uma icoerencia.. do que adianta você prender um adolescente neo-nazistinha(hilário) que dificilmente faria algum mal a sociedade real através da net e sair na rua para comprar um pão e levar um tiro na cabeça num assalto ou atentado.. nesse pais só tem contradição.. e ela é causada por essa elite brasileira burra.
  9. Os 25 piores produtos e serviços de tecnologia de todos os tempos São Francisco - A PC World selecionou os piores produtos de todos os tempos de tecnologia. Confira a lista completa. 1. America Online (1989-2006) 2. RealNetworks RealPlayer (1999) 3. Syncronys SoftRAM (1995) 4. Microsoft Windows Millennium (2000) 5. Sony BMG Music CDs (2005) 6. CD-ROM “O Rei Leão”, da Disney (1994) 7. Microsoft Bob (1995) 8. Internet Explorer 6 (2001) 9. Pressplay e MusicNet (2002) 10. Ashton-Tate dBASE IV (1988) 11. Priceline – venda de gasolina e comestíveis (2000) 12. PointCast Network (1996) 13. IBM PCjr. (1984) 14. A celebração do 10º aniversário da Gateway 2000 (1995) 15. Iomega Zip Drive (1998) 16. Comet Systems Comet Cursor (1997) 17. O Macintosh “portátil" (1989) 18. IBM Deskstar 75GXP (2000) 19. OQO Model 1 (2004) 20. DigitalConvergence CueCat (2000) 21. Eyetop Wearable DVD Player (2004) 22. Apple Pippin @World (1996) 23. PCs gratuitos (1999) 24. DigiScents iSmell (2001) 25. Sharp RD3D Notebook (2004) Para ver a lista detalhada entre no IDG Now!
  10. 11 de julho de 2006 - 11h51 Fábrica de semicondutores é prioridade do governo, diz ministra Brasília - Dilma Rousseff declara que o projeto de design e fabricação de semicondutores no Ceitec (RS) é prioridade para o governo federal. A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, declarou na segunda-feira (10/07) que o projeto de design e fabricação de semicondutores desenvolvidos pelo Centro de Excelência em Tecnologia Avançada (Ceitec) é prioridade para o governo federal. Ela informou que as instalações do primeiro centro de prototipagem de circuitos integrados (chips) da América Latina, na Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, podem ser beneficiadas pela parceria com o Japão para a definição do padrão de TV digital no país. "O que queremos é uma fábrica de semicondutores de médio porte que permita desenvolver soluções nacionais para problemas nacionais", disse, acrescentando que, para isso, o Brasil ainda precisa treinar técnicos e formar doutores. A ministra defendeu também a inclusão, no orçamento da União, de recursos para o desenvolvimento em pesquisas tecnológicas no país, de modo que o investimento não fique restrito a um ano. "A exemplo de outros setores de infra-estrutura, a pesquisa tecnológica precisa dessa plurianualidade para garantir quer não haja interrupção", disse. "Até lá, o governo fará um imenso esforço no sentido de manter uma estabilidade de repasses". A ministra visitou o Campus da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde inspecionou as instalações do Ceitec. Ela também conheceu as pesquisas realizadas com recursos do governo federal no Centro de Design de Circuitos Integrados do Ceitec, no Parque Tecnológico da Pontifícia Universidade Católica (Tecnopuc). A primeira fábrica de chips da América Latina deve gerar, em Porto Alegre, cerca de 300 empregos diretos e atender dois terços da demanda atual do país no setor. Fonte: ComputerWorld
  11. Pequim, 18 jun (EFE).- Um jogo de futebol entre cachorros-robô, que desviam de obstáculos e marcam gols, deixou de ser uma novidade na era da tecnologia digital, a não ser que os engenhos sejam totalmente controlados pela mente, como conseguiu um grupo de cientistas chineses da Universidade Tsinghua, em Pequim. Em 1999, o instituto já havia desenvolvido uma tecnologia que permite selecionar objetos com o olhar. Segundo um comunicado publicado hoje no site da instituição, o Instituto de Engenharia Neurológica da Escola de Medicina desenvolveu um sistema que traduz as ondas cerebrais do pensamento humano em instruções para um computador. Por meio de uma interface que une o cérebro ao computador, o indivíduo pode se comunicar com outros e controlar objetos sem a necessidade de usar um só músculo. "A atividade mental humana produz nas ondas cerebrais um tipo específico de ritmo e de padrão espacial, que se grava na superfície da cabeça", explicou Hong Bo, do Instituto de Engenharia Neurológica. Com a ajuda de um amplificador biológico de grande potência e de um algoritmo computadorizado, o sistema idealizado pelos cientistas chineses pode extrair esta marca das ondas cerebrais e catalogá-lo automaticamente para mostrar o estado mental da pessoa em tempo real. Cada um dos estados mentais é classificado com um "rótulo" pelo computador, ao qual é atribuído o controle de uma ordem, como "subir" ou "descer". Essa ordem é executada por objetos, neste caso cachorros-robô, e por meio de uma rede sem fios (wireless). Segundo o experimento feito pela universidade, quando um dos estudantes imaginava o movimento da mão direita ou esquerda, o robô se deslocava à direita ou à esquerda, respectivamente; quando imaginava o movimento de seus pés, o cachorro andava para frente. Seguindo o mesmo princípio, os cientistas também conseguiram fazer uma chamada telefônica utilizando somente o pensamento. O centro de Pequim, que já solicitou uma patente para seu invento, afirma que este tipo de tecnologia poderia ser utilizado para tratamentos de reabilitação ou para situações nas quais o indivíduo tem mobilidade reduzida, mas um funcionamento normal das atividades cerebrais. Fonte Yahoo News
  12. Sex, 28 Abr - 17h42 Vírus seqüestra máquina O cavalo de tróia Ransom-A apareceu recentemente nos computadores americanos e têm uma função um tanto quanto ousada: após congelar o funcionamento da máquina infectada, o vírus exige da vítima o pagamento de um resgate. A categoria de vírus, que parece nova, já é uma modalidade antiga na Rússia e, de acordo com o site BetaNews, começou a invadir o mercado americano em março. Segundo a Sophos Antivírus, o vírus ameaça apagar um arquivo a cada 30 minutos após ter infectado o computador, além de mostrar imagens pornográficas na máquina da vítima. Para qualquer tentativa de bloqueio ao programa através do gerenciamento de processos (acessível pelas teclas Ctrl + Alt + Del), o vírus mostra uma imagem dizendo que não é tão simples assim de ser retirado do sistema. O Ransom-A então cobra a quantia de aproximadamente US$ 11 para que um código de liberação seja enviado ao usuário e, caso o código não funcione, o vírus tem o desplante de oferecer suporte técnico. Para ver dicas de como removê-lo, acesse o site da Sophos Fonte: Yahoo Tecnologia
  13. é interessante, mas eu também achei meio inútil.. podiam nomear ele aqui no Brasil como "pendrive Carrapato", pois ele lembra mais um carrapatão(tipo quando o carrapato ta cheio de sangue ele fica bem inflado e cai) aahhahah.. que *****
  14. Sexta, 6 de janeiro de 2006, 11h05 Atualizada às 13h16 Sony reúne famosos para lançar "leitor eletrônico" A Sony anunciou na CES 2006 seu mais novo produto, o Sony Reader, aparelho capaz de armazenar 80 livros em sua memória interna. O lançamento do "leitor eletrônico" reuniu no palco, além do presidente da Sony, o escritor Dan Brown (autor de O Código Da Vinci) e o ator Tom Hanks, que estrela a versão cinematográfica da obra, além do produtor e do diretor do filme, Brian Grazer e Ron Howard. O Sony Reader mede 17,5 x 12,5 x 1,27 centímetros e pesa cerca de 250 gramas. A capacidade para armazenar em torno de 80 obras (considerando-se a média de 800 Kb para cada arquivo) pode ser expandida com o uso de cartões Memory Stick ou Secure Digital (SD). Sony Reader O Reader é muito simples de operar. Enquanto se lê, basta clicar num botão para avançar. É possível também transferir arquivos PDF, conteúdos de sites como notícias e textos de blogs e também imagens JPEG. O dispositivo permite aumentar ou reduzir o tamanhos das letras para melhor adaptação do usuário e a bateria tem duração de 7,5 mil páginas. Arquivos e e-books (livros eletrônicos) para ler no Sony Reader estarão disponíveis na Internet, na loja virtual da Sony, a Connect. A Sony pretende colocar o Reader no mercado ainda em 2006, por um preço entre US$ 300 e US$ 400. Fonte - Terra Tecnologia ___________________________________________________ Sony Reader: uma nova maneira de ler livros e HQs Sony Reader A mais recente convenção The Consumer Electronics Show, que aconteceu na semana passada em Las Vegas, Estados Unidos, apresentou ao mundo o Sony Reader, um e-book que exibe páginas em alta definição que podem ser lidas até sob o reflexo de luz solar intensa. Com o mesmo tamanho de um gibi em formato americano, o aparelho possui uma entrada USB que permite carregar arquivos de livros ou quadrinhos eletrônicos. O mangá Trigun está sendo usado para demonstrar o Sony Reader, e a editora Tokyopop, dos EUA, já anunciou que em 2006 irá disponibilizar algumas graphic novels para essa nova mídia. Fonte - UniversoHQ _________________________________________________________ <div class='bbimg'>http://img.terra.com.br/i/2006/01/06/292317-6377-cp.jpg' border='0' alt='Imagem postada pelo usuário' /></div> <div class='bbimg'>http://www.universohq.com/quadrinhos/2006/imagens/sonyreader.jpg' border='0' alt='Imagem postada pelo usuário' /></div>
  15. Quinta, 13 de abril de 2006, 10h54 Atualizada às 13h24 Colher "prova" a comida para ver se está boa Colher envia os dados para um computador que sugere modificações na receita Connie Cheng e Leonardo Bonanni, alunos do MIT desenvolveram uma colher que "prova" a comida. O dispositivo consegue captar o sabor do alimento preparado e envia os dados para um computador, que sugere melhorias. A colher é equipada com sensores que medem temperatura, acidez, salinidade e viscosidade, e é conectada ao computador através de um cabo. Depois de analisar todos os aspectos técnicos da comida, o aparelho envia os dados para um computador, onde um software analisa os número e sugere se, por exemplo, tem sal suficiente na mistura para fazer pepinos em conserva. Por enquanto a colher inteligente é apenas um protótipo desenvolvido pelos alunos e deve passar por melhorias até ser lançada no mercado. <div class='bbimg'>http://img.terra.com.br/i/2006/04/13/329989-1518-cp.jpg' border='0' alt='Imagem postada pelo usuário' /></div> Fonte: Terra Tecnologia

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!