Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

niloleite

Membros Plenos
  • Total de itens

    730
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

1

Sobre niloleite

  • Data de Nascimento 30/04/1979 (40 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Belo Horizonte - MG

Outros

  • Ocupação
    Gerente de TI
  • Interesses
    Casemod, Deskmod, Windows Vista, Jogos, C++, Java
  1. Achei no MSDN uma forma mais "elegante" de fazer as conversões (além de outras coisas como só aceitar números) e resolvi compartilhar aqui. Criei uma classe "NumericTextBox" que herda TextBox e implementam diversas coisas, dentre elas a propriedade "DecimalValue" que já retorna no valor convertido. Com isso, as funções da minha classe recebem os parametros do tipo decimal, e a única conversão que preciso fazer é o .ToString() no final da conta, na hora de atribuir o valor ao TextBox (no meu caso NumericTextBox) Vejam o código de como ficou a chamada da função: tbBaseSTUn.Text = Calculos.calcBaseST(tbValLiquido.DecimalValue, tbValIPIUn.DecimalValue, tbAliqMva.DecimalValue, cbMVApauta.Checked).ToString(); Para quem quiser o codigo da classe NumericTextBox que vi no MSDN: using System.Windows.Forms; using System.Globalization; namespace NOMEDOPROJETO { public partial class NumericTextBox : TextBox { bool allowSpace = false; // Restricts the entry of characters to digits (including hex), the negative sign, // the decimal point, and editing keystrokes (backspace). protected override void OnKeyPress(KeyPressEventArgs e) { base.OnKeyPress(e); NumberFormatInfo numberFormatInfo = System.Globalization.CultureInfo.CurrentCulture.NumberFormat; string decimalSeparator = numberFormatInfo.NumberDecimalSeparator; string groupSeparator = numberFormatInfo.NumberGroupSeparator; string negativeSign = numberFormatInfo.NegativeSign; // Workaround for groupSeparator equal to non-breaking space if (groupSeparator == ((char)160).ToString()) { groupSeparator = " "; } string keyInput = e.KeyChar.ToString(); if (Char.IsDigit(e.KeyChar)) { // Digits are OK } else if (keyInput.Equals(decimalSeparator) || keyInput.Equals(groupSeparator) || keyInput.Equals(negativeSign)) { // Decimal separator is OK } else if (e.KeyChar == '\b') { // Backspace key is OK } else if (e.KeyChar == 13) { e.KeyChar = (char)Keys.Tab; SendKeys.Send(e.KeyChar.ToString()); } // else if ((ModifierKeys & (Keys.Control | Keys.Alt)) != 0) // { // // Let the edit control handle control and alt key combinations // } else if (this.allowSpace && e.KeyChar == ' ') { } else { // Consume this invalid key and beep e.Handled = true; // MessageBeep(); } } public int IntValue { get { return Int32.Parse(this.Text); } } public decimal DecimalValue { get { return Convert.ToDecimal(this.Text); } } public bool AllowSpace { set { this.allowSpace = value; } get { return this.allowSpace; } } } } using System; Valeu a todos pelas respostas. RESOLVIDO
  2. Cara, que bom saber isso. Vou usar o convert, assim fica menos 1 exception pra tratar... Valeu!
  3. Também notei que você usa o Double.Parse() ao invés do Convert.ToDouble(). Sabe se há alguam diferença grande entre os dois?
  4. Olá a todos. Estou desenvolvendo um pequeno sistema (apenas para aprendizagem) em C# com windows form. Para realizar a contas de campos onde o usuário insere números, tenho que converter a string que o textbox armazena para número utilizando a função Convert nativa do C# antes de realizar a conta e converter o valor final da conta novamente para string para exibir nos textbox de resultado da tela. A dúvida é: onde realizar esta conversão? Pergunto isto pois enxergo vários cenários possíveis e não sei qual deles deixaria meu código mais "elegante", "profissional", "leve", de fácil entendimento ou sei lá mais o que... Apenas para simplificar aqui, vou assumir todas as conversões de string para decimal e de decimal para string. Os códigos e nomes de variáveis não serão os realmente utilizados, pois não vem ao caso. Vamos a eles: Crio a função do tipo decimal e converto o resultado retornado para string decimal val1 = Convert.ToDecimal(tbVal1.Text); decimal val2 = Convert.ToDecimal(tbVal2.Text); tbResultado.Text = soma(val1, val2).ToString; Não crio as variáveis e converto na chamada da função: tbResultado.Text = soma(Convert.ToDecimal(tbVal1.Text), Convert.ToDecimal(tbVal2.Text)).ToString; Crio a função como tipo string (assim como seus parâmetros) e realizo as conversões dentro da função: tbResultado.Text = soma(tbVal1.Text, tbVal2.Text); É melhor delegar as conversões à função, deixando o código que chama estas menor, e biblioteca de funções maior? Ou não delego as conversões à função, o código que chama as funções fica maior, e a biblioteca de funções menor? E se eu criar várias funções fazendo sobrecarga destas para os diversos tipos a serem recebidos, deixando minha biblioteca maior ainda, mas deixando o código principal livre e aí ele faz a conta do jeito que "vier"? E quanto a criar as variáveis? É melhor ficar reservando um espaço na memória para criar estas ou deixo as chamadas das funções "feias" (ao meu ver) cheia de conversões? Eu gostaria de ir praticando já com as melhores práticas... Valeu a todos!
  5. Realmente parece ser um problema que vem com o tempo. no meu caso meu note tem por volta de 1 ano e 7 meses, e começou a travar, aparecimento de artefatos na tela e de vez em quando nem liga. No processo de Self Teste da Dell (opção de diagnóstico quando se aperta F12 na inicialização) ele sempre desliga antes de terminar o auto teste. Mesmo o meu estando fora da garantia, liguei na Dell e eles agendaram de vir aqui trocar minha placa mãe hoje à tarde (consequentemente com a de video junto pois é tudo uma peça só), pois segundo o atendente, a Dell Brasil estava estendendo a garantia por mais 1 ano assim como a Dell americana (somente para problemas relacionados à Nvidia 8400GS). Meu note chegou a ficar a 80ºC somente usando internet e atingia incríveis 108ºC quando estava processando algo mais pesado... Vamos ver se com a troca resolve. Edite: Trocaram a placa e ficou perfeito! Temperatura não passa de 75ºC nem nos stress testes... mas como é a mesma série, vamos ver se não vai começar a dar pau de novo daqui a 1 ou 2 anos...
  6. Ressucitando o topico (não que este seja tão velho...) Tenho um problema "parecido". Adquiri um modem 3G da Vivo, tudo certo, tudo lindo (tirando quando ele insiste em não conectar...), e aqui no escritório eu fico conectado à rede local (via wireless ou cabo, dependendo do local) que já possui internet. O que eu gostaria de fazer: Configurar no windows, mesmo através de algum software (não sei se 2 proxys seriam apropriados) para que a navegação em geral trafegasse pela internet da rede local, mas meus programas de P2P utilizassem a conexão 3G, afim de não "roubar" a banda da rede, pois isso tras muitos transtornos aos outros usuários. Acho que deu pra entender né? Navegação, skype, email, ou qualquer outra coisa, utilizar a rede normalmente, mas nos P2P eu configurar para utilizar o modem... Té mais...
  7. niloleite

    Google Wave

    Também estou atrás de um convite... mas tá osso. O jeito é esperar... mas ele fizer metade do que promete e as pessoas começarem a implementar seus próprios servidores de wave, como hoje acontece com os emails, vai ser um marco na história da tecnologia...
  8. Todos os serviços já estavam com a configuração indicada. Só para testar, iniciei o Alocador RPC e tentei de novo, sem sucesso....
  9. Bem galera. Depois de pesquisar muito, mas muito mesmo, resolvi postar para ver se alguém conseguem me ajudar. Na minha rede tudo funcionava direitinho, até um tempo atrás. De uns meses para cá, 2 máquinas (notebooks para ser mais exato) começaram a apresentar um problema: Não conseguem imprimir no meu print server. Acredito que isto tenha sido causado por alguma atualização da Microsoft, visto que começou a acontecer do nada, e somente nessas duas maquinas. Detalhe: são as 2 únicas máquinas sem WinXP. Uma com Vista Home Premium e outra com o Windows 7. Ou seja: no windows xp isso não ocorre! Quando visualizo os computadores do grupo de trabalho, está tudo lá, listado direitinho, mas quando clico no print server (que deveria exibir as impressoras nele instaladas, 3 no caso) recebo a mensagem: Fora isso consigo pingar no ip dele normalemente, assim como consigo acessar a interface web dele, digitando o ip no browser. Já tentei adicionar exceções no firewall do windows, já desabilitei ele, conectando na rede por cabo, por wireless, mas sem sucesso. Já atualizei o firmware do print server e mesmo assim nada... Minha rede (estranho como o windows só lista os notebooks e mostra um switch para cada um, sendo que só tem 1 mesmo...): Detalhes da rede: Todos os IP's estão configuradados em automático, onde o Roteador é o servidor DHCP. Roteador: Dlink Dir-300 Print Server: TrendNet TE100-P2U1P Switch: 3Com Baseline Switch 2016 Modem: Dlink DSL-500B Impressoras ligadas no Print Server: HP PSC 2410 Photosmart, HP LaserJet P1005, Epson Fx-2190. Todos os Windows são originais (no caso do Windwos 7, é o RC1) e estão com todas as atualizações instaladas. Todas as maquinas estão com o Nod32 versão 4 atualizado. Se alguém puder me dar uma luz...
  10. Na verdade nada. Esse jogo foi mal programado. Lá em casa (pc da assinatura) não dá lag em jogos aparentemente muito mais pesados, mas ainda assim dá uns lags de vez em quando no GHIII.... Quanto muito, tente diminuir a resolução, mas a imagem vai ficar bem tosca...
  11. Nada. Para mim o problema não são as configurações de permissão das pastas e dos arquivos, mas sim a autenticação de usuários no samba, uma vez que ao digitar \\servidor no windows explorer, ao invés que dele me mostrar as pastas comparitlhadas, independente da permissão de acessá-las ou não, ele na verdade me pede um usuário e uma senha, mas independente do que eu digite ele não autentica, negando o acesso. Se o problema fosse a permissão das pastas ele iria listar e só na hora que eu tentasse entrar nelas é que ia negar o acesso. Para o samba eu sou sempre o guest... Vai entender...
  12. Bem, vamos lá: Quanto às aplicações, nunca usei o CAD aqui, mas o Office pode ficar tranquilio que mesmo o 2007 com aquela barra grande sobra bastante espaçoa para trabalhar... Eu sempre vejo filmes, seriados, animes e etc no meu e é bem tranquilo. Jogo de vez em quando, já até joguei Devil May Cry 4 com ele no colo no aeroporto uma vez que meu voo estava atrasado, tranquilo também. O que esquenta mais nele quando jogando é o teclado, na parte esquerda mais em cima... mas dá pra ficar no colo normal. A ventoinha fica ligada o tempo todo, mas em rotação baixa, só dá pra escutar se você estiver em um ambiente bem silencioso, como no quarto de madrugada... De vez em quando ele dá uma "Ligada" mais forte e logo depois para, mas nada que incomode. Quando jogando ela fica no máximo o tempo todo, mas o próprio som do jogo abafa ela... se estiver usando fones aí sim não escuta nadinha de nada. Os pontos fracos deste note são: 1) Com já conhecido, o alto falante (só tem um. mono) que é muito, muito fraquinho. Se pretende escutar alguma coisa com ele em um bom volume e com uma qualidade mínima que se preze, use com um fone de ouvido ou caixas externas. 2) Não sei se foi só no meu, e só percebi o dia que tive que usar, mas 90% dos cabos de rede que testei não paravam no plug dele. Parece até que tem uma mola (claro que não) no fundo do buraquinho que fica expulsando o cabo para fora. Mas como normalmente uso no wireless, isso para mim é de menos...
  13. Sim, criei. Inclusive verifiquei o arquivo smbpasswd e os usuário estão lá com a senha encriptada. Não será o tal do sgid que eu não coloquei??? como faço isso?
  14. Victor, o problema é que quando mudo o security para user, as estações perdem o acesso ao servidor. Veja nas imagens que postei, que ao digitar \\servidor no windows explorer ele pede a senha de login, e mesmo digitando ele não consegue fazer o logon. Tentei até logar como root e nada. Com isso não consigo nem visualizar as pastas compartilhadas. Eu vi que estava para gravar como nobody, eu ia resolver isso depois. Na pasta que estou testando eu já havia mudado o dono dela na mão. Detalhe que no modo Share quando criei um arquivo ele continuou como nobody... Só não fiz uma coisa que você havia falado que é ativar o sgid. como faço isso?
  15. Ao adicionar o usuário através do comando smbpasswd ele pede para definir uma senha. Esta será a senha que os usuários deverão usar para se logar? Imaginando que sim, adicionei o usuário 'Nilo', já existente no linux e no notebook, todos com a mesma senha. O erro persiste: Ao tentar acessar a pasta que só tem permissão ao proprietário: E com as mudanças o acesso a qualquer arquivo fica inviável, pois ao tentar acessar o servidor, ele pede a senha mas não consegue logar: Notei que depois de digitar o usuário e dar o erro, na caixa de diálogo mostra o usuário como nilobook\nilo (ele adiciona o nome da máquina sozinho), mas nas propriedades da pasta está como servidor/nilo e sem nenhuma permissão e mesmo que eu digite o usuário com o nome da máquina antes e levando em consideração a possibilidade de ser case sensitive, (SERVIDOR\Nilo) ele não consegue logar. Se eu definir todas as permissões no suse (chmod 777) ele aparece ali com todas as permissões marcadas. Aparentemente o windows só está aceitando as permissões utilizadas para usuários do linux (3 ultimos digitos do drwx------), ignorando as de grupo e de proprietario. Nem preciso falar que pelo windows não é possível adicionar outros usuários nem redefinir permissões. Continuemos nossa pesquisa...

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!