×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Vitor Seagull

Membro Pleno
  • Total de itens

    1.870
  • Cadastrado em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Tudo que Vitor Seagull postou

  1. Olá Andexls! Independente das discussão fundamental sobre suporte, tamanho de dúvida e sua relevância, existe uma outra questão a meu ver relevante que é a humildade e educação ao postar. Palavras como "por favor", "obrigado", não são mais difíceis de postar do que frases inteiras como "não se dê o trabalho de postar". A resposta dada pelo "Barão Vermelho" foi muito interessante > "Veja no ajuda do premiere" A leitura de manuais é um hábito que poucos tem. Se as pessoas tivessem a leitura mencionada como hábito, evitariam respostas incorretas que por vezes ocorrem, criam vícios e principalmente teriam soluções de forma mais rápida e eficaz que aguardar uma suposta pessoa responder prontamente e gratuitamente. Parabéns ao Barão Vermelho pela tentativa de ampliar horizontes dos membros aqui do fórum. Anderson, O Vegas é um ótimo programa, se você o domina, não vejo necessidade de enveredar pelo Premiere, principalmente se você utiliza somente o básico como me parece pelas suas observações. Grande Abraço a todos!
  2. Edit > Preferences > General > Still image defaut duration Regule o numero de frames que você quer 5 minutos > aproximadamente 150 frames
  3. O autor do tópico se refere a um tipo específico de trabalho, como por exemplo uma formatura. Nesse caso acho justo que se coloque uma proteção.
  4. Nesse Video Tutorial mostro para vocês como trocar o drive interno do aparelho por um modelo utilizado em PC. Vale ressaltar que a execução do procedimento é por sua conta e risco. http://www.amoke.blog.br/gravador-dvd-mesa-philips615bk-substituindo-unidade-gravacao
  5. Dhandrei Não sei qual o modelo de seu gravador, mas a maioria dos gravadores LG tem o parâmetro bitsetting definido de forma automática e isso normalmente é percebido no ato da gravação nas descrições da evolução do processo. Alguns gravadores Pioneer após terem alterado o seu firmware passam a gravar midia +r com booktape para DVD-ROM. A segunda imagem que você postou trata-se, salvo engano, de parâmetros para gravação de mídias originalmente DVD-ROM, que não encontramos a venda no mercado. Grave uma midia +r em seu gravador e depois faça uma analise da mídia com o DVD Info, DVD identifier ou no Nero mesmo Para ilustar ainda mais as definições sobre Bitsetting tem esse texto do Robertoy: Parâmetro booktype bitsetting em midias + (DVD+R, DVD+R DL e DVD+RW) em modo DVD-ROM. O que é e quais gravadores possuem? Basicamente o parâmetro booktype bitsetting é uma parâmetro que pode ser configurado para midias + (DVD+R e DVD+R DL e em alguns aparelhos também para DVD+RW) que torna-a mais compatível com os dvd players, permitindo inclusive que a midias seja aceita em dvd players mais antigos que originalmente não permitem tocar nenhum tipo de midia gravada. Nas midias + existe um espaço reservado especificamente para que essa informação seja gravada. Os formatos -R e -RW já possuem a informação do bitsetting em modo -R e -RW gravados na própria midia. O formato DVD + (+R, +RW e mais recentemente +R DL) foi desenvolvido após o formato -. Os desenvolvedores do formato + foram espertos e deixaram um espaço na midia especialmente reservado para gravar a informação do formato do booktype bitsetting no momento da gravação e além do próprio formato bitsetting em modo DVD+R, DVD+RW ou DVD+R DL, abriram a possibilidade de gravar a midia com o bitsetting no modo DVD-ROM. Para os novos aparelhos no mercado o bitsetting em modo DVD-ROM não faz muita diferença, mas para aparelhos mais antigos é ótimo, principalmente aparelhos que só aceitam o formato DVD-R, por exemplo. Dos gravadores de dvd dual layer mais conhecidos os que possuem a capacidade de alterar o parâmetro booktype bitsetting para DVD-ROM: - NEC 3500A - bitsetting para DVD-ROM em DVD+R e DVD+R DL (só com firmware "alternativo") - Pioneer 108D - bitsetting para DVD-ROM só em midia DVD+R DL (permite bitsetting para DVD-ROM em midia single layer só com o firmware do Piodata 108DX) - Piodata 108DX - bitsetting para DVD-ROM automático em midia DVD+R e DVD+R DL (é o Pioneer 108 OEM. Nele não é necessário nenhum software para alterar o bitsetting) - NEC 3520A - bitsetting para DVD-ROM em DVD+R, DVD+R DL e DVD+RW (só com firmware "alternativo") - Pioneer 109 - Originalmente bitsetting para DVD-ROM só em midia DVD+R DL (utilizando firmware 8.40 do gravador Buffalo que utiliza o mesmo hardware, o bitsetting é alterado para DVD-ROM em midias DVD+R e DVD+R DL automáticamente). - LG 4120B - bitsetting para DVD-ROM em DVD+R e DVD+R DL (com firmwares oficiais a partir da versão A104) - LG 4160B - bitsetting para DVD-ROM só em midia DVD+R DL (a partir do firmware A302) - LG 4163B - bitsetting para DVD-ROM em DVD+R e DVD+R DL - LiteON 1633 / 1653 / e 1673 - bitsetting para DVD-ROM em DVD+R, DVD+R DL e DVD+RW - BenQ DW1620 - bitsetting para DVD-ROM em DVD+R, DVD+R DL e DVD+RW - Plextor PX-716A - bitsetting para DVD-ROM em DVD+R e DVD+R DL - Samsung TS-H552B e TS-H552U- No início não suportavam alteração de bitsetting. Segundo usuários, com os firmwares TS09 (para o TS-H552B) e US06 (para o TS-H552U) o bitsetting para DVD-ROM passou a funcionar (utilizando o Nero). Roberto Acabei de ver uma informação que contradiz o que eu informei na minha mensagem anterior sobre bitsetting em midias DVD-R e DVD-RW... Num review da CDFreaks com o gravador de dvd NU DDW-082 (chipset Philips Nexperia), é informado que ele permite alterar o bitsetting em midias DVD-R e DVD-RW. Ele é um gravador single layer de outubro de 2003. Bem, em uma nova pesquisa agora parece que o assunto sobre alteração do booktype bitsetting em midias DVD-R e DVD-RW ficou claro. Pelo que eu entendi, até é possível gravar a informação do bitsetting em midias -R e -RW, mas isso é feito de forma diferente do que ocorre quando o bitsetting é gravado em midias DVD+R. O booktype bitsetting em modo -R ou -RW já vem gravado de fábrica no disco. Ao se utilizar um gravador que permita alterar o bitsetting em disco -, na verdade o bitsetting original não é acessível para alteração. O que acontece é que uma segunda sessão é criada no disco com a informação do novo booktype, no caso, no formato DVD-ROM. Porém geralmente os dvd players ou aparelhos de DVD-ROM irão buscar a informação do bitsetting na região original de fábrica, e não na sessão gravada com o novo formato de bitsetting. Parece que são raros os aparelhos que podem buscar a informação do bitsetting na sessão gravada em midias DVD-R. No caso da midia DVD+R, o bitsetting realmente é gravado quando o disco é gravado e não existe nenhum outro lugar onde o aparelho possa saber o tipo de midia inserida. Aí está a diferença do bitsetting em midias -R para +R. Portanto, realmente o bitsetting nas midias -R ou -RW tem pouca importância. Fontes: http://www.cdfreaks.com/article/150 http://club.cdfreaks.com/showthread.php?t=98294&page=1&pp=25 http://forums.afterdawn.com/thread_view.cfm/24/61273 http://forum.clubedohardware.com.br/index....howtopic=214483 http://www.forumpcs.com.br/viewtopic.php?t...r=asc&start=350 http://www.htforum.com/vb/showthread.php?p=231098#post231098 Abraços
  6. É vero amigo zoiúdo Aspect ratio, áudios diferentes... Certamente vão para VTS diferentes, mas porque o Shrink cria os extras e em que casos, nunca efetuei testes para observação. É Explicações cristalinas como as águas da Baia de Guanabara Sumi não Fui depenado e estou voando pouco
  7. zoshua Sua explicação sobre os 3 DVD's que deram origem ao trabalho não os definem muito bem... Não sei se você tem conhecimento de edição e autoração, mas se os 3 DVD's não tem legendas, poderia utilizar o Vob2mpg para passar os vob's para um MPEG2 continuo ou ainda renomear .vob para .mpg . Usando o vob2mpg,vai gerar um video para cada title... Com o uso do Womble Mpeg Video Wizard (Cubo) você editaria com precisão e rapidez ( stream copy) os trechos que deseja e poderia reunir todos na timeline, desde que tenham as mesmas caracteristicas. Depois autore com DVD Lab. ou outro programa de preferência Se forem videos com legendas e áudios em formatos diversos, ai a coisa se torna mais complexa. Na minha opinião, sua configuração não tem nenhuma relação com o problema.....
  8. Grande amigo dos Zoios grandes Tu escreves como poucos e para quem não usa os programas, sabes e informas muito. Pois é! Esse negócio de dar atenção a duas familias é complicado Aqui tem muita fera! Quase todo dia dou uma sobrevoada por aqui e vejo gente martelando conhecimento.:-)!!! As vezes em um tópico sem muitas pretensões tem informações preciosas. Ih!!! ...Lembrei que num pode ser totoff Foi mal pirata Vamos consertar Bem Nessa questão, fosse um vídeo que eu desejasse legendas, áudios diversos, etc e tal, minha preguiça faria com que usa-se o Reauthor e no máximo juntava a ele um menu com o TitleWriter, no melhor estilo Rusty Spear Estaria de bom tamanho pra mim Se fosse trabalho, ai seria outra história Tem que ter saco para extrair legendas com o Subrip.... Vocês que dominam a linguagem do tio Sam. Ainda não inventaram um programa mais prático e rápido? Quase não mexo com legendas. Por preguiça, uso o Convertx com seu pobre menu para Dvix & Cia Raramente desmonto um DVD para remontar. Acho que só fiz isso duas vezes. Até coletânea de clips, agora vai no Gravador de DVD com um DVD Player espetado nele. Um erótico ciclo Play-Pause-REC oh yes !!! gravando em midia RW ou RAM, o gravador faz com que todos os padrões sejam igualados (Aspect ratio, Audio, VCD, DVD, DVIX e o capeta), entretanto o som fica em AC3 2CH perdendo o 5.1 o que é uma pena... Depois vai para o laboratório de autoração. Rápido e fácil Mas é importante saber os caminhos das pedras para preciosidades Grande abraço
  9. Cheguei atrasado para esse papo legal O SAN-R deu uma explicação irretocável, mas darei mais uma opção que pode ser usada dependendo do caso. Se estivermos diante de um DVD sem proteção, podemos "puxar" um arquivo único (MPEG2) direto do drive com o VOB2MPG(free) ou com o TMPG DVD Author que fazem a junção dos vob's. Teremos um MPEG2 para cada VTS O processo leva aproximadamente 15 minutos para um video de 2hs, sem perdas De posse do arquivo único, basta usar o Womble Mpeg Video Wizard DVD para unir e editar (se for o caso) a emenda, exportando demultiplexado (separate), tudo em stream copy, exceto o ponto de junção se tiver efeito de transição. Autore no Lab ou Maestro e pode servir Abraços
  10. Dá uma chegadinha aqui: http://s14.invisionfree.com/tecnologia/index.php?act=idx Valeu a pena esperar
  11. Separando os áudios de um AVI compactado (Dvix/Xvid etc...) Provavelmente é o teu tipo de arquivo: http://forum.clubedohardware.com.br/index....howtopic=322435 Converte a stream de video AVI para MPEG2 e autora em um programa como o DVD LAB PRO que aceita várias trilhas de áudio.
  12. Para conversão de VHS para DVD, uso gravador de mesa que é infinitamente melhor do que placas de captura. Utilizo o modo de gravação SP /2hs, transfiro para o DVD criado para o HD em um arquivo unico MPEG2 a partir do drive com o VOB2MPG ou Tmpg DVD Author. Importo o MPEG2 para o Studio 10.7, uso efeitos do adorage, hfx e diversos audios, muitas alterações e inserções nos projetos. No final das contas gero um novo MPEG2 que importo para o DVD lab PRO Para um video de 2hs, meu PC P4 3.0 HT leva aproximadamente 1:45hs Esse tempo está diretamente relacionado a configuração da taxa de bitrate A conversão VHS > DVD efetuada no gravador de DVD-mesa no modo SP gera um video com txs de bitrate medio de 4500 a 5500kbps com picos de aproximadamente 8000 kbps. Dessa forma configurando o Studio com a taxa de 8000 a 8500, o video é renderizado somente nas transições. Se a taxa de pico for alterada em relação a do video original haverá render em todo o arquivo e ai demora as 4hs mencionadas. O mesmo em conversão de formatos. Gerar o DVD no Studio é mais demorado do que o MPEG2 e os menus do programa também não me agradam. Prefiro usar o Premiere para criar os menus motion que usarei no DVD Lab PRO O único problema do Studio 10.7 é que as vezes dá uns paus inexplicáveis O uso do Adorage como efeito de transição foi um avanço considerável em relação a versão 9.43
  13. http://forum.clubedohardware.com.br/index....howtopic=303693
  14. Banzai® Esqueça placas de captura e compre parcelado um gravador de mesa que está em torno de 500 reais em 12x sem juros pela internet Maior qualidade sem dor de cabeça Discussões sobre modelos: http://s14.invisionfree.com/tecnologia/index.php?act=idx
  15. John Parece que o Crash recuou depois de testar a gravação no Sony. Conheces alguma explicação mastigadinha sobre esses testes de gravações? Sempre que busco algo no Google acabo por cair em um monte de analises, sem entender o que significa o que? PI... PIF ... No DVDinfoPro até tem um campo Quality, mas gostaria de entender melhor o que significam os dados demonstrados. Quanto as alterações. efetuei umas gravações de dados na mídia RAM e tudo bem Quanto ao booktape, notei que no Nero em Escolher Gravadora > Opções, não mostra as opções de configuração de bitsetting para o Pionner, mas mostra para o LG4120b (lembra? ) que está como slave. Pra variar comprei uma midia +R e a atendente botou no envelope uma -R, mas achei uma vazia por aqui e vou testar. Abração e obrigado!
  16. Grande Tony Aranha Manero!! :palmas: :palmas: Cara Eu tinha lido as outras explicações colocadas em outros fóruns, mas fiquei com medo de fazer a alteração. Meu miolo de ave não absorvia o que estava escrito. Com esse tuto papinha de nenem, fica mais fácil que furar o olho do zoiúdo Fiz a alterações e ficou beleza, falta apenas usar uma midia +R e uma RAM A propósito, gravas na RAM arquivos VRO? Tenho uma RAM aqui no brejo e gostaria de testar Nos Pionner é possível reverter o firmware como nos LG? Abração a todos...
  17. Olá hardadsl Possuo 3 gravadores de DVD de mesa: Philips 615BK, LG175, Samsung R121 Nenhum deles possui HD. A estrutura do DVD que você apresentou é exatamente a estrutura que é criada na gravação de mídias +RW gravadas no Philips 615 e no LG 175. Como as mídias +RW não necessitam ser finalizadas nesses gravadores, tanto para serem reproduzidas no PC como em qualquer player, acredito que seja essa a função dessa estrutura aparentemente duplicada, ou seja, evitar a finalização. Não sei explicar a lógica desse processo, mas estranho duas observações feitas por você: 1- Que a estrutura apresentada de gravação ter sido efetuada em uma mídia -R 2- Que você mencione estrutura do DVD_VR No Samsung R121 e no LG175 as midias -R podem ser formatadas como DVD-Video ou DVD-VR Quando formatada como VR, os arquivos criados são semelhantes ao criados em midias DVD-RAM. Em lugar dos VOB'S temos um arquivo VRO Deve ser alguma particularidade de gravador com HD. Talvez essa seja a estrutura criada nos arquivos que ficam no HD com objetivo de ser possível a reprodução. Quando o negócio funciona e não vou fundo para saber as razões. É isso Convido você a visitar esse fórum que aborda vários modelos de gravadores de mesa e suas particularidades. http://s14.invisionfree.com/tecnologia/index.php?act=idx Abraço
  18. 1) Veja a tabela sobre formatos de vídeos http://s14.invisionfree.com/tecnologia/ind...p;#entry6740351 2) MPEG2 720x480 que é o padrão dos DVD's comerciais, mais compativeis com DVD players Não uso os programas da Sony, nada contra, estou adaptado a outros como Studio, Womble Mpeg Video Wizard DVD, Premiere , DVD Lab Pro Abração
  19. Tens razão zoin grande O GSPOT tem a lista interna de codecs, mostrando o que você tem e o que precisa. Uso muito esse programas, não solamente para saber qual o codec, já que tenho a tralha toda, mas para saber resolução e outros dados do video que são utéis para saber com o que estamos trabalhando. abração
  20. Creio que para aparecer as informações, você tem que ter os codecs instalados. Se não tens o Klite Codec instalado convém instalar para ver se funciona O problema não é o tamanho e sim a extensão. Se você não tiver aquele codec especifico o player não reproduz
  21. http://z14.invisionfree.com/tecnologia/ind...p?showtopic=242 http://forum.clubedohardware.com.br/index....howtopic=331230
  22. Quando deparares com o problema para fazer um backup em que o original te pertença pode seguir esse caminho: http://forum.clubedohardware.com.br/index....iew=getlastpost
  23. Verifique as configurações do Premiere 2.0 na criação do DVD. Provavelmente as taxas de bitrate estão muito altas. Normalmente com taxas de pico em 8000 kbps, 5000 kbps de average com mínimo de 4000 kbps, cabem 2hs de vídeo com ótima qualidade e maior compatibilidade com DVD Players, uma vez que alguns travam ao reproduzir mídias com altas taxas de bitrate. Abraço
  24. Olá Wilson Pelo que você narrou, interpreto como sendo mais de um vídeo. Seria assim? Um menu principal com vídeo de abertura > Isso é um vídeo Um segundo menu estático ou com vídeo (raiz) > Isso é outro vídeo Eles reproduzem em sequência, mas são vídeos distintos interligados Como o Menu dos botões é root somente ele ficará em loop e será acionado pelo controle. Isso dá para fazer no DVD Lab com extrema falilidade e o uso da tecla menu não repete o vídeo de abertura. Um processo legal é ver no DVD Shrink como são compostos os menus de vídeos comerciais. Em muitos casos o que se faz para que praticamente não seja percebido o soquinho e fazer com que o vídeo da sequência inicie com um pedaço do video anterior. Algo semelhante ao que o amigo Fox explicou e pode ser feito em qualquer programa de edição e usado em qualquer um bom programa de autoração Na verdade acho que quem usa o Maestro, Architec, Encore, DVD Lab deve continuar a usá-los isoladamente até que esgote seu conhecimento sobre ele ou se porventura esbarrar em alguma limitação que possa solucionar em outro programa. O negócio das células do DVD lab é legal para economizar os recortes e um programa de edição. Conheço um pouco de cada programa e por enquanto não troco o DVD Lab que me atende 100%. De maneira geral gosto de automatismo lógico em programas Construindo a lógica se tem um domínio maior do que se quer fazer. Sei que o DVDA é bom, mas por hora tá bom demias o Lab Abração

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Curso de Hacker Ético

LANÇAMENTO!

CLIQUE AQUI E CONFIRA!

* Este curso não é ministrado pela equipe do Clube do Hardware.