Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Elmo

Membros Plenos
  • Total de itens

    9.945
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

13

Sobre Elmo

  • Data de Nascimento 01/08/1948 (71 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Membro N° 125.569
  1. Lost, quando a gente começa a falar/escrever/ensinar alguma coisa, sempre a gente descobre que não sabe um monte de coisas sobre o tema e para poder ler/escrever/ensinar adequadamente, acabamos nos aprofundando no tema mediante muita pesquisa para entender, simplificar e expor... exemplo, quando eu auxiliava o FdoCH sobre gravadores de mídias de CD e DVD, com tantos modelos desses periféricos como os da SONY, LG, etc, sempre saiam lançamentos deles, com novas funções para possibilitar a leitura dos dados... e para entender bem esse assunto, acabei adquirindo um pequenos livro que detalhava como a gravação física e leitura ótica são feitas pelos equipamentos... depois reduzi o tema em 2 laudas e postei no fórum... ai me deparei que existia a ISO 9660 que normatizava tudo isso, nos detalhes técnicos apenas para compatibilizar os fabricantes a fim de que qualquer equipamento pudesse ler o que foi gravada em outra marca de equipamento... levei mais de 1 ano para conseguir uma cópia dessa ISO, porque ela não estava disponibilizada ao público em geral,,, quando comecei a estudar o tema, sai do FdCH para um merecido descanso e abandonei a ideia... rsrsrs... observe que é exatamente assim que funciona para você, para mim, para todo mundo principalmente para quem quer ajudar... Finalmente, seu artigo é muito bom, parabéns, mas percebo que você tem capacidade de escrever mais... rsrsrs... pimenta nos outros é refresco... rsrsrs Abraços e boa sorte
  2. Lost... A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO !!! Vou começar dizendo que eu sou um pesquisador antes de tudo o que me meto a fazer... isso inclui muitos hobbies, senão todos... selo, eletrônica, rádio amador, avicultura (galinha) (um pouco), informática, telecartofilia (cartões telefônicos), peixes de aquários, edição de vídeo (um pouco), copias de segurança de filmes em DVD, etc... na informática investi muito tempo para entender como efetivamente os dados são gravados/impressos em mídias físicas óticas em termos de PIT e LAND... tem um pequeno artigo meu aqui no FdCH sobre isso... além de prestar algum suporte no FdCH em ripar, compactar, gravar, filmes em DVD... atualmente estou usando meu tempo para aprender a cultivar plantas suculentas e cactos dividido com como solucionar cubo mágico 5x5x5 pois o 3x3x3 (padrão) e 4x4x4 perdeu a graça... enfim, não sei ficar quieto, pois cabeça vazia é morada do diabo... enquanto vivo estiver, estarei tentando aprender alguma coisa mais... tenho 71 anos... Já escrevi pequenos textos e artigos sobre alguns desses hobbies... sei que é difícil agradar aos gregos, troiânos e espartanos !!! Quis, com meu comentário acima, imaginar um ou mais posts seu abordando CPU, COOLER, PLACA-MÃE e MEMÓRIAS, porque estão intrinsecamente ligados... já não seria o caso de HD/SSD, Placa de Vídeo, Fonte, Gabinete, mouse e teclado porque, embora façam parte do conjunto de um desktop, não interferem (em termos) no funcionamento da CPU... você até poderia me dizer que tem outras áreas no FdCH sobre essas partes, o que é verdade, mas não tem um texto seu ainda... se tiver, não encontrei... Assim, eu entendi que você quis ser mais direto e objetivo com a sua proposta de falar sobre o RYZEN... se escrever muito ninguém lê... ocorre que eu, embora não leigo em informática, mas desatualizado, permaneço com muitas dúvidas, das quais você não tem culpa... rsrsrs As vezes, quem chega aqui sabe com profundidade de alguma coisa e muito raso em outras.. exemplo, eu não sei usar o Acess, nunca fiz e nem ser fazer uma apresentação em Power Point, 3D Studio, AutoCad, Photoshop porque nunca precisei fazer,,, mas posso rapidamente aprender, acho... Meu nível de vaidade em tudo é igual a zero, mas quando se refere a inteligência, como melhor usar o raciocínio, sou um pouco... mas não interfere nem atrapalha... admiro as pessoas que sabem bem alguma coisa e, principalmente, quando se dispõe a ajudar outras pessoas... para isso é que temos fóruns... rsrsrs 1-Clock... no caso em apreço, os Ryzen possuem diversas frequências de trabalho... quanto mais alta, mais dólar... sei que as memórias também possuem diversas frequências... existe uma forte ligação entre essas partes... mas eu não sei traduzir isso melhor... quem interfere em quem, pois a mim consta que a frequência de trabalho das memórias. se baixa, diminui o desempenho da CPU... alguma coisa sobre isso no texto... 2- Sendo Hertz uma unidade de frequência, vale tanto para monitor como para memória como para frequência das rádios FM, TV, Broadcasts, etc... o problema é que para explicar isso melhor, teria que escrever sobre varredura, pixel, persistência, tubo de raios catódicos para chegar aos atuais monitores... uma volta danada... acho que no texto ficaria melhor "O valor do clock é expresso em Hz e seus múltiplos" 3- Isso.,.. algumas observações é importante... Tudo o que falamos e escrevemos, se alguém ouvir ou ler, será induzido... desde que de forma positiva e com clareza de que se trata de uma opinião ou sugestão ou que você usa dessa forma e não daquela porque seu foco é X e não é Y, eu acho que tem validade... Abraços e obrigado por sua atenção... espero ter colaborado e não atrapalhado...
  3. Andros, ou seja, qualquer marca de placa-mãe está ótimo... rsrsrs... vou começar a monitorar os preços da Gigabyte, Asus e MSI para no dia do black eu verificar em lojas, tipo Kabum, para adquirir, se de fato não é a metade do dobro... rsrsrs Vou seguir sua sugestão do Chipset... Olhando vários modelos de placas-mãe no Mercado Livre, também na Kabum, consta a venda com a BIOS atualizada... outros anunciantes falam que está... poucos dizem que não fazem atualização... vou observar isso também... você disse acima que tem 350 com melhor construção do que as 450...penso que varia conforme mudamos de fabricante... penso que você se refere a slots para outras placas, memórias, quantidade de satas, usb, etc... é isso ??? vou observar também... Eu mexo com informática desde 1979... já programei em ML. com cartão perfurado, BASIC residente, etc... mas me afastei um pouco dos fóruns e então fiquei muito defasado... mas vou reaprender... abs
  4. Grato pela resposta, Andros... eu pensei nisso inicialmente... mas, se eu bem entendi, os processadores que começam com 1xxx são da primeira geração, 2xxx da segunda e 3xxx da terceira... e eu não preciso de poder de processamento mas não quero ficar defasado demais, senão em breve irei pensar em novo upgrade... Inicialmente em pensei no 2700 ou 3700... o que você acha ??? essas placas -mãe para os ryzen, pegam qualquer processador, ou seja, provavelmente serão compatíveis com os 4xxx bo futuro ??? Há alguma vantagem entre as 350 ou 450 ??? penso que as 450 são mais modernas... Qual fabricante dessas placas mãe está dando certo no momento ??? Gigabyte, MSI, ASUS ??? qual delas você compraria para você ??? Tenho visto alguma coisa sobre refigeração a água, mas imagino que não vou precisar disso, pois els trabalharão com folga, isto é, quando eu estiver com o micro ligado... mas as vezes o filhão vem querer jogar... se for uma boa máquina eu danço !! ... rsrsrs Abs
  5. Mr Lost, quero crer que surgiram no mercado outros Ryzen com maiores velocidades.. aliás, você nada falou do clock e do overclock... não somente isso, mas também alguma informação sobre memórias e clocks suportados.... ainda, alguma coisa sobre placas-mãe... sim, eu sei que você quis apenas falar do processador, mas seria interessante saber também sua opinião e experiência com isso... no mais, foi uma bela aula... muito grato
  6. Olá, jovens mestres da informática... depois de vários anos ausente dos fóruns, depois de 4.000 participações no Fórum do Boa Dica, migrei para o FdoCH e aqui fiquei até atingir a marca de 10.000 participações na área de edição de vídeo, rippagem, backup, etc, e gravador/leitor de dvd, pacientemente ajudando quem perguntava nessas 2 áreas... então me afastei... cansou... arrumei outros hobbies e com eles me diverti... fiquem sabendo que existe mundo fora da informática !!! ... rsrsrs... o ruim é que fiquei totalmente por fora das novidades e hoje nem sei mais como apertar um parafuso novo... da velharia, ainda me recordo de algumas coisas... faz parte do show da vida... a gente se esquece com muita facilidade das coisas... Tinha um micro I-7, soquete 1155, da segunda geração salvo engano, rodando numa placa-mãe Asus... funcionava direitinho e atendia as minhas necessidades de navegar por WI-FI, as vezes fazer algum backup de DVD e rodar um velho jogo de estratégia, MAX COMMANDER, de 1998, via DOSBOX... como sou fiel, permaneço ainda rodando o mesmo jogo e navegando nos mesmos sites, além do Facebook... pois bem, a Asus pifou e comprei a única placa-mãe que encontrei no comércio local, uma Gigabite GA-B75M-D3H... ô plaquinha ruim !!! ... não consegui fazer a LAN funcionar ligada diretamente a um modem com fibra ótica... coloquei então uma placa de rede, mas tive que remover a placa sem fio por falta de slot... e não passa dos 100 Megabit... a placa de rede é 10/1000... enfim, chegou a tão esperada hora de fazer um upgrade e resolver esse problema da LAN adequadamente... somente lá pela vigésima geração é que farei outro upgrade... rsrsrs Estava olhando algumas msg aqui do fórum e me pareceu que o Ryzen 7 2700 é uma boa opção ou o Ryzen 7 3700... não pretendo overclock, pois, como disse, continuarei fiel ao Max Commander e ele rodava no 386... rsrsrs... na tabela de preços em dólar que o Gabriel postou, a diferença é pouca... penso em 2 pentes de 8 GB... andei zoiando as placas-mãe... a diferença de preço também existe mas também é pequena... penso na Asus ou GIGABITE... Vou aproveitar o gravador/leitor de CD/DVD e o de Bluray, Gabinete, SSD de 240, HD de 2 TB, Placa de vídeo ZOTAC 1050 TI e fonte Thermaltake de 600 watts Vou aguardar a sexta feira black para comprar e economizar um troco... Então, gostaria de saber as sugestões de vcs sobre o Ryzen 7 e placa-mãe e se algum Intel, NA MESMA FAIXA DE PREÇO seria um opção melhor ou pior do que o AMD... Grato Anselmo .'.
  7. Valeu Gabriel... depois que me aposentei, o tempo ficou mais curto.,.. rsrsrs... tenho vindo as vezes, dou uma "zoiada" e não participo ... estou totalmente desatualizado com a informática, inclusive com as coisas mais simples... tenho base do passado, mas sem futuro... rsrsrs... vou postar uma pergunta hoje... este Fórum é um sobrevivente... abraços x 3 e sucessos para vcs todos...
  8. de placa-mãe nada mais entendo, mas de temperatura ainda sei alguma coisa... em Teresina, depois do almoço, o pessoal fica na praça e aposta quem vê um folha de árvore balançar primeiro... mas falando séria, as vezes os grandes jatos ficam no solo do aeroporto de Teresina esperando a temperatura baixar um pouco para poder decolar... isso é fato... ocorre que no calor o ar fica bem mais rarefeito e não dá sustentação nas asas da aeronave para que ela possa sair do chão... se estiver cheia, complica mais ainda... a pista também é/era pequena... Rafael, prazer em te ler... faz muito tempo que abandonei o FdCH a própria sorte... cansou, depois de 10,000 respostas... abraços a todos e estarei de quando em quando visitando o clube...
  9. Penso que o primeiro PC tinha HD... mas antes de tudo, temos que verificar o que existia na época e a evolução das coisas... quando chegou no PC, o Commodore 64, o Arari 65 e 130 XE, etc, já tinham HD de 5 Mb, pequenos e caros demais... o PC, baseado na CPU 80286, poderia sim ter HD, pois estes já existiam... mas não posso afirmar que existiam... eu comecei em um 80386 com HD, acho que de 256 Mb ou 512 Mb, não lembro... mas já existiam HD de 32 Mb... o DOS da MS foi totalmente escrito em um APPLE, CPU 6502, mas eu acho que o APPLE não tinha HD ainda naquela época... se não me falha a minha RAM, o APPLE 2 já tinha HD... mas não tenho certeza...relembrando que DOS é um software para gerenciar discos tipo 5 1/4. 3,5 ou mesmo HD... essa série dos 386 começou no 4040, 8080, 8086, 80186 (para fins militares) e depois o 80286... o 4040 rodava um disquete, salvo engano no tamanho, era de 12 polegadas e para tanto, precisa de um software específico, o tal do DOS...
  10. Olá... um pouco atrasado, pois tem muitooooo tempo que não acesso o fórum, mas vcs me deram uma saudosa lembrança dos velhos tempos... Tive um TK82, CPU Z80, com gravador de fita K-7, com impressora térmica original sinclair... o "papel" para imprimir era um rolo de papel totalmente pintado de preto de um lado e revestido com alumínio; uma agulha queimava o alumínio expondo a tinta preta, ou seja, a impressão... programei algumas coisas em linguagem de máquina e sabia utilizar bem os recursos do BASIC residente... eu tinha muitas fitas com ótimos jogos da época... esse micro tinha 2 Kb (2048 bytes) de memória RAM e 8 Kb (8192 bytes) para o BASIC residente... programar, economizando 1 byte, era muito importante... esse micro também aceitava uma EXPANSÃO DE MEMÓRIA de 16 ou 32 Kb, encaixada na parte traseira, como se fosse um cartucho de vídeo game... ao digitar no teclado de membrana, duro, costumava balançar o cartucho dando TILT... então, eu soldei o meu de 16 Kb, pino a pino, em cima e embaixo... problema resolvido !!! Depois disso evolui para um COMMODORE 64, com 64 Kb de memória, processador 6502, o mesmo utilizado pelos APPLE da ocasião; era um Z80 melhorado, mais rápido... os programas eram gravados em fita K-7 com um gravador COMMODORE específico... a diferença deste para o gravador K-7 normal, engenhosa na ocasião, era que ele gravava em STEREO, ficando um canal bastante defasado do outro, de forma que se a fita tivesse um amasso, você não perderia o programa... se um canal não fosse "lido" o outro poderia ser... mas fiquei com ele pouco tempo... quando saiu um HD para ele, de 5 Mb, custando quase 500 dólares, pedi a um amigo que estava em viagem para os EUA, adquirir para mim; na volta ele me trouxe um Atari 130XE, com leitor de disquete 5 1/4, 360 Kb, alguns programas e livros e teve muito troco em dólares... o HD para o Atari demorou muito a sair... A Atari possuía os micros 400, 800, 400XL, 800XL e1200XL... então lançou o 65XE e o 130XE na CES daquele ano... a diferença entre esses dois últimos era apenas a quantidade de memória RAM, um com 64 Kb e o outro com 128 Kb, processador 6510... esse processador era quase idêntico ao 6502, diferindo apenas no acesso ao endereço ZERO ao ligar, onde um está na condição de escrita e o outro na condição de leitura... como ambos são processadores de 8 bits, não tinha como acessar memória além dos 64 Kb... mais uma ideia engenhosa, no 130 XE haviam dois blocos de 64 KB, ambos subdividido em 4 blocos de 16 Kb. sendo que um bloco da memória principal era intercambiável com qualquer outro bloco de 16 Kb na memória estendida... assim poderíamos ter programas, normalmente jogos, com mais de 64 Kb... a troca de blocos era uma simples troca em um byte específico sem perda de tempo... tudo mudava em poucos ciclos da CPU... imperceptível... mas para tanto, somente funcionava com o DOS ativo... sem DOS, ou seja, apenas com o BASIC residente, não era possível essa troca de blocos... os programas podiam ser gravados também em fita K-7... eu tinha uma impressora matricial ATARI 1050, semelhante as Epsons que já existiam... existia também uma interface, feito um cartucho, com cabos nos dois lados, que possibilitava utilizar qualquer impressora Epson, como a LX80, a bem popular da ocasião... a 1050 utilizava fita de maquina de escrever e se a gente colocasse a fita invertida, tudo era impresso em vermelho !!! ... rsrsrs... o acesso ao drive de disquete para carga (BOOT) do DOS era simples... você tinha que dar partida no micro com o drive ligado, podendo ser a frio ou quente, ou seja, ligar tudo ou dar um reset, respectivamente, e com o disquete inserido, podendo ser do DOS padrão da Atari ou de terceiros ou outro que possibilitasse carregar o programa contido no disquete... o sistema então carregava para a memória RAM os primeiros setores da trilha zero do disquete e automaticamente executava a partir do primeiro byte carregado... um byte contido na trilha zero, setor zero, dizia quantos setores deveriam ser carregados antes de iniciar o programa... assim que a carga fosse concluída, o sistema rodava o programa a partir do primeiro bytes carregado;;; então, nesses primeiros bytes estava definido o que seria carregado do disquete, em qual trilha/setor deveria iniciar, quantos bytes, etc, e então executar o que fora carregado... então, a pirataria passou a existir... software lançado na costa oeste, no mesmo dia já estava disponível, piratex, na costa leste... era só o tempo de baixar o programa de outro micro, via telefone, que era lento demais... modem de 14,4 Kb/s surgiu muito depois... meu primeiro modem era de 300 bps... os desenvolvedores de software então investiram em uma técnica de proteção dos seus produtos, preparando disquetes com furos a laser antes de gravar o software... formatavam o disquete ignorando erro e depois faziam a verificação setor a setor, trilha a trilha, encontrando um ou mais setores com erro de leitura... colocavam seu software de BOOT e nele constava evitar tais setores defeituosos especificamente para aquele disquete... no início da execução do programa, ele fazia uma verificação para constatar a existência do setor defeituoso... se encontra-se exatamente aquele setor defeituoso, rodava o programa normalmente... ocorre que as cópias não tinham setor defeituoso e a verificação constatava a existência especificamente daquele setor que não dava erro de leitura, portanto era piratex... essa técnica foi posteriormente substituída por formatar os disquetes de forma não padronizada, com ausência de trilha(s) ou mais ou menos a quantidade de setores por trilha, ou ambas, que da mesma forma, o software gravado, durante o Boot e antes da execução, fazia a verificação... se encontrasse certos setores ou trilhas da formatação normal, entendia que era piratex e não executava... então surgiu no mercado uma placa adicional para os leitores padrão da Atari... a ROM do leitor era removida e encaixada tal plaquinha que continha uma nova ROM e uma RAM programável, o que possibilitava formatar com ausência de trilha e variação da quantidade de setores, de forma a burlar as proteções... então, isso tudo possibilitava fazer cópias idênticas do disquete original e a pirataria ficou novamente a pleno... lembro que essa plaquinha me custou quase o preço de dois leitores de disquetes... rsrsrs,,, observem que na época do 386 existiram disquetes de 3,5 que eram utilizados para instalar algum programa e tinha setores/trilhas não padronizadas e que eram reescritas durante a instalação, de forma a impedir cópias piratas... bons tempos... eu tinha mais de 1 metro de livros sobre esse computador Atari na estante e pelo menos uma vez eu li todos eles... tinha um livro que era uma bíblia, com todos os endereços do hardware para que pudéssemos programar em ML e acessar os recursos do micro... cheguei a escrever um mini DOS para boot de mais de um jogo no mesmo disquete... anteriormente, cada jogo ocupava um disquete, independente do tamanho dele... ai acordei para o mundo e comprei um 386... nada mais fiz de útil após... gente, esse post me fez rememorar muitas boas coisas que ficaram na lembrança... abraços
  11. Tenta com o RIPIT4ME ... aqui no FCdH tem muita coisa que eu escrevi sobre esse ripador... utilize o botão pesquisar... se não der certo, tenta com o DVD FAB DECRYPTER... eu estou um pouco desatualizado de ripadores e dos novos esquenas de proteção... mas esse último eu acho que ele continua acompanhando a evolução das proteções... Abraços e boa sorte... Elmo .'.
  12. Xita, Nada a ver contigo... a flexa foi apenas uma lembrança das coisas da vida, não necessariamente do fórum...você é um getilman comigo, desde longa data... Bem, creio que o assunto, para mim, esgotou... espero ter ajudado o Saulo em alguma coisa, para combater o vício... isso não significa um balde de água fria na vontade dele em participar do fórum... apenas que o vício não faz bem... beba com moderação (não com "a moderação"... rsrsrs)
  13. Xita, Quanto ao seu primeiro parágrafo, concordo e assino junto com você... e isso ocorre em todos os fóruns, em todos os agrupaments de pessoas, pois somos por natureza, bastante heterogênios... é difícil conciliar as coisas... Quanto ao segundo, um flexa disparada, não tem mais como segurar... o estrago está feito... Quanto ao terceiro, jamais fui contra as regras, porque elas têm que existir mesmo, para domar os mais afoitos... se todo mundo fosse gente da melhor qualidade, nem leis precisariam existir... ocorre que a realidade é bem diferente... só para citar, eu sai do Boa Dica porque eu quebrei uma regra e minhas excusas não foram aceitas... tudo bem, daria para conviver com isso... mas um MOD julgou que o meu ato deveria servir de exemplo a todos, como um mal exemplo a não ser seguido... de nada valeu os 4.xxx post ajudando as pessoas, pois bastou quebrar uma regra que recebi chumbo... então sai e vim para cá... e aqui não quebrei qualquer regra... Nunca, Never, Jamais... o problema pode ser a capacidade do julgador... são essas coisas bobas que aborrecem e afastam as pessoas, valendo para o fórum e para a vida... então deixei de postar, mas não deixei de vir aqui ler os amigos e responder as MPs... arrumei outra atividade para preencher o meu tempo... venci o meu vício de responder, responder e responder... Saulo, Um Mestre que é Mestre mesmo, saberá comprender os seus discípulos e a tolerar as suas falhas... jamais vai xingar seus "subordinados", porque isso não leva a lugar algum... e fórum não é um lugar apropriado para esse tipo de coisa...
  14. Saulo_GPU, Somente você e esse assunto para me fazer postar novamente e exclusivamente nessa área do fórum... Exatamente: você, eu e todos os bons participantes estamos no mesmo balaio, junto com o papa e o cara que posta Spam, corrente, etc... somos todos uma m só... não há diferenciação nos fóruns da vida, inclusive aqui, exceto o abismo que existe entre nós e os deuses... nem um mimo, pois aqui é fórum de informática e não consultório sentimental... ter milhares de post ou ser clasificado como novato, senior, master, super, hyper, não agrega nada aos participantes assim homenageados... o que conta é a qualidade das ajudas prestadas, percebidas, sentidas pelos demais participantes que delas precisam... é exatamente isso que faz a diferença entre os participantes... para os deuses, isso nada significa... você é apenas mais um e se botar a cabeça de fora, leva chumbo... Portanto, cuidado com o SEU vício... quanto maior, maior a dor, ao partir o cordão umbilical... e tenha a certeza que um dia vai partir e que você não vai fazer falta, porque outros assumirão sua cadeira por algum outro período... até os deuses, como o meu particular amigo Red Viper, passou a cadeira... mas ele, com certeza absoluta, plantou amizades... outros deuses mais também plantaram ou plantam amizades, além de trabalhar por um fórum melhor... XITA, Sem pretender abrir uma frente de batalha, menos ainda com você: Quem chegar a Mestre Yoda terá o discernimento de admitir que os seus posts que transgridam as regras sejam apagados, sem tráumas... por isso e muito mais, é Mestre... o problema reside na capacidade do julgador em ser um bom leitor, capaz de interpretar corretamente textos em geral... se for um fedelho, mal instruído, não adepto a leitura e interpretação de texto, inclusive nas entre-linhas, vai entender tudo pelo avesso... se for um dos deuses, pior, pois mandará raios e trovões sem ter a noção do que faz... sim, os Mestres Yodas recebem esse título por competência e muita dedicação... se sair da federação dos planetas unidos, leva consigo o seu próprio saber... a federação perde... sempre perderá... Edit: Esqueci de citar que MUITOS MESTRES YODAS sairam levando o seu saber... fundaram uma nova federação de planetas unidos pelo amor... da qual eu não participo por problemas pessoais, mas isso não desmerece tais Mestres e suas sabedorias... a federação perdeu novamente...
  15. mattiazzi. "nao que o pesoal seja obrigado,mais isto nao esta como antes" - Esta sua afirmação é verdadeira... pessoas que participavam assiduamente do fórum, ajudando e respondendo, se cansam, se aborrecem e se afastam, por diversos motivos, incluisive alguns pessoais, que nada tem a ver com o fórum em si... A saida de muitos desses enfraquece o fórum, mas não fazem falta... uns se vão, chegam outros com conhecimento e disposição... e que ficarão ATIVOS por algum tempo... depois se vão também, em busca de outros campos mais férteis... e o fórum vai sobrevivendo... Não existe um carinho, um mimo qualquer, para reter e contar com os abnegados... somos apenas números e isso me parece triste... ao invés do fórum deslanchar e crescer vertiginosamente, fica marcando passos... um fórum cresce e também fecha as portas graças a esses... que nada valem... alguns acham que a vida forense se resume em ter rapidez nos acessos, regras, administradores e moderadores competentes... o restante é obra do acaso e que o acaso conspira a favor do fórum... bem, o vento vai e vem... Se você observar a lista de membros, colocando em ordem de maiores postagens, verá que muitos dos abnegados citados, com centenas e milhares de postagens, deixaram de postar faz tempo... e se buscar respostas do motivo, encontrarás as mais diversas... tenho convicção que muitas delas é devido aborrecimentos entre pessoas, no qual me incluo... e em um caso não resolvido ainda... mas será... Quanto a rapidez nas respostas, é o que os amigos acima comentaram, acrescido desse meu ponto de vista... aqui é um fórum e não um help desk pago... mas podia ser um FÓRUM...

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!