Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

carlmart

Membros Plenos
  • Total de itens

    198
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

1

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Rio de Janeiro
  1. A recarga de tinta preta eu posso dizer que é tecnologia dominada. O problema esta nos de tinta colorida. Não tem membrana alguma no interior do cartucho que você possa furar: é só espuma e plástico duro. Mas o cara fala certo de que é melhor utilizar os furos superiores, no cartucho preto, ou corre o risco de injetar a tinta fora da espuma. No cartucho colorido só tem um furo para cada cor. A rotina de injetar a tinta com mais que o necessário, segurando papel higiênico na cabeça do cartucho, prestando atenção a quando esta por subir, e depois extrair um pouco com a mesma siringa, acho muito boa. Desse jeito coloca o máximo de tinta que a espuma aguenta. Mas acho que a qualidade da tinta utilizada é também importante, por isso me interessou esse comentário acima sobre a Sensient. Estou com um cartucho novo que esta para acabar, e já quero encher usando essa nova técnica.
  2. O kit que eu estive usando para recarregar cartucho colorido comprei na ML, e tem um F grande na etiqueta. Mas não tenho o mesmo sucesso recarregando coloridos que eu tive com o preto, onde até recarreguei mais de 15 vezes. O processo é sempre o mesmo: com siringa. Experimentei uma vez só abrindo as tampas e voltando a fechar, e não deu certo. Acabei de ver um vídeo onde o cara nem cola a tampinha, só segura com fita isolante. Em compensação acho que ele trocou as espumas por maiores. Mas essas espumas dos cartuchos são muito densas e difíceis de achar. .Quando fiz o meu teste, trocando as espumas, as que eu pus não eram tão densas quanto as originais. Depois desse fracasso passei a fazer com siringa. Mas nunca consigo fazer mais de 3 ou 4 recargas. Não sei se estou fazendo alguma coisa errada. Sera que é também uma questão da marca de tinta? Essa tal de Sensient de que fala o Dimitriubueno é muito cara! Mas já avisa que a outra Sensient a venda no ML pode ser falsa. As minhas perguntas: 1) Vocês estão recarregando com, siringa? 2) Tomam alguma precaução depois de injetar a tinta? Tipo vedar com fita ou coisa assim? 3) Quantas vezes conseguem recarregar coloridos? 4) Vale a pena comprar cartichos XL e recarregar esses? 5) O processo de abrir o cartucho, usando as espumas certas, funciona mesmo sem colar com cola, só com fita isolante? adicionado 4 minutos depois adicionado 27 minutos depois Acabei de assistir este vídeo de recarga com seringa, e achei muito bom. Não fala a marca da tinta.
  3. Não estava conseguindo entrar no modem para configurar nada. Acabei indo hoje comprar um TPLink, que é um modem sério.
  4. Hoje estava tentando instalar um extensor de wi-fi no meu modem Zyxel, e o wi-fi parece ter ficado maluco. Agora não consigo ligar mais o wi-fi do modem. Nem apertando o botão WLAN na traseira do aparelho. Ali quis entrar na configuração do Zygel, carregando 192.168.1.1, e aparece uma mensagem de "Autenticar a rede". Clica no botão e para ali. Como resultado estou sem rede wi-fi. Pelo cabo sem problema, mas no celular ou laptop nada. Não aparece a mina rede wi-fi. Faço o que? Já faz tempo que estou querendo mudar para um modem-roteador TT-Link. Tive um durante muito tempo, até que deu problema, a e a Oi me instalou este. Não sei qual o seria o modelo TP-Link certo, o recomendado no momento. Se alguém souber pode me falar que mudo na hora. Estas coisas que Oi entrega não são de primeira qualidade.
  5. Estou aguardando uma recomendação de modelo recente da TPLink para instalar na minha casa. Alguém esta usando TPLink?
  6. O técnico da Oi acabou voltando, depois da Oi comprovar o problema/ Trocou o modem Technicolor por um Zyxell. E ele começou a funcionar bem melhor. que o Technicolor. Ainda assim o técnico recomendava experimentar um TsLink, coisa que gostaria de fazer. O problema continua sendo que modelo. Alguém pode sugerir algum?
  7. Sucesso total! Consegui configurar de novo o Dlink, que velhinho e tudo voltou a baixar as coisas rapidinho, neste momento a mais de 1100KB/s, que era o meu padrão promédio com o TPLink. Obrigado, Ciro! Ou seja que a linha continua bem e o Technicolor não presta, pelo menos configurado como esta. Se este aparelhinho, que já foi descontinuado até, consegue abaixar mais rápido que ele, podem jogar o Technicolor no lixo. Na época que comprei o Dlink tinha um outro modem, anterior ao TPLink, que era muito bom também e parou de funcionar. Quando começou a dar defeito acho que comprei o Dlink, e quando o outro parava usava ele. Mas o outro era melhor, e quando ficava bom voltava para ele. Então acho que é bom achar um substituto para o TPLink, mas não acho ninguém para me recomendar qual modelo. Alguém pode me dizer? Ciro, você conhece algum?
  8. Como faço isso e como sei se esta correto?
  9. Também não consigo acessar com esse número. Acho que ele morreu. Só acendem as luzinhas de power e as pequenas TVs das conexões. Não acendem NUNCA, nem piscam quando liga o aparelho, nenhuma das outras luzes. Acho que esse modem parou de funcionar. Se alguém souber como reativar tudo bem e aceito dicas. Mas suspeito que esse caminho morreu. Em casa eu tenho um outro modem router, um D-Link DSL-2640B. Ele sempre foi inferior ao TPLink, mas gostaria de comparar com o Technicolor na velocidade de download. Mas ele não esta conectando a internet: acendem todas as luzes, mas a internet fica vermelha. Não sei se entrando na configuração tem como ver porque é isso e corrigir. Gostaria de ativar, para ver se a minha velocidade de download volta ao normal, em torno de 1000KB/s, que com o Technicolor não estou atingindo. E a ultima opção seria comprar um novo modem router, da marca e modelo que sejam, uma versão mais moderna do TPLink W8968, tal vez. O TD-W9977 por exemplo.
  10. Tentei fazer isso, mas não abre a entrada ao modem com 192.168.1.1, que deveria ser como entrar na configuração. As únicas luzinhas são as Tevesinhas da direita, e a de força, a esquerda. Acho que o modem já era.
  11. Pena que só vou poder fazer isso no domingo. Estou curioso para ver se tem alguma coisa que pode ser acertada no TPLink. No primeiro dia do defeito, quando liguei para a Oi eles falaram que fizeram um reboot do sinal, coisa que depois não fizeram e novo nas ligações seguintes. O modem voltou para a vida, mas de manhá voltou a sumir.
  12. Sim, ainda tenho o TPLink. Mas da ultima vez não acendiam mais as luzes adsl e tudo mais. Só a rede funcionava. Não lembro mais do login a senha do TPLink, mas acho que isso não seria problema para configurar. Adiantaria? O que pode estar errado na configuração? adicionado 28 minutos depois Esqueci. O meu plano Oi é de 10 Mega, e meu download promédio era de 1000KB/s. Agora não chega a 500KB/s.
  13. Só cabo. adicionado 2 minutos depois Se abaixou a velocidade e só tinha mudado o modem, o fator mais provável é o modem.
  14. A Oi acabou de mudar o meu modem, TPLink W8968, e instalou um Technicolor. A internet voltou a funcionar, mas a velocidade de download caiu a menos da metade. Desconfio do roteador da Oi. Qual seria o melhor roteador do mercado, no momento?
  15. Acho que vou entrar neste tópico. Tenho um W8968 V2. Acabei de fazer a atualização de firmware, e não quer mais conectar a rede ou ligar na internet. Já fiz o reset para configuração de fábrica e não sei mais onde mexer. Agora estou usando um modem D-Link que tenho como reserva para emergências, mas é inferior ao TP-Link. Onde devo mexer ou ajustar? Os cabos parecem estar certos, ou o D-Link não funcionaria. Deve ser setup do W8968. Desafortunadamente não fiz backup antes de fazer update. Não sabia como fazer.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!