Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

aw_amaral

Membros Plenos
  • Total de itens

    21
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

17

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Curitiba/Pr

Outros

  • Ocupação
    Técnico/Suporte produto de transmissão de dados.
  1. Boa Noite Rafael Coelho. Obrigado por mais um teste realizado. Acredito que este tipo de teste ajuda muito na decisão de compra e esclarece muito. Citei acima, pois concordo muito com a colocação do Gabriel Torres. Pedido de fã dos testes do CH: Seria possível realizar os mesmos testes utilizando uma placa de vídeo da AMD, a VII por exemplo?? Tenho a teoria de que os Drivers da Nvidia são otimizados para trabalharem com as arquiteturas da Intel o que impacta em alguns testes, aqueles em que há contagem de FPS, indicando, que TALVEZ erroneamente, os processadores da Intel são mais indicados para quem busca este fim. Como coloquei, é apenas uma teoria, posso estar enganado, mas é uma duvida válida e vocês tem todas as feramentas para sanar esta dúvida. Grande abraço e mais uma vez, obrigado.
  2. Sdriver, concordo em partes. Todo novo processo de fabricação (desenvolvimento) tem que se pagar e sempre em tempo muito curto, pois a vida útil de produtos de informática high-end tem vida ultra-curta, raramente mais de dois anos. Quando se calcula o custo de um produto, isto tem que fazer parte da matemática. Porém há de convir que o custo de fabricação, tirando o custo de desenvolvimento, não deve chegar a U$240,00-250,00 em uma placa destas que usa peças de primeira linha. E estou sendo muito conservador nesta estimativa. Soma-se custo de embalagem e distribuição, poderia chegar no mercado por volta dos U$500,00 dando bastante lucro. E dando um golpe de mestre na concorrente, ganhando mercado e fazendo nome. A Nvidia alardeou que estava tomando prejuízo na venda de cada uma das RTX, mas após analise de um renomado site gringo, soube-se que custaria entre U$ 220,00 - 230,00 para produzir uma 2080Ti com as caras DDR6X e que a balela era apenas jogada de marketing para usuários sentirem que não estavam sendo lesados na compra. O mercado de servidores é outra logica a parte e não há como comparar. Penso que é ainda mais irreal a politica de preços. A diferença de preço entre a RTX Titan (US$ 2500,00) para a RTX 2080Ti (US$1000,00) é um abismo que a diferença embarcada na PCB não justifica este preço. Mesma logica uso para as AMD. Ainda aposto na megalomania que é de longa data da AMD.
  3. Ao que me parece, sendo um ferrenho defensor da AMD, é que o preço não é atraente. Isto é simples e fácil de se entender. Sem levar me consideração que ao montar um sistema do zero, deverá levar em consideração um custo adicional na compra de uma fonte mais forte do que sistemas montados com as NVidias. Não será problemas para up em um sistema com fontes de 850 ou 1000W já comprados... Nem vou distender no mérito da temperatura, pois é fato notório que as 2070, 2080 e 2080 TI estão queimando no mundo todo, mesmo a Nvidia alegar que são fatos isolados... Só procurar comentários e fóruns em sites gringos ou vídeos no tube. Ficou claro que a Nvidia não esperava este problema. Quanto a AMD? Difícil dizer agora. Antigamente todos tinham as placas da marca como "ponto de aquecimento certo" no sistema, mas não queimavam... Voltando ao quesito preço, acho que a Radeon devia apontar na 2070 e atirar com vontade e só mais tarde com as 64 unidades de computação ativas no "modelo high-end" da VII, apontar nas 2080. Apenas acho que a megalomania de tentar se equiparar com o produto Top da concorrente tira o foco de fazer mercado com vendas que arrombariam a concorrência. Se o CEO de vendas da AMD percebesse que mexeram na estratégia da concorrente quando lançaram a RX590 que entrega performance de 1070 pelo preço de 1060... E já esta a venda no brasil pela empresa gaúcha Full Info por R$ 4.200,00. Só basta coragem pra pagar tanto kkk
  4. Lembrem-se que a Nvidia havia dado como finalizada a geração GTX. Mas com a grande capacidade gráfica da Radeon RX590 e com a linha RTX com preços proibitivos, voltaram atrás pelo jeito. Tudo para não perder um mercado de nicho mid end com resoluções full hd. Mas não oferece parelhamento de placas, como a AMD faz, o que trás uma grande vantagem na hora de um up rápido e mais barato. Seria muito mais sábio do ponto de vista empreendedor, a Nvidia continuar com a 1070Ti, já consagrada e SLI, mas baixando o preço até um valor bem próximo dos U$ 290,00. Estas já estão sendo oferecidas por U$ 315,00 para por fim nos estoques quando as encontra para comprar. Mas o que tem me chamado atenção a este mercado de placas gráficas são os fabricantes de MB. Explico: Mesmo as mais recentes placas mãe do mercado, com preços de até U$ 1800,00, como no caso da ASUS ROG Dominus ou mesmo as Maximus XI e as series MEG e PRO Carbon da MSI, apenas para dar exemplos, não oferecem a NLink Bridge!!!!! ainda estão aparelhando as MB com SLI bridge mesmo com o aparente fim das GTX 1080 Ti, 1080, 1070 Ti e 1070 que eram compatíveis com SLI. Acho meio fora de propósito oferecerem MBs - com preços bem salgados - tecnologia antiga e provavelmente inútil em um sistema que será montado nestas MBs. Quanto ao argumento de que o usuário fará up apenas da placa-mãe e usará suas VGAs antigas, eu pergunto onde foi parar a SLI Bridge que era usada anteriormente...
  5. Olá a todos. Eu não acompanhava este fórum desde a pagina 7 e hoje me atualizei sobre os últimos posts (os meus estão nas paginas 4,5 e 7). Como descrevi anteriormente, fica realmente difícil argumentar com um cliente, indiferente de que área seja, que o seu trabalho custa X enquanto de "outro zé" custa 1/8 deste valor. Vendo os relatos fico cada vez mais escandalizado com a "perspicácia" de argumentação de alguns para fundamentar suas praticas. " - Troco meu trabalho por caixas de cerveja...". Confesso que não precisava ter lido isto em um fórum sério, onde o principal argumento é regulamentar a pratica, escutar e tentar buscar soluções de Técnicos (com T maiúsculo mesmo) para o problema. Este tipo de conduta, infelizmente enraizado no ponto mais profundo da alma dos brasileiros, não engrandece o profissional, bem como não o faz para a categoria e para o mercado. Vou usar outro exemplo: " - Só faço o serviço na comodidade da casa do cliente..." Abrir uma maquina, extremamente sensível a eletricidade estática sem uma bancada, sem ferramentas de teste adequadas ( NÃO FERRAMENTAS ELETRICAS COMO LI EM UM POST), sem... sem... sem noção! Achar que isto passa segurança ao cliente, que nada sabe sobre o assunto... PASMO Cadê a ética? O profissionalismo? O empreendedorismo de comprar ferramentas adequadas, montar uma bancada digna com um aterramento mínimo? Como vamos argumentar com alguém que tem esta mentalidade? Como faze-lo entender que estas práticas não são corretas? Como buscar uma solução para " A PROSTITUIÇÃO DO MERCADO DE INFORMATICA" se alguns batem no peito dizendo que são prostitutas baratas?? E pior, tem orgulho disto! Desculpem o tom de desabafo. Espero não ter ofendido ninguém usando exemplos, até por que não foi esta minha intenção. Minha intenção é demonstrar aos Técnicos sérios e que tem uma perspectiva do mundo real - foram vários que li acima -, contra quem vocês lutam. Infelizmente "o brasileiro" tem o dom de se minar, de se derrubar, de dar um jeitinho em tudo. Mesmo que isto se volte contra ele em um futuro bem próximo. Enfatizo aqui mais uma vez, aos Técnicos de verdade: Procurem se distanciar disto. No sentido de se aprimorar, buscar outros nichos. Onde os "ténicos" (sem o C mesmo) não atuam. Aonde o "sobrinho" não chega. Onde eles não vão poder te alcançar. Falo por mim. Amo hardware! Mas deixei este mundo, profissionalmente falando, a muito tempo. Agradeço a todos que tentaram dar uma perspectiva séria na abordagem do assunto. Abraço a todos.
  6. Vou fazer aqui um comentário genérico!! Depois do meu ultimo post, vi algumas barbaridades escritas por aqui. Bom profissional é aquele que SOLUCIONA o problema, tanto trocando peças como arrumando aquelas existentes e/ou programas problemáticos. Não se caracteriza um profissional pela sua opinião após o serviço realizado. A realidade do equipamento antes do conserto pode ser outra daquilo que o cliente te conta. Se o cliente acha caro e você se coloca nesta posição(de cliente), pondere com o resto da leitura. Não fiquei muito surpreso ao ver alguns comentários defendendo o "preço honesto" mas com pouco ou nenhum embasamento. Explico: Como fazer preço de um serviço? Quanto cobrar por um tipo de manutenção (troca)? Quanto custa meu deslocamento e tempo perdido fazendo trajetos até o cliente? Como é possível cobrar 50 pilas por uma formatação sem levar em consideração tudo isso acima descrito? Não basta apenas levar em consideração o serviço em si. Acho que estas respostas podem ser levadas em consideração levando em conta a realidade de cada técnico. Como por exemplo um técnico locado em uma grande capital como Florianópolis que tem 32 Km de uma ponta a outra... ou Curitiba que tem 36, sem falar em São Paulo ou Rio de Janeiro onde as distancias são maiores, vai cobrar 50,00 por uma formatação e instalação de Windows e ficar de duas a três horas em frente a maquina do cliente (que fica como um papagaio de pirata olhando sobre seu ombro) e ainda achar que ganhou dinheiro honesto...?? Vai catar coquinho na ladeira, mercenário de araque. Malmente paga a gasolina. Qualquer deslocamento aqui em Curitiba + as duas horas perdidas no mesmo, não paga os CINQUENTINHA. Nem para parentes estou fazendo o serviço e quando insistem cobro ao menos 300,00 + deslocamento. Quando acham caro, falo logo: "- Troca de micro porque salvar coisa velha custa mais caro..." Como coloquei lá no meu primeiro post, não trabalho mais na área por conta disto. É muita choradeira e a exigência vem com a carga em dobro pra realizar o serviço. Cliente liga até porque a energia acabou depois que realizou o trabalho. Não tenham dó do cliente, ne sentido de achar que ficou caro e tal. Quando você fala que cobra X só pelo deslocamento e o cara declina, é por que vai achar caro qualquer preço que você cobre... O cidadão acha barato comprar micro de 650,00 nas casa bahia que vai "pestiar" assim que a garantia expirar, mas acha caro o custo do conserto. Micro descartável é assim mesmo, quando estraga fica mais caro o reparo do que dar entrada e comprar outro.* como concordou comigo o Gabriel Torres em outro post quando coloquei minha perspectiva do futuro da profissão* Conselho pra quem é Técnico (com letra maiúscula mesmo), ache outra área onde possa exercer sua capacidade e fazer um salario honesto relativo ao seu serviço. Posso ME usar como exemplo disto. Achei um nicho onde a crise($) afeta pouco ou nem afeta e posso fazer valer meu empreendedorismo cobrando R$ 6.000,00 por dois dias de trabalho(oito horas diárias) ou ATÉ MAIS dependendo do tipo de serviço e onde será realizado. O cliente paga dando risada e ainda indica pelo menos mais dois trabalhos para agendamento. Basta procurar onde existam falta de mão de obra e serviço especializado. Hoje trabalho de bermuda e chinelo sem que ninguém me olhe feio por conta disto. Meu fim de semana raramente tem menos que três dias e ganho muito mais que o gerente da minha conta do Itaú que trabalho o dia todo( e todos os dias uteis do mês) de terno e gravata. Tudo isso por que um dia decidi deixar este mundinho da informática apenas como hobby pessoal. Antes que alguém fale besteira, é um trabalho LICITO com empresa constituída e HONESTO. E LÓGICO, não vou entregar a galinha pra raposa... Até porque, vai sempre aparecer um "sobrinho" dizendo que faz mais barato... KKKKKKKK Abraço a todos os técnicos, "ténicos" e clientes.
  7. ENFIM O FIM DA NOVELA. Para quem esta acompanhando o post: Me foi enviado, no dia 27 de JUNHO, via ticket, a solicitação de meus dados pessoais para - acredito eu - envio do produto com NF com meus dados... Chegou hoje, 16/07/2014 - QUASE UM ANO DEPOIS DA ABERTURA DO TICKET - via correios, através da CWBInfo distribuidora da XFX no brasil aqui de Curitiba, minha placa de reposição. Me enviaram uma R9 270. Não esperava menos, até por que é a placa de configuração mínima equivalente a minha nos quesitos: largura de banda, numero de processadores e quantidade de memoria. Enfim honraram a garantia anunciada no ato da compra. Mas ainda vale a máxima: XFX NUNCA MAIS. Espero que a exposição do meu problema ajude aos demais membros do fórum a buscarem seus direitos de troca e avaliarem muito bem o fabricante no momento da compra. Coelho, não desista que me parece terem achado uma saída para o envio sem tributação. Abraço a todos
  8. NOVIDADE Boa noite moçada que acompanhou este post desde o inicio. Vou atualizar as ultimas informações. . Enviei uma nova mensagem pelo ticket aberto em meados de ABRIL questionando qual seria a postura da empresa, informei que estava fazendo um post com a historia toda aqui no CDH, informei o link, que faria uma grande propaganda negativa aqui no brasil por conta do descaso. Me responderam em 06 de MAIO que logo resolveriam a situação. Para minha surpresa recebi um e-mail em 29 de MAIO confirmando a abertura e autorização de RMA. . RMA aberto, enviei minha placa via SEDEX internacional (R$ 113,00 ) em 02 de JUNHO, exatamente como foi pedido no conjunto de instruções do RMA. Receberam em 06 de JUNHO. Não tive nenhuma movimentação desde então no meu ticket e/ou no RMA. . Hoje enviei uma nova mensagem via ticket, solicitando alguma posição. Vamos aguardar. Se honrarem - OU NÃO - a garantia vitalícia (quando eu comprei) atualizo aqui. . P.S. - Me informaram, nas instruções do RMA, de que a VGA de troca - se fosse o caso - seria enviada através de um representante aqui no Brasil.
  9. Gabriel. Tirar certificação junto ao CREA não seria a solução dos problemas, até por que hoje, o órgão tem por base tão e somente a emissão dos boletos bancários para arrecadação. Trabalhei junto a área de construção civil, como contato comercial e percebi que quase qualquer um pode tirar um certificado, como corretor de imóveis por exemplo. Não há uma prova realmente probatória para emissão do certificado. Pode se comprar a "cartilha" do órgão e estudar em casa por dois dias e gabaritar a prova que é feita. Acho que o seu post foi feliz no sentido de que alguns poucos estão realmente preocupados com a situação e procuram melhoras. Mas a maioria esta largando as cartas e abandonado o jogo, por não fazer mais sentido argumentar que seu serviço custa 300 reais enquanto alguém vende "o mesmo" por 50... Temos que ver o mercado de eletrônicos como os japoneses, quebrou joga fora e compra outro. Tudo esta se tornando muito barato e descartável e a profissão de técnico de informática esta neste rumo. Abraço
  10. Sou formado desde o começo da década de 90 em processamento de dados e logo enveredei para montagem e manutenção de hardware. Ganhei muito dinheiro com montagem e poucas vezes com manutenção. Normalmente a manutenção de software eu cobrava bem e ainda deixava todo o back-up por conta do cliente, me eximindo de qualquer responsabilidade sobre os dados armazenados. Nunca tive problemas com meus clientes e por varias vezes era chamado novamente para outros serviços na maquina. Eu tinha algumas regras, como por exemplo, nunca realizar serviço na casa do cliente. Levava o CPU para meu laboratório e lá realizava os serviços necessários. Depois de um tempo, os cliente começaram a torcer o nariz para esta retirada técnica, por que o "sobrinho" fazia lá na casa dele... "- Faz com o sobrinho então." Depois de um tempo deixei de fazer manutenção de hardware por conta do mesmo problema. o "sobrinho" comprava peças do paraguay de um atravessador e montava - sem bancada, sem aterramento, sem ferramenta certa, sem conhecimento... - na casa do cliente "daquele jeito". No fim dos anos 90 começo de 2000, larguei este mundo ordinário e desde então estou no mundo comercial. Voltei a trabalhar por uma ou duas vezes, mas não mais de um ano na área. Hoje informática é meu hobby, sempre atualizado, sempre antenado. Serviço pros outros nunca mais. Algumas exceções pra família e amigos cobrando bem... se quiser. Acho que este apelo da equipe do CH é um pouco tardio e pouco vai influenciar o "sobrinho", até por que vi vários deles acima nos comentários dando suas opiniões de "técnico". Abraço a equipe do CH pelo empenho e tentativa.
  11. Não Sirroman, ficou bem claro que era pra fazer a troca diretamente com eles lá nos eua. Com relação aos testes, sim ele me pediu no primeiro contato e após explicar como estava a situação, ele disse que era caso de troca e que logo abriria o RMA. Dai me deixou esperando mais de dois meses... o logo aquela novela toda que contei acima... Acho que vou tentar outro caminho...
  12. Falei com eles em Inglês. Mas acho que isso não é o empecilho. No site pt-br informa que a garantia é de dois anos, mas ainda assim eu estava dentro da garantia. Mandei uma mensagem diretamente ao help desk, informando a situação, n° do ticket e que havia entrado em contato com alguns distribuidores deles aqui no brasil. Falei sobre o problema enfrentado com o setor de RMA e que o distribuidor não passa por este problema... Enfim. Me responderam hoje que estão fazendo contato com o distribuidor para através dele resolver o problema, mas não disseram como isso vai acontecer, nem quando. Vou atualizando aqui a "novela" Abraço
  13. Daniolip... Acho que você não entendeu minha denuncia, mas vamos lá: Quando se compra um produto em que o fabricante informa garantia vitalícia - pra vida toda- em seu site internacional, imagina-se que tão logo surja um problema eles estão dispostos a fazer a troca. Se um fabricante coloca uma garantia destas em um produto, estima-se que o mesmo deva durar muito mais que dois anos... Eles não trocaram minha placa! Eles não me informaram se vão trocar! Eles estão agindo como BRASILEIROS, que prometem uma garantia e o produto não cumpre sua expectativa, ai o fabricante começa a empurrar com a barriga pro consumidor desistir da troca... Já tive problemas com a SEAGATE, com dois HDDs comprados juntos com garantia de cinco anos. Ambos foram trocados por apresentarem problemas em datas distintas... Sem que nenhuma pergunta fosse feita ou que tentassem postergar a troca com desculpas totalmente descabidas. Alías não compro outro HDD se não for SEAGATE por este motivo. Isto é empresa séria!! Sirroman. Eu não mandei o produto pra lá, nem carta... Ao tentar fazer abertura do RMA, me enrolaram por mais de dois meses e há alguns dias me informaram via e-mail de que não poderiam fazer a troca porque não havia RMA para a américa latina... Como você mesmo colocou, todo mundo que tentou o RMA teve sucesso. Alguns foram taxados na volta, outros não, mas conseguiram a troca. Eu não consegui nem abrir o RMA, pelo menos até agora... Vamos aguardar. Abraço a todos
  14. É Danilo. Eu também nunca havia escutado tamanha lorota. Entrei em contato com alguns distribuidores XFX aqui no Brasil e nenhum deles relatou problemas com envio de RMA... mas claro que nenhum deles se prontificou a resolver meu problema com o discurso de que não comprei deles - Lógico, só vendem a empresas revendedoras - e não existe como rastrear quem fez a venda para a revenda que já esta fechada... Pasmem!!!! Um representante aqui de CWB disse que me retornaria uma ligação caso conseguisse uma autorização para resolver meu problema. Se isto acontecer, coloco aqui no fórum. Mas uma coisa é certeza: XFX NUNCA MAIS!!!!!!
  15. Bom dia a todos. Tenho aqui um relato muito interessante a fazer. Tenho uma VGA HD5870 XFX comprada, agora, a pouco mais de dois anos. Em Setembro minha placa morreu - ainda na garantia de dois anos - e após muitos testes em outros micros para ter certeza, abri uma RMA no site do fabricante. Precisamente no dia 13-09-2013. Me pediram para enviar uma cópia da NF de compra e que logo, iriam resolver meu problema. Assim o fiz no dia 19 do mesmo mês. Recebi uma resposta no dia 23, dizendo que estavam com problemas na alfandega e que logo resolveriam meu problema. Esperei... esperei... esperei... Mandei outro e-mail no dia 08-11-2013 ao responsável pelo meu Ticket, procurando novas informações e obtive a seguinte resposta: The truth is, we still don’t have RMA’s available for south America. Our video cards keep getting kicked back by customs and we are asked to pay $50 extra each time. We are still working on a solution. Thank you CARA.... Depois de todos os fóruns que li e re-li, fazendo vários relatos de brasileiros que mandaram suas placas para RMA e foram atendidos na maioria dos casos... Fiquei sem saber o que fazer. Alguém pode me ajudar? Ou estão passando pelo mesmo problema???

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!