Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

Pincipi

Membros Plenos
  • Total de itens

    314
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

93

1 Seguidor

Sobre Pincipi

  • Data de Nascimento 13-12-1964

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    São Paulo/SP
  • Sexo
    Masculino
  1. Isso, não se pode esperar muito mesmo. Esse preço é a oferta do site, o proprietário pagou em loja física o valor de R$ 50,00. Numa pesquisa no google shopping, dá para achar uma igual por menos de R$ 10,00.
  2. Desculpe eu pensei em falar que usei a versão gratuita e esqueci de digitar, pelo que me lembre, a gratuita tem apenas um limite de quantidade de arquivos ou de total de dados, em razão disto, fiz por blocos, primeiro as fotos, depois os vídeos, os documentos até recuperar tudo que precisava. Também esqueci de mencionar que instalei no computador e fiz a recuperação um um cabo de dados, o tablet ficou como uma unidade externa. Não sei se dá para recuperar instalando no próprio tablet, o programa exige um espaço extra em outra unidade para poder salvar os arquivos recuperados, ele não salva no próprio tablet.
  3. Eu já consegui recuperar alguns arquivos com o programa grátis RECUVA, https://www.piriform.com/recuva utilizando a opção de recuperação profunda. Não é garantido, os arquivos que foram sobrescritos não são recuperáveis, pelo que observei o DR.Fone utiliza o mesmo processo e neste caso, acredito que vai obter sucesso.
  4. Pode ser informação boba para a maioria dos usuários mas, pode ser que quebre o galho de alguém. Caiu na minha mão a seguinte luminária: Olhando no site achei ela: A história dela é a seguinte, o proprietário a adquiriu recentemente e seguiu o procedimento de deixar carregando por 24 horas antes de usar, o que ocorre é que a iluminação dos LEDS não dura mais do que dois minutos quando falta energia e ainda assim muito fraca, por conta disso ele resolveu jogar no lixo porque não presta para nada. Pelo que vi no site, tem garantia e deve ser encaminhado ao fabricante com as despesas por conta do comprador. Segue abaixo detalhes do que vem escrito nela: Opa! Achei o defeito só de olhar para a palavra China. O meu raciocínio lógico é o seguinte, se a autonomia deveria ser de 3 a 6 horas conforme a intensidade, tá na cara que a bateria utilizada é falsa, isto é uma estratégia de venda do fabricante Chinês, colocam uma bateria que vem escrito nominalmente uma capacidade porém, na realidade, a capacidade desta bateria é um décimo do anunciado, o objetivo é baratear e fazer com que funcione apenas no momento da compra, quando o feliz comprador chega em casa, põe para carregar e tenta usar é que se dá conta do engodo. Não ponho a culpa também no importador justamente porque as peças de demonstração enviadas a eles contém baterias reais que rendem a capacidade indicada, o problema só vem depois, nos novos lotes. Fazendo as contas com o valor do produto somados às despesas de frete para enviar ao fabricante, fiquei com a opção de aceitar que o dono jogue ela no lixo entretanto, antes terei o privilégio de desmontar. Não tem parafusos aparentes, deve se colocar uma espátula de plástico ou algum outro objeto fino entre a tampa de plástico dos LEDS e a carcaça, como na foto abaixo: Existem muitas versões no mercado, algumas dá para abrir a tampa traseira e trocar a bateria sem precisar desmontar, esta aqui foi assim. Depois vai forçando com cuidado até desencaixar todas as presilhas: A tampa se solta por completo, em seguida basta levantar a placa de LEDS com cuidado que ela também se solta: Pode ser que tampa esteja parafusada na placa de LEDS, esta aqui não estava parafusada. Pronto, com acesso ao seu interior achei a causa dos problemas: Exatamente aquilo que previ, uma bateria falsa que indica 1000 mAh quando na realidade no teste não conseguiu gerar mais que 0,006 mAh, mesmo estando marcando a carga de 4,2 Volts medido no multímetro. O próprio peso dela denuncia, é muito leve em comparação com as baterias reais. Soltei as soldas e substitui por uma pilha 18650 usada de notebook que no teste mediu 2,620 mAh e pronto: Os LEDS acenderam com força, só falta agora medir o tempo que leva para descarregar e aproveitar seu uso, menos um monte de lixo a ser reciclado, pelo menos por enquanto, além do que nem precisei perder tempo e dinheiro para acionar a garantia. Tá certo que perdi a garantia quando desmontei mas, em compensação deixei o proprietário contente, ele havia pagado R$ 50,00 na luminária e agora quando faltar luz de novo ele não fica no escuro total (falta luza cada 3 dias na casa dele). Eu pessoalmente além de ganhar experiência, pude partilhar o assunto e uma pilha a menos guardada de um velho notebook não me fez falta alguma.
  5. @pedro emanuel correia Se já tentou o sugerido neste post e não teve solução, passe maiores detalhes como marca/modelo e mensagens de erro.
  6. Tópico com curiosidades sobre lustres luminárias de teto pingente com LED SMD. A três anos atrás, em uma reforma, troquei todas as luminárias e lustres do apartamento que eram de lâmpadas incandescentes ou fluorescentes, foi um investimento relativamente alto, da ordem de R$ 2.400,00 obtendo um desconto por comprar em quantidade (na Rua Santa Efigênia, não importei direto da China), sendo que os orçamentos médios foram de 4 mil reais. Toda a fiação foi trocada também, não contabilizado este valor nas contas que estou fazendo porque, segundo o eletricista, não fazia diferença no resultado final na parte de economia. No caso prevaleceu o "Já que...", já que vai mexer, aproveita e troca tudo para não ter preocupações. Assim que o serviço terminou, logo de cara, a conta de luz mensal que beirava de 300 a 350 reais, baixou para 150 a 180 reais, a Eletropaulo desconfiou e mandou um técnico verificar se o relógio havia sido adulterado então, mostrei a ele os plafons velhos e as novas instalações do apartamento, -Muito bom! Disse ele e não tive mais problemas. Arredondando a conta, calculo uma economia mensal de 150 reais depois de 36 meses que dá o valor de 5.400 reais, levando em conta que investi 2.400 nos lustres novos, posso dizer que economizei com esta reforma uns 3 mil reais, em outras palavras, se tivesse pago o valor médio dos orçamentos, em 26 meses de economia o investimento se teria pago e a partir dai só vem a economia de verdade. Outros problemas começaram a surgir agora, depois de 3 anos de uso, notei que alguns LED queimaram. Mesmo assim continua a fornecer iluminação, quase não se percebe o LED queimado porém, antes de queimar, o LED fica piscando por alguns dias ou semanas, o que causa um certo incômodo. Resolvi realizar medições. Utilizando um multímetro nos dois fios que aparecem abaixo: O marrom e o azul, com a lâmpada ligada, medi 9,79 Volts nos conjuntos que não apresentavam LEDS queimados, enquanto que nos conjuntos que apresentavam um LED queimado, a tensão medida é de 11,03 Volts. Continuando a medir, desta vez em cada LED individualmente, deu o seguinte resultado para o conjunto com um LED queimado LED queimado 0,00 Volts LED Bom 4,71 Volts Sendo que no conjunto de LEDs sem ter nenhum queimado a medição ficou em 3,26 Volts. Agora, outro tipo de medição, pelo tamanho do LED, utilizando uma paquímetro digital, igual a figura abaixo: Onde, no caso aparece um LED numa fita onde se vê escrito 2835 que mediu exatos 2,77X3,53 mm. O que por dedução dá a entender que a medida de 2,77 milímetros corresponde ao número 28, enquanto que a medida de 3,53mm corresponde ao número 35, formando o nome então do LED 2835. Meu objetivo é identificar o LED utilizado para realizar a sua reposição, sem ter que comprar a luminária inteira quando ela pifar. A partir deste entendimento e da medida realizada nos LEDS das luminárias, que deu 2,98X5,10 mm, por mera dedução acredito que o LED utilizado é um 3051. Na pesquisa de datasheet (informativo do fabricante) não achei nada com 3051, variei alguns números para cima e para baixo e também nada encontrei. Invertendo para 5130, achei o mais próximo como 5730. Noutra pesquisa pelo detalhe escrito na placa de LEDS "32mm-2B3C" achei algumas coisas à venda: Pelo que entendi tem o módulo completo à venda e os LEDs utilizados são os 5630. Pena que não tem a pronta entrega. Continuando com a pesquisa: Achei só a placa para soldar os LEDs. Desta vez associada ao número de LED 5730. E finalmente achei no Brasil o dito LED que mais se aproxima do tamanho e tensão: Beleza, parece que basta comprar os LEDs e providenciar a substituição através de solda. Como todo brasileiro, não vou comprar os LEDS agora de forma preventiva de modo que quando a luz apagar eu faça o reparo, sem ter que ficar no escuro. Vou mesmo esperar a minha mulher reclamar que não acende para só então tomar as providências, afinal, foi ela quem escolheu as luminárias e tenho que valorizar a minha presença de alguma forma. No conjunto de luminárias são utilizados diferentes tipos de conexões de lâmpada, ou tipos de base da lâmpada, no caso abaixo: Parece ser o tipo E14. Dentro dela o detalhe do LED que parece ser do mesmo tamanho. A cúpula desta lâmpada é de plástico e está colada a base, em outras lâmpadas a cúpula é rosqueada. Também uso luminárias com o encaixe GU 10: O LED desta foi mais fácil de identificar, bem como sua desmontagem é toda através de roscas, não tinha nada colado: Achei este LED no mercado internacional para pronta entrega, o problema é o transporte que extravia, já estou na terceira tentativa de compra sem receber os LEDS. Já fazem seis meses que este ponto da casa está no escuro, desde que o LED pifou. Lembre-se que existem outros fatores para se levar em conta na hora de comprar, como a tensão do LED e sua potência em Whats. Finalizando esta série de curiosidades destaco o controle remoto que vem junto: Ele utiliza uma pilha de 12 Volts: O funcionamento é simples, sem o controle, acione o botão de ligar na parede, o interruptor de luz, e a luminária acenderá uma parte das lâmpadas: Perdoem o Acesa com dois "S", é que não tem corretor ortográfico no paint e o autor se viciou no erro que é auto-corrigido. Desligue e ligue em seguida e a luminária acenderá outra parte das lâmpadas e apagará a que está acesa: Desligue e ligue em seguida que a luminária acenderá as duas partes das lâmpadas: Até aqui não foi necessário o uso do controle remoto. Agora para se utilizar o controle remoto, necessariamente precisa ligar o interruptor de luz, ele não funciona se a luminária não estiver energizada. Observação importante, cada luminária tem o seu controle, o mesmo controle não funciona em outras luminárias. Com o interruptor de luz ligado, vai acender uma parte das lâmpadas, ou todas, não importa, pegue o controle e aperte e solte o botão quadrado de ON.OFF, as lâmpadas se apagarão, a luminária estará energizada e pronta para receber os comandos do controle, a este estado eu dou o nome de condição inicial, se desligar no interruptor de luz o controle não funciona mais até que seja ligado o interruptor novamente e volte à condição inicial. Nesta condição inicial ao apertar e soltar o botão redondo número 1, as lâmpadas se acenderão como na primeira imagem, ao apertar e soltar novamente o botão 1 as lâmpadas se apagarão. A este conjunto de lâmpadas eu dou o nome de lâmpadas 1. Ainda nesta condição inicial ao apertar e soltar o botão redondo número 2, as lâmpadas se acenderão como na segunda imagem, ao apertar e soltar novamente o botão 2 as lâmpadas se apagarão. a este segundo conjunto de lâmpadas eu dou o nome de lâmpadas 2. Continuando nesta condição inicial, pode combinar de apertar e soltar os botões 1 e 2, tanto faz primeiro o 2 e depois o 1, como primeiro o 1 e depois o 2 que as lâmpadas ficarão acessas como na terceira figura, para apagar tudo de uma vez aperte e solte o botão de ON.OFF e para apagar apenas uma parte, aperte e solte qualquer dos botões 1 ou 2 que as respectivas lâmpadas 1 e 2 se apagarão. Parece que ficou complicado? Não me culpe, afinal de contas o manual do fabricante veio em Chinês e eu não consegui traduzir, eu fiz o melhor que pude apertando os botões e vendo o que acontecia, para finalmente transcrever neste post. Continuando... Quanto ao botão redondo 10 SLEEP, não sei realmente o que acontece, tentei apertar e soltar com a luminária acessa previamente pelo botão 2, aconteceu que as lâmpadas do botão 1 piscaram uma vez rapidamente e se apagaram por completo depois de 10 segundos. Este mesmo botão ao ser acionado com as lâmpadas 1 ligadas, faz com que estas pisquem uma vez, apagando e acendendo em seguida, terminando por desligar por completo em 10 segundos. Ainda neste mesmo botão, estando acionadas as lâmpadas 1 e 2, ao ser acionado, faz com que as lâmpadas 1 pisquem para serem todas desligadas após 10 segundos. Quanto ao botão redondo 30 ON OFF, tem idêntico funcionamento ao botão anterior, a única diferença é que as lâmpadas se apagam após 13 segundos. eu acho que se está escrito 30, deveriam ser 30 segundos e não 13. Outro detalhe, cada vez que se aciona um botão, um LED vermelho no controle acende, mostrando que tem carga na bateria, coloquei uma bateria descarregada para testar e o controle não conseguiu acionar os comandos, apesar de que o LED acendeu bem fraquinho. Caso saiba a forma de programar o reconhecimento dos controles, por favor publique aqui, é uma informação bem relevante.
  7. Cuidado!!! golpistas no mercado livre!

    Dicas de minha experiência pessoal para se "tentar" evitar cair nos golpes: 1-Utilize apenas a plataforma do site e sempre que aparecerem perguntas com dados de contato, procure por: E clique em fazer a denúncia. Preencha o motivo e também clique na opção parecida com " bloquear para perguntas e compras" As pessoas que trabalham no mercadolivre dizem que estão de olho em tudo que acontece na plataforma do site, quanto mais usuários fizerem a denúncia, mais em evidência os falsários ficarão e novas providências serão tomadas no sentido de maior segurança no site. 2-Recomendo cuidado e cautela na divulgação dos dados dos "possíveis estelionatários". Tenha em mente que o modus operandi (sistema de trabalho do ladrão) envolvem vendas cruzadas, ou seja, eles fazem anúncios falsos e pessoas honestas e desavisadas realizam a compra e acabam por receber o código de rastreio fornecido pela vítima do golpe mencionado neste post portanto, ao divulgar nomes e endereços utilizados para lhe aplicar o golpe, pode estar divulgando dados de outra vítima. Imagine que alguém usou o seu nome e endereço para me dar um golpe e eu vou e publico, isso pode gerar dano moral. 3-Sobre a declaração de conteúdo que deve ser anexada obrigatoriamente do lado de fora da embalagem, tenha em mente também que seus dados de remetente, endereço e CPF estão nelas, portanto, não fixe com o lado escrito para fora pois, durante o transporte, pessoas mal intencionadas podem se utilizar destes dados para outros golpes. O pior é que o destinatário também vai ter acesso e pode ser um gatuno da quadrilha. 3-Outra variante dos golpes é receber um anexo com a etiqueta completa de envio, com todos os dados corretos, tudo certinho, título do anúncio, seu nome e endereço no remetente, inclusive a declaração de conteúdo com o seu CPF. Na realidade os golpistas abriram uma conta com seu nome e fizeram o anúncio, em seguida algum desavisado ou outro integrante da quadrilha clicou em comprar e efetuou o pagamento, posteriormente após o envio ser feito, o falso vendedor ganha tempo com a entrega efetuada e consegue adiantar o pagamento, fazendo outras compras, enviando o dinheiro ou até mesmo transferindo para uma conta corrente, conforme o caso, apenas devolve o dinheiro ao outro integrante da quadrilha, no final o vendedor vítima descobre que a venda não foi realizada e que seu anúncio ainda está ativo e dinheiro algum foi para sua conta. Quando receber este tipo de e-mail, avise imediatamente o site clicando em contato do lado direito e em cima da tela: Depois em segurança: E vai seguindo os passos, as telas mudam muito com o passar do tempo, talvez tenha que digitar a palavra "golpe" no campo de busca para encontrar o caminho certo: Tem que ir navegando nos menus até encontrar o meio de informar o que está acontecendo, ao tomarem conhecimento eles vão analisar e tomar providências como por exemplo encerrar a conta falsa e lhe aconselhar a procurar a policia para formalizar a denúncia. 4-Não tome atitudes por conta própria se expondo. Por exemplo, quando recebi o PDF com a etiqueta, eu cai na bobagem de embrulhar um tijolo e enviar para ver o que acontecia, para minha sorte o local de entrega tinha restrição e a encomenda ficou alguns dias na agência mais próxima aguardando ser retirada, quando finalmente foi devolvida ao remetente, este tipo de atitude expõe a vítima a alguma espécie de represaria por parte da quadrilha que recebeu o tijolo, ou então, sendo outra vítima, compareceu no DP para formalizar o crime de estelionato e o remetente passa a constar como autor, neste caso, tem que gastar uma grana com advogado para provar que focinho de porco não é tomada. É isso, espero ter contribuído, fiquem ligeiros e boas vendas!
  8. Como Importar Eletrônicos Legalmente

    Uma retificação na informação do prazo de 40 dias, mudou, agora o prazo que aparece no rastreio é de 40 dias úteis. (Pode comparar com a foto do post acima, onde não aparece a palavra úteis) A diferença é que o prazo de 40 dias seria provavelmente o dia 05 de fevereiro de 2018 e o prazo de 40 dias úteis passa a ser provavelmente dia 22 de fevereiro de 2018, levando em conta o dia 01 de janeiro que é um feriado para todo o País, sem levar em conta feriados municipais como por exemplo aqui em São Paulo o aniversário da cidade em 25 de janeiro. Por sorte o de Curitiba é dia 29 de março e não vai entrar na conta. Outra dose reforçada de paciência!
  9. Tablet multilaser dual care só funciona com o carregador

    Eu já tive problema igual com outro tablet e foi solucionado com a substituição da bateria na garantia pela assistência técnica. Caso não tenha mais garantia, pode tentar uma solução arriscada, abrir o tablet com uma espátula de plástico, inserindo entre o vidro e o plástico, tem vídeos na internet ensinado, com ele aberto remover o encaixe da bateria ou então soltar as soldas dos fios da bateria com um ferro de solda, feito isto, vem a parte difícil, tentar dar carga em um carregador de 12 Volts ou então numa bateria de carro, ligando os terminais positivo com positivo e negativo com negativo, apenas por alguns segundos, observando com atenção se esquenta ou estufa, repetindo o processo algumas vezes até obter uma elevação na tensão da bateria, medida por multímetro, em seguida montar de novo e tentar dar a carga pelo carregador normal do tablet, é um processo perigoso com risco de explosão, conforme a situação da bateria ela pode estufar ou até mesmo incendiar e explodir, na melhor das hipóteses consegue recuperar sua capacidade de 20 a 30% do original, geralmente todo este trabalho não compensa, por isso que é muito mais seguro comprar outra bateria, também não recomendo tentar dar a carga com a tensão superior com ele instalada no tablet, pode queimar os circuitos.
  10. Igual situação de febre amarela, os primeiros a pegar se dão mal, os demais ficam sabendo e se imunizam a tempo.
  11. @Jjosé Inaldô Eu também não consegui pelo pendrive, só consegui por unidade de DVD USB, gerando o DVD Windows 10 Home de 64 bits, pelo site da Microsoft, iniciando pelas opções do F2, na instalação escolhi apagar tudo, exclui todas as partições, não precisou escolher versão ou digitar a chave, depois de concluir, foi preciso entrar no site do fabricante, digitar o número de série do notebook e baixar os drivers, descompactar as pastas, uma era de "vídeo" e a outra "outros". Dentro da pasta de vídeo haviam vários arquivos executáveis e como não sabia qual deles executar, resolvi fazer o caminho inverso, acessei painel de controle, sistema e drivers, cliquei com o ponteiro do lado direito e apareceu a opção de atualizar driver, cliquei nela e escolhi procurar no computador, selecionei a pasta "outros" e o quadradinho de incluir subpastas, dei enter e o primeiro driver foi reconhecido, foi seguindo a mesma sequencia um a um, até terminar, sendo que um deles apresentou erro. Na parte do vídeo não consegui seguir o mesmo caminho, simplesmente não abria a opção de atualizar driver, cliquei em executar em cada um dos arquivos executáveis e o vídeo não mudou. Resolvi a atualização dos drivers depois de conectar na rede, foram reconhecidos e atualizados automaticamente pela internet. Por fim executei o assistente de atualização do Windows e não apresentou o problema de falta de espaço. Deu tudo certo e ainda sobrou 4GB no HD para uso.
  12. Problemas com uma placa-mãe Positivo

    @adcarvalho O assunto é complexo, é uma visão pessoal minha que envolve, por parte da empresa, admitir vícios ocultos, defeitos e falhas na produção, não realização de recall etc. Além do desrespeito ao código do consumidor no tocante à obrigação de manuais do produto, pelo menos no momento da entrega do item, se bem que neste ponto, entra a não obrigatoriedade dos termos de utilização de uso universal como é caso do led acender ou não, resumindo, neste caso específico, eu entendo que o suporte do fabricante só é obrigado a fornecer informações básicas do tipo assim, se o computador não liga, verifique se há energia na tomada e em caso positivo, encaminhe o equipamento a assistência técnica autorizada, somente o técnico autorizado tem acesso à informação do código de defeito que o led representa bem como a respectiva solução, é assunto confidencial, reservado ao fabricante e fornecedor que não pode cair no domínio público, não pode ser do conhecimento do consumidor, pois do contrário o consumidor vai obter provas e providenciar laudos para requerer indenização na justiça. Não sei se consegui me expressar bem, como exemplo prático eu cito um caso pessoal, o do notebook ECS 557S que do nada apresenta defeito de não reconhecer o HD, toda vez que levava na garantia diziam que era mal uso, até que numa destas vezes consegui ver pela fresta da porta que o técnico aplicava um spray WD no adaptador que fica entre o HD e a placa-mãe. Muito tempo depois que acabou a garantia fiquei sabendo que o lote de adaptadores de HD utilizados neste notebook ficou retido no porto de Santos e devido a maresia os contatos ficaram azinabrados, o que causava o mal contato e por causa disso a placa-mãe não reconhecia o HD. No meu caso apenas disseram que era mal uso e tenho certeza que não trocaram o adaptador, se tivessem falado a verdade eu não ia ficar perdendo tempo nas idas e vindas da assistência, ou dava um jeito de comprar outro adaptador, ou eu mesmo passava o spray toda vez que o defeito se repetia ou pagava por um laudo e colocava na justiça. Na época eu não conhecia bem o Clube do Hardware e existia um tópico à este respeito: Eu apenas lia alguns artigos e nunca entrava no Fórum, só depois me inscrevi. Fiquei perdido com o suporte que foi desonesto comigo, preferiram proteger a empresa do que se responsabilizarem pelo erro. É por isso que a minha última alternativa depois de tentar tudo é sempre o suporte. Pode ser que hoje em dia a coisa seja diferente mas, de qualquer forma, estou vacinado e imunizado. Perdi totalmente qualquer tipo de confiança em suporte de fabricante.
  13. Problemas com uma placa-mãe Positivo

    Essa é a ultima coisa que eu iria sugerir, depois de esgotadas todas as outras possibilidades pois, tenho uma aversão pessoal a suporte do fabricante, já que eles não podem falar a verdade, são obrigados a dar respostas que interessam à empresa.
  14. Problemas com uma placa-mãe Positivo

    Isso que eu chamo de um bom desafio, realmente não se encontra o manual dela para download, o que tem muito dela são reclamações de defeitos. Vamos tentar o básico, tente ligar com o processador a memória e a fonte apenas, se tiver outros processadores e memórias e fontes, vá testando, mudando um por vez para ver se obtém algum resultado diferente. Se tudo funciona em outras placas, pode ser que sua placa-mãe esteja com defeito ou seja incompatível. Na parte de pesquisa, tente achar por comparação de fotos outras placas mãe que sejam parecidas, pode ser que este nome modelo POS PQ45AU não seja o verdadeiro nome dela, eu já peguei uma placa com o símbolo da positivo que na verdade era uma PCChips. Caso não obtenha êxito, procure outros manuais de placas mãe e veja se algum tem uma descrição do que ocorre e a possível causa. Se tiver como, poste fotos com detalhes do que tem escrito na placa.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×