Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

N0vato

Membros Plenos
  • Total de itens

    46
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

0

Sobre N0vato

  • Data de Nascimento 28-10-1986 (31 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Rio de Janeiro,Rio de Janeiro
  1. Fala aí gente boa noite, eu sou como meu nick diz haha, novato no BackTrack mas estou tentando começar a estudar Redes a fundo e nenhum SO melhor né. A questão é a seguinte, desculpem minha enorme ignorância mas, eu estou usando o VirtualBox, depois que fiz o boot pelo ISO do BackTrack e tudo mais, na área de trabalho há um ícone chamado Install BackTrack, pelo que eu entendi, de primeira é como se o usuário estivesse fazendo só um teste mesmo com o BackTrack né? A grande dúvida é que eu não lembro se instalei exatamente, já faz um tempinho e segui os passos para a instalação e tudo mais mas, se não me engano dei o mole de deixar a bateria acabar e não lembro ao certo se cloncluí a instalação ou não, tem algum comando no shell que possa tirar essa dúvida? Ou qualquer ação relacionada ao HD como criar uma pasta e reiniciar a VM para ver se a pasta foi realmente slava já é o suficiente? Ah sim, duas coisas que eu esqueci de mencionar, já testei, criei uma pasta vazia e reiniciei e a pasta continua lá porém, o ícone Install BackTrack continua aparecendo na área de trabalho.
  2. Bom dia aí gente, me desculpem a pergunta que talvez seja bem nonsense, não sei mas, ainda não ví ninguém fazê-la. É o seguinte, eu já tive vários problemas tentando instalar o mysql então, instalei o easyphp (pacotão mysql, apache e php) que foi muito tranquilo, a questão é eu tenho como utilizar esse mysql e apache do easyphp para montar sistemas em Java com eclipse ? Se mais tarde eu optar por usar o Tomcat faço para dar stop só no Apache e deixar o mySql rodando?
  3. Valeu dif, brigadão pela ajuda, assim que possível vou tentar fazer isso tudo aí. Abraço
  4. dif deixa só eu te perguntar uma coisa antes de baixar pelo easyPHP e desculpe minha imensa ignorância mas, instalar tudo nesse pacotão vai dar algum conflito mais tarde quando eu tentar usar o mySQL com o netbeans ou eclipse ou ainda mais tarde quando eu tentar usar tomcat eclipse e mySQL ???
  5. Alguém por obséquio , pode me passar um tutorial infalível de instalação de qualquer SGBD mas, de preferência o mySQL, há quase um ano eu tentei instalar o PostgreSQL e não consegui, na verdade eu instalei e na hora de conectar com o banco de dados sempre dava um erro bizarro. Ontem eu tentei instalar o mySQL 5.algumacoisa, a última versão pelo instalador, instalou tudo e mais um pouco, workbench não sei o que... na parte de configuração as duas etapas deram erro, o instalador pulou as duas etapas e ficou do mesmo jeito, na hora de conectar, cadê que funcionava, desinstalei, instalei novamente e deu na mesma coisa, mesmos erros nas duas etapas de configuração, o instalador ignorou e continuo, também não funcionou. Eu preciso de um SGBD ... alguém pode ajudar? Ou me passar o tutorial com a fórmula mágica? O SO do note é windows 7,64 bit. Ah sim, faltou dizer que não sei por que mas esse instalador, instalou uma Command Line Client muito tímida, mal abro e ela se esconde uehuhuheuhe, fecha.
  6. Boa tarde gente, bom como muitos de vocês já devem ter ouvido isso, eu sou novo no Linux ueheuheeuheuh...no meu caso ubuntu, bom eu instalei em dual boot com o windows xp ontem... hj tentei instalar o eclipse pelo terminal com o comando "sudo apt-get install eclipse"...ele não instalou e depois que emitiu umas mensagens estranhas lá uahauhauah...apereceu "usuario@usuario-System-Product-Name:~$ " o que isso quer dizer? antes não tinha esse tal de System-Product-Name:~$...aaaah sim a versão do ubuntu q eu instalei é a última, 12.04...tenho quase certeza de que não tinha esse System-Product-Name, de onde saiu isso? pra q isso serve? ...acabei de executar o comando "sudo apt-get install eclipse" novamente e dessa vez deu certo...Mas mesmo assim ainda fica essa dúvida do usuario@usuario-System-Product-Name, alguém sabe o que é isso ou algum site na internet que explique isso?
  7. N0vato

    Palíndromo numérico

    Nossa que terrível uheuehueheu, obrigado pela correção LNW. É verdade dif, tem razão, obrigado pela sugestão, realmente valores booleanos são uma escolha muito melhor nessa situação, é que eu não tenho muito o costume de usá-los, mas é o que eu vou fazer.
  8. N0vato

    Palíndromo numérico

    Bom gente, eu toh aprendendo Java agora e estou tentando fazer o seguinte exercício: Um palindromo é uma seqüencia de caracteres que é lida da esquerda para direita ou da direita para a esquerda.Por exemplo, cada um dos seguintes inteiros de cinco digitos é um palíndromo: 12321, 55555, 45554 e 11611.Escreva um aplicativo que leia em um inteiro de cinco digitos e determine se ele é ou não um palíndromo.Se o número não for de cinco digitos, exiba uma mensagem de erro e permita que o usuário insira um novo valor. import java.util.Scanner; public static void main(String[] args) { int num; int flag; int a, b, c, d, e; num = 0; Scanner input = new Scanner(System.in); flag = 1; while(flag == 1) { System.out.print("Digite um número inteiro de 5 dígitos: "); num = input.nextInt(); if(num <= 10000 || num >= 99999) System.out.println("Erro. O número deve possuir 5 dígitos."); else flag = 2; } a = num / 10000; b = (num / 1000) % 10; c = (num / 100) % 10; d = (num / 10) % 10; e = num % 10; System.out.printf("%d %d %d %d %d\n" ,a ,b ,c ,d ,e); if(a == e && b == c) { System.out.printf("%d é um palíndromo!\n" ,num); } else { System.out.printf("%d não é um palíndromo!\n" ,num); } } Por que mesmo que eu coloque um número que é um palíndromo como os do exemplo, o resulta não é o esperado ? A sim, esqueci de dizer, a linha: System.out.printf("%d %d %d %d %d\n" ,a ,b ,c ,d ,e); eu coloquei apenas para ter certeza quais eram os valores armazenados em a,b,c,d e e.
  9. N0vato

    Template de Função

    Obrigado LNW, vou fazer isso sim, esse Visual Studio é muito temperamental, com certeza o GCC é mais estável, obrigado.
  10. N0vato

    Template de Função

    Infelizmente não compilou, estou usando o Visual C++ 2008...é estranho, não consigo achar o erro de jeito nenhum, apesar de eu lembrar vagamente que isso acontecia comigo há algum tempo com esse compilador, tipo compilador temperamental...não sei se esse é o caso agora, a mensagem de erro parece ser concisa, diz: error C2668: 'min' : ambiguous call to overloaded function could be 'T min<int>(T,T)' 1> with 1> [ 1> T=int 1> ] or 'const _Ty &std::min<int>(const _Ty &,const _Ty &)' 1> with 1> [ 1> _Ty=int 1> ] 1> while trying to match the argument list '(int, int)' 1 error(s), 0 warning(s) pelo que eu entendi ele não sabe se é uma passagem por valor ou por referência e isso está causando a ambiguidade, mas estranho isso, porque até agora o q eu ví de template, a chamada e a passagem dos parâmetros se faz desse jeito q eu tinha colocado mas sei lá, isso foi o q eu entendi.
  11. N0vato

    Template de Função

    É verdade LNW, obrigado pelo aviso mas, infelizmente continua dando o mesmo erro
  12. N0vato

    Template de Função

    Bom gente, não conheço muito de template então estava fazendo um programa tranquilinho pra tentar testar...fiz assim: #include<iostream> using namespace std; template <typename T> T min(T value1, T value2) { T minimun = value1; if(value2 < minumun) { minimun = value2; } return minimun; } int main() { int a, b; cout << "Digite dois inteiros: "; cin >> a >> b; cout << "Menor valor: " << min(a, << endl; system("PAUSE"); return 0; } e como não entendi o erro depois tentei separar num arquivo header e dar o include, deu o mesmo erro: Error 1 error C2668: 'min' : ambiguous call to overloaded function Alguém sabe dizer por que dessa ambiguidade, porque o compilador não conseguiu achar a lista de parâmetros (int, int) no caso já que a função é um template ? E como resolver ?
  13. N0vato

    Decimal -> Binário

    Bom gente acho q corrigi, não sei, toh tentando compilar no Visual C++ 2008 mas essa porcaria nunca funciona bem eu acho ueheuheue...tentei seguir o programa pelo Step Into, mas no for aninhado parece que acontece algum bug, pelo menos pareceu ou não sei se é algum detalhe que eu não estou vendo. O desafio era tentar fazer isso só com instruções de controle do 1 ao 256. Pra quem quiser dar uma olhada...fora que a pow sempre dá o problema de ambiguidade quando por qualquer coisinha então tentei fazer a eleva... #include<iostream> #include<cmath> using namespace std; int eleva(int e) { int res; res = 1; for(int i = 1; i <= e; i++) { res *= 2; } return res; } int main() { int num1,num2,num3,num4,num5,num6,num7,num8,num9,aux; int d; num1 = num2 = num3 = num4 = num5 = num6 = num7 = num8 = num9 = 0; for(int i = 1; i <= 10; i++) { aux = i; for(int n = 8; n <= 0; n--) { d = eleva(n); if(d > aux) { continue; } else { while(aux > 0) { aux -= d; if(d == 256) { num9 = 1; } if(d == 128) { num8 = 1; } if(d == 64) { num7 = 1; } if(d == 32) { num6 = 1; } if(d == 16) { num5 = 1; } if(d == 8) { num4 = 1; } if(d == 4) { num3 = 1; } if(d == 2) { num2 = 1; } if(d == 1) { num1 = 1; } } } } cout << num1 << num2 << num3 << num4 << num5 << num6 << num7 << num8 << num9 << endl; num1 = num2 = num3 = num4 = num5 = num6 = num7 = num8 = num9 = 0; } system("PAUSE"); return 0; } aaah sim, fiz só 10 iterações só para teste mesmo no primeiro for.
  14. N0vato

    Decimal -> Binário

    Fala aí gente tranquilo ? Eu sei que definitivamente esse não é o jeito mais fácil de se fazer isso mas, apesar disso acho que deveria dar certo. Alguém aí sabe por que não tá certo ? #include<iostream> using namespace std; int main() { int num1,num2,num3,num4,num5,num6,num7,num8,num9,aux; num1 = num2 = num3 = num4 = num5 = num6 = num7 = num8 = num9 = 0; for(int i = 1; i <= 256; i++) { aux = i; if(aux % 256 == 0) { num1 = 1; aux -= 256; } if(aux % 128 == 0) { num2 = 1; aux -= 128; } if(aux % 64 == 0) { num3 = 1; aux -= 64; } if(aux % 32 == 0) { num4 = 1; aux -= 32; } if(aux % 16 == 0) { num5 = 1; aux -= 16; } if(aux % 8 == 0) { num6 = 1; aux -= 8; } if(aux % 4 == 0) { num7 = 1; aux -= 4; } if(aux % 2 == 0) { num8 = 1; aux -= 2; } if(aux % 1 == 0) { num9 = 1; aux -= 1; } cout << num1 << num2 << num3 << num4 << num5 << num6 << num7 << num8 << num9 << endl; } system("PAUSE"); return 0; } Foi mal gente, já ví mil erros aí já. Acho que não dá pra fazer assim não.
  15. Fala aí gente, tudo bom ? Então, eu preciso fazer um trabalho para entregar quinta-feira que vem no máximo, na faculdade, mas o ruim é que vocês sabem como é faculdade né, máximo de teoria mínimo de prática, até que quando finalmente chega um prática interessante, o professor coloca um trabalho das galáxias pra gente fazer, pelo menos pra quem não tem contato nenhum com a prática e consequentemente uma parte técnica bem fraca. Bom o trabalho é esse, se alguém puder ajudar com o caminho das pedras seria excelente. "A partir de 4 máquinas virtuais criadas usando o VirtualBox, uma rede composta por um roteador e duas sub-redes deve ser criada com o seguinte arranjo: a) uma sub-rede (10.0.0.0/29) contendo uma estação rodando SO qualquer com browser insalado; uma sub-rede (10.0.1.0/29) contendo duas estações, uma rodando SO qualquer com browser instalado e outra rodando Linux com o servidor web Apache instalado; c) a quarta máquina virtual deve ter Linux instalado e funcionará como roteador, através do software Iptables, sendo que ela possuirá 3 interfaces de rede ao todo: uma para cada sub-rede e a terceira para a rede da Uniriotec. A máquina roteadora deverá fornecer acesso para a Internet. Para tal, ela precisará fazer DHCP para pegar IP da rede Uniriotec e, depois, fazer NAT a partir deste IP para as sub-redes internas. Qualquer máquina das sub-redes internas deverá poder acessar a Internet. No entanto, o servidor web instalado na sub-rede 10.0.1.0/29 deve ser acessado apenas pelas sub-redes internas, não podendo ser acessado externamente. Não é preciso configurar DNS interno para atribuir um nome ao servidor web, fica a critério do grupo. A configuração de rede será testada fazendo-se pings, traceroutes e acessando-se o servidor web. O tráfego de pacotes deve ser mostrado através do wireshark, que deve estar instalado tanto no roteador quanto no servidor web. Todas as configurações usadas deverão ser explicadas por todos os participantes do grupo." O grupo é de duas pessoas, mas nem eu nem meu amigo sabemos muito bem como fazer isso.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×