Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

lucianolcoa

Membros Plenos
  • Total de itens

    476
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

300

1 Seguidor

Sobre lucianolcoa

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    jundiai
  • Sexo
    Masculino
  1. Boa tarde pessoal. Estou montando um inversor de frequencia com o Ir, 2104 para um motor experimental que fiz. O problema é que o circuito funciona como ponte H, mas não funciona como inversor, ele fica querendo oscilar "mexer o motor" mas acaba não mexendo. testei onda quadrada também é a mesma coisa. VOu deixar em anexo o código que eu usei mais o esquemático do inversor.
  2. Boa tarde pessoal. Estou montando um inversor de frequencia com o Ir, 2104 para um motor experimental que fiz. O problema é que o circuito funciona como ponte H, mas não funciona como inversor, ele fica querendo oscilar "mexer o motor" mas acaba não mexendo. testei onda quadrada também é a mesma coisa. VOu deixar em anexo o código que eu usei mais o esquemático do inversor. Um adendo, no eagle ta o mosfet, mas usei IGBT, IRLZ44N
  3. @Silva Magalhaes Eras que não venho aqui. Nem lembrava mais desse código. No meu blog pessoal (que não mexo mais também) fiz um carrinho controlado por acess point. lá tem o código mastigado, com login e senha. Mas tem que fuçar no "void setup()" http://eletronicaeutilidades.blogspot.com.br/2017/04/robo-controlado-por-wi-fi-usando-o.html
  4. Consegui, deu certo aqui. Refiz o circuito com um mosfet do tipo p. Que, pela logica o gate e o drain são alimentados pela mesma tensão e o gate é desarmado por intermédio de um transistor auxiliar. Resultado: O transformador fritava ovos e o mosfet ficava de boa na lagoa. Agradeço em especial a ajuda do@Carlos Zanon . Foi bastante útil. Caso alguem precise fazer algo do genero
  5. @Carlos Zanon hum, valeu por esclarescer. tava acionando com 5 v do arduino.
  6. @Isadora Ferraz Mosfet estou usando o irf840, coloquei 2 em paralelo mas é que ja tinha feito o circuito como elevador booster. Não tem muito segredo, falam que o choque eletrico estimula novas celulas na planta dos pés. Mas valeu a dica, vou implementar na melhoria do circuito. Aqui tem uma matéria interessante que relaciona fascite plantar com tratamento de choques moderados http://blogs.oglobo.globo.com/pulso/post/tratar-lesoes-com-ondas-de-choque-pode-ser-solucao-513673.html
  7. Pessoal to com uma duvida. Minha mulher ta com os pés doendo (facite plantar) e o médico recomendou choques eletricos na planta dos pés para estimular melhoras. Sabendo disso fiz um circuito com arduino, mosfet e um trafo simples tipo esse aqui. Mas o mosfet esquenta com o uso. Não sei como dimensionar para continuar a tensão (60 volts). Sem o mosfet esquentar. Alguem tem uma ideia?
  8. @aphawk É mais de "verões passados" Que muitas vezes eu chegava aqui com uma duvida e a galera achava que eu não havia pesquisado antes. Expliquei que consegui declarar i digitalWrite direto no registrador, o que andei lendo por ahe que é 42x mais rápido que so colocar digitalWrite e também mudei o prescaler para fazer a leitura do adc mais rápido. Mas queria saber como declara digitalRead direto no registrador. Essa é a duvida em questão. digitalRead no registrador seria "rebaixar" a linguagem do arduino. Em vez de digitar int b= digitalRead(8); eu colocar um código em c que fasse isso mais rápido. Vi num blog que o comando para isso seria: //exemplo para o pino 8 DDRB=B11000001; PORTB=B11000001; bool x=(PINB &(1<<PINB0)
  9. Pessoal, to fazendo a leitura de uma roda fonica com arduino e, por conta da rpm elevada do bixão (por volta de 7 mil rpms) preciso fazer os digitalWrite e ler o sensor da forma mais rápida o possível Ja otimizei o código substituindo os digitalWrite por PORTB=B11000100(exemplo) também fiz uma máscara de váriavel para aumentar a frequencia da leitura do ADC, trocando o prescaler de 128 por 16 conforme a tabela mas, queria saber como fazer um digitalRead usando comandos do registrador. O que eu consegui encontrar foi usando o comando DDRX onde o x é a letra das portas, no caso do arduino: DDRD para portas de 0 a 7 DDRB para portas de 8 a 13 PINX para a porta em questão Mas, novamente, volto a perguntar. Como fazer digitalRead direto nos registradores para ganhar "tempo"?
  10. Tô ligado. Alterei a programação para a ponte h funcionar com motor dc e peguei um motor dc de impressora que havia comprado umas eras atras. Pois onda quadrada ou senoidal não tava "fumfando" no meu motor experimental. Bom, segui esse tutorial aqui : E ele funciona quando jogo o transformador. Até melhor que o do cara,pois dimensionei o capacitor,aumentei as espiras,diminui a lata,etc. Mas com o danado do inversor ele não funciona. A bobina até "vibra" ,mas o motor não gira. Mas no multímetro ele emite tensão alternada quando o Arduino e programado para tal e,controla o movimento de um motor DC. Quando alterei a programação e inclui um botão para alterar o sentido da rotação. Desisti desse esquema. Se alguém tem um método melhor de motor de indução agradeceria.
  11. Pessoal, alterei mais ainda o layout e ,.... descobri que a ponte H tava certa. O motor é que ta "errado". Fiz um motor experimental como projeto de faculdade e, tava tentando fazer ele girar com inversor. O inversor funciona naqueles motores dc de impressora, mas o que fiz de indução, não tá rolando... De qualquer forma segue o layout e o esquematico das minhas ultimas mudanças
  12. Por cautela eu no codigo desligo todos os mosfets antes de ligar qualquer sentido. Mas por curiosidade? Não posso mandar um "digitalWrite" do arduino ou qualquer microcontrolador na base do bc337? Queima os mosfets?
  13. Pessoal novamente eu postando aqui. Aquele esquemático que fiz de ponte h com mosfets está "errado". Coloquei errado por que ele tá meio confuso, e se voce "acionar cruzado" os 4 mosfets eles entram em curto queimando, apesar de que no multimetro acusa a tensão normal, percebi a entender isso e gastei um baita dinherão. Fiz outra ponte h que testei agora está pra láh de confiável.,falta testar com o motor também. O ruim é que a tensão fica limitada a tensão máxima do transistor auxiliar que to usando como driver. Como to usando o bc337 que, segundo o datasheet ele suporta 80 volts. Temo que no máximo essa ponte h forneca 70 volts sem complicações. Mas já é uma grande coisa. Segue o esquemático e a pcb adicionado 28 minutos depois Pessoal uma duvida. Usar mosfet como transistor driver iria aumentar a capacidade de tensão do circuito??? O protheus "não quis" emular o ci com uma potencia acima de 80 volts, o que virá em anexo a seguir:
  14. Pessoal, bom dia. Estava estudando em como se altera a frequencia de pwm dos pinos do arduino... Me deparei com essa tabela de valores em anexo. Queria saber se, tipo eu declarar TCCR1B = TCCR1B & B11111000 | B00000001; no void setup do arduino a frequencia altera para 31.375 khertz como fala essa folha. Uma outra dúvida. Lih em outros sites que a "função" TCNT=0; inicializa a variável contador para zero e , pelo que eu entendi, OCR1A=509; Seria uma espécide de PRESCALER que invocaria uma função a cada ciclo pelo comando: ISR(TIMER1_COMPA_vect){// interrupt when timer 1 match with OCR1A value //suas instruções } Queria mais "entender " isso. Sobretudo o OCR1A, como poderei chamá-lo. Desde já agradeço qualquer ajuda
  15. O ML me deixou na mão.... até comprei mas vai chegar só na 3° feira. E o projeto é segunda agora... Ahe foi deu....

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×