Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Mario S.A.

Membros Plenos
  • Total de itens

    288
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

45

Sobre Mario S.A.

  • Data de Nascimento 01-01-1994 (24 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Perto do fim e longe do mundo. Viajando pelo planeta - literalmente.
  • Sexo
    Prefiro não dizer
  1. Antes de embarcar... @Fernando Apratto Conheço o AOMEI, bom app! Ainda não superaram o problema com a partição OEM criada pelo fabricante nos notebooks, há bugs mesmo na nova versão. -.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Outra boa opção para quem gosta de baixar as atualizações e integrá-las na força bruta a nova imagem. Também serve como um ótimo "manipulador" de atualizações instaladas. http://www.majorgeeks.com/files/details/windows_update_minitool.html
  2. @marcelogon Prefiro não usar o Sysprep e fazer imagens atualizadas porém puras. Se for para fazer uma imagem exclusiva para meus equipamentos utilizo esse aplicativo aqui. Ele me permite criar a partição, ocultá-la e utilizar teclas de atalho para "recuperação" do windows. Tal e qual fazem os agregadores OEM. Una os dois métodos e você terá uma imagem do windows atualizadas até a data de criação, com seus aplicativos base e de fácil acesso no processo de recuperação. Bom, boa sorte. Quando puder volto!
  3. Ele, no modo nativo, instala apenas as atualizações ausente. O pacote completo que você baixa tem mais de 620 MB, todas as atualizações atuais e disponíveis no banco de dados estão lá dentro. O aplicativo checa as que já estão listadas no windows update, arquivo de log, e completa a rotina que se encarregará de descompactar e instalar o que falta. Por isso que é tão importante integrar o pacote completo, o aplicativo baixado, a nova imagem de instalação do windows. No entanto vale lembrar que mesmo o banco de dados que originou as atualizações do pacote não está completo. você precisará deixar que o windows faça sua própria varredura em busca de novas atualizações. ISSO SEMPRE OCORRERÁ. Já usei o Toolkit e não gosto!
  4. Use um bom tradutor: Lista de atualizações e outras instruções: http://update7.simplix.info/ Instruções iniciais para integração: http://forum.oszone.net/post-2293822.html#post2293822 Alternativa: http://forum.oszone.net/post-2609527.html#post2609527 Lembre-se de que você sempre pode utilizar compactação ESD. Boar Sorte!
  5. O App utilizado aqui foi alterado pelo desenvolvedor que lhe deu outro rumo. Para quem busca integrar as atualizações a uma imagem do Windows, SEJA QUAL FOR A VERSÃO, o melhor é buscar outra opção. No momento estou usando a do link abaixo: http://forum.oszone.net/thread-257198.html O site está em Russo, mas isso não é problema. Use um tradutor qualquer e leia com muita atenção. Quando houver tempo tento escrever um tutorial. PS.: uma vez executado em um sistema pt-br as instruções do App serão apresentadas neste idioma. Boa sorte.
  6. Primeiro vale lembrar algumas datas o Windows 7 foi lançado em 22/06/2009 e o Service Pack 1 foi liberado, salvo engano, em 11/03/2011. Isso quer dizer que entre 2009 e 2011 deveríamos ter um volume considerável de atualizações, uma base de dados de alguns gigas. Temos isso? - Mais ou menos. Os caras que mantém a base de dados atualizadas, as Update Lists, informam que as atualizações contantes nas listas Windows 7 são pós SP1. Claro que você terá atualizações não necessárias, atualizações regionais que não lhe servem e atualizações que não cabem no na sua instalação; isso é normal. Por outro lado você nunca terá uma imagem TOTALMENTE atualizada, que independa do windows update, isso seria um milagre já que a microsoft também atualiza, em alguns casos, drivers de hardwares e/ou adapta o windows a necessidades desses mesmos hardwares. O próprio horário de verão é uma atualização que não está disponível para todo o mundo. Isto posto... Neste momento são 616 atualizações disponíveis. Nem todas serão instaladas e todas são pós SP1. Eu ainda tenho a opção de escolher, via box de seleção, qual atualização quero integrar a minha ISO. Experimente colocar em ordem cronológica para ver quão poucas elas são entre os anos de 2009 e 2011. Não tenho aqui o link, mas você pode pesquisar no site da microsoft e encontrará a relação de KBs que compõe o SP1 do Win7 x64. Boa sorte!
  7. Não, se feito de forma correta você não precisa deixar nada de fora. É importante lembrar que a Microsoft tem retirado de sua base de dados as atualizações problemáticas. Se você montar sua nova imagem de instalação depois, bem depois, da segunda terça feira do mês, data em que as atualizações são liberadas, já haverá tempo para que as "problemáticas" tenham sido removidas e substituídas. Também é importante lembrar de "renovar" sua imagem de instalação de tempos em tempos pois muitas atualizações são substituídas. Esse processo se dá pelo Windows update normalmente, mas se estamos montando uma ISO desse tipo o que se pretende é ter as últimas atualizações disponíveis. Dá trabalho, mas vale a pena, especialmente para quem trabalha com manutenção e instalação de SO. Boa sorte. PS. O programa utilizado mudou. o autor o simplificou.
  8. Complicou! Notebook novo sem sistema operacional OEM instalado é raridade. Vi muito poucos e mesmo assim apenas em demonstrações de fabricantes. Se sua cópia é "varejo", daquelas compradas em loja com "caixinha", certificado e tudo mais o que você precisa é informar ao sistema o número do serial, product key, e validar automaticamente na net. Você também pode utilizar o link abaixo ou ligar para a microsoft e validar sua cópia via telefone. Clique aqui e depois clique em "Validar o Windows" Fora os "crimps" e algumas cópias muito modificadas, são poucas as diferenças entre versão "validada" e "não validada". Os bits de instalação são os mesmos, mas a principal é o serial. Antes de formatar, se é que eu entendi direito o que você escreveu, o ideal seria apenas mudar o serial e tentar a "validação."
  9. Conheço poucas razões para que se tenha um carregador de sistema operacionais no Windows 7 sem que haja, também, uma distro linux ou mesmo outro sistema windows (Que não necessitaria disso para dual boot). Se entendi direito, desde o início, os arquivos de boot do sistema estão em disco diferente do sistema. Então temos 2 problemas: Livrar-se do carregador; Corrigir o boot. Como livrar-se do carregador? Bem, eu só posso supor que ele foi usado e se assim ocorreu quem o fez sabe como remove-lo. Se é o seu caso recoloque os dois discos e remova. Para corrigir o boot você pode tentar repetir os passos do tuto anterior até os comandos no prompt. Lá substitua-os por: bootrec.exe /fixmbrbootrec.exe /fixbootbootrec.exe /rebuildbcd Uma linha de cada vez seguida de ENTER e reinicie ao final. Não esqueça de remover o segundo disco antes do procedimento. Isso vai reparar o MBR, corrigir ou reescrever os arquivos de boot e recriar o bcd completamente. No entanto é bom lembrar que o GRUB reside em alocação anterior ao carregamento do boot do windows. Logo, o ideal é remover o carregador antes de reconstruir todo o boot do windows. Só por curiosidade: A partição "reservada pelo sistema está no disco que contém a partição C: ou no seu disco de DADOS?
  10. GRUB???? Tente o seguinte: Retire o HDD de dados; Reorganize o Boot do sistema para iniciar pelo DVD e depois pelo HDD com a partição C:; Reinicie o PC com o Disco do Windows no Drive; Clique em reparar o computador; Deixe o o sistema localizar sua instalação do windows e clique em avançar( Isso não é tão importante nesse passo, mas faça para garantir que haja erro); Clique sobre o prompt de comando; Na janela do prompt digite os seguintes comandos, uma linha por vez, seguido de ENTER após cada linha: bootsect.exe /nt60 SYS /force Exit Na janela de opções clique em reiniciar; Retire o DVD do Windows e aguarde o reinicio do sistema. Se possível volte a qui e informe o resultado.
  11. Complicado.... Ao que parece um, ou vários, componentes do Windows update estão corrompidos e dificilmente serão corrigidos. Você pode tentar reparar o sistema com outra abordagem, tenha em mãos o DVD de instalação do Windows: - Clique em iniciar e em "pesquisar programas e arquivos" digite "cmd" (sem aspas); - Clique com o botão direito no ícone do prompt de comando e execute como administrador; - No prompt digite: sfc /scannow - Aguarde o fim do processo e siga as instruções, caso haja alguma; - Reinicie o sistema após o processo e tente novamente executar a ferramenta de preparação indicada no post anterior. ((((TENHA CERTEZA DE QUE A VERSÃO ESCOLHIDA CORRESPONDE A DE SEU SISTEMA)))) Caso haja nova falha você deve tentar o procedimento contante no link abaixo ((((FAÇA MANUALMENTE, dessa forma você poderá identificar o ou os pontos exatos em que a falha ocorre.)))) http://support.microsoft.com/kb/971058/pt-br Por fim, se tudo mais falhar, repare o windows reinstalando-o. Para evitar a formatação pura e simples use o tutorial no link abaixo para guia-lo: http://www.sevenforums.com/tutorials/3413-repair-install.html Use o tradutor do Google se necessário.
  12. Execute o Sysprep com opção Generalize antes de clonar o HDD. Isso irá "generalizar" a imagem retirando os drivers e preparando o sistema para o primeiro uso. Depois faça o clone do HDD com sistema offline. Quando o cliente ligar seu equipamento terá que cadastrar usuário, informar product key, verá a tela de boas vindas, instalará drivers específicos.... O inconveniente é que ainda haverá resíduos de dados do usuário criado junto com a "imagem mãe" o que pode ser facilmente removido com uso de outra conta administrador e o modo seguro do windows. sysprep /generalize /oobe /shutdown
  13. Tenta com esse software: Zotac WinUSB Maker Ele é simples, rápido e bastante eficiente. O vídeo abaixo mostra o uso do help´do app além de seu funcionamento na criação de um pen bootável.
  14. Tente: Ferramenta de Preparação para atualização do sistema Windows 7, clique na arquitetura correspondente a de seu sistema. x86 x64 Baixe e instale... Siga as instruções, reinicie e teste novamente. Se possível retorne o resultado.
  15. Bom, vamos lá! Meu modelo de segurança - Tipo "Casa da Moeda": - No que é meu só eu ponho a mão; - Não executo pendrives, Cds e DVDs de estranhos; - Antivírus tem que passar no teste: Clique pra ver; - Anti Malware e addware: Malwarebytes é bom, mas sozinho não faz milagre tem que ter atenção; - Varredura completa semanal com todas as ferramentas de defesa; - Atualização: Não apenas do windows como também de TODOS os aplicativos instalados. Photoshop, Flash e Java já tiveram vulnerabilidades exploradas; - Criptografia apenas em discos auxiliares ou secundários com informações importantes; - UAC no "médio": Nada de escurecer tela pra chamar atenção; - Hosts: MUITA ATENÇÃO!!!! - Boa parte dos ataques ou infecções na net podem ser evitados com bloqueios simples. Nesse caso bloquear os sites é a melhor solução e para isso o windows possui um mecanismo básico e eficiente, o arquivo hosts. Clique aqui e saiba mais. Exemplo de bloqueios: CLIQUE AQUI. Eu ainda coloquei aí o Facebook, o twitter e um monte de links AdSense do Google; - Imagem personalizada de recuperação em disco diferente do sistema - Recovery partition como os integradores OEM; - Backup semanal de arquivos e configurações adicionais; - Boas práticas na net e no uso do equipamento - Isso, e apenas isso, já garante 80% da segurança necessária. Tudo isso aí vale tanto para as versões do windows quanto para o Ubuntu, respeitados os limites de cada um.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×