Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Logan Angel

Membro Pleno
  • Total de itens

    35
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1

Sobre Logan Angel

  • Data de Nascimento 11/09/1991 (29 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Patos - PB
  • Sexo
    Masculino
  1. @basto__ Utilizei este método porém não obtive bons resultados e abandonei.
  2. @dif Muito obrigado, era exatamente este tipo de explicação de código que eu precisava, muito obrigado a todos que colaboraram.
  3. @psykotico Obrigado por dispor seu tempo, isso tudo é exatamente o que eu já sei, o que eu estou querendo entender é sobre o funcionamento do código em si, por qual motivo ele é escrito da forma que é, por qual motivo preciso criar classes diferentes para fazer as inserções, exclusões, buscas e etc dentro de minhas filas, pilhas ou decks, isso não é explicado, só fazem botar uma foto de uma pilha de pratos e depois entopem códigos na tela, que para mim, que não sei de quase nada, não fazem o menor sentido. Obrigado pela dica do array, irei procurar sobre isso, estou com o livro "use a cabeça
  4. Estou cursando computação e chegamos na parte de filas, pilhas e decks, e como em qualquer universidade pública, o assunto é jogado em nossa cara, um monte de slides com códigos e mais códigos complicados são passados, mas nenhuma explicação de funcionamento ou analogia é dada de modo que possamos compreender o funcionamento dessas funções. Sair de um simples System.out.println("Hello World!"); e me exigir um deck é, no mínimo, uma falta de noção da parte de um professor que, indagado, só responde redundâncias que não ajudam. Os colegas mais experientes poderiam me ajudar a entender o funci
  5. @Fervolt Muito obrigado por compartilhar seu conhecimento, eu tinha esse receio da tinta secar e entupir tudo na cabeça de impressão, valeu por nos dizer o resultado de sua experiência. Pessoal, estou nesse momento corroendo a placa que fiz usando minha impressora 3D, quando terminar a corrosão eu venho postar o resultado, e se eu não encontrar nada por aqui eu crio um tutorial no forum. Abraço a todos.
  6. Obrigado Ricardo. Quanto ao uso da caneta permanente sobre o papel foto: NÃO FUNCIONA! Acabei de testar, tentando a transferência térmica. O jeito é rodar até achar alguma xerocadora que tire xerox no papel foto. Preciso desse circuito pra ontem, Mas assim que tiver condição, eu testo a tinta na impressora, ja tenho o cartucho, só falta limpar, encher e mandar ver a placa na impressora
  7. Olhem só, demos um enorme avanço então: - Graças ao IjMonteiro, compreendemos que as trilhas podem apresentar problemas - Graças ao Ricardo S Ferreira, sabemos que alguém já fez algo parecido, portanto não é impossível. Agora vamos às palavras do cara do vídeo: (respostas encontradas no youtube, no canal MicroControlado) - Olá, Eu comprei este modelo por ser o mais barato que utiliza a tinta DuraBrite. Tem que ser com esta tinta, a tinta convencional sai na água durante a corrosão. A existência do scanner durante a desmontagem e remontagem atrapalha um pouco. Contudo, depois
  8. Olá pessoal, Estava eu aqui matutando em um modo de fazer minhas PCBs juntando a técnica da "Xerox em papel gloss" com a antiga arte de usar "caneta permanente para desenhar CIs na mão livre". Meu problema é o seguinte: Tenho desejo de fazer placas para chips cada vez menores, e como sabem, é praticamente impossível (não digo que completamente, por que algum asiático deve conseguir, tenho certeza ) desenhar trilhas de LQFP à mão usando uma caneta permanente. E na minha cidade, nenhuma xerocadora faz o favor de xerocar em papel gloss, que segundo eles: "Pode arranhar o rolo" (sei bem onde
  9. @aphawk concordo com você. Ps.: O desenho foi só ilustrativo mesmo, sem nenhuma preocupação com a arquitetura "viável". Até por que sabemos que nenhum transistor é construído assim mesmo.
  10. @aphawk acho que não tem resposta melhor pra sua pergunta final do que a postagem da @Isadora Ferraz "Bacana sua máquina. Pode gerar algum trabalho.. mas escuta aqui.. o que que a gente vai fazer com os escravos?" compreende? Sobre a questão de " e consequente dissipação do CI. E claro, custos !" esse é um ponto muito legal do ternário. Conhece o SETUN? Pois bem, foi o modelo ternário criado pelos Russos (só isso já explica muita coisa) e ele consumia 1/6 da energia que um computador binário na época para fazer os mesmos cálculos, alem de poder calcular e armazenar 30 vezes mais usando o mes
  11. @aphawk o "Não" foi em relação a extensão da resposta. Você foi excelente no que toca a " custos, tecnologia" (a vigente na época foi decisiva na hora dos fabricantes decidirem qual das tecnologias iriam produzir, visando o $$$). Todavia, pecou na hora do exemplo prático. O "ternário" que você citou, por exemplo: "um sinal com amplitude entre 2 e 3 volts", "um ganho ENTRE UMA FAIXA de valores". Está mais próximo da computação quântica (aqui entra o gancho para a minha resposta a @Isadora Ferraz): Na quântica os "bits" são classificados de acordo com o numero de eletros presos entre cé
  12. Obrigado por tentar estender tanto sua resposta @aphawk , mas... Não! @Isadora Ferraz a analogia foi boa, mas são coisas distintas, obrigado. Continuo aguardando uma resposta, grato.
  13. Alguém poderia me dizer o motivo pelo qual a computação ternária foi abandonada ou descontinuada? Até onde sei não existe processadores ou computadores completos funcionando com a tecnologia ternária. Gostaria de saber o motivo que levou ao abandono do ternário e utilização total do binário como base tecnológica. Seria por custo ou tempo maior de produção quando comparado ao binário? Qual o motivo? Grato a todos.
  14. Amigo, estou com o mesmo problema, eu sei que se utiliza piezo-eletrônico como sensor de baterias eletronicas, esses não são dificeis de se conseguir, mais o problema é que eles tem sinal fraco e precisam de amplificaçãopara disparar o circuito. Quanto ao som produzido, acredito que vai sofrer bastante até achar uma solução, você deve ter notado que em varios videos do Youtube, eles dizem ter feito uma bateria eletronica, mais só tocam uma nota por vez, e geralmente é apenas um "bip", já que os PIC's ou AVR's usados não tem capacidade de processar "sinais sonoros simultaneos", acredito eu que
  15. Tambem estou pensando em compra-lo, o problema é que é um modelo novo e não tem muita gente que tenha ele pra dar uma boa opinião, mais vamos ver se aparece alguem que ja tenha comprado pra nos dizer se vale ou não, mais as comfiguraçoes deles são ótimas, só de ter placa da vídeo já é bom d+! valeu. Há, esse preço é bom a vista, se for comprar parcelado no cartão aconselho nas Casas Bahia, lá o preço é só R$ 10,00 a mais, mas tem a vantagem de não ter juros no parcelamento! Fica ai a dica, o meu irei comprar lá.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: ebook Redes Wi-Fi

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!