Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

samagowy

Membros Plenos
  • Total de itens

    57
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

19

Sobre samagowy

  • Data de Nascimento 01/10/1986 (32 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Petropolis/RJ
  1. @Atretador Sabe dizer qual foi a CPU usada nos testes da GT 1030? Acho que para ser realmente válido o teste, a GPU 1030 deveria ter sido testada usando o CPU Ryzen 5 2400G, e comparar a diferença somente entre as GPUs Vega 11 e 1030. Outro ponto, no vídeo não está claro qual a versão da 1030, já que tiveram GPUs dessas com memórias DDR3. Seria legal esclarecer esse ponto, mas é bom ver como cada uma se comporta.
  2. E muito. Vai que não vai ter problema. Só procuraria pesquisar mais quando for adquirir a 1060, pois já temos placas melhores, com menor consumo e a depender da época, até mais desempenho e mais barata. Exemplo: 1660 ou sua versão ti.
  3. Como os demais já falaram, a sua config é boa, e indicaria quando possível colocar um outro pente de memória para utilizar o Dual Channel. Se o objetivo da placa de vídeo comprada for para jogar em Full HD beleza, está tudo certo, mas não forçaria mais nada além disso, já que o modelo que adquiriu é um model da RX580 de 4GB. Atente a um fato. Os processador Ryzen 2200G e 2400G da AMD, assim como os novos 3200G e 3400G possuem apenas 8 pistas PCIe de comunicação da VGA. Este limite não existe nos demais processadores da linha Ryzen acima desses modelos com vídeo integrado. Não será um problema se você mantiver o foco nesta configuração que disse antes, mas também pode ser facilmente resolvido trocando num futuro o CPU por um 2600 por exemplo.
  4. Vou dar a minha resposta, mas cada um pode completar conforme a sua visão. Gargalo no sistema ocorre quando não se consegue alcançar um determinado ponto de desempenho que se espera. Vou usar aqui como exemplo jogos e seus FPSs. Uma pessoa que deseja jogar os seus jogos a taxas de 60FPS (em qualidades altas de gráficos e filtros, digamos 1080p como resolução), precisa montar um computador que suporte esta necessidade. Digamos que ao montar uma máquina você decida investir muito em uma VGA que segundo testes alcança o esperado 60FPS sem nenhum problema, mas falta-lhe dinheiro para investir num bom processador que mantenha esses quadros sempre na taxa dos 60. Então neste hipotético cenário, onde se invista na compra de uma 1080ti para alcançar os 60 FPS, mas se coloque um processador como o Pentium Gold, ou AMD Athlon 200GE você poderá ter um "gargalo"! Digamos então que está se mantendo taxas de 45 FPS. O "gargalo" neste caso, ignorando todas as demais variáveis, é a CPU. Ou seja, gargalo é o componente limitador no seu setup que não permite que você alcance o objetivo desejado. Neste exemplo, seriam os 60FPS. Qual seria a solução para o "gargalo" no exemplo acima? Investir num outro processador que possa "empurrar" o desempenho da GPU para que se alcance o objetivo. Em suma, se você não colocar um objetivo ao montar um computador, você poderá sempre encontrar pontos onde você vai chamar de "gargalo". No seu caso, posso identificar gargalos de diversas naturezas e para diversos fins, contudo, vai depender do seu objetivo final. Agora usando os dados da sua configuração e um cenários mais específico, contudo ainda hipotético, onde você deseje jogar jogos AAA a 60FPS usando resolução em 1080p e qualidade alta e média de texturas e filtros. Neste caso, o primeiro componente que pode ser o gargalo é a VGA. Mas caso você opte por trocar a VGA para uma mais nova e com capacidade para alcançar os 60 FPS, então poderemos ter outros pontos onde o limitador possa ser a CPU, ou a fonte, etc.
  5. @MxGamesPlay_BR O seu pacote i3 + Gt630 são um limitadora depender do jogo que esteja tentando rodar. O modelo da Zotac deve estar no máximo da capacidade e por isso está fazendo muito barulho. Se isto está ocorrendo só na hora dos jogos, eu não acho que fará muita diferença entre tirar a placa e usar os gráficos integrados do i3 ou a placa. Mas acho que o desempenho pode sim ser influenciado por não usar a placa off. Mas isso só será sentido no uso de Games. O melhor é fazer um teste e ver como vai se comportar, já que os gráficos integrados do i3 8100 são os mais básicos, logo vale testar se aguenta ou não.
  6. @Luxceed Tente fazer a seguinte configuração. Abrindo o msconfig, configurar o windows para reiniciar somente com o básico, como se fosse uma reinicialização pura. Na aba Inicializar, marque a caixa de ocultar serviços da Microsoft e desmarque todos os demais serviços. Salve e reinicie o sistema. Após reiniciar, verifique se o sistema apresenta o mesmo problema. Retorne pra gente aqui. @Math.Pi Concordo que pode ser paginação, mas já tive problema similar com o notebook que usava e o problema estava num processo da Intel que estava ocupando tempo demais de processamento no disco. Depois de fazer algumas configurações no windows o mesmo problema reduziu muito. Mas o uso do HD Tune sempre ajuda a verificar o estado do sistema.
  7. @WOZ Dods Obrigado pela dica. Vou adquirir um novo cabo HDMI e tentar ver se resolver o problema usando outra porta do VGA. Retorno aqui depois de testar esta hipótese.
  8. @sdriver Entendi o seu ponto. E concordo com o que falou, só acho que o que estamos vendo hoje no mundo é a nova realidade de que o overclock, comum colocado em CPUs e GPUs, tendem a ter menos importância, já que as próprias fabricantes, estão entregando os produtos já extraindo o máximo que o produto, ou pelo menos bem próximo disso, pode entregar.
  9. @Gabriel Torres Obrigado! @GabrielLP14 Sobre o que falou, eu compreendo que isso seja parte por melhora na geração de processos de fabricação, geração a geração. Contudo, ainda vejo que isso pode ser uma melhora considerável nas empresas em aplicar novas tecnologias para extrair o máximo dos produtos e entregar sempre o melhor (intel mentirosa, coff coff), e com isso as margens diminuírem. Vejo o mesmo pelo lado da AMD que nos recentes Ryzen 3000 com o uso do PBO, permite que de forma automática o CPU alcance os melhores clocks, frequências, etc. Vejo isso mais pelo lado da concorrência que voltamos a ter, do que pelo lado só do fabrico. @sdriver Eu concordo com o que disse antes, mas nesta parte me permita discordar. Até porque o overclock é um processo que já existe a bastante tempo, e inclusive há equipes e pessoas no mundo que trabalhando para tentar explorar os limites de alguns hardware, por diversos fatores, não somente buscando só aumentar clocks. Não vejo a possibilidade do overclock como efeito colateral de um processo de fabricação ruim. Mas obviamente, que o foco das fabricantes não passa primeiramente pelo over.
  10. SSDs não fragmentam dados, e isso é reduziria a vida útil da sua unidade. Faça o monitoramento, e o que você pode tentar fazer é reaplicar o overclock feito anteriormente na memória, e testar se fica estável. Pode ter ficado alguma informação perdida ou, sei lá, não sei se a memória pode ter guardado algum resquício de registro do over anterior. Nunca vi isso acontecer, mas Murphy não deixa barato nesses casos.
  11. @Wanderley Segantini O que vai definir o gargalo será a sua GPU na sua configuração atual. O que vai determinar o tamanho do gargalo será a resolução que escolher na hora do jogo. Se manter a mesma resolução que usa hoje não haverá perda de desempenho, mas terá de qualidade, pelo tamanho da Imagem.
  12. Isso que você fez foi o que dissemos, 4 pares. No caso, o que chamamos disso é pares em cores. Mas que bom que resolveu. Um abraço
  13. @Acodo O seu limitar mais crucial no momento é o conjunto base, CPU+Placamãe+Memória. Só neste conjunto você vai gastar na faixa de uns 1000 reais. Vale a pena investir sim neste conjunto, e principalmente se conseguir vender essas que já possui, tentar trocar a VGA para um mais potente. A depender do jogo que está querendo e a configuração que quer jogar, a 1050 não vai muito longe. O @Math.Pi indicou uma boa configuração, e se você não for muito exigente, vá de Ryzen 5 1600 que tem boas promoções por ai até uns 400, que já vai ser um upgrade excelente.
  14. @Jackson Porciúncula Você está usando um cabo de 2 pares, e isso limita a velocidade da conexão de rede. Use um cabo de 4 pares, e o problema deve se resolver, conforme o @Math.Pi disse acima.
  15. Bom dia a todos do CDH. Estou com um problema recorrente e gostaria da ajuda de todos para tentar resolver. Problema -> Possuo um Monitor/TV LG 22LS4R, modelo de 2009 que uso como Monitor no meu PC. O que está acontecendo é que o sistema está funcionando perfeitamente, mas simplesmente tem dias que ao ligar, após o loading do windows, chega na tela de login, e nesse momento, o monitor perde as referências de configuração de vídeo e fica na mensagem de Sem Sinal. As vezes, após alguns comandos no teclado que mapeei, consigo trocar a resolução de vídeo para qualquer outra, e a tela volta a fornecer sinal normalmente. Contudo, o problema de Auto ajuste de Resolução volta a aparecer e fica piscando a tela. O problema ocorre as vezes durante horas de trabalho, gameplays, assistindo vídeos, ou até mesmo quando fica em standby, o monitor simplesmente não volta a dar sinal, sendo necessário o reboot do PC. Já tentei usar resoluções bem inferiores, do HD pra cima, e nada. O mesmo ocorre. O problema acontecia também as vezes com outro monitor 21 polegadas que eu tinha, usando a mesma porta VGA. Este monitor/tv LG tem resolução máximo de 1600 x 1050 em qualidade 1080i a 60Hz. Já o usava antes do windows 10, no windows 7 e não passava por este problema. Já usei vários drivers da AMD e o mesmo problema. Também testei a saída HDMI direto na minha TV 43" e funciona perfeitamente. Uso no PC no momento a saída DVI da R7 260X usando um cabo cross VGA/DVI. Já testei a placa de vídeo no computador de um amigo por 1 semana e os problemas não ocorreram. Não estou conseguindo também usar as saídas HDMIs da VGA para o monitor, pois o mesmo não parece identificar o sinal. Contudo, sei que a HDMI da TV funciona pois possuo um TV BOX com conexão HDMI plugado na mesma HDMI da TV e funciona sem problemas. Então estou na situação que não sei qual o problema e como resolver, e no momento não tenho disponibilidade de grana $$$$ para investir num novo monitor. Será que alguém já passou por problema parecido e possa me ajudar? Meu PC é o seguinte: Ryzen 5 2600 em stock usando o Cooler box. placa-mãe - Gigabyte A320M-S2H. Todos os drivers atualizados, exceto a BIOS que deixei na Versão F24, pois as posteriores só alteram questões para os novos Ryzen 3000. SO - Windows 10 com a última build de Maio atualizado, mas o problema persiste desde dezembro 2018 com todas as builds anteriores. RAM: 2 x 8GB 2400Mhz Corsair Vengeance. Placa de vídeo: Radeon R7 260X 2GB, Modelo da Gigabyte também. Driver de vídeo instalado: Adrenalin 19.8.1. os anteirores 19.5.2 e 19.2.3 também me davam os mesmos problemas. SSD Kingston A400 240GB - Sistema instalado nele. Outros 2 HDDs para salvar outros dados. Fonte Corsair CX 650W 80Plus Bronze. Monitor/TV LG 22LS4R conectado via porta VGA num cabo Cross VGAxDVI sem adaptador. Conto com a ajuda de todos. Obrigado.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!