Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

GuilhermeGB

Membros Plenos
  • Total de itens

    10.229
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

4.194

Sobre GuilhermeGB

  • Data de Nascimento 30-05-1998 (19 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Pimenta Bueno/RO
  • Sexo
    Masculino

Meu PC

  • Processador
    Core i5 3470 3.2GHz
  • Placa de vídeo
    ZOTAC GTX 660 AMP! Edition 2GB GDDR5 192-bit
  • Placa-mãe
    Asus H61M-A/BR
  • Memória
    10GB DDR3 1333MHz
  • HDs
    WD 500GB + SG 1TB
  • Fonte
    Seasonic SS-350BS 350W 80 Plus Bronze
  • Monitor
    TV/Monitor Philips 23"
  • Sistema Operacional
    Windows 10 Pro x64
  • Browser
    Google Chrome

Meu Smartphone

  • Marca e modelo
    Samsung Galaxy J7 (J700M) ROM Genesys Xperience Android 7.0/Kernel Afterburner N

Meu Console

  • Modelo
    Playstation 3 Super Slim 250GB

Outros

  • Ocupação
    Estudante de Engenharia Elétrica
  • Interesses
    Jogos e Tecnologia
  1. Então, tem outro problema: esse modelo de placa-mãe (IMPH61 ou PMH61) geralmente apresenta problemas de incompatibilidade com placas de vídeo mais atuais, por ser uma placa-mãe da 2ª geração, já bem antiga, e fabricada no Brasil com componentes de baixo custo para computadores pré-montados, então já fica bem complicado tentar investir aí sem certeza de funcionamento.
  2. Watts reais eu não sei, mas ela diz ser 400W, mas nem um pouco confiável. Como já disse o colega acima, compre outra fonte.
  3. Simples: o E7500 tem FSB 1066MHz, o E8400 tem FSB 1333MHz, chegar a 3.8GHz no E7500 exigiria mais ou menos o mesmo FSB para 3.16GHz no E8400.
  4. Tenho aqui um HD WD Caviar Blue (AAKS) de 500GB que uso como HD principal, porém já há um bom tempo ele vem apresentando problemas. Comprei ele la pro fim de 2014 ou começo de 2015, não lembro bem, eu utilizava Windows 7, depois passei a usar o Windows 10 e lembro que iniciava super rápido, fiquei até impressionado. Mas de uns anos pra cá começou a ficar cada vez mais lento, o Windows 10 agora leva minutos para iniciar, e depois que inicia demora mais algum tempo até o PC ficar "utilizável" (HD principal em 100% de uso). Fiz uma formatação no começo do ano achando que iria resolver, mas continuou na mesma. Já desativei vários processos, deixei só o básico mesmo, fiz desfragmentação, check disk, nada adiantou. Nos teste não apresentou nenhum bad block, a velocidade aparentemente está dentro do normal (faixa de 100 a 120MB/s para leitura e gravação), pesquisei sobre esse problema e vi que várias outras pessoas que utilizam o HD com problemas parecidos. Alguém aí já passou por algo assim? Conseguiu resolver? Caso não haja solução, estou pensando em deixa-la como HD secundário e usar meu Seagate de 1TB como principal, o problema é que tinha uns 800GB em jogos divido entre os dois HDs (andei apagando alguns, então devo ter menos agora), e não tenho onde fazer backup.
  5. Bom, placas custo/benefício mesmo só a partir da RX 560/GTX 1050 que estão na faixa de R$500. Mas nessa faixa aí as menos piores são as GT 1030 e RX 550, mas de custo/benefício não têm nada.
  6. @Rômolo Samuel Então realmente está esquentando demais, um processador deve ficar abaixo de 50ºC usando normalmente.
  7. @Rômolo Samuel Se essa temperatura for rodando jogos, pode ficar tranquilo.
  8. @Rabitt Scorsese Eu acho que está até barato demais, se for montar separado em outra loja vai passar disso. O Pentium G4560 foi feito exatamente para jogos e-Sports, baixo consumo energético e preço, bom desempenho single-threading (essencial para jogos MMO). EDIT: Na verdade o preço tá quase o mesmo, erro meu.
  9. Existem 3 tamanhos diferentes dessas correias, independente da marca, pois são todas importadas. Se não me engano as mais recentes usam o mesmo tamanho, mas as mais antigas mudam.
  10. Os processadores AMD possuem sensores bugados, pelo que ouvi falar, então não dá pra confiar 100% na temperatura que alguns programas reportam. De qualquer forma, é IMPOSSÍVEL um processador se manter a 20-30 graus, na verdade é muito difícil ficar abaixo de 40ºC a menos que você more em um lugar muito frio. Também não é bom que o processador chegue na faixa dos 70ºC, se essas temperaturas forem reais você deve começar a perder desempenho e é perigoso trabalhar acima de 70ºC. Verifique o sistema de refrigeração do seu PC, estado da pasta térmica, instalação do cooler, etc.
  11. Então, estou com um controle pirata de PS3 (réplica do original) que não quer funcionar mais via bluetooth, nem no PS3, nem no PC e nem no celular, funciona somente com cabo USB conectado. Eu comprei esse controle de um colega achando que era original, mas logo descobri que se tratava de uma réplica, acho que nem ele sabia, ele usava apenas para jogar no PC. No começo quando ele não queria funcionar sem fio bastava eu liga-lo no USB do PS3 e depois desconectar, agora nem isso. Desconfio que o problema seja físico, então gostaria de saber se existe alguma coisa que eu possa fazer pra ele voltar a funcionar ou não? Obrigado.
  12. Os smartphones Android utilizam a tecnologia chamada big.LITTLE, onde geralmente possuem dois processadores, o "big" que é o mais potente para quando você for usar algum aplicativo pesado (jogo, por exemplo) e o "little" que é um processador de baixo desempenho e baixo consumo energético usado o tempo todo para aplicativos simples, internet, etc. Atualmente (como no caso do S8) os núcleos de alto desempenho são os Cortex A73 e os de baixo desempenho são os Cortex A53. Celulares de entrada geralmente possuem apenas o Cortex A53, alguns possuem dois processadores quad-core baseados no Cortex A53, porém um com clock mais alto e outro mais baixo, com a mesma função citada acima. No caso do meu celular, tenho dois processadores quad-cores baseados no Cortex A53 de mesma frequência, mas na maioria dos casos apenas um fica ativado, e quando precisa de mais desempenho são ativados três núcleos de cada ou até os quatro.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×