×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Renato.88

Membro Pleno
  • Posts

    8.227
  • Cadastrado em

  • Última visita

Tópicos solucionados

  1. O post de Renato.88 em Como alterar valor de um potenciômetro? foi marcado como solução   
    Vai dar 12,5kohm.
    Pode escolher entre 12 e 13k, existe os dois pra vender. 
     
    Vai uma perna de cada resistor ali no lugar do fio azul (tira ele fora). 
    As outras pernas dos resistores você liga no fio rosa. 
    O fio azul do cabo preto se mantém no ponto marcado como gnd. 
  2. O post de Renato.88 em Transformador e capacitor queimados foi marcado como solução   
    Seus diodos podem ter ido junto também, se não foram é porque seu trafo era fraco de pouca corrente e não suportou o curto circuito causado pelo capacitor invertido. 
     
    Em eletrônica quando tem algo errado, os mais fracos perdem. Se o trafo tivesse uma corrente maior iria ver os diodos partirem ao meio. 
  3. O post de Renato.88 em Display HS-3191AS: qual a pinagem? Onde encontrar datasheet? foi marcado como solução   
    Quando eu compro displays diferentes, eu pego duas pilhas vou testando os segmentos e anotando num papel. 
    As vezes a gente até encontra datasheet, mas na maioria das vezes estão em chinês e não ajuda muito. 
    Esse display eu também já comprei dele, já fiz a anotação de sua pinagem, veja:

    As letras de A a G definem um padrão para qual segmento deve acender, se não conhece o padrão pode procurar no Google, ae acha fácil. PD é o ponto decimal. 
    Significa se ali nos terminais marcados como comum a alimentação deve ser positiva ou negativa. Isso é útil ao se utilizar um CI dedicado ao controle dos displays, pois se um CI é feito pra trabalhar com o anodo comum o display deve ser do mesmo tipo e vice-versa. 
    Se tratando de micro controladores podemos inverter a polaridade via programação. 
     
    O display anodo comum tem seu terminal principal positivo e os restantes são negativos. 
    No catodo comum é somente o contrário. 
  4. O post de Renato.88 em Usando um transistor junto com um reg. LM 78xx piora o Ripple Rejection ? foi marcado como solução   
    Nas fontes que eu já fiz, fica na mesma coisa. 
  5. O post de Renato.88 em Compilador para MCU PIC foi marcado como solução   
    Esse trabalha com Assembler, é outro tipo de linguagem. No caso a original dos PICs, pois esse aplicativo é fornecido pela Microchip, a, empresa que os fabrica. 
     
    Esse é parecido com o CCS, segue a mesma linguagem mas com diferenças. 
    Vai de cada um, mas eu particularmente acho o CCS melhor pra trabalhar. 
  6. O post de Renato.88 em Sobre adc e microcontroladores foi marcado como solução   
    Com HT12E/D da certo somente se transmitir um único toque do joystick. Não tem como regular a velocidade dos motores. 
    Para regular com o movimento Analógico precisa de um projeto personalizado com micro controladores. 
    Aqui há um exemplo:
    http://picsource.com.br/archives/5913
  7. O post de Renato.88 em É possível alterar a tensão de uma fonte? foi marcado como solução   
    Nesse caso, continua na mesma. 
    A Plaquinha mostrada acima te atende. 
  8. O post de Renato.88 em Datasheet display relogio 7 segmentos foi marcado como solução   
    Me lembrei que tinha uns esquemas daqueles Rádios-relógios antigos, estão num velho esquemário da CCE, tirei duas fotos deles.
    Os CIs TMS3450 e LM8560 são a mesma coisa, já substituí um pelo outro nesses aparelhos e funcionaram do mesmo jeito.
    Apesar da numeração diferente também no display, eles seguem um padrão.
    De um esquema para o outro se nota pequenas diferenças nas ligações do display, elas são referentes àquelas "bolinhas" que acendem nos cantos. Elas servem para indicar se a hora é PM ou AM e também se o despertador está acionado, nos dois modelos têm diferenças nessas funções.
    Caso seu display aceite também é possível mostrar a hora em 24h, pra isso o pino 28 deve ser ligado ao + da fonte.

     

  9. O post de Renato.88 em Como fazer aterramento correto em amplificador de áudio? foi marcado como solução   
    Tô chegando no meio da conversa, mas.... 
    Na verdade já está, ou pelo menos deveria. 
    Veja:
    Se você liga num PC, toda a carcaça de metal, o pino do meio de sua tomada, os fios pretos da fonte e todas as conexões na parte traseira estão ligadas juntas. 
    Inclusive a malha daquela saída P2 de áudio que tem na traseira dele. 
    Então a malha terra também vai para o seu amplificador e entra em contato com o secundario de sua fonte. 
    Se não estiver é porque tem mau contato outro ligação errada. 
    Meça a continuidade aí com o multimetro na escala dos 200R. 
  10. O post de Renato.88 em Quando usar potenciômetro ou reostato, qual diferença deles para um dimmer? foi marcado como solução   
    Primeira coisa, potenciômetro e resistor variável é igual, servem pra controlar a corrente.  
    Exato, a diferença é que este suporta mais corrente que um potenciômetro. E aí responde a sua próxima pergunta:
    O dimmer mesmo com mais componentes é mais barato, menor e mais eficiente que o reostato. 
    Também controla alguns tipos de motores, como por exemplo os usados em ventiladores. 
    Qualquer resistor em série com outras coisas desperdiçam energia, no seu exemplo da lâmpada o calor que estaria na lâmpada vai para o resistor. 
     
    E ainda tem outra coisa que não apareceram nas perguntas, mas é interessante você saber:
    Como os tais reostatos são caros e obsoletos, só sobraram os potenciômetros de pista de carbono e os de fio. 
     
    Os potenciômetros de fio são um pouco caros, mas tem alguns usos específicos pra eles. 
     
    Já os de pista de carbono são bem baratos, fáceis de achar e são os mais usados. 
    Só que tem um problema, suportam pouca corrente. Você não pode ligar neles diretamente uma lâmpada ou mesmo um motor pequeno que eles queimam. 
    Sempre que for usar um potenciômetro desses ele deverá estar acompanhado de um circuito eletrônico projetado especialmente para a carga que deseja controlar. 
     
  11. O post de Renato.88 em Entendendo THD x watts (distorção x potência) foi marcado como solução   
    Depende da tensão da senoide da entrada e do ganho. 
    Por exemplo, se seu amplificador tiver um ganho de 100 vezes, ao aplicar aproximadamente 150mV terá os 30W na saída. 
     
    Por outro lado, se subir a tensão para uns 180mV terá os 40W.
    Sendo assim os 18V terão uma tensão de pico de mais de 25V que estão bem perto da tensão de alimentação, como existem as quedas de tensão nos transistores vai chegar no topo da alimentação e vai distorcer. 
    Se ficar subindo muito a tensão de entrada na senoide chega um momento em que ela vira uma onda quadrada na saída. 
     
  12. O post de Renato.88 em Queimei a escala 200 mA do meu multímetro, como consertar? foi marcado como solução   
    Já achou o defeito! É 0R99 Ohms mesmo, tenho deles em tamanho grande retirado de uns multímetros antigos que eu desmanchei. 
    A medida é estranha mesmo, o objetivo é somar 1R. Ele está em série com o outro shunt ali do lado, o que comanda a escala de 10A. Sim, tô falando do "fio grosso" ele tem resistência de 0,01R.
     
  13. O post de Renato.88 em Headset multilaser PH101, como reparo? foi marcado como solução   
    Então basta apenas cortar o fio antes desse ponto quebrado e fazer uma nova solda. 
  14. O post de Renato.88 em Projeto de fonte de bancada linear e valvulada de 30V 10A foi marcado como solução   
    @Ferox Graxaim quando se precisava controlar alta corrente vinda de válvulas se usavam os transformadores. 
    Num amplificador de potência por exemplo, a a válvula comanda alta tensão e baixa corrente no primário para obter alta corrente e baixa tensão no secundário e assim funcionar o alto falante. 
    Só que nesse caso teremos corrente alternada. Mas uma ponte de diodos e um bom capacitor nos traz a corrente contínua na saída do trafo. 
     
    Fica o desafio pra você conseguir um trafo adequado e uma maneira de controlar o sinal certo na grade da válvula. 
     
  15. O post de Renato.88 em Comutação automatica de alimentação usando transistor . foi marcado como solução   
    Use apenas dois diodos... 

    No 1 vai o positivo da fonte, no 2 o positivo da sua bateria e no 3 o seu amperímetro. 
    Não sei se o seu amperímetro funciona com o os 15V, se não funcionar use um regulador 78 qualquer coisa de tensão adequada a ele antes do diodo. 
    Pode usar 1N4007 ou outro equivalente de 1A. 
  16. O post de Renato.88 em Medir tensão AC na escala de corrente 10A danifica o multímetro? foi marcado como solução   
    Ao que parece sim. 
    Esse que queimou é o tal do resistor shunt que eu disse acima. 
    Antigamente usavam um de potência bem alta, aí quem queimava era a placa caso não tivesse fusível. 
    Nem compensa trocar, é muito difícil achar um pra comprar. O valor dele é de 0,01R.
     
    Compensa somente se achar um em alguma sucata de outro multímetro estragado em outro lugar. 
  17. O post de Renato.88 em É possível ligar potenciômetro em paralelo? foi marcado como solução   
    Não. 
    A solução que tem é:
    Controla a velocidade somente em um ponto, o liga e desliga é possível fazer em dois lugares (ou até mais). 
    ____________
    Porém, com um circuito eletrônico personalizado é possível fazer a façanha, é algo que não existe pronto pra vender teria que projetar e montar. 
  18. O post de Renato.88 em Sobre o funcionamento do contador 4017 foi marcado como solução   
    Nada. A contagem fica parada. 
    Não. 
    Não importa o tempo, o que interessa é a transição. 
    Usando o pino 14 como entrada, a contagem só avança quando a tensão sobe. 
    Já se usar o pino 13 a contagem só avança quando desce. 
     
  19. O post de Renato.88 em Diodo Antiparalelo com Motor esquentando foi marcado como solução   
    Coloca um diodo rápido de corrente maior. Esses 1N4007 e seus derivados não servem. 
    Por exemplo um FR302 retirado de uma fonte de PC velha resolve. 
  20. O post de Renato.88 em Posso usar um BC337 no lugar de um BC548? foi marcado como solução   
    Também não funciona... 
    Pra cortar o pnp precisa de 12V, seu circuito só fornece 5V. 
    Aí teria que fazer um par usando um BC337 junto. 
    Siga com o pino 4 do 555 que é melhor. 
  21. O post de Renato.88 em É Possível ligar um potenciômetro de 10k linear na saida de um amplificador? foi marcado como solução   
    Nesse caso só potenciômetro de fio mesmo, geralmente são de 50 ou 100R. 
  22. O post de Renato.88 em É Possível ligar um potenciômetro de 10k linear na saida de um amplificador? foi marcado como solução   
    Nesse caso só potenciômetro de fio mesmo, geralmente são de 50 ou 100R. 
  23. O post de Renato.88 em É Possível ligar um potenciômetro de 10k linear na saida de um amplificador? foi marcado como solução   
    Nesse caso só potenciômetro de fio mesmo, geralmente são de 50 ou 100R. 
  24. O post de Renato.88 em Ligação de leds em um motor foi marcado como solução   
    Só consigo pensar numa chave dupla, de 6 pinos. 
     
    Ou então um relé, mas aí fica mais caro já que terá que ser com a tensão da rede ou então fazer uma gambiarra pra usar relés de 12V que são mais baratos. 
  25. O post de Renato.88 em Como descobrir o pino positivo do alto falante no TDA7374. foi marcado como solução   
    Pinos 1 e 15.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Como ganhar dinheiro montando computadores!

MINICURSO GRÁTIS!

Como ganhar dinheiro montando computadores!

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE AGORA MESMO!