Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

vangodp

Membros Plenos
  • Total de itens

    1.518
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Tudo que vangodp postou

  1. existem 3 formas de passar um objeto... copia, ponteiro e referência.
  2. https://ark.intel.com/content/www/es/es/ark/products/80815/intel-core-i5-4590-processor-6m-cache-up-to-3-70-ghz.html
  3. ficou maneiro.
  4. #include <iostream> #include <sstream> #include <cstring> using namespace std; int main (){ int n = 12345; stringstream ss; char s[100]; ss << n; strcpy(s, ss.str().c_str()); cout << s; cin.ignore(); return 0; }
  5. Na verdade a pergunta está muito mal formulada, e desta forma é impossivel ajudar até que volte e a defina melhor.
  6. o problema pode ser esse?-> scanf ("%s", &fita); Se fita é uma string não deve por o & adiante no scanf, é regra. Lembre... NUNCA PONHA & ADIANTE DE STRINGS OU PONTEIROS adicionado 1 minuto depois confesso que n compilei o programa para ver si os if funcionam corretamente mas acredito que funcione bem uma vez arrumado esse problema do &
  7. vangodp

    C++ Problema em String C++

    c é para ler uma só letra e guardar em um char, a s é para ler um conjunto de letras e guardar em um vetor, que também é um conjunto de chars. Na comparação? Não funcionaria. Se você vier de outras linguagens como c#, java, python, php, c++, etc, talvez você estará acostumado a fazer comparações como esta -> if(oponente == "caio"), mas isso em C não é permitido, o programa terá comportamentos não desejados por isso deve usar a função "string compair"(strcmp). E o fato de fazer strcmp(...)==0 é que essa função retorna 0 em caso das 2 strings serem idênticas. você incluiu a biblioteca string.h? Se não ponha ao inicio do arquivo #include<string.h>. Essa biblioteca tem uma serie de funções que ajudam na manipulação de strings. Se rodar o código de wesquel tem que funcionar perfeitamente. Se seu programa não funcionar poste ele completo, comentando as partes que tiver mais problemas. adicionado 2 minutos depois Talvez n compreendamos sua lógica, e o que você quer realizar, e por isso fica difícil lhe ajudar.. se quiser mandar o código completo certamente será ajudado.
  8. não trabalho com isso, se eu usar 1500 euros para um licença dessas para não ganhar nada é ruim >_<
  9. E quanto custa a licença? É vitalícia ou subscrição? adicionado 5 minutos depois O loco! 1500 euros haha.
  10. Esse embarcadero é grati$?
  11. leia uma linha do arquivo original, e procure essa linha no arquivo a comparar(ler uma a uma cada linha do segundo arquivo), se é igual, anote 1(uma linha igual), leia outra linha do arquivo original e compare ela novamente com as linhas do segundo arquivo. Vamos supor que o segundo arquivo tem 1800 linhas e o original 2000, use a regra do 3, "Si 2000 linhas são 100%.. 1800 são...?".
  12. Sentido contrario? Ele quer entender o funcionamento interno como você mesmo falou. Que há de contrario nisto?
  13. tem que ver com as tabelas virtuais(v-table) e os ponteiros virtuais(vptr). Se buscar essas palavras no google vai sair. Se souber inglês ta aqui explicado-> Se tiver algo de tempo logo tento explicar... Ou se alguém se aventura melhor >_<
  14. while(1)??? você ta programando um bug? Isso é um poço sem fundo que consome todos os recursos do computador. Praticamente não há diferença entre while(1) e while(-1000), é um "loop infinito". Se precisar repetir um programa continuamente use algum timer para "frear"(função sleep) um pouco isso.
  15. Se é só para 2 valores é só usar um contador. Cada vez que o usuário entrar com o valor 0 você incrementa o contador, depois você grava X zeros no vetor, sendo X o valor do contador, e o resto uns. >_<
  16. Podia economizar umas quantas linhas si usar o valor de retorno do scanf junto a uns especificadores e o strlen. Deixo constância que não provei a fundo, não sei se tem bugs etc. #include<stdio.h> #include <string.h> int main() { char placa [10]; int resultado = 0; do { printf ( "Entre con la placa\n" ); resultado = scanf ( "%3[A-Z^\n^' ']%4[^A-Z^a-z^\n^' ']%*c", placa, &placa[3]); fflush(stdin); printf("scanf leu %d valores\n\n", resultado); int letras = strlen(placa); if( letras != 7 ) { printf("Longitude de formato invalido(%d). ", letras); resultado = 0; } printf ( "Formato placa: \"%-7s\"\n\n", placa ); getchar(); } while ( resultado < 2 ); return 0; }
  17. É só declarar menu como int em vez de void, e dentro de menu guardar o valor de retornado por excluiralunodedisciplina, para logo retornar esse valor a main de volta.
  18. você quer imprimir no main mas você ta chamando excluiralunodedisciplina dentro da função menu, e depois você chama novamente excluiralunodedisciplina em main... o correto é chamar só dentro do menu. adicionado 6 minutos depois E para que fique claro, return serve para duas coisas... deter o programa e retornar um valor. Até uma função void pode ter um return, porém sem valor, tipo void foo(){ return; }. Se uma função for declarado como int, você pode ter 200 returns dentro de ifs, switchs, etc, mas antes de sair da função você precisa por um return algo fora desses casos.
  19. Tem uns quantos "bugaços" neste programa. Por exemplo... Em char unidade[9][5] está permitido 9 strings de 5 caracteres como muito, a string "quatro" tem 7 chars, já sei que vai me dizer que estou louco, porque tem seis letras, mas lembre que você tem que deixar uma a mais, para o nulo, seis mais um, sete, tamanho minimo dessa string deveria ser char unidade[9][7], ou para não ficar curto, como os outros unidade[9][20]. Sem contar que você tem 10 strings nessa matriz, e você só declarou 9. >_< Arruma esses bugs rapaz... e logo me conta como te foi. adicionado 2 minutos depois arrume tanto a quantidade de elementos como a quantidade mínima de chars que deve ser a da maior string contida na matriz mais 1. adicionado 3 minutos depois Vou dar uma pista... Tem erros tanto em unid como em dez.
  20. seu processador é de 64 bits conforme intel-> https://ark.intel.com/content/www/es/es/ark/products/74744/intel-core-i3-3250-processor-3m-cache-3-50-ghz.html O que você precisa é de um sistema operativo de 64 bits porque se você inserir mais de 3 gb seu processoador não vai reconhecer o restante. você pode instalar um modulo de 8 gigas mas o sistema só reconhece 3, se trocar para um de 64 bits reconhece os 8 gigas. procure no google "como saber si meu sistema é de 32 ou 64 bits".
  21. prova fechar o arquivo cada vez que você altera-lo. As mudanças costumam se guardar somente depois que você fechar o arquivo então obviamente a cada alteração você deve fechar o arquivo e antes de altera-lo você deve abri-lo novamente. #include <iostream> using namespace std; int main (){ FILE * f; f = fopen("file.txt", "r+"); int n; if( !f ){ perror("Erro ao abrir arquivo file.txt"); getchar(); exit(1); }else{ fscanf(f,"%d", &n); rewind(f); //Rebobinando a fita... XD fprintf(f,"%d", ++n); fclose(f); } cin.ignore(); return 0; } pode ser automatizado repetindo tudo com somente chamar uma função: #include <iostream> using namespace std; void incrementa(char * nome ){ FILE * f = fopen( nome, "r+"); int n; if( !f ){ perror("Erro ao abrir arquivo"); getchar(); exit(1); }else{ fscanf(f,"%d", &n); rewind(f); //Rebobinando a fita... XD fprintf(f,"%d", ++n); fclose(f); printf("No arquivo tem: %d\n", n); } } int main (){ incrementa( (char*)"file.txt"); // O cast (char*) evita choros do compilador incrementa( (char*)"file.txt"); cin.ignore(); return 0; }
  22. bota "list all process cpp" no google que algo você encontra >_<
  23. cin.ignore() o que faz é pausar o programa

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

ebook grátis "Aprenda a ler resistores e capacitores", de Gabriel Torres

GRÁTIS! BAIXE AGORA MESMO!