Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Eletronortico

Membros Plenos
  • Total de itens

    78
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Tudo que Eletronortico postou

  1. Boas, Preciso de alicate amperímetro, ou multímetro que aceite pinça amperimétrica, para medir Corrente Contínua (125Vcc) e que consiga medir a partir de pelo menos 10mA. O modelo mais próximo que achei foi o Fluke a3004, que mede em duas faixas, de 0 a 21mA CC e de 21 a 100mA CC. Só que não mede acima de 100mA. Alguém conhece um alicate amperímetro que faça leitura de, pelo menos, de 10mA a 1000mA CC? Objetivo do uso: Encontrar fuga a terra sem necessidade de desligar disjuntores CC em painéis de subestações de transmissão de energia. LPP_Encontrar Fuga a Terra CC sem abrir DJ.pdf
  2. Pra quem gosta de colocar a mão na massa, vai aqui uma ideia e tanto: "Faça a sua própria bateria com sucata de aço e latão". Na teoria: Peque sua sucata de aço e latão. Coloque isso em um pote de vidro de geleia da vovó. Preencha com água e resto de sabão em pó e detergente de lavar roupas - estes contém hidróxido de potássio {KOH}. E Chazam, você tem sua bateria. Vale lembrar que é preciso fazer a anodização do ferro-latão. Segue abaixo ilustração de como é feito a anodização Eu com certeza vou testar em casa. Depois coloco o resultado aqui! A fonte da matéria é essa: https://news.vanderbilt.edu/2016/11/02/making-high-performance-batteries-from-junkyard-scraps/ Bateria que os cientistas criaram: Não existe risco de explosão, tendo em vista que o material não é inflamável, pois é diluído em água, diferente das baterias de chumbo ácido e de lítio, que aparentemente já estão explodindo. O que acharam da ideia dos cientistas?
  3. Diz que limita diz que não http://g1.globo.com/economia/noticia/anatel-diz-que-nao-pretende-reabrir-debate-sobre-limite-na-banda-larga-fixa.ghtml É um disse que me disse danado!
  4. Boas, Conforme estudo da EPE apoiado pela USP, a transmissão de Energia Elétrica em Corrente Contínua é mais vantajosa para linhas com comprimento superior a 1.500 kM. Fonte: https://www.usp.br/agen/?p=207540 No entanto, vale ressaltar que no Brasil o potencial hidrológico para geração de energia é maior na região norte, tendo em vista que já foi bem esplorado nas regiões mais populosas, e como a região com maior potencial hidrelétrico não precisa tanto de energia como as regiões mais populosas, e como o Brasil é um pais de dimensões continentais, justifica-se o fato de linhas tão cumpridas, como as que interligam o sistema de geração Acre/Rondônia (Usinas Jirau e Santo Antônio) ao sudeste brasileiro. As duas linhas de transmissão mais longas no Brasil são as que interligam as subestações de Porto Velho - RO, á de Araraquara - SP, são 2.375km de linha. (Segue arquivo em anexo). A propósito, não tem como comparar pau a pau o sistema elétrico americano com o brasileiro, pra poder comparar os USA teria que evoluir em muito para chegar perto do Brasil. Se não fosse pelo sistema robusto de transmissão elétrico brasileiro, na crise hídrica (falta de chuva) que tivemos no centro oeste pra baixo em 2014 e 2015, haveria caos com a falta de energia. O sistema americanos não é interligado, ele é subdividido em 3 partes, já no Brasil, o sistema é interligado em todos os estados (exceto Roraima), por isso o sudeste não ficou no escuro, pois usou energia hídrica do norte do Brasil. E havia linhas de transmissão prontas para fazer essa compensação da falta de geração hídrica na região centro oeste para baixo. Hoje o sistema de transmissão é duplicado, se perder uma linha, por raio, vandalismo, queimada, etc., a outra assume sem corte de energia. O sistema de proteção, relés de proteção das linhas de transmissão são duplicados nas linhas da rede básica, e nas linhas acima de 500kV o sistema de controle também é duplicado, se falhar um tem o outro. E diferente do sistema de supervisão do sistema americano, que Hackers já invadiram a distância, aqui eles tem que entrar em uma subestação ou usina, pois a rede de comando/supervisão é blindada, sem conexão com a internet. Existem oportunidades de melhoria? Com certeza, geração de energia perto dos consumidores é o que tem que ser feito, pode ser solar, eólica, com as ondas do mar, com as correntes marítimas, etc. Mas, como o potência hidrelétrico é muito grande, temos que aproveitar, e fazer muitas usinas, principalmente fio d'água, sem reservatórios. 07_LOTE_LG_CC_Madeira.pdf
  5. Boas, Quando você desliga ele, continua a ter tensão nas tomadas, ou realmente ele desliga as tomadas? Se for só pelo LED aceso, nada a ver, mas se ele mantem ligado as tomadas, abre o seu filtro e dê manutenção na chave, com pouca coisa tu resolves. Veja se o valor do fusível está compatível com a carga que tu colocas na tomada, pois se alguém queimar, tem que ser o fusível primeiro, e não por último. Se quiser aprender mais sobre filtros de linha, veja esses links:
  6. Alimentar motores CA com inversores é algo que não não usual. Por isso a maioria usa direto motores CC. Mas há controvérsias, veja esta matéria interessante sobre o uso de inversores para o controle de rotação de motores: https://prezi.com/l45uedrz--r1/inversor-de-frequencia/ Se tu quiser saber mais a respeito, veja esse artigo de um inversor da Weg que alimenta motores: http://ecatalog.weg.net/files/wegnet/WEG-motores-de-inducao-alimentados-por-inversores-de-frequencia-pwm-50029351-artigo-tecnico-portugues-br.pdf Tu precisa varia rotação dos motores ou não? O motor é simples para girar um eixo, ou tu precisas de moto bombas?
  7. Boas, Qual potência você precisa alimentar? sugestão: Caso esteja utilizando baterias automotivas, o ideal é colocar elas em paralelo e não em série. Pois se for em série e pifar uma das baterias, o circuito se abre e você perde todo o banco de baterias, mas se for em paralelo, caso perca uma das baterias, você só diminui a potência do banco, isso aumenta em muito a confiabilidade do circuito. Para baixas potências, no mercado se acha facilmente inversores 12Vcc/127Vca.
  8. Boas, Realmente a sugestão do Variac é a que fica mais em conta, a priori! Mas, qual potência de saída você precisa? É pra ficar ligado direto ou só pra testes em bancada? Tu vai alimentar motores ou iluminação, etc? Se a fonte for para uma bancada, Variac é o melhor, mas se você precisa de mobilidade, então o mais leve seria um retificador e inversor. O Variac utiliza um transformador (bruto mas resolve). No entanto, se for pra ficar ligado direto, o fator de potencia baixo aumenta o consumo elétrico. Sendo assim, responda as perguntas para podermos te ajudar conforme suas necessidades específicas.
  9. Boas, Veja se atende a informação neste link: https://social.msdn.microsoft.com/Forums/pt-BR/37730e47-e705-472b-af3c-da8605faa2d1/como-pararinicializar-servio-do-firebird-via-cdigo-c?forum=adoptpt
  10. Boas, Se tu precisas de DUAS fontes, sendo uma positiva e outra negativa, a figura acima com duas baterias atende. No entanto, se você precisa de APENAS a fonte negativa, é só usar 1 bateria com polarização invertida na ligação. Outra opção é trocar as baterias por carregadores de celular.
  11. Boas, Veja link: http://br.ccm.net/faq/19040-reparar-um-disco-rigido-bloqueado-em-raw
  12. Boas, Trabalho em subestação de transmissão elétrica, entre outros, temos barramento de 125Vcc, com bancos de baterias, etc, para equipamentos essenciais. Notei que existem roteadores e monitores instalados há pelo menos 4 anos aqui, e que estão sendo alimentados em 125Vcc, quando saem de fábrica com INPUT previsto de 100-240Vca. Pergunto: Qual a explicação técnica para eles funcionarem? E quais os perigos em se fazer este tipo de ligação?
  13. Boas, Veja se uma dessas alternativas te ajuda: Veja se a tecla SAP está ativada para outro idioma ou canal de áudio diferente. Vá em configurações de som, e veja se está desligado a opção MUTE ou MUDO, dae é só apertar o MUDO no controle e ver se volta; http://www.ehow.com.br/resover-problemas-audio-tv-led-samsung-como_20773/ http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2016/01/como-testar-o-som-e-imagem-de-uma-smart-tv-samsung.html Se não der certo, avise!
  14. Boas, Solicito suporte para arquivo .bat que não executa pelo Windows 10. Meu script: robocopy "\\cmt\DOCUMENTOS OPERACIONAIS" "C:\Documentos Operacionais" /mir /UNILOG:"C:\Documentos Operacionais\LOG_%date:~0,2%.%date:~3,2%.%date:~6,4%_%time:~0,2%h%time:~3,2%m.txt" exit Esse script executa normalmente pelo "Prompt de Comando". No entanto, o arquivo .bat não executa, já compilei para .exe e também não executa. A máquina dos usuários rodava normalmente os arquivos .bat e .exe com Windows 7, e quando foi atualizado para o 10, tivemos esse problema.
  15. Boas, Já encontrei a solução! O .bat estava salvo como UNICODE, mudei e salvei como ANSI. Agora está funcionando certinho!
  16. Boas, Em um circuito fase-fase 380V, eu acredito que não dá pra usar uma chave bifásica que garante isolação de só 250V, o risco de curto entre fases é alto, pois a isolação garante 250V e aplicar 380V (duas fases) é um risco. Mas se tu que é o cara tá dizendo que dá, então devo rever meus conceitos.
  17. @Dom Bonilla É isso ae, se usar essa chave para seccionar duas fases de 220V (Fase-Neutro cada uma), a isolação entre as fases nessa chave não será suficiente e poderá ocorrer um curto circuito.
  18. @Shell_y Boas, Respondendo os itens: 1) Em um circuito como o citado a tensão é igual a zero pois está em curto circuito, ou seja, não tem diferença de potencial pois estão interligados com resistência elétrica insignificante entre os terminais, e a corrente tende ao infinito pois a resistência elétrica tende a zero. Tensão = Resistência * Corrente Tensão = 0 * Corrente Tensão = 0 2) Uma fonte ao liberar corrente para o circuito leva em consideração a resistência equivalente de todo o circuito, por isso, ela libera só o necessário para o mesmo. 3) Um LED (Diodo Emissor de Luz), assim como os diodos tem em sua constituição "semicondutores" (algo que está entre um condutor e um isolante), sendo assim, o LED também possui resistência a corrente elétrica. OBS: Como a resistência do LED é baixa, normalmente, associam-se a ele resistores em seu circuito para diminuir o fluxo da corrente e evitar a queima do mesmo. Imagine o seguinte: Em uma casa temos uma caixa d'água (representando a fonte elétrica), um encanamento (o circuito elétrico), e várias torneiras (representando as resistências), quando você abre uma torneira é como se você estivesse conectando uma resistência aos dois terminais da fonte. Nesta residência para analisar tu abres somente uma torneira, e percebe que a vazão de água é de 10l/m, sendo assim, a mesma vazão de água você terá na saída da caixa d'água, pois tem somente uma torneira aberta. Não se deve ilustrar/comparar a corrente elétrica com a pressão da água, mas podemos comparar com a vazão de água, compreendes?
  19. Boas, Um transistor ou transistores podem ser usados para proteger um circuito elétrico substituindo o uso de uma ponte de diodos? O que fica mais em conta para um pequeno circuito, de forma geral?
  20. Eu preciso criar uma proteção para a entrada do inversor de 12Vcc/127Vca. (Eu carrego ele, bateria automotiva, entre outros, para alimentar alguns equipamentos em locais sem energia elétrica). Num lapso de bobeira, inverti a alimentação e queimei um de 500W e me deu um bom prejuízo, além da falta que me fez no dia em que eu precisava dele. Agora eu quero providenciar uma proteção pra evitar isso, e a primeira que pensei foi em uma ponte de diodos. No entanto, após uma pesquisa que realizei vi em um site sobre utilizar 2 transistores pra fazer a mesma função, caso uma pessoa ligue o circuito errado, ele não vai queimar. Mas não achei mais o site e tentei reproduzir várias configurações de ligação dos transistores e não encontrei uma que fosse mais prática que a ponte de diodos. A minha dúvida é essa, se alguém já tinha visto isso! Quando falo em proteção com ponte de diodos, é isso... Para a figura abaixo, onde está entrada AC, considere entrada CC, só que com fator Kagasso, de poder ligar em qualquer posição e não der pau.
  21. Já calculaste o tempo que vai durar a bateria com o som ligado? Qual a potência do Note e do amplificador? Qual a impedância das saídas do amplificador, e qual o esquema elétrico e impedância dos sonofletores? Podemos ajudar em algo mais, ou tô querendo ensinar padre a rezar?
  22. @Renan Andrade_721437 Boas, Segue exemplo deste transistor como amplificador de tensão para lâmpada: Esse daqui é pra interromper e liberar corrente, exemplo de sirenes atuadas por relé foto elétrico 741:
  23. @JimyPiazedo tu deves ter o cuidado de avaliar os dados de placa dos seus equipamentos elétricos, exemplo: Se eles suportam 50 e 60Hz e se eles suportam de 110Vca a 127 ou 220Vca. Pois se os seus equipamentos forem somente 127V, mas suportarem 50/60Hz, mesmo assim, tu diminuirá a vida útil dos teus equipamentos, pois eles estarão operando em 110V (no Paraguai), ou seja 14% menor que o nominal! Para compensar, e manter o valor da potência haverá aumento similar do valor de corrente no circuito do seu equipamento. Por isso, mesmo que seu equipamento suporte 50Hz, mas em 127V, ele vai operar de forma não ideal, sendo assim, ainda vale lembrar o que os comentários acima citaram, talvez seja melhor vender tudo o que não se enquadra nos requisitos mencionados e comprar tudo de novo. Mas, se achas que vai perder dinheiro pense em comprar os retificadores e inversores, pesquise o preço no Paraguai. @_xyko_ valeu por relembrar a importância não só da frequência, mas da tensão diferenciada no Paraguai.
  24. @JimyPiazedo Boas, O ideal é vender e comprar tudo de novo para onde você vai! Outra opção é comprar um inversor de frequência, achei um por R$ 3.250,00 no ML. (Salgado hein!) http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-717176020-inversor-de-frequncia-weg-cfw-11-sem-uso-trifasico-5060hz-_JM Como este tipo de equipamento é muito caro, pense bem! Mas se tu tens uma ligação emocional com teus equipamentos, a forma mais barata de te atender é fazer o seguinte: Retifique a tensão alternada para tensão contínua. Use um inversor da tensão contínua para alternada em 50Hz. No Paraguai tu vais encontrar equipamentos mais baratos do que no Brasil, terás de calcular a potência consumida dos teus equipamentos para comprar para cada equipamento seu: 1 Retificador de 110V 50Hz para 24Vcc ou 12Vcc (Recomendo tensões maiores de corrente contínua para te facilitar a ter mais potência.) 1 Inversor de 12 ou 24Vcc, conforme a saída do seu retificador, para 127Vca. (Caso os seus equipamentos sejam 127Vca) Acho melhor várias fontes do que uma só! Deve sair mais em conta. Se tu quiser montar o retificador e inversor, podemos colocar esquemas elétricos aqui.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×