Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

brucebond007

Membros Plenos
  • Total de itens

    80
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%
  1. @Manjaro valeu cara, quanto a versão procuro uma versão que ainda de pra baixar os serviços somo samba, squid e dhcp, mas na dúvida baixo a mais recente de 32 bits mesmo....
  2. gente é o seguinte, tenho que instalar ubuntu em umas máquinas mais antigas de processador de 32 bits, porém entro no site do proprio ubuntu e não encontro sequer a versão de 32 bits que com certeza foi descontinuada.... pior que tenho até um cd de uma distruição mais antiga de 20 e bolinha, porém não dá pra baixar e instalar serviços como squid, samba, apache e outros.... alguém conhece algum local onde eu poderia baixar uma versão de 32 bits do ubuntu que ainda baixasse e rodasse esses serviços?
  3. to estudando sobre o hardware dos servidores e me deparei com a imagem abaixo: Gostaria de saber nessa imagem que hardware seriam esses CIOv connector, Cffh conector e o interposer de 10 Gb?
  4. @Hugh Laurie muito obrigado pelas informações, então eu não preciso registrar os meus sites criados por exemplo no virtual hosts no registro.br? para acessar o site não é obrigatório ter o dominio registrado nesse registro.br então?
  5. Algumas coisas de hospedagem que ainda não entendo. tipo segui os passos para configurar o apache virtual hosts conforme esse tutorial: https://www.digitalocean.com/community/tutorials/como-configurar-apache-virtual-hosts-no-ubuntu-14-04-lts-pt porém dá certo também configurar um servidor web pelo serviço no-ip por meio dos passos desse outro tutorial: https://www.boadica.com.br/layoutdica.asp?codigo=423 então não entendi muito bem a complicação do primeiro tutorial sendo que o no-ip oferece isso de maneira mais fácil. Outra coisa que não entendo é pelos passos do segundo tutorial, ou seja, pelo no-ip dá pra associar sempre o ip do servidor web com o nome do dominio, ou seja, daria pra acessar pelo nome de dominio de qualquer broswer, mas li também a questão do registro.br, onde é feito o registro do dominio. Todo site para ser visualizado não tem que primeiramente ter um cadastro nesse registro.br? Desculpem a leiguisse pessoal mas estou iniciando ainda no ramo de hospedagem....
  6. Andei dando uma fuçada no google e em tutoriais e não achei um procedimento definitivo que eliminasse o erro ao restartar o serviço do squid3 no ubuntu 14.04. stop: unknow instance: Alguém já passou por esse erro? tem algum procedimento para evita-lo de maneira definitiva?
  7. gente só pro tópico não ficar sem resolução, consegui solucionar da seguinte maneira: No arquivo hosts do servidor com ubuntu joguei o IP 127.0.0.1 associado com o dominio e No arquivo hosts da máquina cliente da rede joguei o IP da rede local associado com dominio e funcionou....
  8. @Hugh Laurie bom reinstalando o ubuntu e reinstalando o squid pude chegar perto da solução, pois notei o seguinte... quando configuro o arquivo squid.conf da seguinte maneira: acl all src 192.168.1.0/255.255.255.0 http_access allow all e peço para restartar, por meio do service squid3 restart, não aparece a primeira parte da mensagem anterior que era stop: unknow instance: Aí passo a editar o arquivo com o seguinte erro: acl all src 192.168.1.0/255.255.255.0 httpppp_access allow all Ponho pra restartar e aparece a mensagem de instancia não reconhecida, tudo bem afinal o arquivo está errado. Pois bem, corrijo o arquivo da seguinte maneira: acl all src 192.168.1.0/255.255.255.0 http_access allow all E ele torna a acusar o unknow instance, mesmo não tendo mais erros no arquivo de configuração squid.conf, então pelo que vi nessa versão do ubuntu a gente não pode testar o arquivo de configuração squid.conf já pelo comando de restartar o serviço, porque senão mesmo o arquivo estando configurado de maneira correta, ele vai continuar acusando erro de unknow instance. O que eu queria saber é se alguém conhece algum comando ou até mesmo programa que varre o arquivo squid.conf e indica os erros de configuração no mesmo para que eu possa utilizar e aí sim somente restartar o serviço depois que tiver certeza que o arquivo está limpo de erros, alguém poderia me ajudar? parece que tem sim, é que como eu digo, nas versões anteriores do ubuntu eu fazia isso já com o comando de restartar o serviço do squid. aguardo respostas. adicionado 14 minutos depois alias, o unknow instance está ocorrendo a cada vez que restarto o serviço do squid, ele só não aparece na primeira vez que edito o arquivo ( não apareceu quando eu instalei o ubuntu novamente e quando eu instalei o squid e configurei na primeira vez), nas demais vezes aparece, não importa o que faço( nem que eu mude apenas a numeração ip....), mas não devemos restartar o serviço do squid a cada mudança provocada no arquivo squid.conf? esse ubuntu tá me deixando louco....
  9. @Hugh Laurie cara, vou reformular a minha pergunta... Eu corrigi o arquivo squid.conf, deixando-o apenas com duas linhas: acl all src 192.168.1.0/255.255.255.0 http_access allow all acontece que quando edito dessa maneira e ponho o serviço para ser restartado no terminal através do comando service squid3 restart, ele mostra stop: unknow instance: squid3 start/running, process 3485 beleza? só que quando o arquivo squid.conf da maneira( que é errada, eu sei disso, só estou fazendo isso para teste) abaixo: acllll all src 192.168.1.0/255.255.255.0 xxxxxxx http_access allow all e ponho o serviço para ser restartado no terminal por meio do mesmo comando service squid3 restart, ele mostra a mesma coisa que é: stop: unknow instance: squid3 start/running, process 3485 Nas versões anteriores do ubuntu que eu mexia ele ia acusar erro na primeira e na segunda linha assim que eu executasse o comando para restartar, mas acontece que a unica coisa que ele mostra é stop: unknow instance: squid3 start/running, process 3485 independentemente do que eu jogo no arquivo squid.conf.... Aí eu tento desinstalar e instalar de novo o squid, só lido com erros, to achando que essa versão do ubuntu 14.04 tá bugada....
  10. o detalhe é q editei o squid.conf com um monte de erros q ele simplesmente não acusa, era pra mostras as linhas com erro quando eu tento restartar o serviço néh
  11. @Hugh Laurie só pra te localizar estarei enviando a imagem abaixo... são os erros q dá quando tento reinstalar o squid por meio do apt-get install squid3 e ao final vemos o q você perguntou, o erro q dá quando tento startar o serviço do squid, ele tá ignorando completamente o arquivo squid.conf, será q vou ter q reinstalar o ubuntu?
  12. Estou utilizando o ubuntu na versão 14.04 e notei um problema no squid. acontece que estou editando o arquivo squid.conf por meio do seguinte comando: sudo nano /etc/squid3/squid.conf mas o linux está ignorando o que acrescento nas linhas desse arquivo de configuração, pois qualquer que eu escrevo no arquivo squid.conf ele tá aceitando, como se ele não tivesse reconhecendo aquele arquivo. na hora edito o arquivo, salvo e executo pelo terminal o comando service squid3 restart, ele dá um stop e starta o serviço como se nada tivesse ocorrido sendo que na verdade coloquei algumas linhas erradas de propósito, nada, ele não tá reconhecendo o arquivo. Procurei em outros foruns, falaram que esse não seria o caminho do verdadeiro squid.conf, que nessa versão do ubuntu está em outro lugar, mas q outro lugar, sendo q qualquer tutorial que acesso manda acessar por esse caminho? será que vou ter que regredir na versão do ubuntu, porque pelo menos nas versões mais antigas não tinha essa frescura.
  13. Será que teria que instalar também o servidor dns para tal feito? mas é estranho porque pelos passos do tutorial, a configuração do arquivo hosts na pasta etc do linux já faria isso.... to achando que só funciona na máquina do ubuntu mesmo
  14. Em muitas lojas, os módulos de memória são embrulhados com pedaços de plástico com bolhas. Está errado, este plástico fica facilmente carregado com eletricidade estática que pode danificar os chips. O correto é usar uma embalagem anti-estática para qualquer componente. A figura abaixo dá uma ideia de certo e errado, gente só gostaria de saber se é isso mesmo?

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×