Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

GutoJ80

Membros Plenos
  • Total de itens

    60
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

20

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Jaraguá do Sul/SC
  • Sexo
    Masculino
  1. @phdgb Se você já tem consciência de usar tudo que pode via cabo de rede, inclusive consoles, pcs de jogos, tvs em alta definição e afins, já estará com uma boa parte dos problemas eliminados. Aqui em casa tem umas 50 ou 60 redes Wi-Fi nas proximidades, inclusive 5ghz. Tudo que eu quero performance total eu já deixo ligado no cabo pra não me estressar rsrs. Sucesso aí pra você em sua nova escolha. Off-topic: Ainda temos que marcar um encontro aí da galera do cdh pra tomar um chopp. Temos nós 3 e mais alguns que vão aparecendo aí no decorrer do tópico. Abraço
  2. @Ynnth Isso mesmo, o endereço IP que chega no equipamento que efetua a autenticação da sua conexão. Pode ser o seu modem/onu ou seu roteador Wi-Fi. Veja qual endereço e poste aqui pra gente, mas eu aposto as minhas fichas no cgnat mesmo. Seu provedor de fibra é alguma grande operadora ou é alguma empresa local que atende apenas sua cidade/região?
  3. @TI Renegado Complementando o que o Ciro disse acima, passe como está a configuração lógica dos seus roteadores e também do seu servidor (endereço ip da lan e wan, modo de operação e etc). Além disso, como está a SSID (nome da rede) de cada equipamento (router) e canal de operação?
  4. Isso ocorre quando o Google detecta que tem uma grande quantidade de acessos através de um único endereço IP. Comumente ocorre em hotspots públicos e também em cgnat (nas operadoras). Você tem acesso ao seu modem/router da sua operadora? Caso tenha, acesse ele e poste aqui uma foto do endereço IP na Interface WAN que está sendo atribuído ao seu equipamento. Isso já poderá ajudar bastante a diagnosticar se é caso de cgnat ou não.
  5. @jotarex Não conheço o Gustavo para saber o que ele é da naxi, mas quisera eu trabalhar na área de telecom, pois vontade não me falta rsrs Sou engenheiro mecânico e entusiasta da área de informática e telecom. Quem sabe um dia saio da minha zona de conforto e sigo a vontade de atuar em empresas locais do ramo, como a naxi ou unifique. Quanto a ter preferência pela naxi, tenho sim, afinal sempre me atenderam super bem, são transparentes, trouxeram tecnologia de ponta pra minha casa, são da minha cidade, então eu faço questão sim de valorizar. As grandes teles simplesmente lavam as mãos conosco, nos colocam em segundo plano, oferecem serviços e atendimento deficientes e ruins, então nada mais justo. Sabemos que as pessoas tendem somente se manisfestarem unicamente em momentos de críticas negativas, mas quando estão satisfeitas ficam caladas ou disseminam apenas informações superficiais. E tenho essa mesma estima pelo meu mecânico que mexe em meu carro, pela zeladora que cuida da minha casa, meu cabeleireiro de anos (que corte o cabelo de meu filho) e todos que me servem com carinho e dedicação. Gostaria de ser tão valorizado assim aqui onde eu trabalho mas, infelizmente, nem tudo é como gostaríamos que fosse, não é mesmo? Enquanto isso vamos tocando o barco da vida Sobre o PTT. Na verdade os links de transito ip possuim um custo igual ou inferior ao transporte até o ptt de são paulo, por exemplo, que é o maior do país. As tão clamadas CDNs trouxeram parte do milagre para dentro das operações regionais, esvaziando consideravelmente os canais e barateando o processo. Além da própria evolução tecnológica, seja ela em qualquer setor, que traz mais capacidade e velocidade por um custo inferior. abraços
  6. A VLAN ID que você relata aí dentro das configurações da sua FiberHome é utilizada apenas na conexão entre o concentradores de clientes do seu provedor e a sua ONU (Modem), quando necessário for. Portanto não há relações quanto a isso, Bruno. Eu utilizo o TPLink C5, que passa tranquilamente uns 300mbps no wifi quando os dispositivos são bons e tem porta gigabit. Caso queira alguma solução próxima e mais acessível para capacidades abaixo de 100mbps, recomendo o c20, também da tplink. Abcs
  7. Pessoal, não adianta falar que é a empresa que fornece internet pra ele se o problema ocorre apenas com um ou outro dispositivo e sempre em aparelhos móveis (wifi). Se o problema fosse global, ou seja, em qualquer dispositivo, e ocorresse também via cabo de rede, poderíamos ainda assim relevar esse fato. Eu chamaria um profissional para verificar mais a fundo o seu caso antes de tomar alguma medida mais "agressiva'
  8. Bem, se você quer um serviço diferenciado, acredito que a naxi seja uma boa opção. Mesmo vivo fibra vs naxi fibra, eu não troco a naxi. Talvez o @jotarex que utilizou as duas também possa dar sua opinião pessoal. Velocidade hoje em dia não tem sido grande problema, já que ninguém tem uso pra tanta banda assim. Mas na hora de prestar um atendimento mais técnico, dar uma satisfação e etc, as empresas locais, quando bem estruturadas, valem muito mais a pena. Uma vantagem quanto a ter uma operadora local é o fato de contar com diversas redundâncias regionais, ou seja, os caras estão interconectados com a vivo, algar, commcorp e outras. Sendo assim você não fica na mão de uma operadora por fim se houver alguma falha na cidade ou nos arredores (joinville/blumenau/curitiba/floripa). Para parar a conexão mesmo, apenas se romper o cabo por aí, bugar seu equipamento (deles ou seu) ou o cachorro roer o cabo de fibra (como já ocorreu aqui em casa rsrs) Sobre entregar a velocidade contratada, sempre me atendeu aqui no máximo que precisava. Conteúdos como Torrent, skygato e afins, que possuem diversos fatores negativos que atrapalham na mensuração dos dados, não usaria como referencia, seja com a vivo, naxi ou qualquer outra. Mas tudo que é conteúdo "confiável", e entregue por servidores bons dentro do Brasil (Google, Netflix, Spotify, Live, Steam e etc), sempre liso! Telefonia eu só uso celular, então não posso opinar mais a fundo, rs. Pra mim telefone fixo só tem utilidade aqui na empresa, mas isso vai do uso de cada um. Minha avó, por exemplo, ou até mesmo meu pai, tem certo apego pelo número fixo, portanto vai de cada pessoal mesmo. Até onde sei também, complementando as informações do mlramos, a naxi não tem portabilidade mesmo. Mês passado conversei com um colega que é amigo de um analista lá dentro, e disseram que deve sair esse ano, assim que a anatel finalizar o processo lá. Mas quanto a isso, caso tenha uso de linha telefônica, recomendo que converse com o pessoal lá da empresa mesmo. Já tive xbox e ps4, ambos funcionaram 100%, mas não uso mais as plataformas neste momento. Abcs e bom final de semana a todos
  9. Experimente colocar um outro equipamento de transmissão WIFI para excluir quaisquer possibilidades de problemas no equipamento de transmissão sem fio. Considernado que você tenha uma banda de capacidade mais baixa (3Mbps), pode ser que algum dispositivo dentro da sua residência (algum outro pc, console de jogos, celulares ou até mesmo vizinhos) estejam consumindo recursos da sua conexão constantemente e, consequentemente, deixe sua conexão lenta. Experimente ligar para o seu provedor de acesso e pedir para eles verificarem se há consumo instantâneo de banda na sua residência no momento exato em que estiver sentindo a lentidão. Desta forma você já poderá excluir também essa possibilidade. Apenas confirmando: você já testou a banda via cabo de rede para garantir que esteja chegando os 3Mbps contratados? Apenas para descartar quaisquer problemas no operador. Se já testou e mesmo assim permanece ruim, teste algum das opções acima.
  10. Bruno, Caso seu equipamento (roteador) não tenha essa opção nativamente (Acess Point) você deve fazer o seguinte: 1) Configurar seu modem para autenticação a sua conexão normalmente e fornecer DHCP; 2) Entrar no seu roteador tplink, desabilitar o DHCP na interface LAN; 3) Configurar um endereço estático na interface LAN do seu roteador que esteja dentro da mesma faixa que seu modem está fornecendo, evitando que você perca o acesso ao mesmo; 4) Configurar rede sem fio e etc da forma que preferir; 5) Em seguida, plugar um cabo entre a porta LAN do seu MODEM e a porta LAN do seu roteador (tplink). ***Não está escrito errado, é para plugar na porta LAN mesmo do TPLINK, ok?*** Fazendo este processo, seu outro roteador (Tplink) estará apenas em bridge, ou seja, ele apenas irá transmitir a informação que chega via cabo ethernet (cabo de rede) para o meio wireless, deixando todo o controle de endereçamento e afins a cargo do seu modem. abraços
  11. Aqui mudaram pro C5W (roteador bem bruto e caro :o), acredito eu por causa do plano que é de 150Mbps. Antes eu tinha um IWR3000 também. CGNAT é uma realidade por todo o mundo, e não tem mais jeito. Mais cedo ou mais tarde todos já estarão no CGNAT, queiramos ou não, já que não existe mais novas alocações ipv4 desde meados de 2017. Mas como entregam pilha dupla (ipv4 + ipv6) tô de boas! Também quebram um galhão com esse redirecionamento de portas fixas onde da pra ter 3000 portas (+ ou -) pra fazer tudo que eu preciso (no caso as câmeras), então nada muda na prática.
  12. Qual a distância do ponto de acesso (roteador) e os celulares? Estão no mesmo cômodo? especifique um pouco melhor seu cenário pra gente... Sobre o seu provedor: concordo com a resposta deles, afinal se você não tem problema de conectividade em si, ou seja, sua capacidade está chegando corretamente em seu notebook, seja via wifi ou cabo, e apenas seus celulares apresentam o problema, a falha na operadora pode ser descartada.
  13. Não vejo razões para ter Traffic Shapping em Twitch, por exemplo, ou até mesmo por steam. O custo de processamento pra fazer um shapping em bandas elevadas se torna cada vez mais inviável, incluindo para pequenos operadores. Você percebe esse comportamento durante todo o dia ou apenas em algum período em específico (de noite, por exemplo)?
  14. Faça isso mesmo, Lenno. Continue a utilizar o outro roteador em modo AP e deixe apenas um dispositivo centralizado controlar NAT, DHCP e quaisquer outras funções. Quanto ao SSID/SENHA, pode sim manter a mesma para toda a sua casa, mesmo se resolver instalar um terceiro equipamento para ampliar a área de cobertura na sua casa. Apenas atente-se a um problema que ocorre neste tipo cenário: enquanto você estiver se locomovendo de uma área para outra, o equipamento (dispositivo conectado ao WIFI) fica "preso" num roteador mais distante até que o mesmo chegue num ponto suficiente que o sistema entenda que ele deva buscar o segundo roteador. Para resolver ou amenizar esse gap de sinal, basta ver se nos seus roteadores/APs você tem uma opção para limitar o sinal minimo (signal floor). Abraços e boa sorte!
  15. Amigo, por que você não configura seu equipamento wifi paralelo (esse tplink) em bridge para atuar apenas como um "acess point"? com certeza essa é a forma que tende a ter o menor índice de problemas, além de evitar que você tenha "Double-NAT" dentro da sua rede interna e possíveis conflitos de endereçamento. Sabe fazer isso de boa?

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×