Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Alexandre Carlos

Membros Plenos
  • Total de itens

    117
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

0

Sobre Alexandre Carlos

  • Data de Nascimento 11-10-1959 (59 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Recife/PE
  • Sexo
    Masculino

Outros

  • Ocupação
    aposentado/estudante de eletrônica
  • Interesses
    pescaria.
  1. Meu caro amigo garanhuense, boa noite! Fiz as ligações das quatro lampadas no reator, e infelizmente acendem apenas duas, Se eu ligo apenas uma lampada, não funciona. Só liga aos pares e só dois pares. O que me aconselha? adicionado 5 minutos depois Veja que coincidência, solicito apoio neste fórum e eis que me atende uma pessoa de Garanhuns. Morei e trabalhei nessa linda cidade por quatro anos. Primeiro residi no bairro de Heliópolis, próximo ao Chez Pascal e depois na Brasília. Cidade maravilhosa, de um povo muito generoso.
  2. Caro Luis, grato pela resposta. Vou anexar a foto de meu reator e da lampada. Para lhe questionar de como fazer as ligações dos rabichos. adicionado 12 minutos depois adicionado 16 minutos depois O reator é para duas lampadas e indica 2x14W - TL5. A lampada é de 6W. Saem do reator seis pares de fios. Posso soldar mais quatro rabichos para alimentar mais duas lampadas?
  3. Boa tarde! Gostaria de saber se é possível ligar três lampadas fluorescentes de 10 W(por exemplo) num reator de 30 W para uma lampada?
  4. Boa noite! Me ajude a compreender como o senhor faz o cálculo para estimar que a fonte ficará com a tensão de saída de 25V? Se eu fizer 14V x 1,41, teria 19,71V, o que dá uma diferença de mais de 5 volts para o seu resultado.
  5. Ajudar um velho estudante tão precário não é fácil, mas preciso muito de suas orientações para prosseguir no desenvolvimento ...
  6. Boa tarde! Recebi o diodo retificador e 5 TIP 147 e outros componentes. Estou pronto para iniciar a nova montagem. Peço sua ajuda de recomendações gerais sobre montagem dos componentes, cuidados na soldagem, etc. Exemplo: fixar primeiro os componentes no dissipador para depois soldar, ou fazer o inverso: soldar os fios primeiramente, e fixar depois. Observe na foto, a avantajada bitola do fio em relação aos terminais do diodo. Como recomenda efetuar essa soldagem? Tenho um ferro de 30W e 60W, acho que tenho que usar o de 60, é certo? Qual técnica o senhor recomenda, pois tem componente não pode receber mais de 260º/300ºC por mais de 10s? Devo cortar parte dos terminais? Acredito que terei que isolar depois, devido a proximidades entre os 3 fios. Certamente soldar um fio dessa espessura, vai exigir temperaturas bem elevadas. Existe algum componente para fazer a interface entre os terminais e os fios? Penso que depois de soldado, qualquer movimento brusco e o terminal se desprende do componente. Todo aconselhamento será bem vindo, tendo em vista que tenho pouca pratica de soldagem e nenhuma em montagens.
  7. Boa tarde! Vou fazer uma compra nesta nesta loja, questiono se os diodos retificadores podem ser um destes abaixo, em substituição aos indicados? http://loja.multcomercial.com.br/diodo-mbr3045wtg-to-247-cod-loja-3667-on.html http://loja.multcomercial.com.br/diodo-mbr30100pt-to-3p-cod-loja-5045-on.html No caso do diodo com três terminais eu conecto o fio amarelo no terminal 1 do diodo e azul no terminal 3, e a saída retificada será no pino 2(o do meio)? No caso de minha fonte ficar com 15A terei que colocar mais um TIP 147?
  8. Estou com um problema para determinar a capacidade máxima do trafo. Meu multímetro tem limite de medição de corrente em 10A(quando atinge este valor ele liga um alarme sonoro. Meu amperímetro(de painel) mede até 15A em DC. Então eu tenho que retificar a saída para poder conectar o amperímetro, neste caso, questiono onde devo medir as tensões na saída do trafo em AC ou depois de retificado nos terminais da ponte retificadora? Em relação a seus comentários elogiosos, eu sinto muita gratidão em relação ao seu atendimento. Tenho orgulho de receber sua ajuda, orientação e aconselhamento sobre o projeto. Tenho é muita sorte de receber seu suporte. Abraços
  9. Bom dia! Essas são minhas as últimas medições: Com os fios branco/preto do primário ligados em 220V fiz as seguentes leituras nos fios do secundário: amarelo/amarelo(de calibre menor): 26,1V cinza/cinza(idem) : 11 V vermelho/azul(fios de grosso calibre): 14,19V amarelo/azul(fios de grosso calibre) : 28,26V Fios preto/vermelho do primário ligado em 110V: amarelo/amarelo(de calibre menor): 25,8V cinza/cinza(idem) : 10,9V vermelho/azul(fios de grosso calibre): 14,03V amarelo/azul(fios de grosso calibre) : 28,09V Entre os fios cinza e amarelos a tensão foi de 0V. Consegui 110V na saída de um trafo redutor de 220V para 110V. As discrepâncias entre as medidas observadas entre 110V e 220V, podem ser motivadas pelo fato de as ligações preto/vermelho sejam para 115V e eu liguei em 110V? Não existe continuidade entre os fios do primário e os fios do secundário. Em nenhum dos casos a limpada acendeu. Será que posso usar esse transformador com segurança dessa forma? Abraços e um bom São João para todos.
  10. Obrigado novamente. Entendi perfeitamente suas explicações. Como entre os fios branco e preto(na entrada) apresentou a maior resistência, medindo 7,4Ω esses seriam os fios a serem ligados na rede 220V? Encontrei entre as demais ligações, entre o branco e o marrom 6,5 Ω; branco e vermelho 6,5 Ω, branco e azul 6,6 Ω. Seria entre o branco e marrom(menor resistência) a entrada para 110V? Quais diodos eu ligaria esses fios de bitola tão generosa na etapa de retificação? Tem ponte para essa ligação? O filtro capacitivo poderia ser mantido os 37.600 uF x 35 Volts? Vou medir e ver se tem continuidade entre os enrolamentos do primário para o secundário, como me recomendou e o senhor Senhor Ricardo também.
  11. Boa noite! Terminei as medições, espero que tenha feito corretamente e que o senhor possa me ajudar a ligação do primário em 220V e qual a melhor alternativa de saída para testar como trafo da fonte cujo circuito foi projetado pelo senhor e objeto deste tópico(apesar desse transformador ser imenso e muito pesado). TRAFO NO-BREAK.xlsx Suas dimensões são de 13,5cmx12cmx10cm.(LxPxA),o peso estimo por volta de 6kg(ele no gabinete pelado pesa 8,2Kg). Abaixo fotos dele com a disposição dos fios do primário e secundário.
  12. Vou fazer... depois posto o que achei. Tenho uma lâmpada incandescente de 60W pode ser?
  13. Ganhei um no-break TS SHARA USP PROFESSIONAL UPS 1200 micro processado. O primário do transformador tem 5 fios de cores branco, marrom, vermelho, azul e preto. Medindo em ohms encontrei entre eles: do branco para marrom 6,5 Ω; branco vermelho 6,5 Ω branco azul 6,6 Ω branco preto 7,4 Ω O senhor pode me ajudar qual desses pares de fios ligo em 220V para ler as tensões que saem nos fios do secundários(fios com bitola elevada)? A penúltima é da saída do secundário e na ultima os fios do primário.
  14. Não sei como lhe agradecer, sei que seu projeto e sem sua ajuda, não teria conseguido e muito menos chegado perto de entender o funcionamento de uma fonte. Comprei um potenciômetro multi-voltas e os bornes para tomada de medidas. Ela com cargas elevadas esquenta muito e todo o gabinete fica muito quente. Com o passar do tempo e com elevação da temperatura, as tensões e a corrente vai se elevando discretamente, até se estabilizar. Com uma variação entre 0,02 e 0,04V. Estou satisfeito. O que achas? Devo tentar uma isolação térmica do potenciômetro? Acho que ele vai esquentando gradualmente e modificando o ajuste da tensão inicial. Mas a diferença sempre se mantém constante(0,02 a 0,04V).
  15. Ontem, refiz as soldas, que achei que estavam precárias e troquei os resistores dos TIPs e coloquei um outro LM338K. Após essas mudanças, o comportamento da fonte é outro, e me surpreendeu enormemente. Quando ajusto sem carga para 10V, e após conecto carga de 4, 5, 6 ou 7A, a tensão de saída sobe para 10,02V, diferentemente das experiencias anteriores, onde a tensão caia. Isso é normal?

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×