×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

MbR2XgD

Membro VIP
  • Posts

    33
  • Cadastrado em

  • Última visita

Reputação

3

Sobre MbR2XgD

  • Data de Nascimento 21/12/1982 (39 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    São Paulo
  • Sexo
    Masculino

Meu PC

  • Processador
    Core i7 7700K
  • Cooler
    Seidon 240P
  • Placa de vídeo
    Galax GTX1080 EXOC
  • Placa-mãe
    GA-Z270X Gaming K5
  • Memória
    16G HyperX
  • HDs
    Seagate
  • Gabinete
    Personalizado
  • Fonte
    Corsair HX1000i
  • Mouse
    Logitech
  • Teclado
    Logitech
  • Caixas de som
    Apogee
  • Monitor
    Samsung
  • Sistema Operacional
    Windows 10 x64
  • Browser
    Chrome, Firefox, Opera
  • Antivírus
    Windows Defender

Meu Notebook

  • Marca
    Dell
  • Modelo
    D3421
  • Tamanho da tela
    14
  • Processador
    i5-3333
  • Chip gráfico
    GT625M
  • Memória
    6G
  • HD
    1TB
  • Sistema Operacional
    Windows 10 x64
  • Browser
    Chrome, Firefox, Opera
  • Antivírus
    Windows Defender

Meu Smartphone

  • Marca e modelo
    Zenfone5
  1. Se alguém ainda quiser usar o sistema antigo do Unity de controle, Segue o manual do Joystick Xbox One. Xbox One: Xbox One(Totos os botões e também todos os eixos) Joystick Xbox One(Axis) Code: void Joystick_XboxAxis(){ float _Xbox_LeftStickX = Input.GetAxis("X Axis"); float _Xbox_LeftStickY = Input.GetAxis("Y Axis"); float _Xbox_RightStickX = Input.GetAxis("4th Axis"); float _Xbox_RightStickY = Input.GetAxis("5th Axis"); float _Xbox_DPadX = Input.GetAxis("6th Axis"); float _Xbox_DPadY = Input.GetAxis("7th Axis"); float _Xbox_LeftTrigger = Input.GetAxis("9th Axis"); float _Xbox_RightTrigger = Input.GetAxis("10th Axis"); float _Xbox_LeftTriggers = Input.GetAxis("3rd Axis"); float _Xbox_RightTriggers = Input.GetAxis("3rd Axis"); _JoystickLog = "Joystick Left Axis X{" + _Xbox_LeftStickX + "} Y{" + _Xbox_LeftStickY + "} Right Axis X{" + _Xbox_RightStickX + "} Y{" + _Xbox_RightStickY + "}\n DPad X{" + _Xbox_DPadX + "} Y{" + _Xbox_DPadY + "} Left Trigger{" + _Xbox_LeftTrigger + "} Right Trigger{" + _Xbox_RightTrigger + "} Shared Trigger{" + _Xbox_LeftTriggers + "}"; } Joystick Xbox One(Buttons) Code: void Joystick_XboxButtons(){ bool _XboxButtonX = Input.GetButtonDown("joystick button 2"); bool _XboxButtonY = Input.GetButtonDown("joystick button 3"); bool _XboxButtonA = Input.GetButtonDown("joystick button 0"); bool _XboxButtonB = Input.GetButtonDown("joystick button 1"); bool _XboxLeftBumber = Input.GetButtonDown("joystick button 4"); bool _XboxRightBumber = Input.GetButtonDown("joystick button 5"); bool _XboxMenuStart = Input.GetButtonDown("joystick button 7"); bool _XboxViewBack = Input.GetButtonDown("joystick button 6"); bool _XboxLeftStick = Input.GetButtonDown("joystick button 8"); bool _XboxRightStick = Input.GetButtonDown("joystick button 9"); //X,Y,B,A buttons)... ------------------------------- _JoystickButtonsLog = "\n\nJoystick Button X{" + _XboxButtonX + "} Button Y{" + _XboxButtonY + "} Button A{" + _XboxButtonA + "} Button B{" + _XboxButtonB + "}\n Left button{" + _XboxLeftBumber + "} " + "Right Bumber{" + _XboxRightBumber + "} View(Back){" + _XboxViewBack + "} Menu(Start){" + _XboxMenuStart + "}\n Left Stick{" + _XboxLeftStick + "} Right Stick{" + _XboxRightStick + "}\n"; }
  2. Pelo que eu vi, só eu tenho esse equipamento.
  3. Bom, o que eu vou fazer, é compilar com g++ usando debugger, encontrando todos os erros, vou terminar todo o projeto, exportar todo o meu código em C++ para o LLVM, a parte que eu não conseguir, vou achar uma outra forma de inserir no código para compilar no LLVM. Boa parte do código em C++, eu consigo compilar nos 2 compiladores.
  4. @devair1010 um dos motivos é tamanho de arquivo e tempo de demora que o compilador leva,. Não tenho nenhum problema em usar o gcc e/ou llvm, na verdade eu uso mais o Visual Studio, por causa do Unreal. Não tenho a liberdade de escolher o compilador ou IDE, no caso do Unreal. As vezes eu preciso fazer uma simples função ou criar uma classe fora do código que eu estou desenvolvendo, sem prejudicar meu código no Unreal, caso encontre algum erro, é um dor de cabeça pra ficar achando o erro. as vezes tenho que começar tudo do zero. outra coisa muito chata é Intellisense, cada tecla que eu pressiono, o Visual Studio fica processando um monte de informações inútil, entre outras coisas. Posso desabilitar, mas acaba criando outros problemas no futuro. Visual Studio funciona assim "Mexe nada não!", que tudo funciona. É um dor de cabeça e um tempão pra ficar no google pesquisando onde alterar ou restaurar por padrão tal função do Visual Studio. Outro problema que eu encontrei no MinGW e no LLVM, foi o tamanho do arquivo no hora de compilar: debug>clang++ -o debugtest_llvm.exe debugtest.cpp -w debug>g++ -o debugtest_gcc debugtest.cpp -w 18/03/2022 11:56 2,882,201 debugtest_gcc.exe 18/03/2022 11:56 235,008 debugtest_llvm.exe Eu preciso criar um programa externo fora do código do Unreal, e tem situações que se eu for ficar testando o código dentro do Unreal, acaba demorando muito, fora o processamento, cada vez que eu tenho que alterar uma linha de código, o Unreal compila o projeto inteiro. Tem coisas que eu posso fazer fora do Unreal que resolver mais rápido:
  5. Pessoal beleza. Estou usando o MinGW e LLVM no Windows, ambos eu consigo compilar e executar o código sem problemas. Mas estou tendo problemas com o "LLVM", quero debuggar o código, usar brakpoint, etc no "lldb". No MinGW "gdb" funciona muito bem, mas o "lldb" não tive muito sucesso. Não entendi muito bem o "lldb", mas parece que ele não debuga o código diretamente, eu preciso linkar com o "gdb" do MinGW. Eu entendi que o formato e saída o arquivo é DWARF para usar em VisualStudio entre outras IDE's para debuggar, ou seja, se eu tento compilar usando "clang++" com opção "-g" do compilador, ele usa o formato DWARF por padrão, e não mostra nenhuma saída. Encontrei uma opção no compilador "-fdebug-default-version=" que aceita somente DWARF, que é o padrão. Segue a mensagem da linha de comando: arquivo debugtest.cpp #include <iostream> #include <string> class myCode{ public: void mycode_test(){ std::cout << "testing..." << std::endl; } }mycode; int main(int argc, char** argv){ mycode.mycode_test(); return 0; } commandline: debug>clang++ -g -o debugtest.exe debugtest.cpp -w debug>lldb debugtest.exe (lldb) target create "debugtest.exe" Current executable set to 'C:\codes\debug\debugtest.exe' (x86_64). (lldb) l (lldb) O MinGW, não tenho nenhum problema. arquivo debugcode.c debug>gcc -g -o debugcode debugcode.c -w debug>gdb debugcode.exe GNU gdb (GDB) 10.2 Copyright (C) 2021 Free Software Foundation, Inc. License GPLv3+: GNU GPL version 3 or later <http://gnu.org/licenses/gpl.html> This is free software: you are free to change and redistribute it. There is NO WARRANTY, to the extent permitted by law. Type "show copying" and "show warranty" for details. This GDB was configured as "x86_64-w64-mingw32". Type "show configuration" for configuration details. For bug reporting instructions, please see: <https://www.gnu.org/software/gdb/bugs/>. Find the GDB manual and other documentation resources online at: <http://www.gnu.org/software/gdb/documentation/>. For help, type "help". Type "apropos word" to search for commands related to "word"... Reading symbols from debugcode.exe... (gdb) l 1,30 1 2 #include <stdio.h> 3 #include <stdlib.h> 4 5 6 void debugtest(){ 7 printf("testing..."); 8 } 9 10 int main(int argc, char** argv[]){ 11 12 debugtest(); 13 14 return 0; 15 } (gdb)
  6. Já achei uma solução, não queria alterar meu código, não vou mais usar o sistem antigo: float _xboxlstickX = Input.GetAxis("X Axis"); float _xboxlstickY = Input.GetAxis("Y Axis"); float _xboxrstickX = Input.GetAxis("4th Axis"); float _xboxrstickY = Input.GetAxis("5th Axis"); float _xboxdpadX = Input.GetAxis("6th Axis"); float _xboxdpadY = Input.GetAxis("7th Axis"); float _xboxltrigger = Input.GetAxis("9th Axis"); float _xboxrtrigger = Input.GetAxis("10th Axis"); float _xboxltriggers = Input.GetAxis("3rd Axis"); float _xboxrtriggers = Input.GetAxis("3rd Axis"); Não tem jeito, vou usar o novo sistema(new Input Action) do Unity.
  7. Pessoal beleza. Estou desenvolvendo um Game e estou querendo usar o Joystick(Xbox One). O Joystick funciona perfeitamente no Unity. Quando eu pressiono um botão, executa a função, mas ele executa em modo turbo. Por exemplo usando o teclado, posso usar KeyDown, KeyPress ou KeyUp funciona sem problemas, por ser Evento. Agora quando eu pressiono um botão qualquer do Xbox, ele retorna como True, mas como se fosse modo turbo, fica chamando a função várias vezes, mas em modo turbo. Alguém já pasou por essa situação?
  8. @Denis Fernandes Cara se conseguiu arrumar? está tudo funcionando?
  9. @Denis Fernandes Agora eu fiquei com medo. Eu tenho um problema parecido com o Joystick Saitek X56, acho que queimou a placa controladora também. Não tenho certeza, Segue o telefone da assistência técnica: SP (11) 9 4756-1331 - Airton Oliveira. O cara é bom. Meu Warthog está 100%, ainda bem. Mas caso eu precise de "Assistência técnica", se você puder, me manda uma mensagem com o valor, pra saber se vale a pena ou não, eu comprar um novo Joystick ou mandar pra assistência técnica. Espero que dure bastante o meu, ele vai fazer 1 ano de funcionamento daqui alguns meses. O Software dele, é o melhor que eu já tive em todos os joystick. Posso configurar todos os botôes e eixos, além de mudar as posições dos eixos e configuraro pedal nele em tempo real, usando código. Sem precisa de nenhuma "Interface gráfica". Não sei qual é o seu simulador, eu uso o Dcs e/ou Falcon BMS. Consegui configurar praticamente todo os eixos: "Pitch, Roll, Yaw, Rudder e o Mouse", sim eu consigo mover o mouse com o Manche... Warthog Parte 1 - Mapeando todos os botôes do DCS no Joystick, particulamente eu prefiro mapear os botôes, do que usar direto no DCS(Apesar de ser melhor), Assim eu tenho mais opçôes de controle no avião sem usar o teclado. Consigo entrar em contato com a Torre, acessar o menu, mover o mouse, botão esquerdo, meio e botão direito, etc, tudo pelo Joystick. Warthog Parte 2 - Configurando o Manche com Rudder no Dcs e no Falcon BMS, sem pedal.
  10. Eu tenho o Saitek X56(Kit Throttle, Joystick), mas estou tendo problemas no eixo X/Y do manche. O Throttle ainda está OK. Não tenho problemas com a porta USB, eu tenho um HUB USB 2.0 com fonte, não estou usando extensor USB para o Joystick. A garantia já venceu e o suporte no EUA da Saitek não funciona, já entrei em contatos com eles, não é permitido passar nenhum informação. Hoje, não estou mais procurando "Assistência técnica", tenho telefone para assistência aqui no brasil. O motivo de eu não levar para assistência esse joystick, é o preço da assistência, que é quase o preço de um novo. O cara é bom, mas ele tem o preço dele. Estou procurando alguém que teve o mesmo problema ou parecido com o meu, se conseguiu alguma solução... Estou com problema no eixo X/Y do Joystick, testei o fio USB do Joystick, está OK, tudo indica que é o problema está no sensor Hall do Joystick, não sei dizer. Não achei nada na internet, nenhuma informação sobre o sensor O que realmente achei, foi o Software da placa que tem no Joystick, que usa um sistema próprio da Saitek usando C e Assembly para configurar e mandar o sinais dos botôes e dos eixos do joystick para o PC, é um kit, para diversos disposistivos da Saitek. Seria um SDK da Saitek para os seus modelos do Hardware. Todos os Joystick que comprei da Saitek, tive problemas, O erro mais comun do Joystick é sempre o eixo, quando funciona, é 80% ou menos, depois de alguns anos é que começa aparece os problemas do nada, geralmente depois da garantia. Alguns exemplos de modelos de Joystick da Saitek que comprei, foram o "Saitek AV8B", já vem de fábrica o defeito no eixo X/Y do manche, comprei e levei pra assistência técnica, para trocar os potenciômetro, que não são bons. Não demorou muito, troquei pelo "Joystick Cyborg Fly 5", que era bem mais caro, mas era melhor do que o AV8B. Também veio com defeito de fabricação no potenciômetro, tive que levar de novo para a assistência técnica. O cara que eu conheci da assistência, é um cara muito bom, dei muita sorte. Ele trocou os potenciômetros do meu joystick, por outro modelo compatível. Ele tinha um modelo melhor, mas meu Joystick não suportava. Está funcionando bem até hoje, meu Cyborg Fly 5. Assim, ele tem aquele problema do eixo de não ser 100% de precisão, mas da pra usar ele normalmente, no simulador, o joystick do avião fica com "mal de parkinson" (Fica com pouco de frio), mas é possível voar normalmente. Segue o video mostrando o problema com detalhes: Joystick Cyborg Fly 5 Parte 1: Com os ptenciômetros novos, com um pouco de frio: Joystick Cyborg Fly 5 Parte 2: Após a troca dos potenciômetros, o manche sente um pouco de frio, mas funciona normalmente: Joystick X56 Parte 1 - Mostrando o problema do eixo X/Y do manche. Joystick X56 Parte 2: Tentando instalar o driver novamente para tentar corrigir o erro do manche:
  11. Eu tenho o Warthog. Que tipo de problema você tem nele? De todos os modelos de Joystick, que eu comprei, esse foi o mais flexível e deu menos problema.
  12. Eu tenho um modelo de som antigo da Apogee, ele funciona muito bem. Não tenho nada a reclamar dele, na qualidade de som. O problema é que eu já desmontei ele inteiro, não consigo achar nada, nenhum "número de série" ou alguma coisa pra pesquisar na Internet. Nenhum modelo, simplesmente nada. Precebi que eu ele tem um controle remoto. Mas como eu não tenho nenhuma referência para procurar sobre ele, fica difícil achar um controle remoto pra ele. Já tentei vários modelos de "controle universal", mas nada de aceitar um código. No site do apogee, tem vários equipamentos bem mais modernos do que o meu, mas mesmo procurando os modelos mais antigos no site ou na internet, não achei nada parecido com o meu som. É muito bom, mas tenho que ficar desligando ele não mão, sem controle remoto. Segue as imagens da caixa de som:
  13. Gostei da sua ideia, mas aqui eu tenho outro problema, cai muito a rede elétrica aqui. Alguns dias atrás a rede caiu, e meu No-break(UPS) segurou para eu desligar o PC. Trabalho muito com códigos e faço muita compilação de códigos aqui, fora que copio muito arquivos de um HD para outro, SD, pen drive, etc. Praticamente eu nunca uso o comando para mover arquivos, eu prefiro copiar, depois eu apago os arquivos. Se a rede cair, eu posso copiar tudo do zero novamente, mas em alguns casos, não tem como fazer isso. Outra coisa é a queda de energia, acaba prejudicando os componentes do PC. O problema é que ainda tenho HD's instalados nele. Acredito que muitas peças e entre outras do meu PC, são prejudicados com a queda de energia, Infezlimente eu preciso de um No-Break, não sei quando, mas um dia eu vou ter. Infezlimente eu não consegui achar testes de No-break's na prática, mas achei muito coisa explicando sobre no-break's na internet, e também aqui no Clube do Hardware. O meu caso tem que ser o modelo "online", segundo o que vi aqui no Clube do Hardware, se eu não engano, o modelo "online" não tem filtro de linha. Mas está fora da minha lista ainda, por causa do preço. Segue meu links de pesquisas: http://forum.mypst.com.br/index.php/topic/62043-fórum-do-clube-do-hardware-por-luiz-andré-faller-razões-pelas-quais-os-estabilizadores-atrapalham-a-fonte-do-pc-e-consoles/
  14. @Bryan Sheldon É bom saber disso. Mais um presente, trocar o No-break. O modelo é RagTech, site: http://ragtech.com.br/ Infinium Home 1300VA.
  15. Sim. claro. Até agora meu PC está funcionando OK. Na verdade o que eu fiz, foi começar a entender por que meu PC estava desligando/reiniciando. Primeiro de tudo eu fiz uma pesquisa rápida na internet. Achei pessoas com o mesmo problema e/ou parecido, a maioria deles, trocaram a fonte de 600,650,750 por uma de 1000W, mas nenhum falou o motivo, apenas falou que solucionou o problema. Fiz uma pesquisa rápida aqui no forum do Clube do Hardware sobre os funcionamentos básicos das fontes, nem precisei ir a fundo, encontrei bastante coisa aqui. Segundo os artigos aqui do Clube do Hardware que eu vi, explica muito coisa, sobre diferença das potências das fontes, eficiência, a tal da certificação 80 plus, etc. Achei meu caminho das pedras. De todos os testes que eu fiz, nenhum apresentava defeito. Testei memória OK, placa de video OK, processador OK, placamae OK, No-break OK, tudo funcionando. Então qual era meu problema, seria Bios? (Bicho ignorante operando o sistema), não, na verdade não. Aqui onde eu moro, é mais tranquilo. E meio complicado achar alguém ou pegar uma fonte emprestada para testar, e ainda mais com valor de 600W, 750W ou 1000W. Fica meio estranho ligar pro vizinho/amigo, "se tem uma fonte de 1000W pra emprestar?". O que eu fiz, foi testar a placa de video em um outro computador aqui mais antigo de 2010, a placa de video funcionou perfeitamente, depois eu testei a fonte no PC antigo, também funcionou, piorou, Não consigo achar o defeito. Depois de um tempo estudando e pesquisando, fiz um outro teste com a placa de video e a fonte de 750W ao mesmo tempo no PC antigo, foi ai que eu achei o defeito. Ele tinha o mesmo comportamento do meu PC, ficava desligando/reiniciando. O modelo da placa mâe que eu testei era uma ASUS M3M78-VM com processador AMD. Somente a fonte ou a placa de video no PC antigo não dava problema, mas quando ligava os 2 juntos, acontecia o mesmo comportamento que do meu PC de ficar desligando/reiniciando. Como eu não sabia que era a fonte e não placa de video? Simples, meu PC antigo tinha uma fonte de 550W, o mínimo para a minha GTX1080 funcionar é 500W. Eu fiz o teste do "benchmark do fullmark" e funcionou beleza, como está no meu post anterior aqui no Clube do Hardware. Depois eu fiz o mesmo teste no PC antigo com os 2 juntos, a GTX1080 e minha de fonte de 750W da corsair, jogava e nada acontecia. Como a placa de video é nova, durante os 3 primeiros meses, nada vai acontecer, somente depois de 1 ou 3 meses, é que o PC começa a desligar e/ou reiniciar do nada. Na verdade esse meu problema eu tenho a mais de 1 ano. Eu fiz o mesmo teste com a GTX1080 e a fonte de 750W no PC antigo usando o Fullmark, ele começou a desligar/reiniciar o PC, Fiz o teste 3 vezes e aconteceu a mesma coisa, como no meu PC. O que eu fiz foi trocar a fonte por uma de 1000W. Eu fiz isso, depois que eu comecei a entender o quanto realmente a fonte puxa de energia e o quando eu posso economizar de custo. Comprar uma fonte de 750W é mais caro que uma fonte de 1000W. Com uma fonte de 750W se paga a fonte "mais as parelas da fonte de 1000W" na conta de luz, sendo que você nem tem a fonte de 1000W. Agora com a fonte de 1000W eu acabo economizando na conta de luz. Acredito que finalmente, achei o problema. As fonte que eu pesquisei sobre as fontes são essas:

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Como ganhar dinheiro montando computadores!

MINICURSO GRÁTIS!

Como ganhar dinheiro montando computadores!

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE AGORA MESMO!