Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Mateushrr

Membros Juniores
  • Total de itens

    9
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    N/D
  1. Olha, curioso, sem o firmware não tem como virtualizar. Tenta restaurar a bios ou então fazer update na bios (veja como fazer e cuidado com o bios com relação ao processador pois se atualizar para uma bios diferente de seu processador, o seu computador nem vai ligar)
  2. Bom, pela descrição é "limitação" do windows e não do virtualbox. O alt enter é para maximizar a instancia, não o prompt de comando.
  3. Existe ubuntu server based só para isso também para virtualbox. Ou se for bem "hardcore", instala o phpvirtualbox na mão. Alem de gostos, vai da necessidade do negocio, oracle virtualbox é totalmente gratuito em qualquer ambiente. O que atrai qualquer negócio que está iniciando.
  4. Bom, quando isso rolar, posta o log, ajuda muito. Bom, vamos la, ele está reclamando do nome, por algum motivo. Faz backup e tenta recriar a instancia reutilizando o HD virtual atual.
  5. Olha, se o virtualbox está reclamando, dá uma checada se seu computador está apto a rodar, investigue as opções que não estiverem de acordo. A mais "difícil" é a "Hyper-V - Virtualization Enabled in Firmware". Dá uma checada, vai no msinfo32 system summary e nas ultimas opções você terá: Hyper-V - VM Monitor Mode Extensions Yes Hyper-V - Second Level Address Translation Extensions Yes Hyper-V - Virtualization Enabled in Firmware Yes Hyper-V - Data Execution Protection Yes Certifique que PELO MENOS a virtuaization enabled in firmware esteja yes. Recomendo não instalar hyper-v junto de outro virtualizador, pois fazer isso "quebra" a capacidade destes virtualizarem (tive problemas ao fazer isto).
  6. Se puder, sempre que ocorrer este problema, posta o log. É de grande ajuda.
  7. Então...pra mim todos são semelhantes para a maioria dos recursos, claro que um se sai melhor que o outro, não nego. Mas para o básico, todos atendem. Destes três, o oracle virtualbox leva a "pior" em aplicações complexas mas é 100% gratuito em qualquer ambiente. Bom, a vantagem do hyper-v (se está usando windows 8 /10), você pode ativa-lo pelos recursos do windows e espera baixar os arquivos de instalação. No hyper-v/vmware é mais esperado ter melhor qualidade pois é totalmente proprietário, ficando a cargo total das empresas mantedoras. Bom, eu recomendo que você fique no hyper-v (se estiver usando windows8/10) pois se faz constantes atualizações de software (principalmente de build do Windows 10) é normal o oracle virtualbox parar de funcionar as maquinas hospedadas e é recurso nativo do Windows (reduz problemas). Sobre o desempenho entre eles, olha, vou ser sincero... depende muito do que vai escalar. O ideal é após escolher a aplicação, consultar com quem já aplica ela virtualizada e em qual ambiente. Em ambientes corporativos, normalmente não se usa interface gráfica para não gerar desperdício de hardware. No virtualbox, você tem o phpvirtualbox (web baseado em apache/php, e intermedia o app virtualboxweb). No Windows Server você opta por edição core (2008 em diante, 2012 é melhor). É possível se conectar ao servidor localmente ou via instancia remota do hyperv. No vmware você tem o próprio s.o da vmware para esse fim, podendo se conectar via web ou aplicativo. Bom, onde quero chegar, virtualizar para jogar não compensa. A virtualização é basicamente para alocar muitos servidores lógicos em um físico ou testar programas...
  8. Muda de vm, esse VirtualPC 2007 eu usei la pra 2009. Depois disso, só hyper-v, oracle virtualbox ou vmware. Esse vm não recebe atualização de recursos. Como faz muito tempo, não lembro como maximizar a resolução mas provavelmente você deve ter de instalar algum cd guest para habilitar os drivers da vm no s.o. Tal cd de convidado (guest), instalará componentes do virtualpc no seu Windows 98 permitindo algumas operações (mesma área de transferência - ctrl c e v, vídeo, drag n drop (arrastar e soltar arquivo do hospedeiro na guest)). Sobre sua duvida, É normal a performance de jogos ou aplicativos que usam bastante aceleração gráfica ser lento nesse método de uso. Vm não é pra jogar...
  9. Oi, é possível sim. Eu precisei fazer isso poucas vezes... Bom, você pluga o disco. Com o diskpart, você identifica o numero do disco. cmd --> diskpart --> list disk (anote o numero do disco, pendrive que pretende utilizar na vm, etc) Abra outro cmd, acesse o diretório do virtual box de acordo com sua versão. cd C:\Program Files\Oracle\VirtualBox (versão x86 em s.o x86 ou versão x64 em s.o x64) cd C:\Program Files (x86)\Oracle\VirtualBox (versão x86 em s.o x64) Rode o comando: VBoxManage internalcommands createrawvmdk -filename "%USERPROFILE%"\.VirtualBox\DiscoBootavel.vmdk -rawdisk \\.\PhysicalDriveX Obs: PhysicalDriveX, substitua o X pelo numero do disco capturado no diskpart - ficando PhysicalDrive2 (exemplo) Após criar o arquivo de disco físico, vá a vm e adicione-o como disco existente. Provavelmente vai aparecer com o nome criado no vboxmanage (DiscoBootavel).

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×