Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Bakura Ryo

Moderadores
  • Total de itens

    2.119
  • Registro em

  • Qualificações

    N/D

Reputação

1.165

Sobre Bakura Ryo

  • Data de Nascimento 20/02/1995 (24 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Ouro Preto - MG
  • Sexo
    Masculino

Meu PC

  • Processador
    Pentium Dual-Core E2180
  • Cooler
    Stock
  • Placa de vídeo
    ZOTAC GeForce ® 210 Synergy Edition
  • Placa-mãe
    Gigabyte GA-945GM-S2
  • Memória
    4GB DDR2 @667Mhz
  • HDs
    ST500D (500GB) | SAMSUNG SP120 (120GB)
  • SSDs
    Kingston SA400 (240GB)
  • Gabinete
    VEGA, modelo N.D.
  • Fonte
    PCYes Electro V2 400W
  • Headset
    Logitech H110
  • Monitor
    LG 32" 32LY340C
  • Sistema Operacional
    Windows 10 Home SL
  • Browser
    Mozilla Firefox
  • Antivírus
    Windows Defender

Outros

  • Ocupação
    Bartender
  • Interesses
    Futebol, correr, DOTA 2, tecnologia.
  1. O ideal é que formate o sistema. É crucial que reinstale o sistema operativo ao realizar importantes alterações de hardware.
  2. Tem como testar o uso com outros periféricos?
  3. O problema é apenas na BIOS ou se estende após a inicalização do sistema operacional? Por favor, informe, também, quais componentes possui em seu computador atual.
  4. Que ótimo que solucionastes as adversidades que estava por enfrentar. Contente em notar que nosso conteúdo lhe foi útil como referencial.
  5. @.PedroNeves. - na etiqueta tem uma parte escrito "área perigosa". Acredito que faltou o fabricante informar que esta área engloba toda a fonte - é de fato ruim e maléfica a tudo nela ligado! É melhor você gastar agora em uma fonte nova do que gastar depois em um computador novo. 500W ela entrega só no nome. A própria etiqueta, lugar onde não podem mentir assim, ela se entrega e informa que a fonte não é capaz de cumprir o que o nome indica. Infelizmente é um prática bastante comum de alguns fabricantes e acaba por enganar consumidores repetidamente. Perceba que na etiqueta informa que 115 somados de 192 resultam em 500 Watts. Isso é apenas pra quem olha desatento e busca apenas o resultado final, é enganação. Qual processador está usando aí? E, por curiosidade, qual a marca desta fonte?
  6. @marianoazevedo - sua fonte é boa e suporta seu sistema, fornecendo energia com segurança. A pergunta é: quão longe está indo com o overclock? Hoje em dia, tanto pra Intel quanto para AMD, os processadores já chegam entregando quase tudo que o chip tem a oferecer. Isso se traduz em grandes aumentos de consumo para pequenos acréscimos na frequência de operação. E, enquanto os processadores Ryzen são muito eficientes, o overclock pode de fato subir demasiadamente o consumo de componentes. Mas, apesar da situação descrita, duvido bastante que seu sistema chegue de fato a alcançar os limites de sua fonte. Veja: Segundo testes do Anandtech, um sistema com esta placa de vídeo, em jogo, somada as consumo de um Core i7 7820X, consome: https://www.anandtech.com/show/13431/nvidia-geforce-rtx-2070-founders-edition-review/14 Ainda pelos teste do Anandtech, o Ryzen 2700X (desta vez isolado) consome: https://www.anandtech.com/show/14605/the-and-ryzen-3700x-3900x-review-raising-the-bar/19 Levando em conta que o i7 7820X possui TDP de 140W (o que demonstra apenas o clock base quando seus núcleos entram em carga) e o Ryzen 7 2700X possui TDP de 105W (que neste caso é uma aproximação de seu consumo em turbo com núcleos em carga), dá pra ficar bem tranquilo com sua atual TX550M. Periféricos, discos rígidos, fitas LED, SSDs tem consumo muito baixo. Somados não vão chegar a 75W, jogando pra cima. E, na pior das hipóteses, em funcionamento normal, se conseguir alcançar o limite da fonte ela vai apenas desligar. Então realmente não vejo porquê trocar sua ótima fonte. Sem a presença de fatores de risco, como estabilizadores de tensão ou no-breaks de baixa qualidade, é um modelo confiável.
  7. As duas levam o sistema com o pé nas costas. A CX550 entrega melhor qualidade em seus componentes, se a diferença de preço for pouca vá nela. No entanto, a VS550 também é uma fonte segura e caso a escolha não precisará se preocupar. A menos que tenha por aí um estabilizador, daí já recomendo o descarte deste.
  8. @will47 - um no-break não é algo muito recomendado por aqui, justamente pelos valores elevados de custo. Short-breaks, no entanto, são baratos mas são ainda menos recomendados por danificarem os eletrônicos neles conectados. Porém, seu uso descrito gera renda e este pode ser um ponto a se considerar para o uso de um short-break - que vai sim danificar sua fonte e componentes com o tempo. Por outro lado, seu sistema não é tão básico para ser tratado como descartável. Por tudo isso, fica difícil dizer exatamente qual o melhor caminho. Entenda, se é de extrema importância manter a energia e pouco importa se os componentes irão perdurar pelos anos pelo fato de a receita obtida com isto ser grande, pode sim usar um shortbreak. Porém tenha conhecimento que isso vai matar seu computador ao poucos. Se seu sistema não pode ser tratado como descartável, pois os valores protegidos pelo ininterrupto fluxo de energia para o sistema não são suficientes para justificar, então não use este tipo de porcaria. Daí você pode usar um filtro de linha Clamper - que vai proteger seu sistema de danos causados por surtos de tensão e sobrecargas, porém não trás bateria para manter energia - ou investir pesado em um no-break de qualidade. Recomendo então que pese estes pontos antes de tomar uma decisão. É importante entender se você realmente precisa de um no-break aí. É interessante também que leia este tópico:
  9. @RobeRimes - é a CX550 ou VS550? E também, qual processador tem aí?
  10. Caro usuário, Seja bem-vindo ao Clube do Hardware! De forma que a nossa comunidade possa auxiliá-lo com as suas dúvidas e para que você obtenha respostas mais satisfatórias que atendam às suas necessidades, pedimos que informe a configuração completa da sua máquina. Precisamos saber, em particular, a marca e o modelo dos seguintes componentes: processador, placa-mãe, memória (RAM), placa de vídeo, unidades de armazenamento e fonte de alimentação. Clique aqui caso você não saiba essas informações. Atenciosamente, Equipe Clube do Hardware
  11. @Glauro Joninho - seja bem-vindo ao Fórum Clube do Hardware. Para seu sistema, uma fonte de entrada já leva bem. De opções tem a Superflower 450W, Corsair CX450 e PCYes Electro V2 450W - todas de certificação 80+ Bronze. Se precisar economizar, vá de Corsair VS400/VS450 ou PCYes Electro V2 400W - estas com certificação 80+ White.
  12. @QSL do Brasil - quais componentes pretende por no computador futuramente? Você não tem nada aí no momento? Pois, se não tiver, é melhor juntar a grana e comprar pelo menos o básico para que o sistema ligue e você confira se o que comprou não veio danificado.
  13. @Wélino Júnior - seja bem-vindo ao Fórum Clube do Hardware. Bom, é melhor escrever mais e explicar o problema do que escrever pouco e precisar ficar voltando para adicionar. Falando nisso, nos informe marcas e modelos dos seus componentes, a começar por essa fonte da EVGA que usa aí e é interessante conhecer o modelo exato. Sobre o erro nomeado como "Kernel Power 41 (63)" - é um erro de desligamento inesperado. Ele é apenas um sintoma, não mais um problema. Aparentemente, ele geralmente aponta para o hardware, porém não sem limita na parte física dos componentes. Seria muito interessante testar seu computador com uma outra fonte, uma de qualidade. Suspeitar da sua atual é um bom começo. Ela pode ter vindo danificada, pode ser um modelo específico que é realmente ruim que a EVGA colocou no mercado (sim, eles fizeram isso) ou algum fator pode ter causado seu mau funcionamento. Ainda assim, é de se suspeitar.
  14. @João Vitor Lopes Alves, boa tarde. Qual versão do Windows está usando por aí? Já conferiu se as teclas de aderência estão ativadas?
  15. Upgrade aos poucos é um bom caminho, começar pela fonte e depois a placa de vídeo seria o ideal. Você tem aí uma boa ideia a seguir. Porém essa GT 710 não vai caminhar muito não, é muita limitação se estiver pensando em jogos. Sobre a fonte, começar por um bom modelo é garantir uma boa fundação para apoiar seu pretendido sistema voltado para games.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

ebook grátis "Aprenda a ler resistores e capacitores", de Gabriel Torres

GRÁTIS! BAIXE AGORA MESMO!