Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Como o Facebook está destruindo a Internet


Posts recomendados

O engraçado é ver que, mesmo com as colocações claras do Gabriel, ainda tem gente dizendo que ele deve se "adaptar" as mudanças do mercado... Caramba, é tão difícil de entender que isto não uma mudança do mercado e sim uma imposição do facebook? Nem na época do Orkut (que tinha um sistema de grupos/fórum muito melhor que o facebook) haviam estas complicações (lógico que não irei comparar a magnitude do face com a do orkut)

 

como o GirafaFeroz disse:

 

 

O autor do artigo aqui comentado, Gabriel Torres, está certo na maioria de suas colocações, principalmente quando vê no Facebook um  "concorrente" desleal para sites e fóruns de internet. 

 

Ao contrário do You Tube, que vê o usuário de seus serviços como parceiro, o Facebook vê o usuário como alguém a ser explorado. Já não basta o dinheiro que o Facebook recebe do governo dos EUA para abrir seu banco de dados para as agências de inteligência daquele país?

 

 

Um dia o Facebook vai acabar, como o Orkut acabou. Quem se deixar levar por aquela rede social vai desaparecer junto com ela, ao menos do ponto de vista comercial.

  • Curtir 4
Link para o post
Compartilhar em outros sites

É mesmo uma pena, fico triste de saber que as coisas não vão bem. Facebook além de deixar as pessoas mais burras também é fonte de muitos virus, estão utilizando um modelo de negócio bem nocivo, cobrar pedágio pelas informações não é bom para niguém.

Com certeza o Clube do Hardware irá sobreviver a era Facebook.

Boa sorte ao site!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia,

Primeiramente, gostaria de dizer que concordo com o que foi exposto aqui no artigo, e realmente percebo um processo de dominação e vício da grande maioria dos usuários do facebook, eu incluso muitas vezes... Porém não precisa ser nenhum visionário pra saber que quando uma nova tecnologia, uma nova tendência surge, não adianta querer bater de frente, querer boicotar, ou simplesmente dizer para as pessoas que não comprem tal produto ou não usem tal coisa porque vai prejudicar a outra... Quem se adapta sobrevive, quem não se adapta se vai. Assim aconteceu em inúmeros casos. Por exemplo? As fabricantes de máquinas de escrever, aparelhos de vídeo-cassete e tantos outros equipamentos que eram de uso comum a todos antigamente e hoje não existem mais a venda. Para vencer uma tendência, devemos nos adaptar à tendência e nos tornarmos mais atrativos, ou no mínimo tão atrativos quanto.

E daí já puxo um outro assunto: fazia algum tempo que não entrava aqui no Clube do Hardware... principalmente porque eu tenho uma tendência a querer comprar o que vejo de novidades e como andava satisfeito com o meu pc e como o dinheiro andou sendo usado em prioridades realmente deixei um pouco de lado. Final do ano passado comecei a me interessar em me atualizar novamente e aprender sobre o que anda por aí, pensar em uma atualização e resolvi consultar o meu bom e velho guru, já que boa parte do que sei de informática hoje posso dizer que aprendi por aqui mesmo.

O que fiquei impressionado foi com a queda da qualidade, cordialidade e educação de algumas respostas aqui no fórum. Sempre fiz pesquisas loooongas e analisei diferentes cenários de como montar um upgrade antes de fazer a compra, muitas vezes demorando 6 meses ou algo próximo disso até realmente comprar algo e isso nunca foi problema pra ninguém.

Quando acessei este tópico: "Upgrades -> Acima de R$ 1000 - Obrigatório ler o PRIMEIRO POST!!" esperava ter o tipo de recepção que encontrava antes aqui. Porém, além de receber algumas respostas que não eram de meu interesse sendo que deixei claro desde o começo em quais peças eu tinha dúvida, ainda recebi respostas de um moderador do tipo: "se quer simplesmente fazer pesquisa use o google" Hein?!?!?!? Como assim? Acabei simplesmente abandonando o tópico pois achei uma falta de respeito tal que se eu respondesse provavelmente eu perderia a cabeça e por consequência meu direito de uso do fórum.

Até onde eu sabia, um fórum é sim um local para se fazer pesquisas e tirar as dúvidas. O google vai me jogar para todo lado menos para uma resposta decente, a não ser que o google me indique um fórum de qualidade. Até onde eu sabia aqui era um.

Fiquei ainda mais impressionado depois que continuei recebendo por e-mail a série de respostas que vieram para outras pessoas e vi uma série de respostas erradas, incompletas, ou de pessoas que não sabiam do que estavam falando ou simplesmente não tiveram a paciência de ler corretamente as perguntas.

Então o recado é: se tem interesse em se manter como um site atraente, um fórum agradável e útil, se quer manter os números de acessos e serem recomendados (como tantas vezes recomendei) então é hora de fazer uma boa revisão no que anda acontecendo por aqui e garantir que tenhamos aqui um ambiente agradável e útil.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Administrador

@GrYllO, obrigado por mais esse vídeo, que só corrobora o que eu disse.

 

Depois desse editorial, um amigo que leu e que é desenvolvedor de um jogo desses de Facebook disse que recentemente o Facebook também modificou o formato da divisão de lucros de jogos, e que agora o Facebook exige mais grana. O negócio desse amigo era viável e estava dando lucro, e agora a empresa dele passou a dar prejuízo por causa de uma decisão unilateral do Facebook. Eu ainda tenho de pesquisar mais sobre isso, pois estou dizendo isso na base do "ouvi dizer".


// Sugestão

Acessei o post do CDH, me interessei pelo conteúdo e resolvi interagir. Gostaria apenas de logar com algum oauth e comentar mas tive que vir para o fórum, criar uma conta/logar e comentar num tópico do fórum.

 

@leandrooriente, isso já existe, o nosso Fórum atualmente permite que você entre rapidamente se você já tiver uma conta no Facebook, Twitter, Google, Windows Live ou até mesmo Steam.

 

@Gabriel Torres

Sugestão de monetização: pagar apenas para não ver propagandas no fórum, sozinho, pode não ser atrativo suficiente para que justifique uma assinatura mensal. Primeiro por que nem todos sem incomodam com as propagandas e, segundo, alguns utilizam ad-blockers. O conteúdo é o foco, mas outros tipos de abordagem também.

 

Concordo com o usuário que falou que o forte do CdH enquanto site são os reviews. E como você disse que as empresas "perderam" o interesse em enviar material para testes, abriu-se uma oportunidade aí: dentre as vantagens de ser um assinante do CdH, o usuário contribuiria diretamente para aquisição de hardware para review e somente estes participariam de sorteios dos equipamentos testados. Para mim, particularmente, é uma justificativa plausível e agradável.

 

Outro ponto a comentar: siga a sugestão dos que sugeriam um canal no YouTube. O site já possui até material para isso: o podcast. Na minha humilde opinião, a época dos podcasts passou. Explore as possibilidades que um canal no YouTube poderia oferecer. Com esta fan base incrível de usuários, não duvido que o canal seria um sucesso, apesar do aparecimento "tardio"...

 

Vida longa ao CdH!

 

Obrigado pelas sugestões. Estamos em discussões mais avançadas agora e seria um pacote "VIP" que daria outras vantagens além da questão das propagandas. Aguarde o anúncio disso para breve.

 

Só uma coisa que é um pedido pessoal,se começar a postar vídeos no youtube por favor coloque legendas em portugês, tenho deficiencia auditiva e me ferro bastante quado tenho de assistir conteúdo dublado, muitas vezes não consigo entender o que está sendo falado (no volume máximo ainda e volume máximo incomoda que está ao redor) e tenho de ficar adivinhando (nem preciso dizer que isso nunca dá certo....).

 

Obrigado por nos informar sobre isso, não havia me atentado a isso. Colocarei legendas nos vídeos sim.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Qual é o critério utilizado para as propagandas que aparecem no site? Muitas vezes vejo anúncios que não contribuem muito para o assunto de interesse aqui, que no caso é basicamente hardware. Frequentemente para mim aparecem anúncios do Deal Extreme por exemplo. Na verdade não me incomoda nem um pouco, porém se há um anúncio de uma loja relacionada já ajuda bastante.

Um canal do youtube ajuda bastante sim, ainda mais se sempre procurarem manter links atualizados com tópicos relacionados com o vídeo.

Eu não sei se já existe no site ou no fórum, não pesquisei o suficiente, mas também seria interessante ter uma galeria onde os usuários do fórum pudessem postar fotos dos seus PCs, suas customizações, soluções encontradas, etc.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Administrador

@Fabricio Funck, esses anúncios são do Google AdSense, que funciona baseado no conteúdo do site e também baseado em outros sites que você já navegou. Na realidade é um pouco mais complexo, o Google monta uma lista de palavras-chave relacionadas ao nosso site e anunciantes podem "comprar" essas palavras chave. Por exemplo, a Dell pode chegar para o Google AdSense e "falar" que quer anunciar em sites que tenham a palavra-chave "servidor". Veja mais detalhes aqui: https://support.google.com/adsense/answer/9712?hl=pt-BR

Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Fabricio Funck, esses anúncios são do Google AdSense, que funciona baseado no conteúdo do site e também baseado em outros sites que você já navegou.

 

Grato pelo esclarecimento!

E há algum interesse do site em fazer anúncio de certas lojas? Já foram feitos contatos com elas? As lojas tem como procurar vocês para anunciar? Ou existem restrições ou problemas quanto a isto que eu não estou a par? Estou jogando ideias aqui mas realmente não tenho a mínima experiência no assunto e não estou analisando todos os pontos positivos ou negativos da questão...

Ainda neste sentido poderia haver um tópico fixo com listas das lojas principais por região, estado, ou capitais, com recomendações, reclamações e etc. Alguma maneira organizada de consulta para todos aqueles que buscam recursos neste sentido.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

ASSUNTO REALMENTE COMPLICADO!

 

Os criadores do facebook foram e são espertos à medida que pegaram modelos de redes sociais já existentes na época de sua criação, copiaram e modificaram, e se lançaram no mercado, como a mais nova modinha, mais do mesmo com algumas "melhorias".

 

 

Eu ouvia muito falar, na época do "falecido" Orkut e do também literalmente falecido MSN quê, faltavam fotos no MSN pra ficar mais legal, e por outro lado, faltava uma sistema de msg instantânea no Orkut como era o MSN, pra que ele ficasse bacana.

 

 

O Facebook percebeu isso e chegou pra detonar os dois, unindo as duas coisas. Opinião minha agora, Faceboock é uma *****, super poluido, o sistema de comunicação instantânea é uma *****, letrinhas pequenas, suas configurações fazem a gente desistir de mexer, e dai por diante... A interface é bem confusa, você precisa fazer um curso pra saber mexer, mas por outro lado, qualquer leigo cria e usa um faceboock, porque ele impreguina, e permite que você sea usuário mesmo sem entender muito sobre ele. Em tudo na internet, tem um link onde você faz ligação com o faceboock, curtidas e mais curtidas em todo canto, isso parece uma epidemia mesmo.

 

 

Não aguento mais trocar de rede social, migrar, a gente parece obrigado a ficar se adaptando às novas marcas, novas redes, conforme a modinha, pra poder manter contatos no mundo digital onde a comunicação é com certeza bem mais barata que por telefone, e claro, a interface permite troca de dados, imagens etc.

 

 

Solução em minha modesta e leiga opinião: criar uma nova rede social que derrube o faceboock, com melhorias e mais facilidades, porque o que o povo gosta é facilidade, daqui a pouco, ninguém vai ter paciência sequer pra criar uma conta, se bem que isso também já deu no saco, porque é tanta conta daqui e dali, tanta senha, que a gente vai ter um caderno preenchido completamente por contas e senhas daqui a pouco.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
Ao contrário do que foi dito, os usuários lá são bem experientes tb e a comunidade é muito forte.

O modelo dos antigos fóruns como o CDH e GUJ é lento. Velocidade é tudo nesse novo modelo de negócios. Se tenho um problema agora não quero esperar 2 horas por ajuda, quero agora e o facebook é muito eficiente nisso.

 

Os profissionais estão ali online o tempo todo e são avisados na mesma hora da minha dúvida. Geralmente levo 2 a 3 minutos para obter a primeira resposta e meia hora para ter algo definitivo. 

É disso que estamos falando: os usuários são preguiçosos. Eles não querem esperar, tentar ou pesquisar: eles querem alguém 'online e pronto' para resolver seu problema sem mexer um dedo. E eles querem isso rápido. Afinal, estão pagando por isso né? para serem tão exigentes..

Isso poderia ocorrer num fórum, a diferença é que como a rede social 'rouba' usuários, lá acaba ficando mais rápido..

  • Curtir 4
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Administrador

Grato pelo esclarecimento!

E há algum interesse do site em fazer anúncio de certas lojas? Já foram feitos contatos com elas? As lojas tem como procurar vocês para anunciar? Ou existem restrições ou problemas quanto a isto que eu não estou a par? Estou jogando ideias aqui mas realmente não tenho a mínima experiência no assunto e não estou analisando todos os pontos positivos ou negativos da questão...

Ainda neste sentido poderia haver um tópico fixo com listas das lojas principais por região, estado, ou capitais, com recomendações, reclamações e etc. Alguma maneira organizada de consulta para todos aqueles que buscam recursos neste sentido.

 

A gente tem uma equipe de vendas que cuida disso. Infelizmente, no Brasil é muito, mas muito difícil conseguir anunciantes. As lojas, distribuidores e fabricantes simplesmente não querem gastar um centavo com propaganda.

 

A sua ideia de uma lista de lojas seria fazer propaganda de graça para as mesmas. O que ganharíamos com isso? Só reforçaria a ideia, para as lojas, que divulgação tem de ser de graça.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Entendo teu ponto de vista e vejo também o lado negativo nisso Gabriel, porém o site ganharia sim mais acessos no momento em que as pessoas passariam a buscar aqui uma informação imparcial a respeito das lojas. Divulgação, críticas, elogios, avaliações em geral sem influência nenhuma de propaganda ou patrocínio torna a opinião dos usuários mais confiável. Participo de outros fóruns, em outras atividades que pratico como por exemplo o paintball e frequentemente vejo esse tipo de situação. Posso tentar fazer a minha parte aqui em porto alegre e tentar convencer as lojas que costumo frequentar a procurar vocês para fazer propaganda. Porém se insistir nesta ideia de propaganda não adianta, por que não trocar a estratégia e tentar algo diferente? "Se não pode vence-los..."

 

Na verdade, divulgar nomes, informações e opiniões sobre lojas aqui não é muito diferente da estratégia que se usa aqui para os reviews dos produtos... O conceito é o mesmo, só muda o produto. Afinal os produtos que recebem bons reviews e se tornam produtos recomendados aqui não pagam pela divulgação também não é? O que o site ganha com isso? Acessos de usuários que buscam informação de qualidade.

 

 

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Matéria que complementa o Assunto:

 

http://meiobit.com/279132/facebook-fraude-venda-curtidas-paginas-fazendas-cliques/

 

Ainda penso que a melhor forma de divulgar conteúdo no FB é postar apenas uma chamada da matéria, com uma imagem associada chamativa.
Algo que os seguidores da página curtam e compartilhem de forma espontânea.

Muitas vezes eu vejo a chamada da matéria, clico e leio, mas por ser um assunto MUITO específico, de interesse apenas meu, não compartilho.

Quando é algo que sei que vai interessar a alguém, compartilho e marco a pessoa nos comentários.

Poderiam fazer uns testes na Página do ClubedoHardware no FB Gabriel Torres. Algo como:

1 - Chamada insossa sem foto
2 - Chamada insossa com foto
3 - Chamada atraente sem foto
4 - Chamada atraente com foto

  • Curtir 3
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Administrador

@Davi Rocha, excelente artigo e excelente vídeo dentro do artigo, obrigado por compartilhar.

 

Em tempo: o vídeo é do mesmo autor do vídeo que me insipirou a escrever o editorial. E foi publicado ontem, o artigo em português é um resumo do vídeo.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nunca imaginei que veria um texto dessa linha, e foi bom ler, já que eu sou um cara realista e gosto de ver verdades.

Complicado mesmo Gabriel. Curioso que o CdH e o Facebook são sites bem diferentes, mas o que você disse é um pouco dos males que as redes sociais bem modernas causam.
Não é à toa que o Face tem mais 1 bilhão de usuários (mesmo que esse número seja 'mentiroso', não é difícil de acreditar - o Face tomou notoriedade demais - virou um "padrão" de acesso à internet).

 

Eu mesmo não sou viciado em Face, pra ser sincero, tem dias que nem abro. Ou se abro, fico uns 10 minutos em média. Tenho conta lá mais pra poder manter contato com amigos(as), pois é, já que todo mundo essa coisa...
Mas é claro que visito o CdH sim, já vi muita gente experiente nos fórums e profissionais de verdade (não essa turma amadora que se diz "técnico"). Olha só, tenho meu PC gamer (da assinatura) e é claro que gostei de ler as análises de várias peças que o CdH testou. Especialmente pela fonte C3Tech PSH750V, que apesar da marca não ser muito boa, pelo menos a fonte é; e é mais barata do que outras com renome fornecendo até mais potência (W)! E está funcionando até hoje aqui muito bem, foi comprada em 2011! E adivinha quem ajudou na escolha...

 

Nos fórums, além de pedir alguma ajuda, também ajudei bastante novatos ou compartilhei informações importantes. Eu gostava de atuar mais no CdH enquanto eu estava no meu ex-emprego, passava bastante o tempo e compartilhava conhecimento. Como estou sem emprego ultimamente, acabo por fazer outras tarefas em casa então o uso da internet no geral diminui (no meu caso).

 

Como alguns falaram, tô com saudades também dos testes de hardware. Ah e olha que tem muitas peças novas na praça, especialmente as placas de vídeo. É complicado ver que as fabricantes perderam interesse no momento em te ajudar Gabriel. Aliás, eu sou um cara que não entendo até hoje qual é a essência desse marketing maldoso dos tempos modernos, parece que as empresas nunca estão satisfeitas com propagandas de seus produtos, e quando têm a oportunidade de divulgar bem, não o fazem...

 

Outro problema ruim do Facebook são: 1. tem muita gente que vive postando porcarias (já tive que excluir comentários do meu feed, dos que eu não gostei); tanto que me concentro mais em mandar mensagens pra galera cabeça. E 2. Rastreamento, isso me incomoda, tem muitos sites que são indexados com o Facebook pro Face saber "o que você visita", pra mim é tática de espionagem. Não nego, uso mesmo um plug-in aqui no Firefox chamado DoNotTrackMe. Recomendo bastante pra quem quer evitar esses rastreamentos estranhos.

 

Mas enfim, caras cabeças conseguem se virar na vida, aliás, ninguém disse que a vida é fácil não é? A recompensa de um trabalho bem feito é mais satisfatória do que sua reputação. Qualidade às vezes é melhor do que quantidade.

Acho que você vai se dar bem com o site Gabriel, estamos aqui pra te dar força. Não desiste.
 

EDIT: Adorei o recurso de logar via Steam, eu ADORO esse sistema do Gabe Newell. É fantástico. Até.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Administrador

Exemplo prático do que eu falei no editorial.

 

Hoje é dia 15/02/2014. Temos hoje 255 mil seguidores no Facebook. Abaixo está a tela mostrando quantas pessoas viram um post que fizemos no dia 13/02/2014: apenas 8,800. Ou apenas 3,5% do nosso público.

 

post-281750-0-55777400-1392462158_thumb.


Matéria que complementa o Assunto:

 

http://meiobit.com/279132/facebook-fraude-venda-curtidas-paginas-fazendas-cliques/

 

Ainda penso que a melhor forma de divulgar conteúdo no FB é postar apenas uma chamada da matéria, com uma imagem associada chamativa.
Algo que os seguidores da página curtam e compartilhem de forma espontânea.

Muitas vezes eu vejo a chamada da matéria, clico e leio, mas por ser um assunto MUITO específico, de interesse apenas meu, não compartilho.

Quando é algo que sei que vai interessar a alguém, compartilho e marco a pessoa nos comentários.

Poderiam fazer uns testes na Página do ClubedoHardware no FB Gabriel Torres. Algo como:

1 - Chamada insossa sem foto
2 - Chamada insossa com foto
3 - Chamada atraente sem foto
4 - Chamada atraente com foto

 

O problema não é só as pessoas não clicarem. O maior problema é que o Facebook não divulga os seus posts a todas as pessoas que estão seguindo a sua página. Veja o exemplo acima de um post que fizemos 2 dias atrás. O Facebook só o republicou no feed de 3,5% dos nossos seguidores. Aí fica difícil, né?

Link para o post
Compartilhar em outros sites

As regras mudam. Adapte-se ou morra.

 

Sou usuário antigo do CDH, lembro que montei meu primeiro PC consultando o fórum quase que diariamente. Não tinha conta mas sempre usei como referência.

 

Cheguei a esse post porque um amigo compartilhou no "maléfico" facebook. Estava sem acessar a uns bons 2-3 anos.

 

Sou desenvolvedor e o facebook é a principal ferramenta junto com algumas newsletters para me manter atualizado.

Participo de uns 5 grupos focados na minha área de atuação e consumo o material divulgado por lá, assim como tiro minhas dúvidas e ajudo quem precisa.

 

Ao contrário do que foi dito, os usuários lá são bem experientes tb e a comunidade é muito forte.

O modelo dos antigos fóruns como o CDH e GUJ é lento. Velocidade é tudo nesse novo modelo de negócios. Se tenho um problema agora não quero esperar 2 horas por ajuda, quero agora e o facebook é muito eficiente nisso.

 

Os profissionais estão ali online o tempo todo e são avisados na mesma hora da minha dúvida. Geralmente levo 2 a 3 minutos para obter a primeira resposta e meia hora para ter algo definitivo. 

 

Um caso interessante que eu vejo sobrevivendo muito bem é o Stack Overflow mas acho difícil que reproduzam bem no Brasil, até porque lançaram uma versão brasileira a pouco tempo.

Resumindo, não culpe o facebook por estar matando seu produto, repense seu modelo de negócios, mexa na plataforma, tente coisas diferentes, a hora de pivotar é essa já que claramente se manter assim vai matar o fórum.

O facebook não vai magicamente cortar o acesso dos seus usuários porque alguns sites não se adaptaram as novas regras do jogo e xingar muito no twitter não vai resolver o problema.

Só pra constar, tenho um blog modesto e sem monetização (escrevo porque gosto) com uns 10mil acessos por mês (falei que era modesto rsrs) e quando uso os grupos para divulgação tenho picos excelentes de acesso. Além disso já ganhei bons backlinks devido a eles.

// Complementando

A kodak já foi um player gigante no mercado de câmeras fotográficas e filmes. O mercado mudou, as primeiras digitais apareceram e ela não soube se adaptar.

O que é a kodak hoje no mercado de fotografia perto do que era 20 anos atrás? Nada.

// Sugestão

Acessei o post do CDH, me interessei pelo conteúdo e resolvi interagir. Gostaria apenas de logar com algum oauth e comentar mas tive que vir para o fórum, criar uma conta/logar e comentar num tópico do fórum.

Eu enquanto usuário, gostaria de algo mais prático. Dar essa volta toda pra expor minha opinião que nem vai ficar em evidência no post afasta mais ainda o seu usuário.

De uma olhada no Mashable e note como os comentários são práticos e estimulam as pessoas a interagir.

Concordo plenamente.

Não adianta nada culparem o face pelo vosso fracasso,neste mundo da tecnologia não inovar é morrer.

Realmente o processo de inscrição para posterior participação no fórum tem de ser mais rápido (problema de todos os fóruns), faz-nos pensar duas vezes se valerá a pena perder tanto tempo para expor-mos a nossa opinião.

Depois ainda existem as regras idiotas que para podermos participar no fórum (muitas vezes para ajudar os colegas) temos de posteriormente postar x notícias.

Tudo isso afasta as pessoas de bons fóruns como este.

:confused:  :confused:  :confused:  :confused:  :eek:

Link para o post
Compartilhar em outros sites

 Acho que isso é uma soma de fatores que vai desde a visão e dedicação do administrador do site a consciência do usuário. Eu por exemplo já fazia quase um ano que não entrava aqui, até hoje eu ter recebido um e-mail lembrando-me que eu tinha uma conta nesse fórum. O usuário é preguiçoso, porque o ser humano é preguiçoso, queremos facilidades, precisamos que adivinhem o que eu quero, porque eu mesmo não sei o que quero, apenas quero. e um criador de conteúdo precisa estar ciente disso. Uso o Facebook como um Google Reader, sigo tudo o que me interessa e o Facebook me ajuda a filtrar o que eu estou procurando, não é um sistema perfeito, mas ele me ajuda bastante nisso. Acho engraçado, isso acontece muito em vlogs, onde o criador de conteúdo pede para seus usuários sugerir conteúdo, ou novas formas de deixar o site/vlog mais interessante, isso não é papel do usuário, até podem ser consultados, mas se eles soubessem certamente estariam criando um vlog/site também. Quando eu encontro algo que me interessou, e quero agradecer ao dono do site, eu simplesmente clico em um Anuncio, compartilho o link, favorito. É preciso desmistificar essa coisa de anuncio, Adblock, usuários irritadinhos com anúncios, verdadeiras esmolas pagas aos publishers,  isso sim tá matando a internet. A conclusão do artigo Como o Facebook está destruindo a Internet

https://www.clubedohardware.com.br/artigos/Como-o-Facebook-esta-destruindo-a-Internet/2925 deixa bem claro nosso papel nessa luta.

 

Faço uma pergunta, quem nunca baixou algo no TPB, e quantos clicam nos anuncio do site? e vou além, quantos fazem seed? 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Administrador

Concordo plenamente.

Não adianta nada culparem o face pelo vosso fracasso,neste mundo da tecnologia não inovar é morrer.

Realmente o processo de inscrição para posterior participação no fórum tem de ser mais rápido (problema de todos os fóruns), faz-nos pensar duas vezes se valerá a pena perder tanto tempo para expor-mos a nossa opinião.

Depois ainda existem as regras idiotas que para podermos participar no fórum (muitas vezes para ajudar os colegas) temos de posteriormente postar x notícias.

Tudo isso afasta as pessoas de bons fóruns como este.

:confused:  :confused:  :confused:  :confused:  :eek:

 

Aparentemente você não leu o editorial por completo, nem assistiu aos vídeos que postamos aqui, nem leu as mensagens anteriores neste tópico.

 

Pois não estamos culpando o Facebook por nenhum fracasso. O nosso site é um dos mais antigos da Internet brasileira, existimos desde 1996, e de longe um dos mais bem sucedidos. O que estamos falando é sobre a tática mafiosa do Facebook de cobrar para a gente divulgar o nosso conteúdo aos nossos usuários, e esclarecer que mesmo você seguindo a nossa página no Facebook você não receberá todas as nossas atualizações. Só isso.

 

O processo de inscrição em nosso fórum é agora extremamente rápido, pois se você já tiver uma conta no Facebook, Twitter, Google, Windows Live ou até mesmo Steam, o processo consiste em dois ou três cliques.

 

Nós já removemos os excessos de regras do nosso fórum no final do ano passado e agora está mais fácil do que nunca participar do nosso fórum.

 

Portanto, sinceramente, não entendi suas críticas e o seu tom agressivo.

 

Uso o Facebook como um Google Reader, sigo tudo o que me interessa e o Facebook me ajuda a filtrar o que eu estou procurando, não é um sistema perfeito, mas ele me ajuda bastante nisso.

 

Mas aí é que está a raiz do problema que queremos expor através deste editorial. O pessoal está seguindo o Clube do Hardware no Facebook, só que o Facebook só divulga nossas atualizações para um número limitado de usuários (no exemplo real que dei acima, apenas 3,5% dos nossos usuários receberam aquela atualização). Aí o pessoal deixa de acessar o Clube do Hardware achando que serão informados via Facebook sempre em que atualizarmos o site, só que isso não ocorre. Então perdemos visitas e receita. Se quisermos que o Facebook divulgue nossas atualizações a todos os nossos usuários, temos de pagar, e não concordamos com essa tática mafiosa.

 

Obrigado, pessoal!

  • Curtir 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal.

Sei que a postagem é "antiga", mas eu gostaria de dar minha opinião.

A razão de o Facebook estar dominando a internet é simples: é uma rede social. Lá as pessoas podem "se encontrar", conversar, namorar, paquerar, fazer amizade, bisbilhotar a vida alheia. Ou seja, o que a maioria das pessoas quer fazer na internet.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Os Mitos do Dinheiro

APENAS R$ 9,90!

CLIQUE AQUI E COMPRE AGORA MESMO!